biblioteca virtual en salud

BVS - Literatura Cientifica y Técnica

 

Historico de búsqueda  ()

Su selección  ()

Collapse All  Ocultar
Expand All  Mostrar
Tipo
Texto completo (7198)
Idioma
Año
Resultados  1-10 de 14.947
Enviar resultado
adicionar en sua lista
1.

Reconstruyendo la memoria colectiva de los cuidados para la salud en el Valle del Río Cimitarra: una propuesta investigativa/ Restoring the collective memory of health cares in the Valley of the Cimitarra River: a research proposal

Laza Vásquez, Celmira
| Idioma(s): Español
Se presenta la experiencia de una propuesta investigativa a mediano plazo que se desarrolla en la actualidad. En ésta se pretende comprender los cuidados de la salud en el contexto de las dinámicas culturales, sociales, económicas y políticas que los han determinado para aportar a la construcción de los procesos de empoderamiento de la salud y consolidación de la identidad de una población rural que en su conformación han influido diferentes acervos culturales, y condiciones sociopolíticas y económicas producto del desplazamiento forzado por la violencia y el conflicto social y armado que se desarrolla en la región del Valle del río Cimitarra - Magdalena Medio colombiano. Se aborda el contexto investigativo y la "ruta" que se sigue: la construcción de la experiencia de los problemas de salud, descripción de las prácticas de cuidado, de los agentes tradicionales, los recursos tradicionales utilizados para el cuidado y el gasto en salud de las comunidades. Se plantea una triangulación por la complejidad del fenómeno de estudio. Los referentes teóricos utilizados son la Teoría de la universalidad y diversidad de los cuidados culturales, la Sociología médica y la Antropología médica crítica. Metodológicamente, se asume el enfoque cualitativo y para la recolección de la información, técnicas de la etnografía y la investigación-acción. El método interpretativo-hermenéutico se propone para el análisis de la información. The experience of a research proposal of medium term that is currently developing is presented. The purpose, is trying to know the health care in the dynamic, social, economical and political context in which they have determined them in order to contribute to the construction of the health empowering and consideration of the identity of rural population, that in its conformation, different cultural backgrounds and socio-political and economic conditions, product of forced relocation produced by violence have influenced them, and the social and armed conflict that is been developed in the Valley of the Cimitarra River - Colombian Medium Magdalena. The research context is approached and the "route" following is: the construction of the health problems experience, description of the care practices, the traditional agents, traditional resources used for care and the communities' health expenses. An attempt of triangulation by the complexity of the study phenomenon is set out. The theoretical referents used are the Universality Theory and the diversity of the cultural care, the Medical Sociology and the Critical Medical Anthropology. Methodologically, the quantitative approach is assumed, and for the collection of information, ethnography techniques and action-research. The interpretative-hermeneutic method is proposed for the analysis of the information.
adicionar en sua lista
2.

Work ability, musculoskeletal symptoms and quality of life among community health workers in Uberaba, Minas Gerais, Brazil/ Capacidade para o trabalho, sintomas osteomusculares e qualidade de vida entre agentes comunitários de saúde em Uberaba, Minas Gerais

Paula, Ítalo Ribeiro; Walsh, Isabel Aparecida Porcatti de; Castro, Shamyr Sulyvan de; Marcacine, Patricia Ribeiro
| Idioma(s): Portugués
This study aimed to assess work ability (WA), socioeconomic aspects, quality of life (QoL), and musculoskeletal symptoms, as well as the associations between them in community health workers (CHW) in the town of Uberaba, Minas Gerais, Brazil. A total of 47 CHW participated in the survey (42 women and 5 men), with an average age of 37.26 12.74 years, who answered a sociodemographic questionnaire, the Nordic Questionnaire of Musculoskeletal Symptoms, the Questionnaire on Quality of Life SF-36, and the Work Ability Index. Inferential analysis was performed using the Mann-Whitney test, Kruskal-Wallis test, and Spearman's correlation test, with a 5% significance level. Of the CHW interviewed, 82.98% had had musculoskeletal symptoms within the last 7 days and 93.62% within the last 12 months. The most compromised QoL domain was pain, followed by vitality, social aspects, mental health, general health status, emotional aspects, physical appearance, and functional capacity. The mean value for WA was 36.51 7.95. The comparison between gender and WA indicated that a greater number of women had an inadequate capacity. A higher incidence of symptoms implied an inadequate capacity. The lower the QoL scores, the lower WA. O objetivo deste estudo foi avaliar a capacidade para o trabalho (CT), aspectos socioeconômicos, qualidade de vida (QV) e sintomas osteomusculares, bem como as associações entre estes em agentes comunitários de saúde (ACS) da cidade de Uberaba, Minas Gerais. Participaram da pesquisa 47 ACS (42 mulheres e 5 homens), com idade média de 37,26 12,74 anos, que responderam um questionário sociodemográfico, o Questionário Nórdico de Sintomas Osteomusculares, o Questionário de Qualidade de Vida SF-36 e o Índice de Capacidade para o Trabalho. A análise inferencial foi realizada com a utilização do teste de Mann-Whitney, teste de Kruskall Wallis e teste de correlação de Spearmann, com significância de 5%. Dos ACS entrevistados, 82,98% apresentaram sintomas osteomusculares nos últimos 7 dias e 93,62% nos últimos 12 meses. O domínio da QV mais comprometido foi a dor, seguido pela vitalidade, aspectos sociais, saúde mental, estado geral de saúde, aspectos emocionais, aspecto físico e capacidade funcional. A média da CT foi de 36,51±7,95. A comparação entre sexo e CT indicou que maior número de mulheres apresentou capacidade inadequada. Maior incidência de sintomas implicou capacidade inadequada. Quanto mais baixos os escores da QV, menor a CT.
adicionar en sua lista
3.

Ações de alimentação e nutrição e sua interface com segurança alimentar e nutricional: uma comparação entre Brasil e Portugal/ Food and nutrition actions and their interface with food security: a comparison between Brazil and Portugal

Vieira, Viviane Laudelino; Gregório, Maria João; Cervato-Mancuso, Ana Maria; Graça, António Pedro Soares Ricardo
| Idioma(s): Portugués
Este trabalho se propõe a discutir comparativamente as ações de alimentação e nutrição que remetem ao tema da Segurança Alimentar e Nutricional (SAN) no Brasil e em Portugal, tendo em vista que diversos países têm estabelecido diretrizes para a garantia da alimentação adequada. Ambas as nações vivenciam situações de reduzida taxa de fecundidade, aumento da expectativa de vida e prevalências elevadas de doenças e agravos não transmissíveis. No Brasil, 30,2 por cento das famílias vivem em insegurança alimentar; em Portugal, mesmo sem contabilizar a insegurança, 18,0 por cento de seus habitantes encontram-se em risco de pobreza. A Política Nacional de Alimentação e Nutrição (PNAN) é o atual documento brasileiro que visa assegurar o acesso universal ao alimento. Portugal, devido à sua inserção na União Europeia, norteia-se pelo Segundo Plano de Ação Europeu para Política de Alimentação e Nutrição, da WHO, mas também pelo Plano Nacional de Saúde, atualizado periodicamente. Pautados pela intersetorialidade, os países apresentam ações relativas à SAN comuns, como aquelas relacionadas ao combate à obesidade, ao incentivo ao aleitamento materno, à prevenção de deficiências nutricionais e promoção de ações de educação alimentar em meio escolar, enquanto que, especificamente no Brasil, encontram-se estratégias relativas ao combate à desnutrição e, em Portugal, aquelas ligadas à indústria e à produção de alimentos seguros. Com relação à abordagem acerca da SAN, são verificadas distinções: a SAN é mais amplamente discutida pela política brasileira, enquanto que, em Portugal, o tema encontra-se implícito nas diversas ações de alimentação e nutrição.
adicionar en sua lista
4.

A gente é um passador de informação: práticas educativas de agentes de combate a endemias no serviço de controle de zoonoses em Belo Horizonte, MG/ We are information dealers: educational practices of endemic diseases' battling agents at a service of zoonoses control in Belo Horizonte, Brazil

Fraga, Lívia dos Santos; Monteiro, Simone
| Idioma(s): Portugués
As zoonoses ocupam importante lugar entre as causas de adoecimento no Brasil. A revisão histórica das diretrizes dos programas governamentais de controle destas enfermidades revela avanços, mas a sua operacionalização no âmbito estadual e municipal depende de fatores socioambientais, institucionais e epidemiológicos. Esta pesquisa objetiva analisar as práticas educativas desenvolvidas por agentes de combate a endemias (ACEs), a partir de um estudo de caso numa região de Belo Horizonte, MG. A investigação envolveu análise documental, dois meses de observação participante da rotina de trabalho dos agentes e entrevistas com 16 ACEs e dois coordenadores do serviço. A região apresentou diversos elementos ambientais, socioeconômicos e culturais associados à ocorrência de zoonoses, mas tais fatores não foram considerados nas orientações dos ACEs aos moradores. Nas ações educativas, predomina a transmissão de informações técnico-científicas relacionadas ao controle de focos, criadouros de vetores e reservatórios de zoonoses; os saberes e a lógica popular não são valorizados. Apesar da centralidade do papel educativo dos ACEs no discurso institucional, as atividades educativas dos agentes são limitadas diante das lacunas na formação profissional, na estrutura organizacional do serviço e no modelo de gerenciamento, pautado em indicadores quantitativos de produtividade. Para compreender a resistência da população ao discurso técnico-científico e incrementar as atividades educativas dos ACEs, é preciso mudar a organização do serviço e desenvolver cursos de formação dos ACEs, centrados na multideterminação do processo saúde-doença, na importância do contexto socioeconômico e ambiental no controle das zoonoses e na educação participativa... Zoonoses have an important place among illnesses' causes in Brazil. A historical review of governmental programs guidelines to control such diseases reveals advances, but their implementation at the municipal and state level depends on socio-environmental factors and on institutional and epidemiological characteristics. This research aims to analyze the educational practices developed by agents that fight endemic diseases (ACE) through a case study in one of Belo Horizonte's burroughs, MG. The research involved documental analysis, two months of observation of ACE work and interviews with 16 ACE and two coordinators of the service. The region presented several environmental, socioeconomics and cultural elements associated with the occurrence of zoonoses, but these factors were not considered by ACE. The educational activities' developed by them were based on the transmission of technical-scientific information related to the control of zoonoses' vectors and reservoirs ; the knowledge of the population was not valued. In spite of the central place attributed to ACE's educational activities in the institutional discourse, those actions are limited by gaps in their training process and by the organizational structure of the service and management model, based on quantitative indicators of productivity. In order to understand the resistance of the population to technical-scientific discourse and to improve ACE's educational activities it is necessary to review the service organization and to develop a training process for them based on the multiple determinations of health-disease process, on the importance of environmental and socioeconomic contexts in zoonoses control and on participatory education...
adicionar en sua lista
5.

Leishmaniose tegumentar americana entre os indígenas Xakriabá: imagens, ideias, concepções e estratégias de prevenção e controle/ American cutaneous leishmaniasis among Xakriabá indians: images, ideas, conceptions, and strategies for prevention and control

Santos, Juliana Lúcia Costa; Fonseca, Ana Flávia Quintão; Melo, Marilene de Barros; Ferreira, Raquel Aparecida; Vargas, Michely de Lima Ferreira; Gontijo, Célia Maria Ferreira
| Idioma(s): Portugués
A leishmaniose tegumentar americana (LTA) é uma doença infecciosa em expansão na comunidade indígena Xakriabá, localizada no Norte de Minas Gerais, devido às suas características ambientais e condições precárias. Sua importância como problema de saúde pública entre esses indígenas reside não apenas na elevada incidência, como também nos transtornos que ocasiona à vida dos indivíduos afetados. O presente estudo teve como objetivo identificar imagens, ideias, concepções, atitudes e condições relacionadas às práticas de prevenção e cuidado da LTA na comunidade Xakriabá. Foram realizadas entrevistas com lideranças indígenas, profissionais de saúde, gestores do campo da saúde e educação; grupos focais com profissionais de saúde e educação, além de usuários do Sistema Único de Saúde. As falas foram gravadas mediante assinatura de um Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. As gravações foram transcritas e analisadas segundo a técnica de análise de conteúdo. A partir do conteúdo apreendido das falas definiram-se as seguintes categorias: imagens, ideias e concepções acerca da doença; compreensão sobre elementos do ciclo da doença; aspectos socioeconômicos e culturais que dificultam a sua prevenção. Evidenciou-se que a prevenção e o controle da LTA na Aldeia Indígena Xakriabá não é um problema simples de ser solucionado. Assim, ações educativas constituem importantes ferramentas para a compreensão da doença, bem como formulação e implementação de estratégias de prevenção. Portanto, é de suma importância, antes de qualquer intervenção na comunidade, a apreensão das concepções, imagens e ideias que essa população tem acerca da LTA, para então, com ela, construir estratégias de controle e prevenção... American cutaneous leishmaniasis (ACL) is an infectious disease expanding in Xakriabá indigenous community, located in northern Minas Gerais. The ACL is a important public health problem due to poor living conditions of indigenous, high incidence and disorders that causes the life of affected individuals. This study aimed to identify the images, ideas, conceptions, attitudes and conditions related to practices of prevention and care of ACL in the indigenous community Xakriabá. This is an action research qualitative approach. Interviews were conducted with: indigenous leaders, health professionals, managers in the field of health and education; Focus groups were conducted with: health professionals and education, as well as users of the Unified Health System. Speeches were recorded by signature a Letter of Consent. The recordings were transcribed and analyzed using the technique of content analysis. The content seized from the speeches outlined the following categories: images, ideas and conceptions about the disease; understanding of the elements disease cycle; socioeconomic and cultural aspects that hinder prevention. It was evident that the prevention and control of ACL in Indian Village Xakriabá is not a simple problem to be solved. Thus, educational activities are important tools for understanding the disease, formulation and implementation of prevention strategies. Therefore, it is important apprehension about the conceptions, images and ideas that people have about the disease, before any intervention in the community, in order to create control and prevention strategies together with them...
adicionar en sua lista
6.

Apresentação/ Apresentation

Moutinho, Laura; Mattos, Ruben
| Idioma(s): Portugués
Resultados  1-10 de 14.947