Your browser doesn't support javascript.

RIPSA

Rede Interagencial de Informações para a Saúde

Sistematizando informação e construindo conhecimento para políticas de saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Pacientes em tratamento hemodialítico: percepção acerca das mudanças e limitações da doença e tratamento / Patients undergoing hemodialysis: perception of changes and constraints regarding the kidney disease and its treatment / Los pacientes en hemodiálisis: la percepción de los cambios y las limitaciones de la enfermedad y el tratamiento

Ventura, Jeferson; Cargnin, Marcia Casaril dos Santos; Santos, Karine Simone dos; Getelina, Caroline Ottobelli; Rotoli, Adriana; Paula, Saul Ferraz de.
Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online); 10(4): 926-931, out.-dez. 2018.
Artigo em Inglês, Português | LILACS - Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde | ID: biblio-915531

Resumo

Objetivo: Conhecer as percepções dos pacientes hemodialíticos acerca das mudanças e limitações da doença e do tratamento na sua vida. Métodos: Pesquisa qualitativa, com 12 pacientes que hemodializam em um centro de hemodiálise na região noroeste do Rio Grande do Sul, Brasil, em 2014. Os dados foram coletados por entrevista semiestruturada submetidos à análise de conteúdo. Resultados: Evidenciam que os sentimentos de indignação e negação se modificam, enquanto os pacientes se fortalecem para o enfrentamento da doença e tratamento. Restrições alimentares e hídricas, bem como limitação das atividades de trabalho foram as dificuldades identificadas. Entretanto, ocorre o fortalecimento de vínculos familiares, de amizades e uma proximidade com a religião. Conclusão: As percepções negativas devido às restrições impostas pela situação deste adoecimento. Aponta-se a necessidade de apoio e fortalecimento da rede de relações destes pacientes, que lhes facilite o convívio com as limitações impostas pela doença e tratamento visando à melhor qualidade de vida
Objective: To know the perceptions of hemodialytic patients about the changes and limitations of the disease and treatment in their life. Methods: Qualitative research with 12 patients who hemodialised at a hemodialysis center in the Northwest region of RS, Brazil, in 2014. Data were collected through semi-structured interviews submitted to Content Analysis. Results: They show that the feelings of indignation and denial change, while patients are strengthened to cope with the disease and treatment. Food and water restrictions, limitation of work activities were identified difficulties. However, there is the strengthening of familyties, of friendships and a closeness to religion. Conclusion: The negative perceptions due to the restrictions imposed by the situation of this illness. It is necessary to support and strengthen the network of relationships of these patients, which facilitates them to live with the limitations imposed by the disease and treatment aiming at a better quality of life
Objetivo: Conocer las percepciones de los pacientes de hemodiálisis sobre los cambios y las limitaciones de la enfermedad y el tratamiento em su vida. Métodos: estudio cualitativo con 12 pacientes hemodializam em un centro de hemodiálisis en el noroeste de RS, Brasil, en 2014. Los datos se recogieron mediante entrevista semiestructurada sometido a análisis de contenido. Resultados: Este estudio evidencia que los sentimientos de indignación y la negación del cambio, mientras que los pacientes están fortalecidos para hacer frente a la enfermedad y el tratamiento. restricciones de comida y agua, lo que limita las actividades de trabajo eran las dificultades identificadas. Sin embargo, no es el fortalecimiento de los lazos familiares, amistades y la cercanía a la religión. Conclusión: Las percepciones negativas debido a las restricciones impuestas por la situación de esta enfermedad. Apunta a la necesidad de apoyar y fortalecer la red de relaciones de estos pacientes, lo que facilita la vida con las limitaciones impuestas por la enfermedad y el tratamiento de la mejor calidad de vida