Your browser doesn't support javascript.

Secretaria de Estado da Saúde - BVS

Rede de Informação e Conhecimento

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Importância de Streptococcus pneumoniae do sorotipo 19A isolados de doenças invasivas e de portadores antes e após a introdução da vacina conjugada 10-valente no Brasil

Cassiolato, Ana Paula.
São Paulo; s.n; 2015. 112 p. mapas, tab, graf.
Tese Português | SES SP - Centro de Documentação/CCD | ID: ses-32289

Resumo

Em 2010 foi introduzida a vacina pneumocócica conjugada 10-valente (PCV10) no calendário de imunização infantil no Brasil. Com a introdução das vacinas conjugadas diversos países reportaram o aumento de Streptococcus pneumoniae do sorotipo 19A (Spn19A) em portadores e como principal causa de doenças pneumocócicas invasivas (DPI). O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito da introdução da PCV10 nas características fenotípicas e moleculares de Spn19A isolados de DPI e de portadores. Do banco de dados do Núcleo de Meningites, Pneumonias e Infecções Pneumocócicas do Instituto Adolfo Lutz foram selecionadas todas as cepas de Spn19A do período de 2005 a 2013 para as análises de prevalência e resistência antimicrobiana, e, destas, foram selecionadas todos os isolados de DPI (n=155) de pacientes das faixas etárias mais afetadas pela DPI (<5 anos e ≥50 anos) para caracterização molecular por Multi Locus Sequence Type. Também foram selecionados isolados (n=22) de portadores dos anos de 2010 e 2013. De acordo com os dados de vigilância laboratorial passiva, pode-se notar que apesar do aumento no numero de cepas invasivas de Spn19A, este aumento não foi significativo, variando de 2,8% no período pré-vacinal para 4,4% no período pós-vacinal. Foi observada uma diminuição nos percentuais de resistência à penicilina nas cepas isoladas de DPI, porém não significativo, de 39,5% para 30,5% nos períodos pré- e pós-vacinal respectivamente, porém houve aumento significativo da multirresistência nestes períodos (18,5% - 43,5%). Das 155 cepas invasivas, no período pré-vacinal foi observada prevalência do CC62 (55,2%), principalmente relacionado à ST1118; neste período este CC apresentava-se disseminado nas cinco regiões geográficas do Brasil. No período pós-PCV10, o CC320 (53,1%) foi o mais frequente, principalmente relacionado à ST320, que também foi observada nas cinco regiões...(AU)
In 2010, it was introduced a 10-valent pneumococcal conjugate vaccine (PCV10) in Brazil. Since the introduction of conjugate vaccines, many countries have reported an increase in Streptococcus pneumoniae serotype 19A (Spn19A) in invasive pneumococcal disease (IPD) and carriage.The aim of this study was to evaluate the effect of PCV10 introduction in phenotypic and molecular characteristics of Spn19A isolated from IPD and carriers. From database of Meningitis, Pneumonia and Pneumococcal Infections Laboratory, Center of Bacteriology, Institute Adolfo Lutz were selected all Spn19A strains collected in 2005 to 2013 for analysis of prevalence and antimicrobial resistance. Of these, all invasive isolates of most affected age groups patients by IPD (<5 and ≥50 years) were selected (n=155) to molecular characterization by Multi Locus Sequence Type. Were also selected isolates (n=22) of nasopharyngeal carriages from 2010 and 2013. According to the passive laboratory surveillance data it can be noted that despite the increase in number of invasive strains of Spn19A, this increase was not significant, ranging from 2.8% in the pre-vaccine period to 4.4% in the post-vaccination period. There was no significant decrease in penicillin resistance in strains isolated from IPD (39.5% pré- to 30.5% post-vaccination), but there was a significant increase in multidrug resistance in these periods (18.5% - 43.5%). Of the 155 invasive strains in the pre-vaccine period it was observed prevalence of CC62 (55.2%), mainly related to ST1118; this CC had become widespread in the five geographical regions of Brazil in this period. In the post-PCV... (AU).
Biblioteca responsável: BR91.2
Localização: BR91.2; W4, C345i
Selo DaSilva