Your browser doesn't support javascript.

Portal de Búsqueda de la BVS

Información y Conocimiento para la Salud

Home > Búsqueda > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportación:

Exportar

Email
Adicionar mas contactos
| |

Ser si mesmo e tolerar a solidão

Goulart, Adalberto A.
Psicanálise em Revista; 11(1): 11-20, 2018.
Artículo en Portugués | Bivipsil | ID: psa-5001
O autor inicia o trabalho questionando se haveria alguma possibilidade de alguém não ser si mesmo, com os recursos que dispõe, sejam eles quais e quantos forem. Questiona ainda se a solidão poderia ser compreendida como o encontro do si mesmo com o próprio eu profundo. Considerando o próprio corpo como o objeto original, este não seria resultado de projeções ou introjeções, mas estaria ali desde o nascimento e enquanto persistir a vida, tendo a fisicidade como sua qualidade mais essencial, única e específica, o que fará que cada aparelho mental seja também único e específico, produzindo realidades solitárias, sob a presença de um catalisador do encontro consigo mesmo, a mãe ou o cuidador, tal qual deverá ser o papel do psicanalista na sessão de análise

Asunto(s)

Psicoanálisis

Descriptores locales

Sociedade Psicanalítica do Recife; SPR; SOLEDAD; CUERPO; MENTE; CORPO; SOLIDÃO.
Biblioteca responsable: UY116.1