biblioteca virtual en salud

BVS - Literatura Cientifica y Técnica

 

Historico de búsqueda  ()

Su selección  ()

Resultados  1-10 de 54
Enviar resultado
adicionar en sua lista
1.

Modelo de desenvolvimento, agrotóxicos e saúde: um panorama da realidade agrícola brasileira e propostas para uma agenda de pesquisa inovadora/ Development model, pesticides, and health: a panorama of the Brazilian agricultural reality and proposals for an innovative research agenda

Porto, Marcelo Firpo; Soares, Wagner Lopes
| Idioma(s): Portugués
O modelo agrário hegemônico no Brasil está baseado em monocultivos para exportação que são intensivos em tecnologias mecanizadas e no uso de agrotóxicos. O país tornou-se o principal consumidor mundial de agrotóxicos e é avaliado como o mercado que mais crescerá num futuro próximo. Este trabalho teve como propósito fazer uma avaliação geral da relação entre o modelo agrário brasileiro e os impactos à saúde e ao ambiente decorrentes do uso de agrotóxicos e propor uma agenda de pesquisa para subsidiar o enfrentamento dos problemas apontados que integre os setores comprometidos com a defesa da saúde, do meio ambiente e da segurança e soberania alimentar. Constatou-se e discutiu-se a necessidade de: dar maior visibilidade aos efeitos e aos custos socioambientais e de saúde do modelo predominante; utilizar instrumentos econômicos para incentivar o uso de tecnologias mais limpas e modelos de produção mais saudáveis, compatíveis com a agricultura familiar, e para desestimular os modelos que oferecem mais riscos à saúde e ao ambiente; desenvolver e implementar políticas públicas baseadas em referenciais da economia ecológica e da agroecologia, com a participação de movimentos sociais, das instituições reguladoras e de grupos de pesquisa. The hegemonic agrarian model in Brazil is based on crops for export that are intensive in mechanized technologies and in the use of pesticides. The country became the world largest pesticide consumer and is ranked as the market that will grow the most in the near future. The purpose of this article was to make a general assessment of the relationship between the Brazilian agrarian model and the impacts of pesticide use on health and environment. To confront these problems, we propose a research agenda that integrates the different sectors engaged in protecting health, environment, and also food safety and sovereignty. We evidenced and discussed the need to: give greater visibility to the impacts as well as socio-environmental and health costs of the predominant model, adopt economic instruments that will encourage the use of cleaner technologies and healthier production models compatible with family farming, discourage productive systems that offer more environmental and health risks, along with developing and implementing public policies based on advances in ecological economics and agroecology, with the participation of social movements, regulatory institutions, and research groups.
adicionar en sua lista
2.

O papel da geografia em face da crise ambiental/ The role of geography in the face of the environmental crisis

Souto, Raquel Dezidério
| Idioma(s): Portugués
Diante da crise ambiental atual, diversas disciplinas científicas têm se voltado para sua análise, a fim de apontar soluções para dirimir ou minimizar os danos ambientais e sociais causados pelas atividades econômicas e por outros tipos de fatores de pressão ambiental. Este artigo propõe-se inicialmente a mostrar sucintamente como mudou a visão geográfica predominante no mundo ocidental a respeito da relação entre as populações humanas e o ambiente. Uma mudança de visão que foi reflexo das mudanças que estavam em curso na geografia como um todo, resguardadas as diferenças entre os países. Discute-se ainda que a crise ambiental é uma crise do conhecimento, como afirmam cada vez mais autores. Este texto culmina com as virtudes e limitações da geografia na busca desse entendimento, no intuito de colaborar para seu avançar Given the current environmental crisis, various scientific disciplines have striven to analyze it and identify solutions to resolve or minimize the environmental and social damage caused by economic activities and other types of environmental stress factors. This article proposes to briefly show how the predominant geographic vision has changed in the Western world with regard to the relationship between human populations and the environment. This change of vision was a reflection of the changes that were taking place in Geography as a whole, with allowances for differences between countries. It is also argued that the environmental crisis is a crisis of knowledge, as some authors claim. The text culminates with the virtues and limitations of Geography in the pursuit of this understanding, with the aim of advancing it
adicionar en sua lista
3.

