Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 6.600.758
Filtrar
Mais filtros








Intervalo de ano de publicação
1.
Braz. J. Biol. ; 81(4): 1036-1049, Oct.-Dec. 2021. mapas, tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-762629

RESUMO

The primary objective of this study was to investigate the seasonal fish and crustacean variations concerning taxonomic composition, species richness, and diversity in sandy beach habitat. For this purpose, we investigated the Sonmiani Hor lagoon area during four distinct seasons, i.e., northeast (NE) monsoon, pre-monsoon, south-west (SW) monsoon, and post-monsoon for one year. During each haul, the net was pulled about 100m along the beach in 0.5m depth. The results showed a strong linear correlation between the diversity index and equitability in fishes (r = 0.978). The diversity index was strong negatively correlated with the abundance and biomass (r = -0.978, -0.972, respectively). The physical attributes like sea surface water temperature and salinity showed a strong negative effect on species assemblages (r = -0.981 and -0.943, respectively). The mean air and water temperature illustrated approximately 3°C difference during NE and pre-monsoon seasons. However, salinity, pH, and electrical conductivity did not show any significant seasonal variabilities. Under the ecological indices, the fish species displayed higher diversity (H = 3.19) during SW monsoon, whereas the lowest diversity was observed during pre-monsoon (H = 1.58). The equitability and species richness, however, remained more noticeable during SW monsoon (J = 0.81). The total number of individuals of fish and crustaceans reached 4799 with 3813 fish individuals and 986 individuals of crustaceans. A total of 27 families of fish while five crustacean families comprising of 30 genera and 38 fish species while ten genera and 17 species of crustaceans were recorded. Liza subviridis displayed the highest abundance among the sampled fish species. In conclusion, fish species constituted a significant part of the coastal fauna in the study area. The seasonal variations displayed distinct variations in fish species composition and diversity.(AU)


O objetivo principal deste estudo foi investigar as variações sazonais de peixes e crustáceos em relação à composição taxonômica, riqueza de espécies e diversidade no habitat de praias arenosas. Para esse fim, investigamos a área da lagoa Sonmiani Hor durante quatro estações distintas, ou seja, monção nordeste (NE), pré-monção, monção sudoeste (SW) e pós-monção, por um ano. Durante cada transporte, a rede foi puxada cerca de 100 m ao longo da praia, a 0,5 m de profundidade. Os resultados mostraram uma forte correlação linear entre o índice de diversidade e a equitabilidade de peixes (r = 0,978). O índice de diversidade apresentou forte correlação negativa com a abundância e a biomassa (r = -0,978 e -0,972, respectivamente). Os atributos físicos, como temperatura da água da superfície do mar e salinidade, apresentaram forte efeito negativo sobre o conjunto de espécies (r = -0,981 e -0,943, respectivamente). A temperatura média do ar e da água teve uma diferença de aproximadamente 3 °C durante a monção NE e a pré-monção. No entanto, salinidade, pH e condutividade elétrica não apresentaram variabilidade sazonal significativa. A respeito dos índices ecológicos, as espécies de peixes apresentaram maior diversidade (H = 3,19) durante a monção SW, enquanto a menor diversidade observada foi na pré-monção (H = 1,58). A equitabilidade e a riqueza de espécies, no entanto, permaneceram mais perceptíveis durante a monção SW (J = 0,81). O número total de peixes e crustáceos foi de 4.799, com 3.813 peixes e 986 crustáceos. Foram registradas 27 famílias de peixes e 5 famílias de crustáceos, com 30 gêneros e 38 espécies de peixes, além de 10 gêneros e 17 espécies de crustáceos. Liza subviridis apresentou a maior abundância entre as espécies de peixes amostradas. Em conclusão, as espécies de peixes constituíram uma parte significativa da fauna costeira na área de estudo. As variações sazonais apresentaram variações distintas na composição e diversidade das espécies de peixes.(AU)


Assuntos
Animais , Peixes/classificação , Crustáceos/classificação , Biodiversidade , Estações do Ano , Solos Arenosos , Áreas Alagadas
2.
Braz. J. Biol. ; 81(4): 934-939, Oct.-Dec. 2021. mapas, tab, ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-762627

RESUMO

During the present study thirteen Megaderma lyra bats were observed roosting in dark, domed shaped room of Rohtas Fort, district Jhelum. Out of these, six specimens were captured from the roosting site, using hand net. All captured specimens were male. These bats were identified through their unique facial features, an erect and elongated nose-leaf, large oval ears that joined above the forehead and no tail. Mean head and body length of captured specimens was 80 mm, forearm length was 67 mm while average lengths of 3rd, 4th and 5th metacarpals were 51.73 mm, 55.17 mm and 60.42 mm, respectively. Mean skull length was 29.84 mm, breadth of braincase was 12.77 mm. Average Penis length of two specimens was 6.6 mm and total bacular length was 3.08 mm respectively. This is the first record of Megaderma lyra from district Jhelum.(AU)


Durante o presente estudo, 13 morcegos Megadermalyra foram observados empoleirados em uma sala escura em forma de cúpula no Forte Rohtas, distrito de Jhelum, dos quais 6 espécimes foram capturados no local usando rede manual. Todos os espécimes capturados eram machos. Esses morcegos foram identificados por suas características faciais únicas, uma folha nasal ereta e alongada, grandes orelhas ovais que se juntam acima da testa e sem cauda. O comprimento médio da cabeça e do corpo dos espécimes capturados foi de 80 mm, o comprimento do antebraço foi de 67 mm, enquanto os comprimentos médios do 3º, 4º e 5º metacarpos foram de 51,73 mm, 55,17 mm e 60,42 mm, respectivamente. O comprimento médio do crânio foi de 29,84 mm, e a largura da caixa craniana, de 12,77 mm. O comprimento médio do pênis de duas amostras foi de 6,6 mm, e o comprimento total do báculo foi de 3,08 mm. Este é o primeiro registro de Megadermalyra no distrito de Jhelum.(AU)


Assuntos
Animais , Quirópteros/anatomia & histologia , Quirópteros/fisiologia , Paquistão
4.
Braz. J. Biol. ; 81(4): 989-998, Oct.-Dec. 2021. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-762622

RESUMO

This checklist of parasites of Kerodon rupestris, an endemic rodent from the Brazilian semiarid region, revealed records of 25 enteroparasite taxa comprising Cestoda (Anoplocephalidae), Trematoda, Acanthocephala and Nematoda (Ancylostomidae, Ascarididae, Heterakidae, Oxyuridae, Pharyngodonidae, Trichuridae, Capillariidae, Trichostrongylidae, and Strongyloididae), and two taxa of coccidian. Paleoparasitological and parasitological studies published until 2019 were assessed in the present study and locality information, site of infection, sample dating, and host data were summarized from each reference. Analyses of recent feces and coprolites revealed the highest species richness in the Piauí State. The chronological data corroborated that Trichuris spp. and oxyurids are part of the parasitic fauna of K. rupestris. This represents the first checklist of intestinal parasites from K. rupestris.(AU)


