Your browser doesn't support javascript.

Portal de Búsqueda de la BVS

Información y Conocimiento para la Salud

Home > Búsqueda > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportación:

Exportar

Email
Adicionar mas contactos
| |

Aurora e o processo de parentalização

Vieira Batistelli, Fátima Maria; Pereira da Silva, Maria Cecília.
Jornal de Psicanálise; 50(92): 209-224, ene.-jun. 2017.
Artículo en Portugués | Bivipsil | ID: psa-6749
Neste artigo, apresentamos um trabalho de intervenção nas relações iniciais com uma bebê de 9 meses, recém-adotada, e seus pais, atendidos na Clínica 0 a 3 do Centro de Atendimento Psicanalítico da sbpsp.
A partir de vinhetas clínicas de seis consultas terapêuticas, pode-se acompanhar o desenvolvimento do processo de parentalidade e o vínculo que foi se construindo entre os pais e sua bebê. O acolhimento das angústias inter e transgeracionais e das fantasias em relação ao bebê fantasmático, imaginário, real e cultural, bem como o espaço criado para o pensar permitiram aos pais poderem se perceber como capazes de gerar, sustentar e propiciar o nascimento psicológico, físico e emocional de sua filhinha.
No final, podemos observar o fortalecimento da função parental e a constituição de um tecido familiar (AU)

Descriptores locales

RELACION PADRE-HIJO; RELAÇÃO PAI E FILHO; PARENTALIDAD; PARENTALIDADE; ADOPCION; ADOÇÃO; TRANSGENERACIONAL; TRANSGERACIONAL.
Biblioteca responsable: UY116.1