Desafios do desenvolvimento em Miracema (RJ): uma abordagem territorial sustentável de saúde e ambiente/ Development challenges in Miracema (RJ, Brasil): a territorial approach for the sustainable management of health and environment

Ribeiro, Paulo José de Mendonça; Roque, Odir Clécio da Cruz; Barcellos, Christovam
| Idioma(s): Portugués
O objetivo deste trabalho foi identificar e caracterizar um modelo de gestão do marketing como estratégia para promoção do município saudável e sustentável em Miracema (RJ). A estrutura da pesquisa deu-se, primeiro, pela coleta de dados primários, com a realização de entrevistas com gestores municipais para conhecer o Sistema de Gestão Municipal e construir mapas participativos para diagnóstico dos problemas e conflitos. Segundo, uma pesquisa de abordagem qualitativa, interpretando a percepção junto à população por meio de questionário estruturado da problemática no município. Na investigação de ferramentas e instrumentos para resposta à problemática no município de Miracema utilizou-se como referencial a matriz Pressão-Estado-Impacto-Resposta (PEIR). Com base no conhecimento produzido, elaborou-se a proposta de gestão do marketing no município baseada nos indicadores de resposta diagnosticados na esfera municipal. Miracema apresenta potencial para desenvolvimento nos setores primário e secundário. O agronegócio deve ser desenvolvido no modelo sustentável, em conformidade com políticas públicas capazes de promover a continuidade de investimentos. O mesmo aplica-se ao aproveitamento da matéria prima na indústria. Logo, o Zoneamento Econômico Ecológico do município contemplando o ambiente induz a ferramenta indispensável de sua viabilidade.
adicionar en sua lista
4.

Percepção de risco: um campo de interesse para a interface ambiente, saúde e sustentabilidade/ Risk perception: a field of interest for the interface between environment, health, and sustainability

Giulio, Gabriela Marques Di; Vasconcellos, Maria da Penha; Assunção, João Vicente de; Günther, Wanda Maria Rizzo; Ribeiro, Helena
| Idioma(s): Inglés
Neste artigo, os autores discutem o complexo campo da percepção, em particular da percepção de risco, a partir de um ensaio de natureza teórica e metodológica que busca destacar a sua relevância em pesquisas que dialogam com a interface ambiente, saúde e sustentabilidade. Reconhecendo que fatores sociais e culturais influenciam direta e indiretamente as percepções que os indivíduos têm sobre diferentes riscos, os autores sinalizam que estudos nesse campo podem evidenciar os interesses, os valores e os pontos de conflitos existentes nas arenas e oferecer insights que ajudariam os tomadores de decisão a aperfeiçoar processos decisórios com maior envolvimento da sociedade. Para além da percepção de risco, o artigo discute também exemplos de investigações conduzidas pelos autores com enfoque sobre percepção ambiental. Buscando uma perspectiva crítica para tratar o tema, reconhecem a necessidade de compreender nos processos ambientais e em contextos sociais a configuração dos riscos socioambientais e suas percepções. In this article, the authors discuss the complex field of perception, more specifically of the perception of risk, drawing on a theoretical and methodological essay that seeks to stress the importance of risk perception in studies related to the interface environment, health and sustainability. Recognizing that social and cultural elements shape in direct and indirect ways individual's perceptions of different risks, the authors flag that studies in this field can point out specific interests, values, and points of conflicts that exist in the arenas and offer insights that would help decision makers improve their decision making processes with greater involvement of society. In addition to risk perception, the article also discusses examples of investigations conducted by the authors focusing on environmental perception. Searching for a critical perspective to cover the subject, the authors recognize the need to understand, in environmental and societal processes, the setting of socio-environmental risks and how they are perceived.
adicionar en sua lista
5.

Saneamento e saúde: malha hidrográfica da Leopoldina e impacto das doenças de veiculação hídrica no município do Rio de Janeiro/ Sanitation and health: Leopoldina country hidrographic basin and study the impact of water-borne diseases in the city Rio de Janeiro

Senna Junior, Vicente Antonio de
| Idioma(s): Portugués
Esta pesquisa busca contribuir no aprofundamento da discussão do saneamento e saúde, utilizando como modelo a malha hidrográfica da Leopoldina e dar subsídios às políticas públicas do setor pelo impacto das doenças de veiculação hídrica observadas, reiteradamente, no Município do Rio de Janeiro. A utilização do saneamento como instrumento de promoção da saúde pressupõe a superação dos entraves tecnológicos, políticos e gerenciais que têm dificultado a extensão dos benefícios aos residentes em áreas rurais, municipais e localidades de pequeno porte. A maioria dos problemas sanitários que afetam a população mundial está relacionado com o meio ambiente. Um exemplo disso é a diarréia que, com mais de quatro bilhões de casos por ano, é a doenças que mais aflige a humanidade. Entre as causas dessas doenças destacam-se as condições inadequadas dos serviços de abastecimento de água e de esgotamento sanitário.
adicionar en sua lista
6.

Contaminação química: respostas das instituições responsáveis e ações das populações atingidas no Brasil e em Portugal/ Chemical contamination: institutional responses and actions of affected populations in Brazil and Portugal

Fernandes, Lúcia de Oliveira; Nunes, João Arriscado; Porto, Marcelo Firpo de Souza
| Idioma(s): Portugués
A contaminação química gera poluição ambiental e problemas de saúde, entre outros impactos diretos e indiretos. O artigo aborda dois contextos particulares de contaminação em dois países: Brasil e Portugal. Cidade dos Meninos, no Estado do Rio de Janeiro, área rural onde houve atividade industrial no passado, sendo atualmente uma área contaminada. Estarreja, uma cidade no centro de Portugal, onde se localiza um polo químico em atividade que apresenta contaminação passada no meio ambiente por diversas substâncias tóxicas e impactos presentes de sua atividade. Este artigo apresenta uma discussão sobre áreas contaminadas e as respostas (e ausência de respostas) das instituições responsáveis pelo controle e/ou minimização dos efeitos da contaminação ambiental e humana nos níveis local, regional e nacional, e de quem vive os problemas no seu lugar de habitação e/ou trabalho. A análise assentou numa abordagem integrada relacionando os processos que costumam ser atribuídos aos domínios do "meio ambiente", da "saúde", do "social", do "econômico", do "político" e da "justiça", mantendo atenção às especificidades de cada caso e contexto. Chemical contamination generates environmen tal pollution and health problems, among other direct and indirect impacts. This article focuses on two particular contaminated contexts in two countries: Brazil and Portugal. One case is Cidade dos Meninos, in the state of Rio de Janeiro, Brazil, a rural area, where there was industrial activity in the past and currently is a contaminated area. An other case study is Estarreja, city in the center of Portugal, an active chemical industry complex with past contamination by different toxics for health and present impacts of its activity. The article dis cusses the actions of the affected communities and the responses (and also the lack of response) of the institutions in charge of controlling and minimizing the effects of contamination in the local, regional and national levels. The analysis is based in an in tegrated approach relating processes usually sepa rated into the domains of "environment," "health," "social," "economics," "politics" and "justice," while maintaining close attention to the specificities of each case and context.
adicionar en sua lista
7.

Percepção ambiental como fator de saúde publica em área de vulnerabilidade social no brasil/ Environmental perception as a public health issue in a socially vulnerable area of brazil

Lermen, Helena Salgueiro; Fisher, Paul Douglas
;
| Idioma(s): Portugués
Os moradores da Vila Parque Santa Anita, uma favela situada no município de Porto Alegre, RS, Brasil, estão expostos a uma série de problemas ambientais que impactam a saúde dos moradores. Identificar como as populações de áreas mais vulneráveis notam e interagem com o seu meio ambiente e a quem eles atribuem a responsabilidade por este, constituem fatores importantes para a construção de políticas públicas mais eficazes. O objetivo desse estudo quanti-qualitativo foi descrever como os moradores percebem sua relação com o meio ambiente da vila. O estudo também comparou a percepção ambiental dos moradores que trabalham com coleta de lixo (catadores) com a do resto da população da vila. Das 85 pessoas que responderam ao questionário, 13 eram catadores. A parte qualitativa do estudo envolveu a distribuição de câmeras descartáveis a cinco catadores e quatro não-catadores. Foi pedido a estes moradores que tirassem fotos do meio ambiente, da poluição e de riscos à saúde. Aos fotógrafos, foi então solicitado que explicassem o significado de suas fotos. Enquanto os moradores com maiores níveis de escolaridade mostraram um maior grau de conhecimento sobre meio ambiente, isso parece não refletido em um maior grau de consciência ambiental. Na análise, não surpreende que aquilo que os não catadores perceberam como o lixo e poluição, os catadores perceberam como um recurso para sua sobrevivência. Apesar de identificarem várias doenças relacionadas à qualidade do meio ambiente, os participantes tiveram dificuldade de associar suas próprias ações aos danos ambientais. Consideraram os ratos como a principal ameaça a sua saúde, mas não fizeram a conexão entre a presença desses animais com o acúmulo de lixo. De modo geral, os moradores colocaram a responsabilidade de questões ambientais sobre a prefeitura, o sistema de coleta de lixo e sobre outros moradores, raramente assumindo para si tais problemas. The residents of the the Vila Parque Santa Anita, a slum situated in the municipality of Porto Alegre, RS, Brazil, a rechronically exposed to a variety of environmental problems that impact the health of the residents. Identifying how populations in vulnerable areas see and interact with their environment, and to whom they attribute responsibility for it, are important factors to be considered in the developmentof effective public policies. The objective of this quantitative-qualitative study was to describe how the residents perceive their relationship with the environment. The study also compared the perceptions of residents involved in the informal collection of recyclables with that of the rest of the population. Of the 85 people that responded to the survey, 13 were recyclers. The qualitative part of the study involved distributing disposable cameras to 5 of the recyclers and 4 non-recyclers, who were asked to take photographs of the environment, pollution and the causes of pollution in the area. The photographers were subsequently asked to explain the meaning of their photographs. While residents with higher levels of education exhibited a higher degree of environmental awareness, this was not manifested as a higher degree of environmental consciousness. Not unexpectedly, what non-recyclers perceive as garbage and pollution, recyclers perceive as resources related to their livelihood. While participants identified various health problems related to environmental conditions, they had difficulty associating their own behavior with environmental quality. They considered rats to be the most significant threat to their health but failed to connect the presence of rats with the accumulation of garbage. Respondents tended to place responsibility for addressing environmental problems on the municipality, the garbage collection system and other residents but rarely assumed responsibility for the problems themselves.
adicionar en sua lista
8.

Condiciones de hábitat y percepción de los estados de salud: conceptos categoriales emergentes/ Environmental conditions and perception of health status: emerging categorial concepts/ Condições de habitat e percepção dos estados de saúde. conceitos categorias emergentes

Londoño Palacio, Olga Lucía; Chaparro Borja, Paola
| Idioma(s): Inglés; Español; Portugués
Objetivos: identificar las relaciones entre las condiciones de hábitat y los estados de salud a partir de las categorías emergentes del trabajo de campo realizado en seis barrios de Suba, en Bogotá. Como referentes para su desarrollo se escogieron los barrios Casablanca, Lisboa, Cañiza 3, Villa Cindy, Tibabuyes Universal y La Gaitana, ubicados dentro de la localidad de Suba pertenecientes al estrato 2. Materiales y métodos: estudio cualitativo con diseño descriptivo, realizado durante el año 2010. El ejercicio investigativo se llevó a cabo siguiendo la metodología del Sondeo Participativo y el modelo de análisis de la Teoría Fundamentada, utilizando diversas técnicas de la investigación cualitativa de las ciencias sociales. Resultados: el trabajo se estructuró desde cuatro categorías emergentes, a través de las cuales se organizó y analizó la información recolectada a manera de narrativas y representaciones, a partir de la actuación de las personas que participaron en el trabajo de campo. Conclusiones: la relación entre hábitat y salud es dialéctica; no solo supera la idea de que se limita a los efectos que las estructuras físicas de la vivienda y el entorno pueden tener sobre las alteraciones de la salud, sino que es un sistema integral que comprende factores sociales, políticos, culturales, económicos, ambientales y espaciales. Objectives: to identify the relationship between environmental conditions and health status from the emerging categories of field work carried out in six neighborhoods located in Suba, Bogotá. The stratum 2 neighborhoods Casablanca, Lisbon, Cañiza 3, Villa Cindy, Universal Tibabuyes, and Gaitana were chosen. Materials and methods: qualitative study with descriptive design, carried out in 2010. This research exercise was performed using Participatory Survey methods and their respective analysis drawn from Grounded Theory using several techniques of social sciences qualitative investigation. Results: the work was structured from four emerging categories through which collected information was organized and analyzed as narratives and representations from the behavior of people who participated in the fieldwork. Conclusions: the relationship between environmental conditions and health is dialectic; not only it overcomes the idea that it is limited to the effects of the physical housing structures and environment can have on health disorders, but it is an integrated system, including social, political, cultural, economic, environmental and spatial factors. Objetivos: identificar as relações entre las condições de habitat e os estados de saúde a partir das categorías emergentes do trabalho de campo realizado em seis bairros de Suba, em Bogotá. Como referentes para seu desenvolvimento escolheram se os bairros Casablanca, Lisboa, Cañiza 3, Villa Cindy, Tibabuyes Universal e a Gaitana, situa se dentro da localidade de Suba pertencentes ao estrato 2. Materiais e métodos: pesquisa qualitativa com desenho descritivo, realizado durante o ano 2010. O exercício de pesquisa levou se a cabo seguindo a metodologia do Sondeo Participativo e o modelo de analise da Teoria Fundamentada, utilizando diversas técnicas da pesquisa qualitativa das ciências sociais. Resultados: O trabalho se estruturou a partir de quatro categorias emergentes, a través das quais se organizou e analisou a informação recolhida a pessoas que participaram no trabalho do campo. Conclusões: A relação entre o hábitat e saúde é dialética; não só supera a idéia de que se limita aos efeitos que as estruturas físicas da vivenda e o entorno pode ter sobre as alterações da saúde, pelo contrario é um sistema integral que compreende fatores sociais, políticos, culturais, econômicos, ambientais e espaciais.
Resultados  1-10 de 54