Your browser doesn't support javascript.

Biblioteca Virtual em Saúde

Brasil

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Quality of life of nurses from the mobile emergency care service / Calidad de vida de los enfermeros del servicio de atención móvil de emergencias / Qualidade de vida de enfermeiros do serviço de atendimento móvel de urgências

Cabral, Caio Cesar de Oliveira; Bampi, Luciana Neves da Silva; Queiroz, Rayanne da Silva; Araujo, Alessandra Ferreira; Calasans, Luiza Helena Brito; Vaz, Tiago Silva.
Texto & contexto enferm; 29: e20180100, Jan.-Dec. 2020. tab
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-1059131
RESUMO

Objetivo:

avaliar a qualidade de vida de enfermeiros do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência do Distrito Federal (Brasil) e identificar os domínios que influenciaram nessa avaliação.

Método:

estudo observacional, descritivo, transversal e quantitativo, com dados obtidos de 123 enfermeiros que responderam a um questionário desenvolvido e estruturado para conhecer variáveis sociodemográficas e clínicas e com aplicação do World Health Organization Quality of Life Instrument Bref, para avaliar a qualidade de vida. Os dados foram submetidos à estatística descritiva e inferencial.

Resultados:

os enfermeiros eram em sua maioria mulheres, entre 20 a 40 anos, casadas, com nível acadêmico de especialização e sem vínculo empregatício com outra instituição. A maior parte (72,36%) considerou sua qualidade de vida boa ou muito boa e estava satisfeita ou muito satisfeita com a saúde (65,03%). O domínio meio ambiente foi o pior avaliado. Observou-se correlação significativa entre os domínios relações sociais (p=0,049) e meio ambiente (p=0,035) quando correlacionados à variável sexo. As mulheres avaliaram melhor suas relações sociais e o meio ambiente em relação aos homens.

Conclusão:

o conhecimento produzido por essa investigação poderá subsidiar o delineamento de estratégias que permitam diminuir as dificuldades relacionadas à vida e ao trabalho de enfermeiros do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência. Ações nesse sentido poderão contribuir para a melhoria da saúde, do bem-estar e da qualidade de vida dos profissionais e terão efeitos positivos sobre a qualidade da assistência à saúde prestada à população.
Biblioteca responsável: BR21.1
Selo DaSilva