Your browser doesn't support javascript.

Secretaria de Estado da Saúde - BVS

Rede de Informação e Conhecimento

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Isosporoid Coccidia (Apicomplexa: Eimeriidae) parasites of tanagers (Passeriformes: Thraupidae) from the Marambaia Island, Brazil / Coccídios isosporóides (Apicomplexa: Eimeriidae) parasitos de traupídeos (Passeriformes: Thraupidae) da ilha de Marambaia, Brasil

Berto, Bruno P; Luz, Hermes R; Flausino, Walter; Teixeira-Filho, Walter L; Ferreira, Ildemar; Lopes, Carlos Wilson G.
Pesqui. vet. bras; 31(9): 798-805, Sept. 2011. ilus, graf, tab
Artigo Inglês | VETINDEX | ID: vti-1321

Resumo

In recent years some coccidian parasites of birds were recorded in Marambaia Island, which is a protected environment with a great biodiversity of birds, mainly tanagers. In this current study Isospora tiesangui, I. sepetibensis, I. ramphoceli, I. navarroi, I. cadimi and I. marambaiensis were identified according to their respective thraupid hosts of the Marambaia Island. These species were characterized with histograms, linear regression and analysis of variance (ANOVA). The main feature of identification was the morphology of the sporocyst, mainly Stieda and substieda bodies, since the morphometry did not provide sufficient differentiation. Besides, Dacnis cayana and Thraupis palmarum were reported as new hosts to I. sepetibensis and I. navarroi respectively.(AU)
Nos últimos anos, alguns coccídios de aves foram registrados na Ilha da Marambaia, que é um ambiente protegido com uma grande biodiversidade de aves, principalmente traupídeos. No presente estudo Isospora tiesangui, I. sepetibensis, I. ramphoceli, I. navarroi, I. cadimi e I. marambaiensis foram identificadas de acordo com suas respectivos hospedeiros da Ilha da Marambaia, RJ. Essas espécies foram caracterizadas com histogramas, regressão linear e análise de variância (ANOVA). A principal característica de identificação foi a morfologia do esporocisto, principalmente os corpos de stieda e substieda, uma vez que a morfometria não forneceu diferenciação suficiente. Além disso, Dacnis cayana e Thraupis palmarum foram registrados como novos hospedeiros para I. sepetibensis e I. navarroi respectivamente.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1
Selo DaSilva