Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 5.878
Filtrar
Mais filtros








Filtros aplicados
Intervalo de ano de publicação
1.
Palmas, TO; Secretaria de Estado da Saúde; 1; 20220000. 45 p. ilus., tab..
Monografia em Português | Coleciona SUS, CONASS, SES-TO | ID: biblio-1400311

RESUMO

Trata de um documento que aborda a ampliação do acesso à atenção psicossocial da população da Macrorregião de Saúde Norte no Estado do Tocantins. Tem os objetivos de dimensionar os vazios assistenciais; propor novos pontos da Rede de Atenção Psicossocial; Definir e organizar a Rede de Atenção Psicossocial. Alcança as metas de: Implantar 13 novos serviços dos componentes da Rede de Atenção Psicossocial na Macrorregião Norte nos próximos dois anos e de qualificar trabalhadores da Rede de Atenção Psicossocial.


It deals with a document that addresses the expansion of access to psychosocial care for the population of the Northern Health Macroregion in the State of Tocantins. It has the objectives of dimensioning the gaps in care; propose new points of the Psychosocial Care Network; Define and organize the Psychosocial Care Network. It achieves the goals of: Implementing 13 new services from the components of the Psychosocial Care Network in the North Macro-region over the next two years and qualifying workers in the Psychosocial Care Network.


Se trata de un documento que aborda la ampliación del acceso a la atención psicosocial de la población de la Macrorregión de Salud Norte del Estado de Tocantins. Tiene los objetivos de dimensionar las brechas en la atención; proponer nuevos puntos de la Red de Atención Psicosocial; Definir y organizar la Red de Atención Psicosocial. Logra las metas de: Implementar 13 nuevos servicios de los componentes de la Red de Atención Psicosocial en la Macrorregión Norte en los próximos dos años y calificar a los trabajadores de la Red de Atención Psicosocial.


Assuntos
Humanos , Psiquiatria/organização & administração , Políticas, Planejamento e Administração em Saúde , Reabilitação Psiquiátrica/educação
2.
Palmas, TO; Secretaria de Estado da Saúde; 1; 20220000. 52 p. ilus..
Monografia em Português | Coleciona SUS, CONASS, SES-TO | ID: biblio-1400312

RESUMO

Busca ampliar o acesso à atenção psicossocial da população da Macrorregião de Saúde Centro Sul do Estado do Tocantins objetivando também dimensionar os vazios assistenciais; propor novos pontos da Rede de Atenção Psicossocial; definir e organizar a Rede de Atenção Psicossocial. Além de alcançar as metas de implantar 10 (dez) novos serviços dos componentes da Rede de Atenção Psicossocial na Macrorregião Centro Sul nos próximos dois anos e qualificar trabalhadores da Rede de Atenção Psicossocial.


Seeks to expand access to psychosocial care for the population of the South Central Health Macro-region of the State of Tocantins, also aiming to dimension the gaps in care; propose new points of the Psychosocial Care Network; define and organize the Psychosocial Care Network. In addition to achieving the goals of implementing 10 (ten) new services of the components of the Psychosocial Care Network in the South Central Macro-region in the next two years and qualifying workers of the Psychosocial Care Network.


Busca ampliar el acceso a la atención psicosocial de la población de la Macrorregión de Salud Centro Sur del Estado de Tocantins, con el objetivo también de dimensionar las brechas en la atención; proponer nuevos puntos de la Red de Atención Psicosocial; definir y organizar la Red de Atención Psicosocial. Además de alcanzar las metas de implementar 10 (diez) nuevos servicios de los componentes de la Red de Atención Psicosocial en la Macrorregión Centro Sur en los próximos dos años y capacitar a los trabajadores de la Red de Atención Psicosocial.


Assuntos
Humanos , Psiquiatria Comunitária/organização & administração , Administração em Saúde Pública/educação , Reabilitação Psiquiátrica/organização & administração
3.
Brasília; Fiocruz Brasília; 01 set. 2022. 56 p.
Não convencional em Português | LILACS, Coleciona SUS, PIE | ID: biblio-1392100

RESUMO

Contexto: A atividade física é um comportamento que traz benefícios para o desenvolvimento humano em todas as fases da vida e pode ser praticada de diversas maneiras e em diferentes momentos, como ao se deslocar de um lugar para outro, durante o trabalho ou estudo, ao realizar tarefas domésticas ou durante o tempo livre. Atualmente, uma das formas de abordagem da atividade física utilizada pelos serviços de saúde inclui as tecnologias que viabilizam o cuidado à distância, fornecendo intervenção e educação em saúde. Pergunta: A abordagem da atividade física por meio de tecnologias em saúde é efetiva para os usuários dos serviços de saúde? Método: Realizou-se uma revisão rápida com base em protocolo de pesquisa previamente definido. Três bases da literatura eletrônica foram buscadas em junho de 2022, para identificar revisões sistemáticas (RS) que apresentassem abordagens de atividade física por meio de tecnologias em saúde. A qualidade metodológica das RS foi avaliada com a ferramenta AMSTAR 2. Resultados: De 563 registros recuperados nas bases, 13 RS foram incluídas. Três RS foram classificadas como de confiança baixa e dez de confiança criticamente baixa. As intervenções para promoção da atividade física, apresentadas nessas revisões, utilizaram seis tipos de tecnologias: aplicativos; ligação telefônica, mensagem de texto e/ou e-mail; internet (site, plataforma, e-mails, redes sociais); tecnologias vestíveis; telessaúde ou teleconsulta; tecnologias combinadas. Duas RS também apresentaram resultados de eventos adversos. A maioria dos resultados apresentados se refere a estudos primários únicos (ensaio clínico randomizado, ensaio quase experimental, estudo piloto), mostrando efeito positivo sobre a prática de atividade física para pacientes com diversas condições de saúde - cânceres, esclerose múltipla, insuficiência cardíaca, artrite reumatoide, doença pulmonar obstrutiva crônica, diabetes tipo 2. Considerações finais: Constata-se uma escassez de estudos sobre efeitos do uso de tecnologias na promoção da atividade física. Além da heterogeneidade das intervenções e das populações estudadas, é preciso considerar as falhas metodológicas das RS incluídas, bem como o fato de a maioria dos estudos ter sido conduzida em países de alta renda.


Context: Physical activity is a behavior that brings benefits to human development at all stages of life and can be practiced in different ways and at different times, such as when moving from one place to another, during work or study, when do household chores or during free time. Currently, one of the ways of approaching physical activity used by health services includes technologies that enable remote care, providing intervention and health education. Question: Is the approach to physical activity through health technologies effective for users of health services? Method: A rapid review was performed based on a previously defined research protocol. Three electronic literature bases were searched in June 2022 to identify systematic reviews (SR) that presented physical activity approaches through health technologies. The methodological quality of the SRs was evaluated using the AMSTAR 2 tool. Results: Of 563 records retrieved from the databases, 13 RS were included. Three RS were classified as low confidence and ten as critically low confidence. Interventions to promote physical activity, presented in these reviews, used six types of technologies: applications; phone call, text message and/or email; internet (website, platform, emails, social networks); wearable technologies; telehealth or teleconsultation; combined technologies. Two SRs also had adverse event results. Most of the results presented refer to single primary studies (randomized clinical trial, quasi-experimental trial, pilot study) showing a positive effect on physical activity for patients with various health conditions - cancers, multiple sclerosis, heart failure, arthritis rheumatoid, chronic obstructive pulmonary disease, type 2 diabetes. Final considerations: There is a scarcity of studies on the effects of the use of technologies in the promotion of physical activity. In addition to the heterogeneity of the interventions and populations studied, it is necessary to consider the methodological flaws of the SRs included, as well as the fact that most studies were conducted in high-income countries.


Assuntos
Exercício Físico , Revisão , Tecnologia da Informação , Promoção da Saúde
4.
Fortaleza; NEP SAMUFor; 2. ed; Set. 2022. 104 p. ilustração, tab.
Monografia em Português | LILACS, Coleciona SUS | ID: biblio-1379433

RESUMO

A obra abrange as urgências em saúde mental, desde os aspectos do atendimento pelo telefonista auxiliar de regulação médica, a decisão técnica da regulação médica baseada em protocolos até a abordagem do paciente em sofrimento mental pelas equipes do SAMU 192. Preparado para o uso do SAMU 192 - Regional Fortaleza (SAMUFor) pelo seu Núcleo de Educação Permanente (NEP), a cartilha é referência teórica para os curso de urgência em saúde mental do NEP SAMUFor, que atualmente têm como público alvo toda a Rede de Atenção Psicossocial de Fortaleza, incluindo multiplicadores da capacitação em atendimento de urgências em saúde mental de todo o Estado do Ceará. Aborda o acolhimento do chamado ao 192 para paciente em crise, identificação preliminar dos 3"S" da regulação, a anamnese dirigida, o estabelecimento do grau de urgência do chamado, a decisão e a resposta da regulação médica, o que é "crise em saúde mental", as habilidades do profissional treinado para atuar nos Primeiros Socorros Psicossociais (PSP), o papel da enfermagem e do médico, a abordagem da crise com a Comunicação Terapêutica (acolhimento, escuta ativa, identificação de fatores de risco e proteção, orientações e encaminhamentos) e as indicações de imobilização e contenção física. Os protocolos de regulação em saúde mental do SAMUFor são baseados na Classificação de Manchester e os protocolos de intervenção nos Protocolos Nacionais do SAMU 192, construídos pelo Ministério da Saúde.


Assuntos
Saúde Mental , Educação Continuada , Fatores de Risco , Emergências , Serviços Médicos de Emergência , Acolhimento , Primeiros Socorros , Fatores de Proteção
5.
Brasília; Fiocruz Brasília; 31 ago. 2022. 56 p.
Não convencional em Português | LILACS, Coleciona SUS, PIE | ID: biblio-1392102

RESUMO

Contexto: De acordo com a Política Nacional de Promoção da Saúde, ações intersetoriais envolvendo o intercâmbio entre diferentes setores podem produzir soluções que melhorem a qualidade de vida. Em saúde, essa articulação pressupõe uma agenda que considera múltiplos aspectos envolvidos no processo saúde-doença e a participação de outros setores na avaliação de parâmetros sanitários importantes para a construção de políticas públicas. Pergunta: Quais são as principais estruturas ou quadros de referência (frameworks) sobre colaboração intersetorial em promoção da saúde? Método: Com base no protocolo de pesquisa, esta revisão rápida teve como objetivo identificar estruturas sobre colaboração intersetorial na promoção da saúde. A busca de evidências foi realizada em julho de 2022, por meio do Web App da plataforma Dimensions. A seleção dos estudos foi feita por dois revisores, de forma independente. Não foi realizada avaliação da qualidade metodológica dos estudos. Resultados: De 1.412 registros identificados na base de dados, doze foram incluídos nesta revisão rápida. Uma síntese narrativa apresenta as estruturas citadas nos estudos para a implementação ou análise de experiências de colaboração intersetorial na promoção da saúde. As estruturas foram agrupadas em três categorias. (1) Estrutura Saúde em Todas as Políticas (Health in all policies - HiAP): Quatro estudos sobre a estrutura HiAP abordaram os princípios que sustentam seus mecanismos, analisaram processos de implementação de colaboração intersetorial nos EUA, e os mecanismos sociais para a implementação sustentável. (2) Estruturas para promoção da saúde no contexto escolar: Quatro estudos analisaram a estrutura formatada para ação escolar, componentes e mecanismos para implementação de escolas promotoras de saúde, elementos e mecanismos na implementação de ações intersetoriais, e uma ferramenta para monitoramento de processos colaborativos. (3) Estruturas para implementação de processos de colaboração intersetorial: Quatro estudos discutiram as funções essenciais de saúde pública para as Américas, processos que facilitam a colaboração intersetorial, colaboração intersetorial para mudança social, e abordagens de planejamento para a prática de promoção da saúde. Considerações finais: Os estudos mostram que processos colaborativos intersetoriais para a promoção da saúde são complexos e exigem a utilização de diversas estratégias desde a fase de planejamento de um programa ou política. As estruturas ou quadros de referência, como ilustrado nesses estudos a partir de exemplos de implementação, podem auxiliar no planejamento e compreensão das ações necessárias para o aprimoramento da colaboração intersetorial.


Context: According to the National Health Promotion Policy, intersectoral actions involving exchanges between different sectors can produce solutions that improve quality of life. In health, this articulation presupposes an agenda that considers multiple aspects involved in the health-disease process and the participation of other sectors in the evaluation of important health parameters for the construction of public policies. Question: What are the main frameworks for intersectoral collaboration in health promotion? Method: Based on the research protocol, this rapid review aimed to identify frameworks on intersectoral collaboration in health promotion. The search for evidence was carried out in July 2022, through the Dimensions platform's Web App. The selection of studies was carried out by two reviewers, independently. Assessment of the methodological quality of the studies was not performed. Results: Of the 1,412 records identified in the database, twelve were included in this rapid review. A narrative synthesis presents the structures cited in the studies for the implementation or analysis of experiences of intersectoral collaboration in health promotion. Frameworks were grouped into three categories. (1) Health in All Policies (HiAP) Framework: Four studies on the HiAP framework addressed the principles that underpin its mechanisms, analyzed processes for implementing intersectoral collaboration in the US, and the social mechanisms for sustainable implementation . (2) Frameworks for health promotion in the school context: Four studies analyzed the formatted structure for school action, components and mechanisms for implementing health promoting schools, elements and mechanisms in the implementation of intersectoral actions, and a tool for monitoring collaborative processes . (3) Frameworks for Implementing Intersectoral Collaboration Processes: Four studies discussed essential public health functions for the Americas, processes that facilitate intersectoral collaboration, intersectoral collaboration for social change, and planning approaches to health promotion practice. Final considerations: Studies show that intersectoral collaborative processes for health promotion are complex and require the use of different strategies from the planning stage of a program or policy. Frameworks, as illustrated in these studies from implementation examples, can assist in planning and understanding the actions needed to improve intersectoral collaboration.


Assuntos
Revisão , Colaboração Intersetorial , Promoção da Saúde
6.
Goiânia; SES-GO; 23 ago. 2022. 9 p. ilus.
Não convencional em Português | LILACS, Coleciona SUS, CONASS, SES-GO | ID: biblio-1391037

RESUMO

A vacinação é a principal ferramenta de prevenção primária de doenças e uma das medidas mais bem-sucedidas em saúde pública, com melhor custo-efetividade (ABBAS et al , 2006; WHO, 2021a). Além disso, a imunização evita incapacidades e cerca de 2 a 3 milhões de mortes, em todo o mundo, a cada ano (UE, 2020; PAHO, 2022; WATSON et al., 2022). Não obstante os esforços implementados por organizações internacionais e locais, dados da OMS apontam que a cobertura vacinal global caiu de 86% em 2019 para 81% em 2021, o que significa que cerca de 25 milhões de crianças menores de 1 ano não receberam as vacinas básicas (WHO, 2021a). Já no Brasil (Figura 1), a cobertura manteve-se estável de 1999 a 2015 e em contrapartida, em 2016 e no último triênio, apresenta tendência de queda (BRASIL, 2022b). Diante dessa realidade, objetivou-se investigar as estratégias utilizadas para ampliar a vacinação, e assim, subsidiar a formulação e tomada de decisão em políticas públicas para mitigar a baixa cobertura vacinal


Vaccination is the main tool for primary disease prevention and one of the most successful and cost-effective public health measures (ABBAS et al , 2006; WHO, 2021a). In addition, immunization prevents disability and an estimated 2 to 3 million deaths worldwide each year (EU, 2020; PAHO, 2022; WATSON et al., 2022). Notwithstanding the efforts implemented by international and local organizations, WHO data indicate that global vaccination coverage dropped from 86% in 2019 to 81% in 2021, which means that about 25 million children under 1 year of age do not received the basic vaccines (WHO, 2021a). In Brazil (Figure 1), coverage remained stable from 1999 to 2015 and, on the other hand, in 2016 and in the last three years, it shows a downward trend (BRASIL, 2022b). Faced with this reality, the objective was to investigate the strategies used to expand vaccination, and thus subsidize the formulation and decision-making in public policies to mitigate the low vaccination coverage


Assuntos
Humanos , Criança , Adolescente , Adulto , Cobertura Vacinal/estatística & dados numéricos , Vacinação/tendências , Vacinação/estatística & dados numéricos , Cobertura Vacinal/história , Cobertura Vacinal/tendências
7.
J. Transcatheter Interv ; 30(supl.1): 101-101, jul.,2022. tab.
Artigo em Inglês | Sec. Est. Saúde SP, CONASS, SESSP-IDPCPROD, Sec. Est. Saúde SP | ID: biblio-1381770

RESUMO

INTRODUCTION: A lean, minimalist transcatheter aortic valve replacement (LmTAVR) pathway is broadly defined by the simplification of technical aspects of the procedure (local anesthesia, percutaneous access, transthoracic echo, etc.), combined with systematic care, comprehensive and multidisciplinary approach to optimize clinical outcomes and promote faster recovery of patients (pts), and is associated with reduced length of stay and hospital costs. Its implementation in the Brazilian Unified National Health System (SUS) is still limited, and requires the development and validation of specific protocols. OBJECTIVE: To describe the initial clinical outcomes, in- -hospital length of stay and rehospitalization rate at 30 days after the implementation of an institutional protocol for LmTAVI in a tertiary hospital of the SUS. METHODS: Observational and prospective study, with consecutive pts who underwent TAVR from Sep/20 to Jan/22. Exclusion criteria for LmTAVI were: non-elective pts, left ventricular ejection fraction < 30%, non-femoral access, stage V kidney disease, dialysis, dyscrasias or thrombocytopenia, or pts scheduled for another combined procedure at admission. RESULTS: Of the 67 pts who underwent TAVI procedure in the period, 17 (25%) had exclusion criteria for LmTAVI. Regarding pts included in the minimalist approach (n=50), mean age was 79.2 ±4.8 years, mean STS 2.6 ±1.5% and 20 (40%) were women. One patient required permanent pacemaker implantation after LmTAVI; cardiovascular mortality at 30 days was 2%. Of the pts undergoing LmTAVI, 64% were discharged the next day after the procedure, and 86% were discharged within 48h. The 30-day cardiovascular readmission rate was 4%, due to stroke (n=1) and heart failure (n=1). CONCLUSION: In this initial experience, the development and implementation of a systematized and optimized protocol for patient care undergoing LmTAVI in a tertiary hospital of public health system in Brazil was feasible and safe. Majority of pts were discharged within 48h, with a low rate of rehospitalizations.


Assuntos
Substituição da Valva Aórtica Transcateter , Equipe de Assistência ao Paciente , Intervenção Coronária Percutânea
8.
Goiânia; SES-GO; 14 jul. 2022. 1-6 p. ilus, mapas, graf.
Não convencional em Português | Coleciona SUS, CONASS, SES-GO | ID: biblio-1379177

RESUMO

A Coronavirus disease (COVID-19), doença causada pelo vírus Severe Acute Respiratory Syndrome Coronavirus 2 (Sars-CoV-2), detectada em dezembro de 2019 na China, foi declarada Emergência de Saúde Pública de Importância Internacional (ESPII) em 2020. Desde então, em todo o mundo, já foram confirmados 539.893.858 casos e 6.324.112 óbitos, enquanto que no Brasil, estimam-se 31.754.465 casos e 669.161 mortes. Diante da repercussão da doença, em abril de 2020, a Aliança Global para Vacinas e Imunização (GAVI), com o apoio da Organização Mundial da Saúde (OMS), lançaram o Covax Facility iniciativa que reúne governos, organizações, fabricantes, cientistas, sociedade civil e setor privado para proporcionar acesso inovador e equitativo à vacina contra COVID-19. Os esforços alcançaram êxito em tempo recorde e em dezembro do mesmo ano foi aplicada a primeira dose no Reino Unido e em janeiro de 2021, no Brasil. (ALLIANCE, 2020; DIAS, 2020; BRASIL, 2020a; RIBEIRO, 2022)


Coronavirus disease (COVID-19), a disease caused by the Severe Acute Respiratory Syndrome Coronavirus 2 (Sars-CoV-2) virus, detected in December 2019 in China, was declared a Public Health Emergency of International Concern (PHEIC) in 2020. Since then, worldwide, 539,893,858 cases and 6,324,112 deaths have been confirmed, while in Brazil, 31,754,465 cases and 669,161 deaths are estimated. Faced with the repercussion of the disease, in April 2020, the Global Alliance for Vaccines and Immunization (GAVI), with the support of the World Health Organization (WHO), launched Covax Facility initiative that brings together governments, organizations, manufacturers, scientists, civil society and the private sector to provide innovative and equitable access to the COVID-19 vaccine. The efforts were successful in record time and in December of the same year the first dose was applied in the United Kingdom and in January 2021, in Brazil. (ALLIANCE, 2020; DIAS, 2020; BRASIL, 2020a; RIBEIRO, 2022)


Assuntos
Humanos , Vacinas contra COVID-19/economia , COVID-19/economia , COVID-19/epidemiologia
10.
Goiânia; SES-GO; 20 jun. 2022. 1-10 p. ilus.
Não convencional em Português | Coleciona SUS, CONASS, SES-GO | ID: biblio-1379097

