Your browser doesn't support javascript.

RIPSA

Rede Interagencial de Informações para a Saúde

Sistematizando informação e construindo conhecimento para políticas de saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Adesão dos idosos às formas de administração do tratamento da tuberculose / Adherence of elderly people to tuberculosis treatment / Adhesión de los ancianos a las formas de administración del tratamiento de la tuberculosis

Freire, Izaura Luzia Silvério; Santos, Fernanda Rafaela dos; Menezes, Luzia Clara Cunha de; Medeiros, Anderson Brito de; Silva, Bárbara Coeli Oliveira da.
Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online); 11(3): 555-559, abr.-maio 2019. tab
Artigo em Inglês, Português | LILACS - Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde, BDENF - enfermagem (Brasil) | ID: biblio-987456
Objetivo: Conhecer a adesão dos idosos às formas de administração do tratamento da tuberculose. Métodos: Estudo exploratório-descritivo, transversal e quantitativo, desenvolvido no Distrito Sanitário Oeste de Natal, com os idosos que fizeram tratamento entre janeiro de 2010 a dezembro de 2015. Resultados: Observou-se que os idosos utilizam tanto o regime autoadministrado (51,1%) quanto o diretamente observado (48,9%). Em ambos os grupos prevaleceu a faixa etária de 60 a 69 anos (29,8%; 35,1%), a forma pulmonar da doença (41,5%; 44,7%) e o caso novo como tipo de entrada para o tratamento (31,9%; 27,7%). Quanto ao encerramento, destacou-se a conclusão do tratamento (33,0%; 25,5%). Conclusão: A tuberculose ainda é prevalente no Brasil, destacando-se a importância do diagnóstico e tratamento adequados, além da adoção de medidas de controle e capacitação dos profissionais de saúde frente ao cuidado desses pacientes