Your browser doesn't support javascript.

Biblioteca Virtual em Saúde

Brasil

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Impact of self-esteem and of the sociodemographic factors on the self-efficacy of udergraduate nursing students / Efecto de la autoestima y de los factores sociodemográficos sobre la autoeficacia de estudiantes universitarios de enfermería / Impacto da autoestima e dos fatores sociodemográficos na autoeficácia de estudantes de graduação em enfermagem

Ribeiro, Renato Mendonça; Bragiola, João Victor Bernardi; Eid, Letícia Palota; Pompeo, Daniele Alcalá.
Texto & contexto enferm; 29: e20180429, Jan.-Dec. 2020. tab
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-1059128
RESUMO

Objetivos:

identificar os níveis de autoeficácia e autoestima em estudantes de graduação em enfermagem e verificar a relação destes constructos entre si e com variáveis sociodemográficas.

Método:

estudo transversal, com amostra constituída por 264 estudantes de duas instituições de ensino superior. A autoestima e a autoeficácia foram mensuradas pelas versões brasileiras das Escalas de Autoestima de Rosenberg e de Autoeficácia Geral e Percebida, respectivamente.

Resultados:

identificou-se predomínio de autoeficácia moderada a alta, com pontuação média de 35,29 e de autoestima moderada, com uma média de 23,48. A autoeficácia foi associada ao sexo masculino, opção prioritária no vestibular pela enfermagem, satisfação com o curso e ausência de sobrecarga, além de correlacionar-se positivamente com a idade e autoestima.

Conclusão:

os níveis de autoeficácia e autoestima foram moderados/altos e moderados, respectivamente. Estes constructos mostraram relação entre si e assumem um papel imprescindível tanto na vida pessoal do indivíduo como no processo de profissionalização. Estes achados apontam para a necessidade do fortalecimento da saúde mental nesta população, sobretudo, em estudantes vulneráveis (sexo feminino, sobrecarga de atividades, insatisfação com o curso e baixa autoestima e autoeficácia), de modo a favorecer o sentimento de valor que atribuem a si próprios e a crença em suas capacidades.
Biblioteca responsável: BR21.1
Selo DaSilva