Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 2 de 2
Filtrar
Mais filtros








Base de dados
Intervalo de ano de publicação
1.
Arq. bras. med. vet. zootec ; 64(3): 568-576, June 2012. ilus
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: lil-640119

RESUMO

Realizou-se a observação comportamental de nove cães terapeutas (oito da raça Labrador Retriever e um Golden Retriever), dosaram-se cortisol sérico e salivar, aferiram-se a temperatura retal, a pressão arterial sistólica e as frequências cardíaca e respiratória nos seguintes momentos: M0 (média de três avaliações do cão em repouso) e em M1, M2 e M3 (imediatamente antes, imediatamente após e decorridas 24h das atividades de terapia assistida por animais - TAA), respectivamente. Não houve diferença significativa quanto às características estudadas (P>0,05), exceto pela temperatura, que foi mais elevada em M1 e M2 do que em M0 (P=0,009). A avaliação comportamental, realizada de maneira descritiva, não apresentou alteração negativa. Houve diferença significativa quanto à concentração de cortisol sérico entre os momentos M1 e M3 (P=0,071), e não ocorreu diferença da concentração do cortisol salivar entre os quatro momentos (P=0,746). As alterações observadas foram atribuídas à contenção e à manipulação dos animais e não desencadearam desconforto físico ou estresse dignos de nota em cães.


Behavioral observation of nine therapist dogs (eight Labrador Retrievers and one Golden Retriever) was performed and serum and salivar cortisol dosage, rectal temperature, systolic blood pressure and heart and respiratory rates were measured and evaluated at the following moments: M0 (average of three evaluations of the dog at rest) and M1, M2 e M3 (immediately before, at the end and 24 hours after the AAT activities, respectively). There was no significant difference in the parameters between the moments (P>0.05) except for temperature, which was higher in M1 and M2 than M0 (P=0.009). The behavioral assessment was conducted in a descriptive way and didn't present a negative effect. There was significant difference when comparing the serum cortisol levels between M1 and M3 (P=0.0712). There wasn't asignificant difference in salivary cortisol levels when comparing the values of the four moments (P=0.7458). The observed alterations are probably related to the containment and handling of animals, demonstrating that the therapy doesn't have a negative effect on dogs.

2.
Arq. bras. med. vet. zootec ; 64(3): 568-576, 2012. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-1341

RESUMO

Realizou-se a observação comportamental de nove cães terapeutas (oito da raça Labrador Retriever e um Golden Retriever), dosaram-se cortisol sérico e salivar, aferiram-se a temperatura retal, a pressão arterial sistólica e as frequências cardíaca e respiratória nos seguintes momentos: M0 (média de três avaliações do cão em repouso) e em M1, M2 e M3 (imediatamente antes, imediatamente após e decorridas 24h das atividades de terapia assistida por animais - TAA), respectivamente. Não houve diferença significativa quanto às características estudadas (P>0,05), exceto pela temperatura, que foi mais elevada em M1 e M2 do que em M0 (P=0,009). A avaliação comportamental, realizada de maneira descritiva, não apresentou alteração negativa. Houve diferença significativa quanto à concentração de cortisol sérico entre os momentos M1 e M3 (P=0,071), e não ocorreu diferença da concentração do cortisol salivar entre os quatro momentos (P=0,746). As alterações observadas foram atribuídas à contenção e à manipulação dos animais e não desencadearam desconforto físico ou estresse dignos de nota em cães.(AU)


Behavioral observation of nine therapist dogs (eight Labrador Retrievers and one Golden Retriever) was performed and serum and salivar cortisol dosage, rectal temperature, systolic blood pressure and heart and respiratory rates were measured and evaluated at the following moments: M0 (average of three evaluations of the dog at rest) and M1, M2 e M3 (immediately before, at the end and 24 hours after the AAT activities, respectively). There was no significant difference in the parameters between the moments (P>0.05) except for temperature, which was higher in M1 and M2 than M0 (P=0.009). The behavioral assessment was conducted in a descriptive way and didn't present a negative effect. There was significant difference when comparing the serum cortisol levels between M1 and M3 (P=0.0712). There wasn't asignificant difference in salivary cortisol levels when comparing the values of the four moments (P=0.7458). The observed alterations are probably related to the containment and handling of animals, demonstrating that the therapy doesn't have a negative effect on dogs.(AU)


Assuntos
Humanos , Animais , Cães , Comportamento Animal , Terapia de Relaxamento , Estresse Mecânico , Pressão Arterial , Terapias Complementares/métodos , Testes Hematológicos/veterinária , Saliva/química
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA