Your browser doesn't support javascript.

Portal Regional da BVS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Avaliação comportamental de ratos treinados em natação forçada / Behavioral assessment of rats through the forced-swimming test

Sci. med; 25(1)jan.-mar. 2015. tab
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: lil-754500

OBJETIVOS:

O exercício físico regular tem diversos efeitos benéficos, contudo, há relatos de aumento na concentração de corticosteroides endógenos, os quais podem inibir a neurogênese e piorar as funções cognitivas, sendo este um aspecto dúbio do exercício físico. O objetivo deste estudo foi avaliar, por meio de testes comportamentais, o efeito do exercício crônico por natação forçada com e sem sobrecarga, sobre parâmetros de ansiedade em ratos Wistar.

MÉTODOS:

Foram utilizados 24 ratos Wistar, separados em três grupos: Grupo Controle - submetido apenas a avaliações e contato com a água; Grupo Natação - composto por animais submetidos à natação com tempo progressivo; Grupo Natação com Sobrecarga - composto por animais submetidos à natação com sobrecarga de 10% do peso corporal. O exercício ocorreu três vezes por semana, no período vespertino, com aumento no tempo a cada duas semanas (20, 30 e 40 minutos), totalizando seis semanas. Foi realizado em um tanque de água circular de 200 litros, com profundidade de 50 cm e temperatura da água mantida entre 30 e 32º C. A ansiedade dos animais foi avaliada pelos testes Labirinto em Cruz Elevado e Campo Aberto.

RESULTADOS:

Não houve diferenças significativas em qualquer dos testes comportamentais, comparando os três grupos.

CONCLUSÕES:

Não houve alteração no padrão comportamental de ratos Wistar submetidos a diferentes protocolos de exercício (natação forçada com e sem sobrecarga) quando comparados ao grupo controle não submetido a exercícios.
Biblioteca responsável: BR1.1