Your browser doesn't support javascript.
loading
Comparative brain analysis of wild and hatchery reared Mahseer (Tor putitora) relative to their body weight and length / Análise comparativa do cérebro de Mahseer (Tor putitora) selvagem e criado em incubatório em relação ao peso e comprimento corporal
Ullah, N.; Ullah, I.; Israr, M.; Rasool, A.; Akbar, F.; Ahmad, M. S; Ahmad, S.; Mehmood, S. A.; Jabeen, H.; Saeed, K.; Khan, W.; Siraj, M.; Shah, M..
Afiliação
  • Ullah, N.; University of Swat. Centre for Animal Sciences and Fisheries. Swat. PK
  • Ullah, I.; University of Swat. Centre for Animal Sciences and Fisheries. Swat. PK
  • Israr, M.; University of Swat. Department of Forensics Sciences. Swat. PK
  • Rasool, A.; University of Swat. Centre for Biotechnology and Microbiology. Swat. PK
  • Akbar, F.; University of Swat. Centre for Biotechnology and Microbiology. Swat. PK
  • Ahmad, M. S; University of Swabi. Department of Zoology. Swabi. PK
  • Ahmad, S.; Hazara University Mansehra. Department of Zoology. Mansehra. PK
  • Mehmood, S. A.; Hazara University Mansehra. Department of Zoology. Mansehra. PK
  • Jabeen, H.; Women University Mardan. Department of Microbiology. Mardan. PK
  • Saeed, K.; University of Buner. Department of Zoology. Buner. PK
  • Khan, W.; University of Malakand. Department of Zoology. Chakdara. PK
  • Siraj, M.; Abbottabad University of Science & Technology. Department of Zoology. Abbottabad. PK
  • Shah, M.; University of Swat. Centre for Animal Sciences and Fisheries. Swat. PK
Braz. j. biol ; 82: e231509, 2022. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1249242
Biblioteca responsável: BR1.1
ABSTRACT
Abstract The present study was aimed at comparing the brain size of mahseer (Tor putitora) in relation to their body weight and standard length, to investigate the potential impact of rearing environment on brain development in fish. The weight of the brain and three of its subdivisions cerebellum (CB), optic tectum (OT), and telencephalon (TC) were measured for both wild and hatchery-reared fish. The data was analysed using multiple analysis of covariance (MANCOVA), analysis of covariance (ANCOVA), and discriminate function analysis (DFA). We found the fish reared under hatchery conditions exhibit smaller brain size related to body weight, when compared to the wild ones. A significant (p<0.5) difference was observed in the length of CB and OT concerning the standard body length while no significant difference was found in TC of the fish from both the origins. The results of the current study highlight a logical assumption that neural deficiency affects the behaviour of fish, that's why the captive-reared fish show maladaptive response and face fitness decline when released to the natural environment for wild stock enhancement. The current study concluded that hatchery-reared fish exhibit variations in gross brain morphology as compared to their wild counterpart.
RESUMO
Resumo O presente estudo teve como objetivo comparar o tamanho do cérebro de mahseer (Tor putitora) em relação ao seu peso corporal e comprimento padrão, para investigar o impacto potencial do ambiente de criação no desenvolvimento do cérebro em peixes. O peso do cérebro e três de suas subdivisões — cerebelo (CB), tectum óptico (OT) e telencéfalo (TC) — foram medidos para peixes selvagens e criados em incubadoras. Os dados foram analisados usando análise múltipla de covariância (MANCOVA), análise de covariância (ANCOVA) e análise de função discriminante (DFA). Descobrimos que os peixes criados em condições de incubação apresentam menor tamanho do cérebro em relação ao peso corporal quando comparados aos selvagens. Uma diferença significativa (p <0,5) foi observada no comprimento do CB e OT em relação ao comprimento corporal padrão, enquanto nenhuma diferença significativa foi encontrada no CT dos peixes de ambas as origens. Os resultados do estudo atual destacam uma suposição lógica de que a deficiência neural afeta o comportamento dos peixes. É por isso que os peixes criados em cativeiro mostram uma resposta mal adaptativa e enfrentam declínio de aptidão quando liberados no ambiente natural para o aprimoramento do estoque selvagem. O estudo atual concluiu que os peixes criados em incubadoras exibem variações na morfologia cerebral bruta em comparação com suas contrapartes selvagens.

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Idioma: Inglês Revista: Braz. j. biol Ano de publicação: 2022 Tipo de documento: Artigo

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS


Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Idioma: Inglês Revista: Braz. j. biol Ano de publicação: 2022 Tipo de documento: Artigo