Your browser doesn't support javascript.

Portal de Búsqueda de la BVS

Información y Conocimiento para la Salud

Home > Búsqueda > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportación:

Exportar

Email
Adicionar mas contactos
| |

Roberto Martins e o drama da finitude humana: morte e vida, vida e morte

Marchon, Maria Livia.
Reverie: revista de psicanálise; 11(1): 102-107, dezembro 2018.
Artículo en Portugués | Bivipsil | ID: psa-3055
Psicanalista e escritor, Roberto Bittencourt Martins aborda em sua narrativa a trágica
finitude humana. Variadas se mostram as situações, mas a morte está sempre presente.
Criando arte, o psicanalista procura compreender o ser humano em seus acertos e
erros, assim como ajudar o leitor, quem sabe, a viver de modo mais feliz sua curta
existência. O clima, muitas vezes, é borgiano: sugere-se, não se afirma. Dona Carlinda,
com seus bonequinhos-vodu, matava realmente as pessoas ou a criança imaginou
tudo? Amanda, que, avant l´époque, não se satisfaz com o casamento, abandona tudo
e sofre as consequências. Terá realmente afirmado que não era prostituta e se suicidado
quando rapazes bêbados a foram molestar em sua triste solidão? O autor não julga,
apenas compreende e retrata com maestria seres humanos fictícios ou reais, em sua
caminhada de encontros e desencontros pela vida e em sua morte, advinda, muitas
vezes, demasiado cedo. Profundo conhecedor da realidade humana, Roberto Martins
nos aproxima da mesma, com seu fazer literário discreto, sugestivo, instigante

Asunto(s)

Psicoanálisis

Descriptores locales

Sociedade Psicanalítica de Fortaleza; SPFOR; VIDA; MORTE; LITERATURA.
Biblioteca responsable: UY116.1