Your browser doesn't support javascript.

Biblioteca Virtual em Saúde

Brasil

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Screening for Alzheimer's disease in low-educated or illiterate older adults in Brazil: a systematic review / Rastreio para doença de Alzheimer em idosos brasileiros de baixa escolaridade ou analfabetos: revisão sistemática

Ortega, Luciane de Fátima Viola; Aprahamian, Ivan; Borges, Marcus Kiiti; Cação, João de Castilho; Yassuda, Mônica Sanches.
Arq. neuropsiquiatr; 77(4): 279-288, Apr. 2019. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-1001362
RESUMO Os instrumentos de rastreio cognitivo sofrem influência educacional e/ou cultural. No Brasil, como as taxas de analfabetismo e baixa escolaridade são altas, é necessário identificar os instrumentos com maior acurácia diagnóstica para a doença de Alzheimer (DA).

Objetivo:

identificar os instrumentos de rastreio cognitivo aplicados na população brasileira com maior acurácia para detectar DA em indivíduos com baixo nível de escolaridade ou que são analfabetos.

Métodos:

Busca sistemática de estudos que utilizaram testes de rastreio cognitivo para detectar DA em idosos brasileiros de baixa escolaridade ou analfabetos, nas bases de dados SCIELO, PUBMED E LILACS.

Resultados:

Foram encontrados 328 artigos e 9 preencheram os critérios de inclusão. Os instrumentos identificados apresentaram acurácia diagnóstica adequada ou elevada.

Conclusão:

Para um rastreio cognitivo válido é importante considerar os fatores socioculturais e educacionais na interpretação dos resultados. A construção de instrumentos epecíficos para idosos de baixa escolaridade ou analfabetos deve ser incentivada para melhor refletir as dificuldades dos idosos brasileiros de diferentes regiões.
Biblioteca responsável: BR1.1
Selo DaSilva