RESUMO

Em 5 de abril de 2022 foi recebida a primeira notificação por parte do Reino Unido, sobre um aumento de notificações de hepatite aguda de causa desconhecida, em crianças anteriormente saudáveis, menores de 10 anos e residentes da Escócia. Uma semana mais tarde, foram notificados casos adicionais sob investigação na Inglaterra, País de Gales e Irlanda do Norte (OMS, 2022). De acordo com a OMS, até a data de 26 de maio de 2022, havia749 casos de hepatite aguda grave de causa desconhecida notificados entre crianças de 1 mês a 16 anos, em 33 países, incluindo nove óbitos


On 5 April 2022, the first report was received from the UK of an increase in reports of acute hepatitis of unknown cause, in previously healthy children under 10 years old and residents of Scotland. A week later, additional cases were reported under investigation in England, Wales and Northern Ireland (WHO, 2022). According to the WHO, as of 26 May 2022, there were 749 cases of severe acute hepatitis of unknown cause reported among children aged 1 month to 16 years in 33 countries, including nine deaths


Assuntos
Humanos , Criança , Hepatite/prevenção & controle , Hepatite/epidemiologia , Hepatite/diagnóstico
11.
Brasília; CONITEC; jun. 2022.
Não convencional em Português | LILACS, Coleciona SUS | ID: biblio-1378051

RESUMO

CONTEXTO: Mielofibrose é uma neoplasia maligna rara que pode se desenvolver como doença primária, sendo uma doença mieloproliferativa crônica caracterizada pela falha da medula óssea e proliferação clonal de células mieloides associada com excesso de fibras de reticulina e/ou colágeno, e algum grau de atipia no megacariócito. O quadro clínico pode evoluir com esplenomegalia, anemia, sintomas constitucional (fadiga, sudorese noturna, febre), caquexia, dor óssea, infarto esplênico, prurido, trombose e sangramentos. A incidência na União Europeia e EUA é de 0,3 casos por 100.000 habitantes. Não há dados epidemiológicos robustos no Brasil. Ruxolitinibe é um inibidor seletivo das Janus Quinases associadas (JAKs) ­ JAK1 e JAK2. A desregulação da via JAK-STAT tem sido associada a vários tipos de câncer e aumento da proliferação e sobrevida de células malignas. TECNOLOGIA: Ruxolitinibe. PERGUNTA: O uso de ruxolitinibe no tratamento da mielofibrose risco intermediário-2 ou alto (classificação IPSS), em adultos, com contagem plaquetária acima de 100.000/mm3 é eficaz e seguro quando comprado ao


Assuntos
Humanos , Janus Quinases/antagonistas & inibidores , Mielofibrose Primária/tratamento farmacológico , Sistema Único de Saúde , Brasil , Análise Custo-Benefício/economia
12.
Goiânia; SES-GO; 27 maio 2022. 1-6 p.
Não convencional em Português | Coleciona SUS, CONASS, SES-GO | ID: biblio-1371259

RESUMO

Considerada uma arbovirose urbana, a dengue é uma doença febril provocada por quatro tipos de vírus (DENV1, DENV2, DENV3 e DENV4) e transmitida principalmente pelo mosquito Aedes aegypti (BRASIL, 2021a). Cerca de 400 milhões de pessoas no mundo são infectadas pelo vírus da dengue e aproximadamente 40.000 óbitos ocorrem devido à doença a cada ano (CDC, 2021a). Embora tenha ocorrido uma redução dos números de casos de dengue no Estado de Goiás de 168.737 casos no ano em 2014 para 57.715 casos em 2021 (BRASIL, 2021b), análise de situação da dengue desenvolvida pela Secretaria de Estado de Saúde de Goiás (SES/GO), apontou que o Estado de Goiás se manteve, neste período, entre as dez piores Unidades Federativas (UF) brasileiras quando o assunto é a alta taxa de incidência de dengue. O método de controle vetorial praticado na esfera estadual tem sido o recomendado pelas Diretrizes Nacionais para a Prevenção e Controle de Epidemias de Dengue. No entanto, as ações não têm reduzido significativamente a taxa de incidência da doença, uma vez que a média de declínio dos últimos três biênios (2019/2020; 2020/2021; 2021/2022) tem sido de apenas 5,6%. Considerando o cenário levantado, esta síntese tem o objetivo de identificar estratégias exitosas de controle de longa permanência da dengue e do vetor Aedes aegypti implantadas ou estudadas no Brasil e no mundo.


Considered an urban arbovirus, dengue is a febrile disease caused by four types of viruses (DENV1, DENV2, DENV3 and DENV4) and transmitted mainly by the Aedes aegypti mosquito (BRASIL, 2021a). About 400 million people worldwide are infected with the dengue virus and approximately 40,000 deaths occur from the disease each year (CDC, 2021a). Although there has been a reduction in the number of dengue cases in the State of Goiás from 168,737 cases in the year in 2014 to 57,715 cases in 2021 (BRASIL, 2021b), an analysis of the dengue situation developed by the Goiás State Health Department (SES/ GO), pointed out that the State of Goiás remained, in this period, among the ten worst Brazilian Federative Units (FU) when it comes to the high incidence rate of dengue. The vector control method practiced at the state level has been recommended by the National Guidelines for the Prevention and Control of Dengue Epidemics. However, actions have not significantly reduced the disease incidence rate, since the average decline in the last three biennia (2019/2020; 2020/2021; 2021/2022) has been only 5.6%. Considering the scenario raised, this synthesis aims to identify successful strategies for the long-term control of dengue and the Aedes aegypti vector implanted or studied in Brazil and in the world.


