Your browser doesn't support javascript.

Portal de Búsqueda de la BVS

Información y Conocimiento para la Salud

Home > Búsqueda > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportación:

Exportar

Email
Adicionar mas contactos
| |

Feminilidade

Manhães, Maria P.
Rev. bras. psicanál; 50(1): 133-141, 2016.
Artículo en Portugués | Bivipsil | ID: psa-7435
A autora cita seus trabalhos anteriores sobre o assunto, “Psicologia
da mulher” e “Frustração oral e falicidade”, estudando
neste último o aparecimento de condutas ativas, vistas como
“masculinas”, consequentes a antigas e intensas fontes orais não
resolvidas. No presente trabalho, tenta compreender a mulher
levando em conta quatro elementos: castração, identificação,
masoquismo e narcisismo. A castração não pode ser considerada
o problema fundamental da mulher, porquanto seria apoiar o
desenvolvimento de sua personalidade em um órgão que existe
no outro. O masoquismo, depois que se admitiu a existência do
masoquismo moral no homem, deixou de ser apanágio feminino.
A identificação apresentaria na mulher uma intensidade muito
grande, sobretudo se a estudarmos na mulher que está amando, e
pode levá-la a graus maiores ou menores de perda da identidade.
Finalmente, o narcisismo, que segundo H. Deutsch pode ser
usado como guardião para protegê-la da perda de sua identidade,
principalmente quando houver tendência a uma renúncia masoquista
intensa. A autora pensa que Freud, a partir de Dora, teve
dificuldades para entender a mulher por razões pessoais e por ter
tido predominantemente pacientes histéricas, hábeis no uso da
vingança (AU)

Asunto(s)

Psicoanálisis

Descriptores locales

FEMINEIDAD; FEMINILIDADE; CASTRACION; CASTRAÇÃO; IDENTIFICACION; MASOQUISMO; NARCISISMO; IDENTIFICAÇÃO.
Biblioteca responsable: UY116.1
Ubicación: UY116.1