Este levantamento de parasitos intestinais de Kerodon rupestris, um roedor endêmico da região semiárida brasileira, revelou registros de 25 táxons de enteroparasitos compreendendo Cestoda (Anoplocephalidae), Trematoda, Acanthocephala e Nematoda (Ancylostomidae, Ascarididae, Heterakidae, Oxyuridae, Pharyngodonidae, Trichuridae, Capillariidae, Trichostrongylidae, and Strongyloididae), e dois táxons de coccídios. Os estudos paleoparasitológicos e parasitológicos publicados até 2019 foram avaliados no presente trabalho e as informações de localização, local da infecção, datação da amostra e dados do hospedeiro, foram resumidas a partir de cada referência. Análises de fezes recentes e coprólitos revelaram a maior riqueza de espécies no estado do Piauí. Os dados cronológicos corroboram que Trichuris spp. e oxiurídeos fazem parte da fauna parasitária de K. rupestris. Essa é a primeira lista de verificação de parasitos intestinais de K. rupestris.(AU)


Assuntos
Animais , Roedores/parasitologia , Helmintíase Animal , Helmintos/classificação , Biodiversidade
5.
Braz. J. Biol. ; 81(4): 1144-1165, Oct.-Dec. 2021. tab, mapas, ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-762621

RESUMO

Although currently there is already a set of studies regarding ecological aspects of some particular reptile and amphibian species living in Brazilian sandy coastal plains (including the so-called restinga and campo nativo habitats), there is comparatively few information on the species composition usually associated to these environments. During 31 years (1988-2019) of herpetological studies carried out in sandy coastal plains environments by our research team of the Laboratory of Vertebrate Ecology (Department of Ecology, Universidade do Estado do Rio de Janeiro, in Rio de Janeiro Brazil) we have surveyed reptile and amphibian communities and performed different studies with similar methods in 70 sites from 10 different states along the Brazilian coast. Our surveys resulted in records of 87 species of reptile (five turtles, two crocodylians, six amphisbaenians, 36 lizards and 39 snakes) from 24 families, and 77 species of anuran amphibians from nine families. We have studied multiple natural history topics for anurans and reptiles which resulted in the publication of some specific ecological studies, especially regarding some species, encompassing population and community ecology, foraging and feeding habits, species activity, thermoregulation, reproduction, use of microhabitats, and parasitism by ecto and endoparasites. Our results along these three decades have also contributed for the description of four new lizard species (Ameivula nativo, Glaucomastix littoralis, G. abaetensis and G. itabaianensis). Our studies constitute an important contribution to the knowledge of the ecology of anuran amphibians and reptiles in these ecosystems, as well as to the conservation of sandy coastal plains environment. The checklist presented in this study, based on our records of sandy coastal plains herpetofauna, provides for many localities along the Brazilian coast, the needed knowledge on species occurrence, including the presence of endemic and/or endangered species, which can be of value for many conservation actions.(AU)


Embora atualmente exista um conjunto de estudos sobre aspectos ecológicos de algumas espécies de répteis e de anfíbios que ocorrem nas planícies costeiras arenosas brasileiras (incluindo os chamados habitats de restinga e de campo nativo), há relativamente poucas informações sobre a composição de espécies geralmente associada a esses ambientes. Durante 31 anos (1988-2019) de estudos herpetológicos realizados em restingas por nossa equipe de pesquisa do Laboratório de Ecologia de Vertebrados (Departamento de Ecologia, Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil) nós estudamos comunidades de répteis e de anfíbios e realizamos diferentes estudos com métodos semelhantes em 70 localidades de dez diferentes Estados ao longo da costa brasileira. Nossas pesquisas resultaram em registros de 87 espécies de répteis (cinco tartarugas, dois crocodilianos, seis anfisbênios, 36 lagartos e 39 serpentes) de 24 famílias, e 77 espécies de anfíbios anuros de nove famílias. Estudamos vários tópicos de história natural sobre anuros e répteis, que resultaram na publicação de alguns estudos ecológicos específicos, especialmente em relação a algumas espécies, abrangendo ecologia populacional e de comunidades, forrageamento e dieta, horário de atividade de espécies, termorregulação, reprodução, uso do microhabitat e parasitismo por ecto e endoparasitas. Nossos resultados ao longo dessas três décadas também contribuíram para a descrição de quatro novas espécies de lagartos (Ameivula nativo, Glaucomastix littoralis, G. abaetensis e G. itabaianensis). Nossos estudos constituem uma importante contribuição para o conhecimento da ecologia de répteis e de anfíbios anuros nesses ecossistemas, bem como para a conservação dos ecossistemas de restinga. A lista de espécies apresentada neste estudo, com base em nossos registros de herpetofauna das planícies costeiras arenosas, fornece para muitas localidades ao longo da costa brasileira o conhecimento necessário sobre a ocorrência de espécies, incluindo a presença de espécies endêmicas e/ ou ameaçadas de extinção, que podem ser úteis para muitas ações de conservação.(AU)


Assuntos
Animais , Répteis/classificação , Anfíbios/classificação , Biodiversidade , Espécies em Perigo de Extinção , Solos Arenosos , Áreas Alagadas
6.
Braz. J. Biol. ; 81(4): 855-866, Oct.-Dec. 2021. mapas, tab, ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-762619

RESUMO

The validation of many anuran species is based on a strictly descriptive, morphological analysis of a small number of specimens with a limited geographic distribution. The Scinax Wagler, 1830 genus is a controversial group with many doubtful taxa and taxonomic uncertainties, due a high number of cryptic species. One example is the pair of species Scinax constrictus and Scinax nebulosus, which share a similar morphology. Scinax constrictus is restricted to the Brazilian Cerrado savanna, while S. nebulosus is widely distributed throughout northern South America. Despite the validation of many anuran species, discriminations based only on morphological traits is quite difficult due to the high conservative morphology of some groups. In this context, the present study uses mitochondrial and nuclear genes to provide a more consistent diagnosis and test the validity of S. constrictus as a distinct species from S. nebulosus, as well as evaluate the position of these taxa within the Scinax genus. The topologies obtained herein uphold the monophyletic status of Scinax based on all molecular markers assessed in this study, in all analytical approaches, with high levels of statistical support.(AU)


