Your browser doesn't support javascript.

Portal Regional da BVS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Avaliação nociceptiva da associação entre exercício físico e fibrina rica em plaquetas em ratos Wistar submetidos ao modelo de compressão de nervo mediano / Nociceptive evaluation of the association between physical exercises and platelet-rich fibrin in Wistar rats submitted to median nerve compression

Rev. dor; 17(2): 121-124, tab
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: lil-787999
RESUMO JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Fibrina rica em plaquetas é uma técnica nova e promissora na aceleração do reparo, com possíveis efeitos analgésicos, contudo, ainda há uma lacuna com relação à lesão nervosa periférica, bem como com a associação com exercícios físicos. Assim, o objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos da fibrina rica em plaquetas associada a exercício físico sobre a nocicepção e o edema, em modelo experimental de compressão do nervo mediano.

MÉTODOS:

Foram utilizados 36 ratos, todos submetidos a compressão do nervo mediano e divididos em seis grupos: G1: sem manipulações adicionais; G2: compressão e tratado com fibrina rica em plaquetas; G3: compressão e tratado com natação livre; G4: compressão e exercício de caminhada em esteira; G5: natação livre + fibrina rica em plaquetas; G6: caminhada em esteira + fibrina rica em plaquetas. O modelo de lesão foi realizado com amarria do nervo mediano, com fio catgut 4.0 cromado. Para obtenção da fibrina rica em plaquetas, 1,5mL de sangue foi centrifugado e o coágulo de fibrina foi posicionado diretamente sobre a região da compressão. Os protocolos de exercício foram realizados durante 2 semanas, entre o 3º e 14º dias de pós-operatório. As avaliações nociceptivas e de edema ocorreram, respectivamente, pelo limiar de retirada de pata e pletismometria, nos momentos prévios à lesão, no 3º, 7º e 15º dias de pós-operatório.

RESULTADOS:

Não houve diferenças entre os grupos, apenas entre as avaliações, denotando que houve aumento da nocicepção e do edema, o qual perdurou ou foi decaindo, respectivamente, com o passar do tempo.

CONCLUSÃO:

O uso isolado ou associado da fibrina rica em plaquetas com exercícios físicos não produziu alterações na nocicepção e edema.
Biblioteca responsável: BR1.1