Assuntos
Aedes/virologia , Controle de Vetores de Doenças , Aedes/genética , Introgressão Genética
13.
Brasília; CONITEC; maio 2022.
Não convencional em Português | LILACS, Coleciona SUS, BRISA/RedTESA | ID: biblio-1377703

RESUMO

INTRODUÇÃO: A leucemia linfoblástica aguda (LLA) pediátrica é uma neoplasia maligna agressiva e heterogênea caracterizada pela proliferação clonal e acúmulo de linfoblastos na medula óssea e sangue periférico. Entre os pacientes pediátricos, mais de 95% atingem remissão completa após o primeiro tratamento e 75% a 85% permanecem livre de doença por cinco anos após o diagnóstico. Porcentagens de 15% a 20% sofrem recidiva que são classificadas em risco padrão (RP) ou alto risco (AR). Em crianças com primeira recidiva medular de alto risco a sobrevida global é de 20%. A recidiva após o tratamento inicial é a segunda maior causa de mortalidade relacionada ao câncer em crianças. Crianças que apresentam recidiva de alto risco ao tratamento inicial são candidatas ao transplante de células hematopoiéticas após atingirem uma segunda remissão completa, entretanto, as chances de remissão diminuem significativamente entre a primeira, segunda e terceiras recidivas. Nessa população, a presença de doença residual


Assuntos
Humanos , Pré-Escolar , Criança , Leucemia Aguda Bifenotípica/tratamento farmacológico , Anticorpos Biespecíficos/uso terapêutico , Sistema Único de Saúde , Brasil , Análise Custo-Benefício/economia
14.
Brasília; CONITEC; maio 2022.
Não convencional em Português | LILACS, Coleciona SUS, BRISA/RedTESA | ID: biblio-1377728

RESUMO

INTRODUÇÃO: A doença pneumocócica (DP), causada pelo Streptococcus pneumoniae, também denominado de pneumococo, é uma condição de elevada incidência na população mundial e brasileira. Ela compreende uma gama de infecções em que se destacam a pneumonia adquirida na comunidade, otite média aguda, sinusite bacteriana e meningite bacteriana aguda. Sua manifestação mais grave ocorre nos quadros de infecção secundária de corrente sanguínea pelo pneumococo, em geral por uma pneumonia primária, e nas meningites, condições definidas como doença pneumocócica invasiva (DPI) e que apresentam elevado risco de óbito. A doença pneumocócica está entre as principais causas de internação no Brasil e também de óbito. Certas condições de base aumentam muito o risco de desenvolvimento de DP e DPI, bem como elevam sua letalidade, das quais se destaca a população idosa. A presença de comorbidades tais como doença pulmonar obstrutiva crônica, insuficiência cardíaca, asma, doença renal ou hepática crônica, diabete mélito e tabagismo, associados a redução do movimento mucociliar na mucosa respiratória e a imunossenescência tornam a população idosa muito vulnerável a DP e DPI. Além disso, é crescente a resistência bacteriana do pneumococo incrementando as taxas de mortalidade por esta condição. A prevenção da DP


Assuntos
Humanos , Infecções Pneumocócicas/imunologia , Vacinas Pneumocócicas/imunologia , Sistema Único de Saúde , Brasil , Análise Custo-Benefício/economia
15.
Brasília; CONITEC; maio 2022.
Não convencional em Português | LILACS, Coleciona SUS, BRISA/RedTESA | ID: biblio-1378080

RESUMO

INTRODUÇÃO: A Fibrose Cística é uma doença grave e rara, que comete vários sistemas orgânicos com repercussão direta na qualidade de vida de pacientes e familiares, bem como reduz significativamente a sobrevida dos portadores da enfermidade. Tezacaftor-ivacaftor têm mecanismos de ação complementares. Tezacaftor facilita o processamento celular e o tráfico de formas normais e mutantes de CFTR, para aumentar a quantidade de proteína CFTR madura enviada à superfície celular. O ivacaftor é um potencializador da proteína CFTR que aumenta a probabilidade de abertura do canal na superfície da célula para melhorar o transporte de cloreto. Para a atividade adequada de ivacaftor, a proteína CFTR deve estar presente na superfície da célula. O ivacaftor pode aumentar a quantidade de proteína CFTR na superfície da célula levada pelo tezacaftor, levando a um aumento adicional do transporte de cloreto, quando comparado a qualquer substância ativa sozinha. O efeito combinado do tezacaftor e do ivacaftor é o aumento da quantidade e função da proteína CFTR na superfície celular, resultando no aumento do transporte de cloreto. PERGUNTA: Tezacaftor-ivacaftor é efica


Assuntos
Humanos , Canais de Cloreto/uso terapêutico , Regulador de Condutância Transmembrana em Fibrose Cística/uso terapêutico , Fibrose Cística/tratamento farmacológico , Sistema Único de Saúde , Brasil , Análise Custo-Benefício/economia
16.
Brasília; CONITEC; maio 2022.
Não convencional em Português | LILACS, Coleciona SUS, BRISA/RedTESA | ID: biblio-1377732

