Your browser doesn't support javascript.

Portal Regional da BVS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Métodos automatizados de diagnóstico de mastite em vacas leiteiras: uma revisão / Automated diagnosis methods of mastitis in dairy milk cattle: a review

Arq. ciênc. vet. zool. UNIPAR; 17(3): 199-208, jul.-set.2014. graf
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-758609
A mastite é a infecção mais frequente dos animais destinados à produção de leite e que mais onera a pecuária leiteira. As perdas econômicas são causadas por diversos fatores: medicamentos, morte ou descarte precoce de animais, bem como em laticínios, pela queda na qualidade do produto final. Rotineiramente, quando se pretende verificar a incidência de mastite em vacas leiteiras utilizam-se os métodos convencionais e subjetivos, como a caneca telada e o California Mastitis Test. A automação na pecuária leiteira é uma inovação tecnológica que visa a minimizar os erros de manejo e otimizar os processos dentro da atividade, dentre os quais o diagnóstico precoce de casos subclínicos de mastite. O uso de sensores que utilizam parâmetros objetivos de mensuração tais como: condutividade elétrica, contagem de células somáticas, presença da enzima lactato desidrogenase, mensuração da cor e a homogeneidade podem ser a alternativa para detecção rápida e precisa de mastite em bovinos, especialmente quando se trata de sistemas automatizados, pois o diagnóstico precoce minimiza as perdas econômicas. Diante do exposto, objetivou-se realizar uma revisão bibliográfica sobre os métodos automatizados de detecção de mastite existentes atualmente...
Biblioteca responsável: BR68.1