Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 2 de 2
Filtrar
1.
Rev. Saúde Pública Paraná (Online) ; 4(2): 2-12, Ago 18, 2021.
Artigo em Português | Coleciona SUS, CONASS, SESA-PR | ID: biblio-1284398

RESUMO

Inaptidões clínicas em serviços de coleta de sangue correspondem a recusas de candidatos. Este estudo teve como objetivo identificar as causas e a frequência de inaptidões de candidatos à doação de sangue no Hemocentro Coordenador do Paraná. Fez-se análise exploratória e documental com dados do período de 2010 a 2015, coletados do Sistema Hemovida e relatórios do hemocentro; os dados foram analisados por estatística descritiva. Dos 220.496 candidatos que se apresentaram no período estudado, 30.950 (14,0%) foram classificados como inaptos à doação de sangue. E as causas mais frequentes encontradas entre eles foram risco para transmissão de doenças (36,6%), sinais e sintomas clínicos (23,4%) e exclusão médica (9,9%). Considerando o ônus aos candidatos e ao hemocentro, ações coordenadas são necessárias para prevenir e reduzir a prevalência da inaptidão. (AU)


Clinical inadequacies in blood collection services correspond to candidate refusals. This study aimed to identify the causes and frequency of candidates inability for blood donation at the Coordinating Blood Center of Pa-raná. An exploratory and documental analysis was carried out with data from 2010 to 2015, collected from the Hemovida System and reports from the blood center; data were analyzed using descriptive statistics. Of the 220,496 can-didates who presented themselves during the study period, 30,950 (14.0%) were classified as unsuitable for blood donation. And the most frequent causes found among them were risk for disease transmission (36.6%), clinical signs and symptoms (23.4%) and medical exclusion (9.9%). Considering the burden on candidates and the blood center, coordinated actions are needed to prevent and reduce the inability prevalence. (AU)


Assuntos
Humanos , Doadores de Sangue , Serviço de Hemoterapia , Risco , Prevalência
2.
Rev. Saúde Pública Paraná (Online) ; 3(supl. 1): 75-89, dez. 11, 2020.
Artigo em Português | LILACS, Coleciona SUS, CONASS, SESA-PR | ID: biblio-1150967

RESUMO

Este artigo apresenta o planejamento e ações de enfrentamento à pandemia por Covid-19 pelo Centro de Operações de Emergência em Saúde Pública da Secretaria Estadual de Saúde do Paraná. Trata-se de relato de experiência relativo ao processo de desenvolvimento e produtos decorrentes de ações de enfrentamento da pandemia relativos ao período de fevereiro a junho de 2020. As ações desenvolvidas resultaram na aprovação de 51 documentos direcionados à organização do enfrentamento da pandemia e apre-ciados em mais de 70 reuniões presenciais. Os produtos estão apresentados em assuntos: Medidas Administrativas de Enfrentamento; Controle Sanitário; Populações Vulneráveis e Serviços Especializados de Saúde; Processo de Tra-balho; Rastreamento Laboratorial, Tratamento e Promoção da Saúde; e Dados Epidemiológicos. As ações, experiência e aprendizagem alcançadas pelo Centro de Operações contribuíram para o enfrentamento da pandemia no Estado e contribuirão para enfrentamentos futuros. (AU)


This paper presents the planning and actions to combat the Co-vid-19 pandemic of the Center for Emergency Operations in Public Health of the State Health Department of Paraná. This is an experience report related to the development process and products resulting from actions to combat the pandemic concerning the period from February to June 2020. The actions developed resulted in the approval of 51 documents targeted to the organization of facing the pandemic and appreciated in more than 70 presential meetings. The products are presented in subjects: Administrative Measures of Coping; Sanitary Control; Vulnerable Populations and Specialized Health Ser-vices; Work Process; Laboratorial Tracking, Treatment and Health Promotion; and Epidemiological Data. The actions, experience, and learning achieved by the Operations Center contributed to facing the pandemic in the State and will contribute to future confrontations. (AU)


Assuntos
Vigilância Sanitária , Programas de Rastreamento , Infecções por Coronavirus , Centro de Operações de Emergência , Populações Vulneráveis , Promoção da Saúde
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA