Your browser doesn't support javascript.

Portal de Búsqueda de la BVS

Información y Conocimiento para la Salud

Home > Búsqueda > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportación:

Exportar

Email
Adicionar mas contactos
| |

Luto e melancolia nas cores de Almodóvar

Meneghini Freire Lamarão, Carla.
Cadernos de psicanálise; 42(43): 57-74, jul.-dez. 2020.
Artículo en Portugués | Bivipsil | ID: psa-139056
Este artigo pretende refletir sobre fronteiras e desenlaces do luto e da melancolia, conforme
conceituados no artigo Luto e melancolia, de Sigmund Freud, e em outros trabalhos ao longo da
trajetória do autor. Nossa discussão tem como ponto de partida o filme Julieta (2016), do diretor
espanhol Pedro Almodóvar, que emprega uma variedade de recursos da linguagem cinematográfica,
tais como composição, fotografia e transições cênicas, para expressar nuances da perda
do objeto e retratar a trajetória de uma personagem melancólica com suas perdas, culpas e
dores. A partir daí, articulamos a noção freudiana de luto e melancolia com ideias de autores
como André Green, Roland Barthes e Maria Rita Kehl

Asunto(s)

Psicoanálisis

Descriptores locales

Círculo Psicanalítico do Rio de Janeiro; CPRJ; Luto; Melancolia; Perda do objeto; Autoestima; Cinema.
Biblioteca responsable: UY116.1