A validação de muitas espécies de anuros é baseada em uma análise morfológica e descritiva de um pequeno número de espécimes com uma distribuição geográfica limitada. O gênero Scinax Wagler, 1830 é um grupo controverso com muitos táxons duvidosos e incertezas taxonômicas devido ao grande número de espécies crípticas. Um exemplo são as espécies, Scinax constrictus e Scinax nebulosus, que compartilham uma morfologia similar. Scinax constrictus é restrito à savana do Cerrado brasileiro, enquanto S. nebulosus é amplamente distribuído pelo norte da América do Sul. Apesar da validação de muitas espécies de anuros, a discriminação baseada apenas em características morfológicas é bastante difícil, devido à alta morfologia conservadora de alguns grupos. Neste contexto, o presente estudo utiliza genes mitocondriais e nucleares para fornecer um diagnóstico mais consistente e para testar a validade de S. constrictus como uma espécie distinta de S. nebulosus, bem como avaliar a posição destes táxons dentro do gênero Scinax. As topologias obtidas confirmaram o status monofilético de Scinax com base em todos os marcadores moleculares, em todas as abordagens analíticas, com altos níveis de suporte estatístico.(AU)


Assuntos
Animais , Anuros/classificação , Biodiversidade
7.
Braz. J. Biol. ; 81(4): 1050-1053, Oct.-Dec. 2021. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-762618

RESUMO

The number of individuals with empty stomachs in a population (i.e. the proportion of individuals running on empty) can be used as a simple index of instantaneous energy balance of some organisms such as lizards and fishes. In this study, we aimed to analyze the proportion of empty stomachs in 16 populations of five cnemidophorine species (Glaucomastix abaetensis, Ameivula ocellifera, Glaucomastix littoralis, Contomastix lacertoides and Ameivula nativo) along approximately 5,000 km the Brazilian coast. A total of 550 individuals had their stomach contents removed and identified in the laboratory. Our results showed that the proportion of individuals running on empty varied from 0 to 11.1% among the different populations and species. These proportions are suggestive that the five studied species would be in an overall positive energy balance at the time of the study.(AU)


O número de indivíduos com estômagos vazios em uma população (i.e. a proporção de indivíduos correndo no vazio) pode ser usado como um índice simples do balanço energético instantâneo de organismos como lagartos e peixes. Este estudo teve como objetivo analisar a proporção de estômagos vazios em 16 populações pertencentes a cinco espécies de cnemidophorines (Glaucomastix abaetensis, Ameivula ocellifera, Glaucomastix littoralis, Contomastix lacertoides e Ameivula nativo) ao longo de cerca de 5,000 km da costa leste do Brasil. Um total de 550 indivíduos tiveram seus conteúdos estomacais removidos e analisados em laboratório. Nossos resultados mostraram que a proporção de indivíduos correndo no vazio variou entre 0 a 11.1% entre as diferentes populações e espécies. Essas proporções sugerem que as cinco espécies estudadas estariam em geral em um balanço energético positivo, quando da realização deste estudo.(AU)


Assuntos
Animais , Lagartos , Estômago , Brasil , Áreas Alagadas
8.
Braz. J. Biol. ; 81(4): 909-916, Oct.-Dec. 2021. ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-762616

RESUMO

The present study was taken to test the hypothesis that the medial nucleus of the trapezoid body (MNTB) of echolocating neotropical bats with different foraging behavior will exhibit morphological variations in relative size, degree of complexity and spatial distribution. The brains were collected from six male adult bats of each species: Noctilio leporinus (fish-eating), Phyllostomus hastatus (carnivorous/ omnivorous) and Carollia perspicillata (fruit-eating) and were double-embedded and transverse serial sections were cut and stained with cresyl fast violet. The results showed that the MNTB is well developed in all the bats in general and the mean length of the MNTB was 1160 ± 124 µm in N. leporinus, 400 ± 59 µm in P. hastatus and 320 ± 25µm in C. perspicillata. The body and brain weight do not reflect proportionately on the size of the MNTB in the present study. The hearing frequency spectrum did not covary with the size of the MNTB among the bats studied. The MNTB is clearly demarcated from the ventral nucleus of the trapezoid body (VNTB) only in P. hastatus. The MNTB comprised mainly three types of cells in all three bats: dense-staining multipolar cells (12.5 µm and 25.0 µm diameter); light-staining multipolar cells measuring (12.5 µm and 25.0 µm diameter) and light-staining round cells (5.0 µm diameter). The large sized MNTB was observed in N. leporinus, which suggests that it relies heavily on echolocation whereas P. hastatus and C. perspicillata use echolocation as well but also rely on hearing, smell and vision.(AU)


O presente estudo foi realizado para testar a hipótese de que o núcleo medial do corpo trapezoide (MNTB) de morcegos neotropicais ecolocativos com comportamento forrageiro diferente apresenta variações morfológicas no tamanho relativo, grau de complexidade e distribuição espacial. Os cérebros foram coletados de seis morcegos machos adultos de cada espécie, Noctilio leporinus (comedor de peixe), Phyllostomus hastatus (carnívoro/onívoro) e Carollia perspicillata (comedor de frutas), e foram seccionados em série e seções seriais transversais duplas e coradas com cresil violeta. Os resultados mostraram que o MNTB é bem desenvolvido em todos os morcegos em geral e que o comprimento médio do MNTB foi de 1.160 ± 124 µm em N. leporinus, 400 ± 59 µm em P. hastatus e 320 ± 25 µm em C. perspicillata. O peso corporal e cerebral não reflete proporcionalmente o tamanho do MNTB no presente estudo. O espectro da frequência auditiva não covaria com o tamanho do MNTB entre os morcegos estudados. O MNTB é claramente demarcado do núcleo ventral do corpo trapezoidal (VNTB) apenas em P. hastatus. O MNTB compreendia principalmente três tipos de células nos três morcegos: células multipolares de coloração densa (12,5 µm e 25,0 µm de diâmetro), células multipolares de coloração clara (12,5 µm e 25,0 µm de diâmetro) e células redondas manchadas de luz (5,0 µm de diâmetro). O MNTB de grande porte foi observado em N. leporinus, o que sugere que ele depende muito da ecolocalização, enquanto P. hastatus e C. perspicillata também usam a ecolocalização, mas dependem da audição, olfato e visão.(AU)


Assuntos
Animais , Quirópteros/fisiologia , Quirópteros/anatomia & histologia , Complexo Olivar Superior , Corpo Trapezoide
9.
Braz. J. Biol. ; 81(4): 1095-1105, Oct.-Dec. 2021. mapas, tab, graf, ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-762615

RESUMO

The exponential rise in the Nigerian population has necessitated the use of agrochemicals for enhanced agricultural yields to meet the ever-rising demand for food. However, agrochemicals such as organochlorine pesticides (OCPs) have caused several devastating health and ecological challenges. The study was therefore aimed at assessing the bioaccumulation of OCPs and the associated parasitological and microbial susceptibility in P. obscura to determine the possible ecological impacts of the chemical. A total of 106 specimens of Parachanna obscura fish species were sampled between July and November 2019 from Lekki Lagoon in Lagos, Nigeria. Four culture media, namely nutrient agar (NA), MacConkay agar (MCA), eosin methylene blue (EMB), and sabouraud dextrose agar (SDA) were employed in microbial culture. These microbes were subjected to ceftazidime, ceftriaxone, cefuroxime, gentamicin, ofloxacin, augmentin, nitrofurantoin, ciprofloxacin, and erythromycin to test for resistance, susceptibility and intermediate statuses before and after curing. OCPs were tested in the water, sediment, and tissues of P. obscura using gas chromatography flame ionization detector (GC-FID). P. obscura sampled in the lagoon had poor growth exponent which was characterized by negative allometry (slenderness) in the sampled fish. Although the incidence of parasitic infection in the fish was not alarming, the situation might be aggravated if the prevalent anthropogenic activities persist, resulting in immunosuppression. Regulation of anthropogenic activities in the catchment area is recommended to forestall the prognosis of health and environmental hazards associated with the agricultural, industrial, pharmaceutical, and municipal activities around the lagoon. Bacteria that conferred the most resistance to the majority of the antibiotics were Staphylococcus sp., Micrococcus sp. Escherichia coli and Klebsiella sp., testing positive to plasmid profile. They conferred high resistance to the antibiotics before plasmid curing but became highly susceptible post- plasmid curing. This implies that the gene for resistance in the bacteria isolates was plasmid-mediated, that is, they were obtained from the environment. In the event of an outbreak of waterborne diseases such as cholera, typhoid, dysentery, and diarrhea, there may be non-response to treatment among the infected inhabitants. The incidence of antibiotic resistance in bacteria colonies recorded in this study is of great public health concern, given the possibility of the antibiotic-resistant bacteria strains being passed to humans through fish consumption, resulting in increased multi-drug resistance in humans. Regulation of anthropogenic activities around the lagoon is recommended to forestall prognosis of health and environmental hazards associated with OCPs from agricultural, industrial, pharmaceutical, and municipal sources.(AU)


O aumento exponencial da população nigeriana exigiu o uso de agroquímicos para aumentar a produção agrícola e, assim, atender à crescente demanda por alimentos. No entanto, agroquímicos como pesticidas organoclorados (OCPs) causaram vários problemas de saúde e ecológicos. Portanto, o estudo teve como objetivo avaliar a bioacumulação de OCPs e a suscetibilidade parasitológica e microbiana associada em Parachanna obscura, a fim de determinar os possíveis impactos ecológicos desse produto químico. Foi amostrado um total de 106 espécimes de P. obscura entre julho e novembro de 2019 da lagoa Lekki, em Lagos, Nigéria. Quatro meios de cultura, como o ágar nutritivo (NA), o ágar MacConkay (MCA), o ágar eosina azul de metileno (EMB) e o ágar sabouraud dextrose (SDA), foram empregados na cultura microbiana. Esses micróbios foram submetidos a ceftazidima, ceftriaxona, cefuroxima, gentamicina, ofloxacina, augmentin, nitrofurantoína, ciprofloxacina e eritromicina para testar resistência, suscetibilidade e status intermediário antes e depois da cura. Os OCPs foram testados na água, sedimentos e tecidos de P. obscura usando um detector de ionização de chama por cromatografia em fase gasosa (GC-FID). Os peixes amostrados de P. obscura da lagoa apresentaram um expoente de crescimento ruim, caracterizado por alometria negativa (esbelteza). Embora a incidência de infecção parasitária nos peixes não tenha sido alarmante, a situação pode ser agravada se as atividades antropogênicas prevalecentes persistirem, resultando em imunossupressão. Recomenda-se a regulamentação de atividades antropogênicas na área de captação para prevenir o prognóstico de riscos à saúde e ecológicos associados a atividades agrícolas, industriais, farmacêuticas e municipais ao redor da lagoa. As bactérias que conferiram maior resistência à maioria dos antibióticos foram Staphylococcus sp., Micrococcus sp., Escherichia coli e Klebsiella sp., com teste positivo para o perfil plasmidial. Elas conferiram alta resistência aos antibióticos antes da cura do plasmídeo, mas se tornaram altamente suscetíveis após a cura dele. Isso implica que o gene de resistência nos isolados de bactérias foi mediado por plasmídeo, ou seja, foi obtido do ambiente. No caso de surtos de doenças transmitidas pela água, como cólera, febre tifoide, disenteria e diarreia, pode haver não resposta ao tratamento entre os habitantes infectados. A incidência de resistência a antibióticos nas colônias de bactérias registradas neste estudo é de grande preocupação para a saúde pública, dada a possibilidade de que as cepas de bactérias resistentes a antibióticos sejam transmitidas aos seres humanos por meio do consumo de peixes, resultando em maior resistência a múltiplas drogas em seres humanos. Recomenda-se a regulamentação de atividades antropogênicas ao redor da lagoa para impedir o prognóstico de riscos à saúde e ecológicos associados aos OCPs de fontes agrícolas, industriais, farmacêuticas e municipais.(AU)


Assuntos
Animais , Bioacumulação , Inseticidas Organoclorados , Doenças dos Peixes , Peixes/microbiologia , Peixes/parasitologia , Nigéria
10.
Braz. J. Biol. ; 81(4): 1081-1094, Oct.-Dec. 2021. mapas, tab, ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-762614

RESUMO

Contamination of Lekki lagoon by petrogenic chemicals such as polycyclic aromatic hydrocarbons (PAH) and benzene, toluene, ethylbenzene, and xylene (BTEX) has been widely reported. The study was aimed at investigating the bioaccumulation of PAH and BTEX in Malapterurus electricus collected from Lekki lagoon in Lagos, Nigeria. BTEX was analyzed in the intestine, water, and sediment samples using 8260B Agilent 7890B gas chromatograph coupled to a mass spectrometer (GC-MS). While PAHs were tested in the same media using a gas chromatograph coupled to a flame ionization detector (GC-FID). Histopathological analysis of the fish intestine was conducted using haematoxylin and eosin (H&E) stains. Parasite intensity, antioxidant enzymes, and lipid peroxidation activities were investigated in the fish. The parasitic infection detected in Malapterurus electricus was Electrotaenia malopteruri. The parasite showed weak and no depurative capacities for BTEX and PAH respectively. The decrease in superoxide dismutase (SOD), catalase (CAT), and reduced glutathione (GSH) in conjunction with an increase in Malondialdehyde (MDA) characterized relatively higher susceptibility among the male fish. Varieties of tissue injuries increased with the standard length of the fish groups. Results suggest that lengthier and uninfected M. electricus were more susceptible to PAH in Lekki lagoon than the shorter and infected ones. The study demonstrated a promising tendency of the enteric parasite, E. malopteruri to depurate chlorobenzene, ethylbenzene, o-xylene, m+p-xylene, and 1,4-dichlorobenzene from the intestine of its host fish, M. electricus, while PAHs were poorly mediated by the parasite.(AU)