RESUMO

INTRODUÇÃO: A anemia aplástica (AA) é uma doença rara e com risco de vida devido à falha herdada ou adquirida da medula óssea para produzir células sanguíneas, levando à pancitopenia progressiva. O tratamento para AA é determinado por uma série de fatores, incluindo gravidade da pancitopenia, idade do paciente, disponibilidade de doadores de célulastronco hematopoética, fonte de célula-tronco hematopoética, disponibilidade de imunossupressão e acesso a terapias ideais. Eltrombopague, um agonista de trombopoietina (TPO) vem emergindo como uma opção de tratamento para AA grave associado a terapia imunossupressora padrão. INDICAÇÃO: Pacientes adultos com anemia aplástica grave. PERGUNTA: Eltrombopague associado à terapia imunossupressora padrão (imunoglobulina antitimócito [ATG] e ciclosporina) é eficaz, seguro e custo-efetivo no tratamento de pacientes adultos com AA grave, quando comparado à terapia imunossupressora padrão (ATG e ciclosporina) isolada no SUS? EVIDÊNCIAS CLÍNICAS: A partir de uma busca bibliográfica conduzida nas bases PubMed, EMBASE e Cochrane Reviews, um ensaio clínico randomizado (ECR) foi selecionado, fornecendo evidências sobre a eficácia e segurança do eltrombopague adicionado ao tratamento imunossupressor em pacientes adultos com AA grave. Os pacientes apresentaram uma resposta completa em três meses de 10% no Grupo A (controle) e 22% no Grupo B (intervenção) (OR: 3,2; IC 95%, 1,3 a 7,8; P=0,01). Aos seis meses, a taxa de resposta geral foi de 41% no Grupo A e 68% no Grupo B. Os tempos médios para a primeira resposta foram de 8,8 meses (Grupo A) e 3,0 meses (Grupo B). A adição de eltrombopague à terapia imunossupressora padrão não resultou em melhora significativa da sobrevida global. A taxa de sobrevida global em dois anos foi de 85% (IC95%:78 a 92) para o grupo controle e de 90% (IC95%: 82 a 97) para o grupo intervenção. No entanto, o eltrombopague adicionado à terapia imunossupressora padrão aumentou a sobrevida livre de eventos de 34% para 46% em dois anos por meio da redução da refratariedade inicial à imunossupressão. A incidência de eventos adversos graves foi semelhante nos dois grupos. Para os desfechos resposta hematológica, sobrevida global, sobrevida livre de eventos, qualidade de vida e eventos adversos, considerou-se moderada qualidade de evidência pelo GRADE. AVALIAÇÃO ECONÔMICA: Na análise de custo-efetividade, empregando árvore de decisão e considerando-se o desfecho Taxa de Resposta Global, comparou-se o tratamento padrão (TP) versus a adição de eltrombopague ao TP, em um horizonte temporal de um ano. Ao demonstrar menor custo e maior efetividade, eltrombopague + TP se mostrou custo-efetiva no tratamento da AAG em pacientes não elegíveis ao TCTH, considerando-se a RCEI de - R$ 287.140,99. Na análise de sensibilidade, variando-se os custos de ATG e de eltrombopague, os resultados mostraram-se estáveis nos cenários avaliados, continuando a demonstrar que a adição de eltrombopague ao TP é custo-efetiva. ANÁLISE DE IMPACTO ORÇAMENTÁRIO: Avaliando-se três cenários diferentes em cinco anos, e considerando uma abordagem epidemiológica e demanda aferida (dispensações de ciclosporina para AA no SUS), a ampliação de uso do eltrombopague pode gerar economia de recursos de até R$ 241,2 milhões, ou seja, 12% menor do que o valor gasto no cenário de referência. Entretanto, nos cenários que se pressupõe menor uso do eltrombopague, a economia de recursos é menor. No cenário 2 o impacto orçamentário incremental é de - R$ 188,59 milhões e no cenário 3 é de - R$ 134 milhões. MONITORAMENTO DO HORIZONTE TECNOLÓGICO: Foi detectada uma tecnologia para compor o tratamento adicional a imunossupressor em pacientes adultos com AAG. Trata-se do hetrombopag, um agonista do receptor de trombopoetina, mesmo mecanismo de ação da tecnologia em avaliação neste relatório, encontrando-se em fase 3 de pesquisa clínica, e sem registro para qualquer indicação na Anvisa, FDA ou EMA. CONSIDERAÇÕES FINAIS: A AA é uma doença rara e frequentemente grave ou muito grave e que até o momento, não dispunha de um tratamento clínico com resultados satisfatórios, cenário esse que perdura por mais de 30 anos. No presente relatório, é apresentado um ECR multicêntrico, com moderada qualidade de evidência, recentemente publicado e com um número expressivo de pacientes, considerando-se a raridade da doença e que trouxe resultados significativamente superiores, quando comparado ao tratamento padrão isolado em praticamente todos os desfechos avaliados, além de perfil de seguração comparável ao tratamento atual. Na avaliação econômica, a adição de eltrombopague ao tratamento padrão trouxe vantagens clínicas e econômicas, mostrando ser custo-efetiva. Assim também, na análise de impacto orçamentário, a ampliação de seu uso, considerando-se que a tecnologia já está incorporada no SUS para o tratamento de TPI, trouxe economia de recursos em todos os cenários avaliados. RECOMENDAÇÃO PRELIMINAR DA CONITEC: No dia 09 de março de 2022, em sua 106ª Reunião Ordinária, os membros da Conitec deliberaram que a matéria fosse disponibilizada em consulta pública com recomendação preliminar favorável à ampliação de uso do eltrombopague para o tratamento adicional a imunossupressor em pacientes adultos com anemia aplástica grave. Considerou-se que as evidências apresentadas demonstraram eficácia e segurança acerca do tratamento proposto frente às alternativas terapêuticas já disponíveis no SUS, além de ser custo-efetivo e apresentar economia de recursos para o SUS. CONSULTA PÚBLICA: Foi realizada no período de 04/04/2022 a 25/04/2022. Foram recebidas 51 contribuições, sendo 21 pelo formulário técnico-científico e 30 pelo formulário sobre experiência ou opinião. Todas as contribuições recebidas concordaram com a recomendação preliminar da Conitec, sendo favoráveis à ampliação de uso da tecnologia. Assim, o entendimento da Conitec não foi alterado. RECOMENDAÇÃO FINAL DA CONITEC: Diante do exposto, os membros do Plenário da Conitec, em sua 108ª Reunião Ordinária, no dia 05 de maio de 2022, deliberaram por unanimidade recomendar a ampliação de uso do eltrombopague para o tratamento adicional a imunossupressor em pacientes adultos com anemia aplástica grave. Por fim, foi assinado o Registro de Deliberação nº 728/2022. DECISÃO: Ampliar o uso do eltrombopague para o tratamento adicional a imunossupressor em pacientes adultos com anemia aplástica grave, no âmbito do Sistema Único de Saúde - SUS conforme a Portaria nº 47, publicada no Diário Oficial da União nº 105, seção 1, página 78, em 3 de junho de 2022.


