Your browser doesn't support javascript.

RIPSA

Rede Interagencial de Informações para a Saúde

Sistematizando informação e construindo conhecimento para políticas de saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Fatores intervenientes na adesão ao tratamento de usuários de drogas atendidos no Caps-Ad / The intervening factors on the treatment adherence of drug users assisted by a Caps-Ad / Factores intervenientes en la adhesión al tratamiento de usuarios de droga atendidos en el Caps-Ad

Paiano, Marcelle; Kurata, Vanessa Midori; Lopes, Ana Patrícia Araújo Torquato; Batistela, Geovana; Marcon, Sonia Silva.
Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online); 11(3): 687-693, abr.-maio 2019.
Artigo em Inglês, Português | LILACS - Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde, BDENF - enfermagem (Brasil) | ID: biblio-988293
Objetivo: Conhecer os fatores que interferem na adesão de usuários de drogas ao tratamento ambulatorial. Métodos: Estudo descritivo, de natureza qualitativa, cujos dados foram coletados entre agosto e dezembro de 2015 por meio de entrevista com sete usuários e submetidos à análise de conteúdo temática. Resultados: O primeiro contato com as drogas normalmente ocorre por influência de amigos, enquanto a busca por tratamento no CAPS-ad ocorre por vontade própria, sendo que a família interfere positivamente no início e também na continuidade do tratamento. Os fatores que favorecem a adesão ao tratamento foram: disponibilidade dos profissionais de saúde no atendimento aos pacientes, o que se contrapõe à dificuldade de acesso ao serviço. Conclusão: Para manter a adesão ao tratamento no âmbito ambulatorial se faz necessário: desejo do usuário em parar de usar drogas, apoio familiar, vínculo com os profissionais e facilidade de acesso ao serviço, em termos geográfico, financeiro e estrutural