A contaminação da lagoa Lekki por produtos químicos petrogênicos, como hidrocarbonetos aromáticos policíclicos (HAP) e benzeno, tolueno, etilbenzeno e xileno (BTEX), foi amplamente relatada. O estudo teve como objetivo investigar a bioacumulação de HAP e BTEX em Malapterurus electricus, coletados na lagoa Lekki, em Lagos, Nigéria. O BTEX foi analisado no intestino, na água e nas amostras de sedimento usando o cromatógrafo de gás Agilent 7890B 8260B acoplado a um espectrômetro de massa (GC-MS). Já os HAP foram testados no mesmo meio utilizando cromatógrafo gasoso acoplado a detector de ionização de chama (GC-FID). A análise histopatológica do intestino do peixe foi conduzida usando colorações de hematoxilina e eosina (H&E). Intensidade de parasitas, enzimas antioxidantes e atividades de peroxidação lipídica foram investigadas nos peixes. A infecção parasitária detectada em Malapterurus electricus foi Electrotaenia malopteruri. O parasita mostrou fraca e nenhuma capacidade depurativa para BTEX e HAP, respectivamente. A diminuição da superóxido dismutase (SOD), catalase (CAT) e glutationa reduzida (GSH), em conjunto com o aumento do Malondialdeído (MDA), caracterizou a suscetibilidade relativamente maior entre os peixes machos. Variedades de lesões nos tecidos aumentaram com o comprimento padrão dos grupos de peixes. Os resultados sugerem que os M. electricus maiores e não infectados foram mais suscetíveis aos HAP na lagoa Lekki do que os menores e infectados. O estudo demonstrou uma tendência promissora do parasita entérico E. malopteruri de depurar clorobenzeno, etilbenzeno, o-xileno, m + p-xileno e 1,4-diclorobenzeno do intestino de seu peixe hospedeiro, M. electricus, enquanto os HAP foram mal mediados pelo parasita.(AU)


Assuntos
Animais , Peixes/parasitologia , Bioacumulação , Hidrocarbonetos Policíclicos Aromáticos , Benzeno , Tolueno , Xilenos , Nigéria
11.
Braz. J. Biol. ; 81(4): 954-961, Oct.-Dec. 2021. mapas, ilus, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-762613

RESUMO

The aim of present study is to characterize the resistance and virulence profile of enterococci isolated from aquaculture excavated ponds and masonry tanks (6 samples) in southern Brazil. Samples were cultured in selective medium, 10 colonies were randomly selected from each sample, which were identified by MALDI-TOF and tested against 13 antimicrobials. The presence of resistance (tetL, tetM, tetS, ermB and msrC) and virulence (ace, esp, agg, cylA and gelE) genes were determined by PCR. A total of 79 enterococci were identified, and Entecococcus faecalis (44.3%) and E. casseliflavus (36.7%) were the most prevalent species isolated. Sixty-five strains (82.3%) were resistant to at least one of the antimicrobials tested, whereas 27 (34.2%) strains were multiresistant. The overall percentages of antimicrobial resistant isolates were: 58.2% to rifampicin, 40.5% to fluoroquinolones, 36.7% to erythromycin and 30.4% to tetracycline. The tetL and tetM genes were found in 57.7% of the tetracycline-resistant strains; and msrC in 31.01% of erythromycin-resistant strains. The most frequently detected virulence factors were ace and gelE genes. Although limited to a single farm, these data suggest that aquaculture may be a reservoir of resistant and virulent enterococci. This study is the first step towards enhancing our understandingof distribution, resistance and virulence profile in enterococci isolated from fish farming environments in the south Brazil.(AU)


O objetivo do estudo apresentado é caracterizar o perfil de resistência e virulência de enterococos isolados de viveiros escavados e tanques de alvenaria (6 amostras) de uma pisicultura no Sul do Brasil. As amostras foram cultivadas em meio seletivo, 10 colônias foram selecionadas aleatoriamente de cada amostra, que foram identificadas por MALDI-TOF e testadas contra 13 antimicrobianos. A presença de genes de resistência (tetL, tetM, tetS, ermB e msrC) e virulência (ace, esp, agg, cylA e gelE) foi determinada por PCR. Foram identificados 79 enterococos, sendo Entecococcus faecalis (44,3%) e E. casseliflavus (36,7%) as espécies mais frequentes isoladas. Sessenta e cinco cepas (82,3%) eram resistentes a pelo menos um dos antimicrobianos testados, enquanto 27 (34,2%) eram multirresistentes. As porcentagens gerais de isolados resistentes a antimicrobianos foram: 58,2% para rifampicina, 40,5% para fluoroquinolonas, 36,7% para eritromicina e 30,4% para tetraciclina. Os genes tetL e tetM foram encontrados em 57,7% das cepas resistentes à tetraciclina; e msrC em 31,01% das cepas resistentes à eritromicina. Os fatores de virulência mais comumente detectados foram ace e gelE. Embora limitados a uma única fazenda, esses dados indicam que a aquicultura pode ser uma fonte de enterococos resistentes e virulentos. Este estudo é o primeiro passo para melhorar nosso entendimento da distribuição, resistência e perfil de virulência em enterococos isolados de ambientes de piscicultura no sul do Brasil.(AU)


Assuntos
Animais , Enterococcus/isolamento & purificação , Pesqueiros , Fatores de Virulência , Brasil
12.
Braz. J. Biol. ; 81(4): 1054-1060, Oct.-Dec. 2021. mapas, ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-762610

RESUMO

One aquatic coleopteran species from family Dytiscidae and two aquatic coleopteran genera from family Hydrophilidae were recorded in the summer period and represent first records in the Egyptian lakes. Beetles were collected from two northern lakes, Lake Idku and Lake Burullus. They were identified by morphological characteristics as well as the mtDNA barcoding method. A molecular phylogenetic approach was used to determine the genetic identity of the collected samples based on the mitochondrial cytochrome oxidase I (COI). Prodaticus servillianus (Dytiscidae) from Egypt showed no significant difference in the COI region and they are highly similar to P. servillianus from Madagascar. The phylogenetic analysis revealed that the other two coleopteran genera belong to family Hydrophilidae. Based on COI only, there is no clear evidence for their genetic identity at the species level. So, we defined them to the closest taxon and denoted them as Cymbiodyta type A and B. The results indicated that resolving the molecular identity of the aquatic beetles from northern lakes of Egypt need more considerations in the field of biological conservation. We concluded that utilization of COI as a barcoding region for identifying some coleopteran species is not sufficient and additional molecular markers are required to uncover the molecular taxonomy at deep levels.(AU)


Uma espécie de coleópteros aquático da família Dytiscidae e dois gêneros de coleópteros aquáticos da família Hydrophilidae foram registrados no período de verão e representam os primeiros registros nos lagos egípcios. Os besouros foram coletados em dois lagos do norte, o lago Idku e o lago Burullus, e identificados por características morfológicas e pelo método de código de barras mtDNA. Uma abordagem filogenética molecular foi usada para determinar a identidade genética das amostras coletadas com base no citocromo oxidase I mitocondrial (COI). Prodaticus servillianus (Dytiscidae) do Egito não mostrou diferença significativa na região COI e é altamente semelhante a P. servillianus de Madagascar. A análise filogenética revelou que os outros dois gêneros de coleópteros pertencem à família Hydrophilidae. Com base apenas no COI, não há evidências claras de sua identidade genética no nível da espécie. Assim, nós os agrupamos no táxon mais próximo e os denominamos Cymbiodyta tipo A e B. Os resultados indicaram que a identidade molecular dos besouros aquáticos dos lagos do norte do Egito precisa de mais considerações no campo da conservação biológica. Concluímos que a utilização de COI como região de código de barras para identificar algumas espécies de coleópteros não é suficiente, sendo necessários marcadores moleculares adicionais para descobrir a taxonomia molecular em níveis profundos.(AU)


Assuntos
Animais , Código de Barras de DNA Taxonômico/veterinária , Besouros/genética , Biodiversidade , Egito
13.
Braz. J. Biol. ; 81(4): 969-976, Oct.-Dec. 2021. mapas, graf, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-762607

RESUMO

Lycosa erythrognatha Lucas, 1833 (Araneae: Lycosidae) is a predatory arthropod with potential for conservation biological control. In addition to being considered a bioindicator of environmental quality, this arthropod provides an important service for agriculture by reducing insect-pest populations. In this work we seek to understand how the plants Andropogon bicornis L., Saccharum angustifolium Nees and Eustachys retusa Lag (Poales: Poaceae) and their different clump sizes affect the population density, spatial distribution and determination of the minimum number of samples to estimate its population density during the winter. Among the evaluated host plants, S. angustifolium and A. bicornis presented higher population density than E. retusa, but we observed that the clump diameter significantly influences the population density and the minimum number of samples. We observed a gregarious behavior in plants of A. bicornis and E. retusa. For S. angustifolium, a uniform distribution was observed.(AU)


Lycosa erythrognatha Lucas, 1833 (Araneae: Lycosidae) é um artrópode predador com potencial para controle biológico de conservação. Além de ser considerado um bioindicador da qualidade ambiental, esse artrópode fornece um importante serviço para a agricultura, reduzindo as populações de insetos-praga. Neste trabalho buscamos entender como as plantas Andropogon bicornis L., Saccharum angustifolium Nees e Eustachys retusa Lag (Poales: Poaceae) e seus diferentes tamanhos de touceira afetam a densidade populacional, distribuição espacial e a determinação do número mínimo de amostras para estimar sua densidade populacional durante o inverno. Entre as plantas hospedeiras avaliadas, S. angustifolium e A. bicornis apresentaram maior densidade populacional que E. retusa, observamos que o diâmetro da touceira influencia significativamente a densidade populacional e o número mínimo de amostras. Observamos um comportamento gregário nas plantas de A. bicornis e E. retusa. Para S. angustifolium, uma distribuição uniforme foi observada.(AU)


Assuntos
Animais , Aranhas , Controle Biológico de Vetores , Tamanho da Amostra , Andropogon , Saccharum
14.
Braz. J. Biol. ; 81(4): 962-968, Oct.-Dec. 2021. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-762606

RESUMO

The tambaqui (Colossoma macropomum) is a fish of primary importance in South American aquaculture, principally in the Amazon region and has a particularly unique diet in the wild. Oryza spp, or Wild rice as it is commonly known, is native to the floodplains of muddy rivers in the Amazon region. The aim of this study was to analyze the physical performance and the effects of dietary levels of Oryza spp. via the hematological parameters, total food intake, conversion efficiency, growth ratio and swimming performance of this fish. Diets containing 45% Oryza spp. induced the best performance in tambaqui. Diets containing 15% and 30% did not affect these indices, thus indicating that this amount of Oryza can be used as an alternative energy source for this important species within Brazilian aquaculture.(AU)


O tambaqui Colossoma macropomum é um peixe de importância na aquicultura brasileira, especialmente na região amazônica. O arroz silvestre é comum nas planícies inundadas dos rios de aguas barrentas da Amazônia. O objetivo deste trabalho foi analisar os efeitos combinados do treinamento físico e dos níveis dietéticos de Oryza spp. nos parâmetros hematológicos, consumo de alimentos, eficiência de conversão, taxa de crescimento e desempenho de natação deste peixe. Dietas contendo 45% de arroz apresentaram o melhor desempenho para tambaquis. As dietas contendo 15% e 30% não afetaram esses índices, indicando que alguma quantidade de arroz pode ser usada como fonte de energia alternativa para esta importante espécie dentro da aquicultura.(AU)


Assuntos
Animais , Peixes/crescimento & desenvolvimento , Peixes/sangue , Oryza , Dieta/veterinária , Aquicultura
15.
Braz. J. Biol. ; 81(4): 917-927, Oct.-Dec. 2021. mapas, ilus, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-762604

RESUMO

The trahira or wolf fish - Hoplias malabaricus- is a valid species, although recent cytogenetic and molecular studies have indicated the existence of a species complex. In this context, the present study analyzed the mitochondrial COI marker to determine the levels of genetic diversity of specimens from the Brazilian state of Maranhão, and verify the occurrence of distinct lineages within the study area. Samples were collected from the basins of the Turiaçu, Pindaré, Mearim, Itapecuru, and Parnaíba rivers. A 630-bp fragment was obtained from 211 specimens, with 484 conserved and 108 variable sites, and 60 haplotypes (Hd = 0,947; = 0,033). The phylogenetic analyses indicated the existence of three distinct lineages of H. malabaricus from Maranhão. Genetic distances of 1.5-8.2% were found between all the populations analyzed, while the variation between haplogroups ranged from 2.1% to 7.7%. The AMOVA indicated that most of the molecular variation was found among groups, with high FST values. The high levels of genetic variability found in the present study are supported by the available cytogenetic data. These findings reinforce the need for the development of effective programs of conservation and management independently for each river basin, in order to preserve the genetic variability found in this taxon.(AU)