Assuntos
Humanos , Receptores de Trombopoetina/agonistas , Imunossupressores/uso terapêutico , Anemia Aplástica/tratamento farmacológico , Sistema Único de Saúde , Brasil , Análise Custo-Benefício/economia
17.
Hipertensão ; 24(1): 73-82, abr. 2022. tab
Artigo em Português | Sec. Est. Saúde SP, CONASS, SESSP-IDPCPROD, Sec. Est. Saúde SP | ID: biblio-1381500

RESUMO

RESUMO. A hipertensão arterial sistêmica é condição clínica multifatorial considerada um problema de saúde pública mundial; portanto, para o manejo adequado da doença, a cada quatro anos são revisadas as metas e revistos os valores adotados para determinar o seu diagnóstico. Este artigo tem por objetivo a revisão das principais diretrizes quanto aos cuidados da equipe multiprofissional, em especial em relação às ações de enfermagem. Ao analisar as diretrizes internacionais e a Diretriz Brasileira de Hipertensão, verificou-se que os cuidados de enfermagem no manejo da doença e no seu controle estão centrados principalmente na realização da medição da pressão arterial com técnica adequada, na orientação e direcionamento na mudança do estilo de vida e em promover a educação em saúde.


ABSTRACT. The arterial hypertension is a multifactorial clinical condition and a worldwide health problem, so, for the proper management of the disease, as the goals and values adopted to determine its diagnosis are reviewed. This article aims to review the main guidelines regarding the care of the multiprofessional team, especially in relation to nursing actions. When analyzing International Guidelines and National Guidelines on Hypertension, it was found that nursing care and management of the disease was based mainly on blood pressure measurement with appropriate technique, guidance and direction in lifestyle change and in promoting health education.


Assuntos
Hipertensão , Cuidados de Enfermagem , Educação em Saúde , Pressão Arterial
18.
Arq. bras. cardiol ; 119(1): 143-211, abr. 2022. graf, ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, Sec. Est. Saúde SP, CONASS, SESSP-IDPCPROD, Sec. Est. Saúde SP | ID: biblio-1381764
19.
Goiânia; SES-GO; 28 abr. 2022. 1-7 p. ilus.
Não convencional em Português | Coleciona SUS, CONASS, SES-GO | ID: biblio-1368245

RESUMO

A Política Informada por Evidências (PIE) surgiu com o propósito de informar os gestores sobre as estratégias disponíveis, bem como indicar as melhores evidências da literatura, para que possam escolher os planos que melhor se adequam à sua janela de oportunidade, modificando-os sempre conforme seu contexto. Elaborar uma política pública de saúde baseada em evidência permite a melhoria do desempenho do sistema de saúde, além de evitar as iniquidades provenientes de políticas públicas mal formuladas (RAMOS; SILVA, 2018).


The Policy Informed by Evidence (PIE) was created with the purpose of informing managers about the available strategies, as well as indicating the best evidence from the literature, to that they can choose the plans that best suit their window of opportunity, always modifying them according to their context. Develop a public health policy based on evidence allows for the improvement of the performance of the health system, in addition to avoid inequities arising from poorly formulated public policies (RAMOS; SILVA, 2018).


Assuntos
Uso da Informação Científica na Tomada de Decisões em Saúde , Política Informada por Evidências
20.
Goiânia; SES-GO; 19 abr. 2022. 1-4 p. ilus.
Não convencional em Português | Coleciona SUS, CONASS, SES-GO | ID: biblio-1370871

RESUMO

Esta nota tem o objetivo de orientar sobre a utilização do teste rápido para detecção de antígenos (TR-Ag) do SARS-CoV-2 e medidas de vigilância epidemiológica, visando intensificar a busca de casos suspeitos sintomáticos respiratórios e assintomáticos de infecção, identificar os casos confirmados, iniciar os cuidados em saúde precocemente, promover o isolamento, reduzir a disseminação, rastrear e testar os contatos


This note is intended to provide guidance on the use of the SARS-CoV-2 rapid antigen detection test (TR-Ag) and epidemiological surveillance measures, in order to intensify the search for suspected respiratory symptomatic and asymptomatic cases of infection, identify the confirmed cases, initiate health care early, promote isolation, reduce spread, trace and test contacts


Assuntos
Humanos , Teste para COVID-19/métodos , COVID-19/prevenção & controle
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA