Your browser doesn't support javascript.

RIPSA

Rede Interagencial de Informações para a Saúde

Sistematizando informação e construindo conhecimento para políticas de saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Concepção de velhice: um estudo com profissionais de saúde de um hospital universitário / Conception of old age: a study with health professionals from a university hospital / Concepción de vejez: un estudio de profesionales de la salud de un hospital universitario

Raposo, Maria Aparecida Moreira; Leite, Franciele Marabotti Costa; Maciel, Paulete Maria Ambrósio.
Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online); 10(4): 958-963, out.-dez. 2018.
Artigo em Inglês, Português | LILACS - Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde | ID: biblio-915570

Resumo

Objetivo: Analisar a concepção de velhice dos profissionais de saúde que atuam no ambiente hospitalar. Método: Trata-se de um estudo exploratório descritivo, de abordagem qualitativa, realizado em uma Unidade de Clínica Médica de um Hospital Universitário no município de Vitória, Espírito Santo. Participaram 22 profissionais de saúde: enfermeiros, médicos, médicos residentes e assistentes sociais. Os dados foram coletados no período de março a abril de 2013, por meio de um questionário e analisados pela técnica de análise de conteúdo proposta por Bardin. Resultados: A análise desses permitiu a construção de quatro categorias: velhice nas dimensões biológica; cronológica; psicológica; e social. Conclusão: Constatou-se que a concepção de velhice dos profissionais de saúde independe da idade cronológica, sendo norteada por fatores como dependência, capacidade funcional e de como o idoso vê a sua condição de velhice
Aimed: Examine the conception of old age by health professionals that hospital environment. Methods: This is an exploratory, descriptive, qualitative approach, made on a Medical Clinic Unit of Universitary Hospital the municipality of Vitoria, Espírito Santo. Participated 22 health professionals: nurses, physicians, resident physicians and social workers. Data were collected in the period from March to April 2013, using a questionnaire and analyzed using content analysis proposed by Bardin. Results: The analysis allowed the construction of the four categories: Old age dimensions: biological, chronological, psychological and social. Conclusions: It was found that the concept of old age by health professionals independent of chronological age being guided by factors such as dependency, functional capacity and how the elderly see their condition as old age
Objetivo: Examinar el concepción de profesionales de la salud de vejez em un hospital. Métodos: Es un estudio exploratorio, descriptivo, cualitativo, metido en una unidad clínica médica de un Hospital Universitario en la ciudad de Vitoria, Espírito Santo. Participado 22 profesionales de la salud: enfermeras, médicos, médicos residentes y trabajadores sociales. Los datos fueron recolectados en el período de marzo a abril de 2013, mediante um cuestionario y analizados mediante análisis de contenido propuesto por Bardin. Resultados: El análisis permitió la construcción de estas cuatro categorías: las dimensiones de vejez: biológica, cronológica, psicológica y social. Conclusiones: Se encontró que el concepto de vejez de lós profesionales de la salud independiente de la edad cronológica siendo guiado por factores tal como la dependencia, la capacidad funcional y de cómo las personas ven condición de vejez