Your browser doesn't support javascript.

Portal Regional da BVS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Efeito da temperatura ambiente e da idade do frango sobre o valor energético do farelo de soja / Effects of environmental temperature and age of broilers on energy value of soybean meal

Arq. bras. med. vet. zootec; 63(6): 1437-1445, 2011.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-1192
Foram utilizados 288 pintos de corte Cobb, distribuídos em delineamento experimental inteiramente ao acaso, em esquema de parcelas subdivididas no tempo, sendo as três temperaturas de criação - fria, termoneutra e quente - as parcelas, e as três fases de avaliação - inicial, crescimento e final - as subparcelas, com seis repetições de seis aves cada. A dieta-teste foi obtida pela substituição de parte da ração basal pelo alimento-teste: 40 por cento do farelo de soja + 60 por cento da ração basal. Foram calculados os coeficientes de metabolizabilidade aparente e verdadeiro da matéria seca, do nitrogênio, do extrato etéreo da dieta-teste e os valores de energia metabolizável aparente e verdadeira (EMA e EMV), e corrigidas pelo balanço de nitrogênio do farelo de soja (EMAn e EMVn). Foram encontrados valores médios de EMAn do farelo de soja para aves criadas em temperatura fria, termoneutra e quente de 2110, 2016 e 2022kcal/kg, respectivamente, e para as fases de criação inicial, crescimento e final de 1840, 2052 e 2256kcal/kg, respectivamente. O valor de energia metabolizável do farelo de soja, os balanços e os coeficientes de metabolizabilidade dos nutrientes da dieta-teste aumentaram com a idade do frango de corte, porém não são afetados pela temperatura ambiente.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1