Your browser doesn't support javascript.

Portal de Búsqueda de la BVS

Información y Conocimiento para la Salud

Home > Búsqueda > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportación:

Exportar

Email
Adicionar mas contactos
| |

Rêverie re-visitado

Dorado de Lisondo, Alicia Beatriz.
Revista Brasileira de Psicanálise; 44(4): 67-84, 2010.
Artículo en Portugués | Bivipsil | ID: psa-72519
O trabalho do sonho alfa é uma função primordial e permanente do psiquismo. Ele permite criar os pictogramas que oferecem figurabilidade para metabolizar as experiências emocionais. Esta teoria revoluciona a Techné psicanalítica. Rêverie é o conceito-chave que destaca e ilumina a relação de objeto. Ele nasce numa história transgeracional. A mãe grávida está envolvida numa união com sua mãe e com seu bebê. N o psiquismo pré-natal e nos primeiros anos de vida da criança ela retira-se do mundo externo para investir sua atenção na relação com o filho. O analista exerce com o paciente a função alfa e o trabalho de sonho alfa em vez de rêverie, porque ele não teve com o paciente uma gestação - a não ser metafórica - corporal compartilhada. A função do rêverie na constituição da mente e suas múltiplas funções são destacadas: o trânsito através da cesura; matriz da mudança catastrófica; experiência de continuidade nas transformações; função de reclamação (Alvarez, 1992); ensinar a experiência da paixão; permitir o trabalho de figurabilidade (Botella, 2007); iniciar a atividade K da mente; inspirar a tolerância à frustração; convocar a esperança e fé; a cultura a partir do vértice artístico exerce função equivalente à do rêverie. Vinhetas clínicas ilustram a teoria
Biblioteca responsable: BR641.1
Ubicación: P100