Your browser doesn't support javascript.
loading
Cutaneous leishmaniasisAwareness, knowledge and practices among general population in rural and urban areas in Malakand region, Pakistan
Artigo em Inglês | VETINDEXEXPRESS | ID: vti-762063
Biblioteca responsável: BR68.1
ABSTRACT
Abstract Malakand region is an endemic area for cutaneous leishmaniasis (CL). However, there are limited number of studies of this disease in Pakistan. Therefore, a study was conducted to understand the level of awareness attitude and practice among the residents of Makaland towards CL and the disease vectors. This study adopted a cross-sectional approach with a total of 400 respondents (n=93 rural and n= 307 urban). Overall, the population in Malakand region (61.2%) were well-informed in the role of sand fly in transmitting diseases, but most lack knowledge on the vectors behavior and almost a quarter (24.5%) were unable to provide knowledge on proper control measures. Alarmingly, the practice and attitudes of the general population was not satisfactory as close to half (49.8%) of the population did adopt any control method. This study calls for increase in awareness through health education campaign to reduce the risk of cutaneous leishmaniasis outbreaks in the future.
RESUMO
Resumo A região de Malakand é uma área endêmica para leishmaniose cutânea (CL). No entanto, há um número limitado de estudos sobre esta doença no Paquistão. Portanto, foi realizado um estudo para entender o nível de atitude e prática de conscientização entre os residentes de Makaland em relação aos CL e os vetores da doença. Este estudo adotou uma abordagem transversal com um total de 400 entrevistados (n = 93 rural e n = 307 urbano). No geral, a população da região de Malakand (61,2%) estava bem informada sobre o papel da mosca na transmissão de doenças, mas a maioria não possui conhecimento sobre o comportamento do vetor e quase um quarto (24,5%) foi incapaz de fornecer conhecimento sobre medidas de controle adequadas . De maneira alarmante, a prática e as atitudes da população em geral não foram satisfatórias, pois cerca da metade (49,8%) da população adotou algum método de controle. Este estudo apela ao aumento da conscientização por meio de campanhas de educação em saúde para reduzir o risco de surtos de leishmaniose cutânea no futuro.
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados temática Base de dados: VETINDEXEXPRESS Idioma: Inglês Revista: Braz. J. Biol. Ano de publicação: 2022 Tipo de documento: Artigo

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados temática Base de dados: VETINDEXEXPRESS Idioma: Inglês Revista: Braz. J. Biol. Ano de publicação: 2022 Tipo de documento: Artigo