Your browser doesn't support javascript.

Biblioteca Virtual em Saúde

Brasil

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Adaptações fisiológicas do período gestacional / Pregnancy physiological adaptations

Burti, Juliana Schulze; Andrade, Luciana Zazyki de; Caromano, Fátima Aparecida; Ide, Maiza Ritomy.
Fisioter. Bras; 7(5): 375-380, set.-out. 2006.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-491164

Objetivos:

Este estudo objetiva revisar as alterações endócrinas, cardiorrespiratórias, digestórias, urinárias, dermatológicas e musculoesqueléticas decorrentes da gestação, publicadas nos últimos 30 anos.

Resultados:

São extensas as alterações que o organismo feminino sofre para acomodar o feto durante o período gestacional. Os órgãos pélvicos são a sede das primeiras alterações. Útero e mamas sofrem aumento no tamanho e aporte circulatório. O sistema endócrino sofre e proporciona verdadeira revolução no organismo feminino, dados principalmente pela ação da progesterona, estrógeno e relaxina. O coração sofre grande aumento na sua carga de trabalho, com aumento na freqüência e débito cardíaco. O sistema respiratório sofre importantes alterações anatômicas, além de aumento no volume/minuto. Ocorre aumento no fluxo sanguíneo renal e alterações gastrintestinais que incluem aumento no apetite e sede. Alterações musculoesqueléticas remanejam o cálcio materno para feto e a embebição gravídica favorece alterações posturais.

Conclusões:

Levando em consideração todas estas alterações, é essencial que os fisioterapeutas tenham conhecimento profundo, a fim de proporcionar segurança para a gestante e para o bebê durante a prática fisioterapêutica, evitando desconfortos e complicações.
Biblioteca responsável: BR1561.1
Selo DaSilva