Your browser doesn't support javascript.

Portal Regional da BVS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Resultados Tardios de Pacientes Submetidos a Implante de Stents Farmacológicos do Registro SAFIRA / Late Outcomes of Patients Undergoing Drug-Eluting Stent Implantation ? The SAFIRA Registry

Rev. bras. cardiol. invasiva; 22(1): 23-31, Jan-Mar/2014. tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-712732

INTRODUÇÃO:

A doença arterial coronária continua sendo um dos maiores problemas de saúde pública da atualidade e a intervenção coronária percutânea com stents farmacológicos é a forma mais frequente de tratamento desses pacientes. O objetivo deste estudo foi avaliar a taxa de desfechos clínicos no seguimento clínico de até 10 anos dos pacientes tratados com stents farmacológicos.

MÉTODOS:

Pacientes com indicação de ICP foram incluídos de forma prospectiva, independentemente do quadro clínico ou angiográfico de apresentação. O desfecho primário consistiu na avaliação da taxa de eventos cardíacos adversos maiores combinados (óbito cardíaco, infarto agudo do miocárdio não fatal ou necessidade de revascularização do vaso alvo guiada por isquemia) no seguimento clínico tardio.

RESULTADOS:

No período 2002 a 2012, incluímos 1.632 pacientes, com idade de 64,3 ± 10,9 anos, 71,4% eram do sexo masculino e 31,2% portadores de diabetes mellitus. As taxas de sucesso angiográfico e clínico foram de 99,1% e 96,7%, respectivamente. O seguimento clínico foi realizado em 95,8% dos elegíveis em um tempo médio de seguimento de 3,4 ± 2,6 anos. O desfecho primário ocorreu em 246 pacientes (15,9%), com taxas de óbito cardíaco de 6,4%, infarto do miocárdio de 3,6% e revascularização do vaso alvo de 5,5%. A trombose do stent foi verificada em 40 pacientes (2,4%).

CONCLUSÕES:

Nesta experiência da prática clínica diária, a utilização dos stents farmacológicos demonstrou resultados clínicos favoráveis agudos e no longo prazo no tratamento de uma população não selecionada de pacientes com doença arterial coronária e graus variáveis de complexidade clínica e angiográfica.
Biblioteca responsável: BR44.1