Your browser doesn't support javascript.

Portal Regional da BVS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Cancer treatment in determination of hearing loss / Tratamento oncológico na determinação das alterações auditivas

Braz J Otorhinolaryngol; 82(1): 65-69, Jan.-Feb. 2016. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-775697

RESUMO INTRODUÇÃO:

O tratamento quimioterápico e radioterápico na oncologia tem repercussão na saúde auditiva e pode lesar estruturas da orelha interna. Ocasiona perda auditiva, geralmente bilateral e irreversível.

OBJETIVO:

Identificar casos de perda auditiva sensorioneural e sua relação com a média de sessões de quimioterapia e radioterapia, com queixas de zumbido e dificuldade de entendimento da fala, bem como sua relação com medicamentos quimioterápicos.

MÉTODO:

Estudo de coorte histórica com corte transversal, clínico, observacional, analítico e retrospectivo em 58 sujeitos de um hospital público de Sergipe diagnosticados com neoplasia. Realizou-se anamnese, avaliação audiológica tonal convencional e pesquisa do limiar de reconhecimento de fala.

RESULTADOS:

Das 116 orelhas; 25,9% apresentaram perda auditiva sensorioneural caracterizada por alterações nas frequências agudas. Observou-se correlação significativa entre perda auditiva e associação da quimioterapia e radioterapia (p = 0,035; R = 0,196). Na análise das queixas auditivas, verificou-se que a maioria apresentou zumbido e dificuldade de entendimento de fala, mesmo com limiares auditivos normais.

CONCLUSÕES:

O tratamento oncológico gera perda auditiva, que foi determinada pela associação da quimioterapia e radioterapia. Ciclofosfamida aumentou as chances de gerar perda auditiva. Verificou-se presença de queixas de zumbido e dificuldade de entendimento da fala.
Biblioteca responsável: BR1.1