Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

J.L. Borges e a tragédia da duração infinita: ensaio sobre o traço e a memória a partir da metapsicologia freudiana

Ayub, João Paulo.
Boletim Formação em Psicanálise; 28(28): 99-107, jan.-dez. 2020.
Artigo em Português | Bivipsil | ID: psa-139034
O tema da memória é central tanto
na escrita ensaística e ficcional do escritor
argentino Jorge Luis Borges, quanto no arcabouço
teórico da psicanálise freudiana. Neste
artigo pretende-se problematizar o registro da
memória e seus modos de inscrição no conto
“Funes, o memorioso”, de Borges, assim como
se discute as vicissitudes dos traços mnêmicos
a partir da metapsicologia de Freud

Assuntos

Psicanálise

Descritores locais

Instituto Sedes Sapientiae; Departamento Formação Em Psicanálise; METAPSICOLOGIA; MEMORIA; ESQUECIMENTO; BORGES, JORGE LUIS.
Biblioteca responsável: UY116.1