Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 4 de 4
Filtrar
Mais filtros








Base de dados
Intervalo de ano de publicação
1.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 71(5): 1582-1590, set.-out. 2019. tab, ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-25247

RESUMO

Hemigrammus caudovittatus e Danio rerio foram expostos aos hipoglicemiantes orais (HOs) cloridrato de metformina a 40µg/L e 120µg/L e glibenclamida a 0,13µg/L e 0,39µg/L durante 100 dias. Foram avaliados os efeitos tóxicos dos fármacos em relação ao peso, ao comportamento animal, à glicemia e à mortalidade. H. caudovittatus expostos à menor concentração dos fármacos apresentaram aumento significativo (P<0,05) no evento Respiração Aérea. Ainda, foi observado aumento no comportamento Descansar quando os animais foram expostos à glibenclamida a 0,39µg/L. Em D. rerio expostos ao cloridrato de metformina a 120µg/L, foi observado aumento (P<0,05) no comportamento Descansar. A glibenclamida provocou redução (P<0,05) na glicemia de H. caudovittatus. Ambos os fármacos causaram efeito letal na espécie D. rerio, contudo a glibenclamida foi mais tóxica, causando 100% de mortalidade em 30 dias de exposição. Os animais que vieram a óbito apresentaram congestão nos arcos branquiais e hemorragia. Os HOs foram desenvolvidos para apresentarem efeitos fisiológicos em mamíferos, entretanto efeitos tóxicos foram encontrados nas duas espécies de peixe estudadas. Isso levanta a preocupação sobre possíveis efeitos tóxicos de HOs e sobre quais métodos serão utilizados para a sua degradação no ambiente aquático.(AU)


Hemigrammus caudovittatus and Danio rerio were exposed to oral hypoglycemic drugs (HOs) metformin hydrochloride at 40µg/L and 120µg/L and to glibenclamide at 0.13µg/L and 0.39µg/L during 100 days. Toxic effects of the drugs were evaluated based on weight, animal behavior, blood glucose and mortality. H. caudovittatus exposed to lowest concentration of the drugs showed significant increase (P< 0.05) in the Air breathing event. Furthermore, increase in Rest event was observed when animals were exposed to glibenclamide at 0.39µg/L. An increase (P< 0.05) in the frequency of Rest behavior in the D. rerio exposed to metformin hydrochloride at 120µg/L was observed. Glibenclamide caused decrease (P< 0.05) in the blood glucose of H. caudovittatus. Both drugs caused lethal effect against D. rerio. Nevertheless, glibenclamide was more toxic causing 100% of mortality after 30 days of exposure. The animals that died showed congestion on the branchial arches and hemorrhage. The HOs were developed to have physiological effects in mammals. However, toxic effects were found in both species of fish studied. This raises concerns about possible toxic effects of HOs and what methods will be used for their degradation in the aquatic environment.(AU)


Assuntos
Animais , Peixe-Zebra , Glibureto/toxicidade , Testes de Toxicidade/veterinária , Resíduos Químicos , Characidae , Hipoglicemiantes/toxicidade , Metformina/toxicidade , Modelos Animais
2.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 71(5): 1582-1590, set.-out. 2019. tab, ilus
Artigo em Português | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1038681

RESUMO

Hemigrammus caudovittatus e Danio rerio foram expostos aos hipoglicemiantes orais (HOs) cloridrato de metformina a 40µg/L e 120µg/L e glibenclamida a 0,13µg/L e 0,39µg/L durante 100 dias. Foram avaliados os efeitos tóxicos dos fármacos em relação ao peso, ao comportamento animal, à glicemia e à mortalidade. H. caudovittatus expostos à menor concentração dos fármacos apresentaram aumento significativo (P<0,05) no evento Respiração Aérea. Ainda, foi observado aumento no comportamento Descansar quando os animais foram expostos à glibenclamida a 0,39µg/L. Em D. rerio expostos ao cloridrato de metformina a 120µg/L, foi observado aumento (P<0,05) no comportamento Descansar. A glibenclamida provocou redução (P<0,05) na glicemia de H. caudovittatus. Ambos os fármacos causaram efeito letal na espécie D. rerio, contudo a glibenclamida foi mais tóxica, causando 100% de mortalidade em 30 dias de exposição. Os animais que vieram a óbito apresentaram congestão nos arcos branquiais e hemorragia. Os HOs foram desenvolvidos para apresentarem efeitos fisiológicos em mamíferos, entretanto efeitos tóxicos foram encontrados nas duas espécies de peixe estudadas. Isso levanta a preocupação sobre possíveis efeitos tóxicos de HOs e sobre quais métodos serão utilizados para a sua degradação no ambiente aquático.(AU)


Hemigrammus caudovittatus and Danio rerio were exposed to oral hypoglycemic drugs (HOs) metformin hydrochloride at 40µg/L and 120µg/L and to glibenclamide at 0.13µg/L and 0.39µg/L during 100 days. Toxic effects of the drugs were evaluated based on weight, animal behavior, blood glucose and mortality. H. caudovittatus exposed to lowest concentration of the drugs showed significant increase (P< 0.05) in the Air breathing event. Furthermore, increase in Rest event was observed when animals were exposed to glibenclamide at 0.39µg/L. An increase (P< 0.05) in the frequency of Rest behavior in the D. rerio exposed to metformin hydrochloride at 120µg/L was observed. Glibenclamide caused decrease (P< 0.05) in the blood glucose of H. caudovittatus. Both drugs caused lethal effect against D. rerio. Nevertheless, glibenclamide was more toxic causing 100% of mortality after 30 days of exposure. The animals that died showed congestion on the branchial arches and hemorrhage. The HOs were developed to have physiological effects in mammals. However, toxic effects were found in both species of fish studied. This raises concerns about possible toxic effects of HOs and what methods will be used for their degradation in the aquatic environment.(AU)


Assuntos
Animais , Peixe-Zebra , Glibureto/toxicidade , Testes de Toxicidade/veterinária , Resíduos Químicos , Characidae , Hipoglicemiantes/toxicidade , Metformina/toxicidade , Modelos Animais
3.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 70(6): 1877-1886, nov.-dez. 2018. tab, ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-21279

RESUMO

Foram avaliados os efeitos tóxicos do metavanadato de sódio (MV), pentóxido de vanádio (PV) e sulfato de oxovanádio (SV), potenciais fármacos antidiabéticos, em embriões e adultos de zebrafish (Danio rerio). Os embriões foram expostos a concentrações de 10-1000µg/mL para avaliação da CL50 96h e seus efeitos teratogênicos. Os adultos foram expostos a 10 e 20µg/mL dos mesmos compostos para se avaliarem alterações comportamentais relacionadas à exposição química e à mortalidade. A CL50 96h foi de 22,48, 53,62 e 74,14µg/mL para MV, SV e PV, respectivamente. Houve 100% de mortalidade nas concentrações de 400-1000µg/mL dos três compostos. Os efeitos teratogênicos mais observados (P<0,05) nos embriões foram edemas de pericárdio e saco vitelínico. Foram constatados, nos animais adultos expostos aos compostos de vanádio, maior batimento opercular e congestão nos arcos branquiais. A exibição dos comportamentos Flutuar e Descansar nos adultos expostos foi significativa (P<0,05), como também a exibição do comportamento Respiração Aérea. Pode-se concluir que a exposição química aos compostos de vanádio causou efeitos tóxicos em embriões e adultos de zebrafish com alta mortalidade. Diante disso, o seu uso como potencial fármaco antidiabético deve ser mais bem estudado em razão do efeito tóxico dessas substâncias.(AU)


The toxic effects of sodium metavanadate (MV), vanadium pentoxide (PV) and oxovanadium sulfate (SV), potential antidiabetic drug, on embryos and adults of zebrafish (Danio rerio) were evaluated. Embryos were exposed to concentrations of 10-1000µg/mL for evaluation of 96-h LC50 and their teratogenic effects. Adults were exposed to 10 and 20µg/mL of the same compounds to evaluate behavioral changes related to chemical exposure and mortality. The 96-h LC50 were 22.48, 53.62, and 74.14µg/mL for MV, SV, and PV, respectively. Mortality of 100% was observed at the concentrations of 400-1000µg/mL of the three compounds. The teratogenic effects most observed (P<0.05) were pericardial and yolk sac edemas. Adult animals exposed to the vanadium compounds had higher opercular beats and congestion in the gill arches. The exhibition of behaviors Floating and Resting in the exposed adults was significant (P<0.05), as well as the Air breathing behavior. Chemical exposure to vanadium compounds caused toxic effects in embryos and adults of zebrafish with high mortality. In conclusion, its use as a potential antidiabetic drug should be better studied due to the toxic effect.(AU)


Assuntos
Animais , Comportamento Animal , Fatores Biológicos/toxicidade , Compostos de Vanádio/toxicidade , Peixes/fisiologia , Pesquisas com Embriões
4.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 70(6): 1877-1886, nov.-dez. 2018. tab, ilus
Artigo em Português | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-970638

RESUMO

Foram avaliados os efeitos tóxicos do metavanadato de sódio (MV), pentóxido de vanádio (PV) e sulfato de oxovanádio (SV), potenciais fármacos antidiabéticos, em embriões e adultos de zebrafish (Danio rerio). Os embriões foram expostos a concentrações de 10-1000µg/mL para avaliação da CL50 96h e seus efeitos teratogênicos. Os adultos foram expostos a 10 e 20µg/mL dos mesmos compostos para se avaliarem alterações comportamentais relacionadas à exposição química e à mortalidade. A CL50 96h foi de 22,48, 53,62 e 74,14µg/mL para MV, SV e PV, respectivamente. Houve 100% de mortalidade nas concentrações de 400-1000µg/mL dos três compostos. Os efeitos teratogênicos mais observados (P<0,05) nos embriões foram edemas de pericárdio e saco vitelínico. Foram constatados, nos animais adultos expostos aos compostos de vanádio, maior batimento opercular e congestão nos arcos branquiais. A exibição dos comportamentos Flutuar e Descansar nos adultos expostos foi significativa (P<0,05), como também a exibição do comportamento Respiração Aérea. Pode-se concluir que a exposição química aos compostos de vanádio causou efeitos tóxicos em embriões e adultos de zebrafish com alta mortalidade. Diante disso, o seu uso como potencial fármaco antidiabético deve ser mais bem estudado em razão do efeito tóxico dessas substâncias.(AU)


The toxic effects of sodium metavanadate (MV), vanadium pentoxide (PV) and oxovanadium sulfate (SV), potential antidiabetic drug, on embryos and adults of zebrafish (Danio rerio) were evaluated. Embryos were exposed to concentrations of 10-1000µg/mL for evaluation of 96-h LC50 and their teratogenic effects. Adults were exposed to 10 and 20µg/mL of the same compounds to evaluate behavioral changes related to chemical exposure and mortality. The 96-h LC50 were 22.48, 53.62, and 74.14µg/mL for MV, SV, and PV, respectively. Mortality of 100% was observed at the concentrations of 400-1000µg/mL of the three compounds. The teratogenic effects most observed (P<0.05) were pericardial and yolk sac edemas. Adult animals exposed to the vanadium compounds had higher opercular beats and congestion in the gill arches. The exhibition of behaviors Floating and Resting in the exposed adults was significant (P<0.05), as well as the Air breathing behavior. Chemical exposure to vanadium compounds caused toxic effects in embryos and adults of zebrafish with high mortality. In conclusion, its use as a potential antidiabetic drug should be better studied due to the toxic effect.(AU)


Assuntos
Animais , Comportamento Animal , Fatores Biológicos/toxicidade , Compostos de Vanádio/toxicidade , Peixes/fisiologia , Pesquisas com Embriões
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA