Your browser doesn't support javascript.

Portal de Búsqueda de la BVS

Información y Conocimiento para la Salud

Home > Búsqueda > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportación:

Exportar

Email
Adicionar mas contactos
| |

Quando o analista é alvo da “magia” do paciente: considerações sobre a comunicação inconsciente do estado mental do paciente ao analista

Franco Filho, Odilon de Mello.
Rev. bras. psicanál; 50(1): 239-260, 2016.
Artículo en Portugués | Bivipsil | ID: psa-7437
O trabalho tenta rastrear os processos intersubjetivos que
podem estar na base da ocorrência de determinados estados
emocionais do analista. É dada ênfase à ocorrência de
identificações projetivas por parte dos pacientes, o que
poderia explicar ditos estados. A recorrência frequente ao
conceito de identificação projetiva como fator explicativo
não só ampliou seu campo de abrangência como também
alterou o significado original (uma fantasia) que Melanie
Klein lhe atribuiu. Dada essa indevida e enganosa ampliação
do poder explicativo do conceito, surge a necessidade de
investigar outros processos cuja presença seria responsável
por algumas reações emocionais ou, mesmo, atuações
do analista. Algumas vias alternativas, já investigadas na
literatura psicanalítica, são discutidas. O valor de uma
discussão desse tipo reside na importância de se prover
o campo da análise de instrumentos conceituais aptos a
abordar os processos clínicos na sua dinâmica, evitando-se,
assim, meras explicações fenomenológicas que, sem
profundidade, acabam conferindo ao acontecer da sessão
um aspecto mágico, até esotérico. A atenção a esses aspectos
interacionais na análise recoloca em pauta, inevitavelmente,
o confronto entre as concepções que privilegiam o
plano intersubjetivo na situação analítica. Este
encaminhamento da questão mostra que, se lidamos
com um determinado enfoque e com seus conceitos
correlatos, temos de alinhá-los, de forma coerente,
a outros conjuntos de conceitos que fazem parte da
trama teórica com a qual nos identificamos. Sem
esse cuidado, nos arriscamos a transformar a teoria
e o método psicanalíticos num quebra-cabeça cujas
peças jamais se encaixam (AU)

Asunto(s)

Psicoanálisis

Descriptores locales

IDENTIFICACION PROYECTIVA; RELACION MEDICO-PACIENTE; COMUNICACION; FANTASIA INCONSCIENTE; INTERSUBJETIVIDAD; INTERSUBJETIVIDADE; IDENTIFICAÇÃO PROJETIVA; COMUNICAÇÃO.
Biblioteca responsable: UY116.1
Ubicación: UY116.1