Your browser doesn't support javascript.

Portal Regional da BVS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

What matters most?: evidence-based findings of health dimensions affecting the societal preferences for EQ-5D health states / O que importa mais?: evidências empíricas das dimensões que afetam as preferências sociais para estados de saúde do EQ-5D / ¿Qué es lo que más importa?: evidencias empíricas sobre las dimensiones que afectan a las preferencias sociales por los estados de salud en EQ-5D

Cad. saúde pública; 29(supl.1): s59-s72, Nov. 2013. tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-690738
Este estudo analisa como as diferentes dimensões dos estados de saúde definidas pelo instrumento EQ-5D-3L afetam, em média, as preferências dos indivíduos por estados de saúde. Essa análise é importante para balizar a incorporação de tecnologias em saúde uma vez que viabiliza considerar as preferências da população brasileira na decisão de alocação de recursos em saúde. O EQ-5D-3L define a saúde em cinco dimensões (mobilidade, atividades habituais, auto-cuidado, dor/desconforto e ansiedade/depressão) contendo três níveis de severidade. Os dados são provenientes de uma pesquisa inédita no Brasil que entrevistou 3.362 pessoas com idade entre 18 e 64 anos vivendo em áreas urbanas de Minas Gerais. Os principais resultados mostram que o decremento na utilidade dos indivíduos é crescente com o nível de severidade. No que se refere às dimensões de saúde, a mobilidade se destaca como a mais importante. Independentemente dos níveis de severidade das demais dimensões do EQ-5D, os maiores decrementos nas utilidades estão associados ao problema de mobilidade severa.
Biblioteca responsável: BR1.1