Your browser doesn't support javascript.
loading
Distribution pattern of arthropods on the leaf surfaces of Acacia auriculiformis saplings / Padrão de distribuição de artrópodes nas superfícies foliares de plantas de Acacia auriculiformis
Silva, L. F.; Silva, F. W. S.; Demolin-Leite, G. L.; Soares, M. A.; Lemes, P. G.; Zanuncio, J. C..
Afiliação
  • Silva, L. F.; Universidade Federal de Minas Gerais. Instituto de Ciências Agrárias. Montes Claros. BR
  • Silva, F. W. S.; Universidade Federal do Acre. Centro de Ciências Biológicas e da Natureza. Rio Branco. BR
  • Demolin-Leite, G. L.; Universidade Federal de Minas Gerais. Instituto de Ciências Agrárias. Montes Claros. BR
  • Soares, M. A.; Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri. Departamento de Agronomia. Diamantina. BR
  • Lemes, P. G.; Universidade Federal de Minas Gerais. Instituto de Ciências Agrárias. Montes Claros. BR
  • Zanuncio, J. C.; Universidade Federal de Viçosa. Departamento de Entomologia/BIOAGRO. Viçosa. BR
Braz. j. biol ; 83: e243651, 2023. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | MEDLINE, LILACSEXPRESS | ID: biblio-1285608
Biblioteca responsável: BR1.1
ABSTRACT
Abstract Acacia auriculiformis A. Cunn. Ex Benth. (Fabaceae), a non-native pioneer species in Brazil with fast growth and rusticity, is used in restoration programs. Our goal was to assess during a 24-month survey the pattern of arthropods (phytophagous insects, bees, spiders, and predator insects) on the leaf surfaces of A. auriculiformis saplings. Fourteen species of phytophagous, two of bees and eleven of predators were most abundant on the adaxial surface. The values of the ecological indexes (abundance, diversity, and species richness) and the rarefaction, and k-dominance curves of phytophagous, bees and arthropod predators were highest on the adaxial leaf surface of A. auriculiformis. The k-dominance and abundance of Aleyrodidae (Hemiptera) (both leaf surfaces), the native stingless bee Tetragonisca angustula Latreille (Hymenoptera Apidae) (both leaf surfaces) and the ant Brachymyrmex sp. (adaxial surface) and Pheidole sp. (Hymenoptera Formicidae) (abaxial surface) were the highest between the taxonomic groups of phytophagous, bees, and predators, respectively on A. auriculiformis saplings. The ecological indexes and rarefaction, abundance, and k-dominance curves of phytophagous insects, bees, and predators were highest on the adaxial leaf surface. The preference of phytophagous insects for the adaxial leaf surface is probably due to the lower effort required to move on this surface. Understanding the arthropod preferences between leaf surfaces may help to develop sampling and pest management plans for the most abundant phytophagous insects on A. auriculiformis saplings. Also, knowledge on the preference pattern of bees and predators may be used to favour their conservation.
RESUMO
Resumo Acacia auriculiformis A. Cunn. Ex Benth. (Fabaceae), espécie pioneira com rápido crescimento e rusticidade, é utilizada em programas de recuperação de áreas degradadas. O objetivo deste trabalho foi avaliar, durante 24 meses, o padrão de distribuição de artrópodes (insetos fitófagos, abelhas, aranhas e insetos predadores) nas superfícies foliares de A. auriculiformis. Quatorze espécies de fitófagos, duas de abelhas e onze de predadores foram mais abundantes na superfície adaxial. Índices ecológicos (abundância, diversidade e riqueza de espécies) e curvas de rarefação e dominância-k de fitófagos, abelhas e artrópodes predadores foram maiores na face adaxial de folhas de A. auriculiformis. A dominância-k e a abundância de Aleyrodidae (Hemiptera) (ambas as superfícies foliares), da abelha nativa sem ferrão Tetragonisca angustula Latreille (Hymenoptera Apidae) (ambas as superfícies foliares) e das formigas Brachymyrmex sp. (superfície adaxial) e Pheidole sp. (Hymenoptera Formicidae) (superfície abaxial) foram as maiores entre os grupos taxonômicos de fitófagos polinizadores e predadores, respectivamente, em plantas jovens de A. auriculiformis. A abundância, diversidade e riqueza e as curvas de rarefação e dominância-k de artrópodes fitófagos, abelhas e predadores foram maiores nas superfícies adaxiais das folhas dessa árvore. A preferência pela superfície adaxial da folha se deve, provavelmente, ao menor esforço para se movimentarem na mesma. Compreender as preferências dos artrópodes pelas superfícies foliares pode auxiliar no desenvolvimento de planos de amostragem e manejo de pragas em A. auriculiformis. Além disso, o conhecimento da distribuição de abelhas e predadores pode favorecer a conservação desses insetos.

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados temática Base de dados: LILACSEXPRESS / MEDLINE Idioma: Inglês Revista: Braz. j. biol Ano de publicação: 2023 Tipo de documento: Artigo

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS


Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados temática Base de dados: LILACSEXPRESS / MEDLINE Idioma: Inglês Revista: Braz. j. biol Ano de publicação: 2023 Tipo de documento: Artigo