A traíra - Hoplias malabaricus- é uma espécie válida, embora recentes estudos citogenéticos e moleculares tenham indicado a existência de um complexo de espécies. Neste contexto, o presente estudo analisou o marcador mitocondrial COI para determinar os níveis de diversidade genética dos espécimes do estado do Maranhão e verificar a ocorrência de linhagens distintas dentro da área de estudo. As amostras foram coletadas nas bacias dos rios Turiaçu, Pindaré, Mearim, Itapecuru e Parnaíba. As análises filogenéticas indicaram a existência de três linhagens distintas nas populações do Maranhão. Obteve-se um fragmento de 630 pb de 211 espécimes, com 484 sítios conservados, 108 variáveis e 60 haplótipos (Hd = 0,947; = 0,033). As análises filogenéticas indicaram a ocorrência de três linhagens distintas de H. malabaricus do Maranhão. Distâncias genéticas de 1.5 a 8.2% foram encontradas entre todas as populações analisadas, enquanto a variação entre os haplogrupos variou de 2.1% a 7.7%. A AMOVA indicou que a maior variação molecular foi entre os grupos, com altos valores de FST. Os altos níveis de variabilidade genética encontrados no presente estudo são suportados pelos dados citogenéticos disponíveis. Essas descobertas reforçam a necessidade de desenvolver programas de conservação e manejo independentemente para cada bacia hidrográfica, a fim de preservar a variabilidade genética encontrada neste táxon.(AU)


Assuntos
Animais , Peixes , Biodiversidade , Variação Genética , Brasil
17.
Braz. J. Biol. ; 81(4): 899-908, Oct.-Dec. 2021. ilus, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-762601

RESUMO

Experiments were performed investigating citronella (Cymbopogon winterianus Jowitt) as a repellent to honeybee Apis mellifera (L.) (Hymenoptera: Apidae) in Egypt, it was conducted in laboratory in the Department of Entomology and Pesticides Science, Faculty of Agriculture, Cairo University, to check long-term survival of honeybee when exposed to different nano insecticides alone or combined with citronella at the same examination box for each. In this study, we used a modeling approach regarding survival data of caged worker bees under chronic exposure to four insecticides (Chloropyrophos, Nano-chloropyrophos Imidacloprid, Nano-Imidacloprid) each of them was supplemented in a box alone and in combination with citronella. Having three replicates and five concentrations (100, 200, 300, 400 and 500 ppm). Laboratory bioassay of these insecticides showed that chloropyrophos and nano chloropyrophos were the most toxic at their high dose (500 ppm) with LT50 of 120.98 and 122.02 followed by 132.14 and 136.5 minutes for Imidacloprid and Nano-Imidacloprid, respectively. No consumption occurred by bees to mixed sugar syrup with insecticides in all treatments when citronella was added. These data highly recommended that adding citronella is very effective when nicotinoid pesticides are used to longevity honeybee life and keep bee safe.(AU)


Foram realizados experimentos para investigar a citronela (Cymbopogon winterianus Jowitt) como repelente de abelhas Apis mellifera (L.) (Hymenoptera: Apidae) no Egito, conduzidos no laboratório do Departamento de Entomologia e Ciência de Pesticidas, da Faculdade de Agricultura, da Universidade do Cairo, e verificar a sobrevivência a longo prazo das abelhas quando expostas a diferentes nanoinseticidas isoladamente ou combinados com citronela na mesma caixa de exame para cada um. Neste estudo, usamos uma abordagem de modelagem em relação aos dados de sobrevivência de abelhas operárias enjauladas sob exposição crônica a quatro inseticidas (clorpirifós, nanoclorpirifós, imidacloprida e nanoimidacloprida), e cada um deles foi suplementado em uma caixa e em combinação com citronela, tendo três repetições e cinco concentrações (100, 200, 300, 400 e 500 ppm). O bioensaio em laboratório desses inseticidas mostrou que clorpirifós e nanoclorpirifós foram os mais tóxicos em altas doses (500 ppm) com LT50 de 120,98 e 122,02, seguidos por 132,14 e 136,5 minutos para imidacloprida e nanoimidacloprida, respectivamente. Não houve consumo pelas abelhas do xarope de açúcar misto com inseticidas em todos os tratamentos quando a citronela foi adicionada. Esses dados recomendam a adição de citronela, sendo muito eficaz quando pesticidas nicotinoides são utilizados para longevidade das abelhas e para mantê-las seguras.(AU)


Assuntos
Animais , Cymbopogon , Abelhas , Inseticidas , Repelentes de Insetos
18.
Braz. J. Biol. ; 81(4): 881-886, Oct.-Dec. 2021. graf, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-762598

RESUMO

Regarding the proven anticonvulsant effect of Zhumeria majdae essential oil (ZMEO) in previous studies we were prompted to investigate the ZMEO effects on the tolerance to the anticonvulsant effects of morphine and the morphine withdrawal syndrome. Tolerance to the morphine anticonvulsant effect was induced in mice by subcutaneous injection of 2.5 mg/kg of morphine for 4 days. Subsequent doses of ZMEO (20 mg/kg) were used to study the expression and development of morphine tolerance. Clonidine was used as the standard drug to inhibit the morphine withdrawal syndrome symptoms. To study the ZMEO effect on withdrawal syndrome, mice received appropriate morphine values for 4 days and on the fifth day, 60 min before administration of naloxone. The effective dose of ZMEO was determined and the number of jumps, stands and changes in the dry stool weight, as symptoms of withdrawal syndrome were evaluated. The dose of 20 mg/kg of ZMEO decreased the tolerance in development and expression groups significantly. Counting the number of jumping, standing and defecation were assessed 30 min after morphine and 1 h after the vehicle and clonidine. The dose of 40 mg/kg ZMEO decreased all the signs of withdrawal syndrome significantly. ZMEO was analyzed by GC/MS and linalool (53.1%) and camphor (23.8%) were characterized as the main components. The results suggest that ZMEO possesses constituent(s) that have activity against tolerance to the anticonvulsant effects of morphine and the morphine withdrawal symptoms.(AU)


Em relação ao efeito anticonvulsivante comprovado do óleo essencial de Zhumeria majdae (ZMEO) em estudos anteriores, fomos instigados a investigar os efeitos do ZMEO em relação à tolerância aos efeitos anticonvulsivantes da morfina e da síndrome de abstinência de morfina. A tolerância ao efeito anticonvulsivante da morfina foi induzida em camundongos por injeção subcutânea de 2,5 mg/kg de morfina por 4 dias. Doses subsequentes de ZMEO (20 mg/kg) foram utilizadas para estudar a expressão e o desenvolvimento da tolerância à morfina. A clonidina foi usada como droga padrão para inibir os sintomas da síndrome de abstinência da morfina. Para estudar o efeito do ZMEO na síndrome de abstinência, os camundongos receberam valores apropriados de morfina por 4 dias e, no 5º dia, 60 minutos antes da administração de naloxona. A dose efetiva de ZMEO foi determinada, e o número de saltos e de permanência e as alterações no peso das fezes secas, conforme os sintomas da síndrome de abstinência, foram avaliados. A dose de 20 mg/kg de ZMEO diminuiu significativamente a tolerância nos grupos de desenvolvimento e expressão. A contagem do número de saltos, permanência e defecação foi avaliada 30 minutos após a morfina e 60 minutos após o veículo e a clonidina. A dose de 40 mg/kg de ZMEO diminuiu significativamente todos os sinais da síndrome de abstinência. O ZMEO foi analisado por GC/MS, e linalol (53,1%) e cânfora (23,8%) foram caracterizados como os principais componentes. Os resultados sugerem que o ZMEO apresenta constituintes que possuem atividade contra a tolerância aos efeitos anticonvulsivantes da morfina e aos sintomas de abstinência da morfina.(AU)


Assuntos
Animais , Camundongos , Óleos Voláteis/administração & dosagem , Morfina , Anticonvulsivantes , Pentilenotetrazol , Síndrome de Abstinência a Substâncias
19.
Braz. J. Biol. ; 81(3): 797-805, July-Sept. 2021. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-762672

RESUMO

The Patagonian blenny (Eleginops maclovinus) is species endemic to South America with physiological characteristics that would facilitate its incorporation into Chilean aquaculture. However, there is currently no specific artificial food that can be used to raise E. maclovinus. In light of this problem, this study describes the proximal composition and fatty acid profile of the crab Hemigrapsus crenulatus, one of the main foods of E. maclovinus. The purpose of the study is to serve as basic information for the development of a specific artificial diet for juveniles of this fish species. The proximal analysis of the complete body of H. crenulatus indicates that it is mainly composed of ash (35.9%), proteins (32.2%), glucides (19.8%) and minor lipids (3.6%). The fatty acid profile is 40.7% PUFAs, 29.7% MUFAs and 29.5% SAFAs, and the most abundant acids are Eicosapentaenoic (18.8%), Oleic (6.8%) and Palmitic (16.6%), respectively. H. crenulatus has highest level of proteins, lipids and PUFAs among the species of the Brachyura infraorder.(AU)


O blenny da patagônia (Eleginops maclovinus) é uma espécie endêmica da América do Sul, com características fisiológicas que facilitariam sua incorporação na aquicultura chilena. No entanto, atualmente não há alimento artificial específico que possa ser usado para criar E. maclovinus. Diante desse problema, este estudo descreve a composição proximal e o perfil de ácidos graxos do caranguejo Hemigrapsus crenulatus, um dos principais alimentos de E. maclovinus. O objetivo do estudo é servir como informação básica para o desenvolvimento de uma dieta artificial específica para espécies juvenis desse peixe. A análise proximal do corpo completo de H. crenulatus indica que ele é composto, principalmente, de cinzas (35,9%), proteínas (32,2%), glicídios (19,8%) e lipídios menores (3,6%). O perfil de ácidos graxos é 40,7% PUFA, 29,7% MUFA e 29,5% SAFA, e os ácidos mais abundantes são eicosapentaenoico (18,8%), oleico (6,8%) e palmítico (16,6%), respectivamente. H. crenulatus possui o mais alto nível de proteínas, lipídios e PUFAs entre as espécies da infraordem de Brachyura.(AU)


Assuntos
Animais , Ácidos Graxos , Peixes , Dieta/veterinária , Crustáceos
20.
Braz. J. Biol. ; 81(3): 526-536, July-Sept. 2021. tab, ilus, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-762670

RESUMO

To investigate the optimal androgen concentration for culturing Hetian sheep wool follicle and to detect effects of androgen concentration on wool follicle cell proliferation and apoptosis using immunofluorescence labeling and real-time quantitative fluorescence determinations of wool keratin-associated protein gene expression levels. Wool follicles were isolated by microdissection and wool follicles and skin pieces were cultured in various concentrations of dihydrotestosterone (DHT) in culture medium. Next, daily lengthwise growth measurements of wool follicles were obtained using a microscopic micrometer. Cultured Hetian wool follicles were stained using the SACPIC method to reveal wool follicle structure, while sheep skin slices were used to observe cell proliferation by immunostaining and cell apoptosis using the TUNEL method. At the molecular biological level, keratin-associated protein (Kap) gene expression was studied using wool follicles cultured for various numbers of days in vitro. Effects of androgen concentrations on Hetian wool follicle growth and development were experimentally studied. EdU proliferation assays revealed that androgen promoted cell proliferation within wool follicle dermal papillae. TUNEL apoptosis detection demonstrated that androgen treatment could delay cell apoptosis. Quantitative reverse transcription polymerase chain reaction (qPCR) results demonstrated that gene expression level patterns of Hetian mountain sheep super-high sulfur protein. Kap1.1, KIF1.2, Kap2.12 and Kap4.2 gene expression level of the mountainous experimental group was significantly higher than plains Hetian sheep. An androgen concentration of 100 nM can promote the growth of Hetian wool follicle cells in vitro, resulting in overexpression of some genes of the Kap family.(AU)


Investigar a concentração ideal de andrógenos em cultura de folículos pilosos de carneiro Hetiano e detectar os efeitos da concentração de andrógenos na proliferação e apoptose de células foliculares, por meio de imunofluorescência e de determinação quantitativa, em tempo real, da fluorescência dos níveis de expressão gênica de proteína associada à queratina. Folículos pilosos foram isolados por microdissecção, e folículos de lã e pedaços de pele foram cultivados em várias concentrações de di-hidrotestosterona (DHT) em meio de cultura. Em seguida, medições diárias de crescimento longitudinal dos folículos capilares foram obtidas usando um micrômetro microscópico. Folículos de lã cultivados de Hetianos foram corados pelo método SACPIC para revelar a estrutura do folículo piloso, enquanto fatias de pele de carneiro foram usadas para observar a proliferação celular por imunocoloração e apoptose celular por meio do método TUNEL. Em âmbito da biologia molecular, a expressão gênica da proteína associada à queratina (Kap) foi estudada usando folículos capilares cultivados por vários dias, in vitro. Os efeitos das concentrações de andrógenos no crescimento e desenvolvimento dos folículos de lã de Hetianos foram estudados experimentalmente. Ensaios de proliferação de EdU revelaram que o andrógeno promoveu a proliferação celular dentro das papilas dérmicas do folículo piloso. A detecção de apoptose por TUNEL demonstrou que o tratamento com andrógeno poderia atrasar a apoptose celular. Os resultados da reação em cadeia da polimerase transcrição reversa quantitativa (qPCR) demonstraram que os padrões de expressão gênica da proteína de enxofre Kap1.1, KIF1.2, Kap2.12 e Kap4.2 foram significativamente maiores no grupo de ovinos Hetianos de montanha. Uma concentração de androgênio de 100 nM pode promover o crescimento de células foliculares de lã de Hetianos in vitro, resultando na superexpressão de alguns genes da família Kap.(AU)


Assuntos
Animais , Ovinos , Androgênios/efeitos adversos , Folículo Piloso , Queratinas
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA