Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 1 de 1
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Ano de publicação
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Tese em Português | VETTESES | ID: vtt-212864

Resumo

LIMA, Agnes de Souza. Universidade Federal do Acre, abril de 2019. Impressão 3D de Fraturas de Mandíbula Canina: modelos anatômicos e radiografias. Orientador: Yuri Karaccas de Carvalho. As fraturas de mandíbula canina (FMC) correspondem a aproximadamente 3% do total de fraturas e são comumente observadas na clínica de pequenos animais. A radiografia é o método de diagnóstico por imagem preconizado para avaliar a localização anatômica da fratura e determinar o tratamento e prognóstico. Esta pesquisa visou produzir modelos anatômicos de fraturas de mandíbula canina 3D (FMC3D) e suas radiografias. A pesquisa foi desenvolvida em três etapas, sob o número de protocolo 47/2018 (CEUA- UFAC). Inicialmente foi gerado um modelo base, a partir do escaneamento do osso In natura. Com este modelo foi possível realizar o planejamento das fraturas de acordo com a localização anatômica. Foram criados, impressos e radiografados quatro FMC3D a fim de demonstrar os nove tipos de FMC, organizados da seguinte forma: I Canino/ Processo coronoide; II Parasínfise/ Processo angular/ Pré-molar; III Ramo da mandíbula/ Molar; IV Sínfise mandibular/ Processo condilar. O modelo base 3D de mandíbula canina apresentou uma conformação semelhante ao osso In natura, demonstrando estruturas como: coroas dos dentes caninos, pré-molares e molares; forames mentuais; corpo da mandíbula; ramo da mandíbula; fossa massetérica; processo coronoide, processo condilar e processo angular. Todavia, não foi possível obter um detalhamento da coroa dos dentes incisivos, sínfise mandibular e projeção do canal medular. Ao final da produção dos FMC3D obtivemos um tempo total de 10.6 horas, utilizando 150.1 gramas de filamento (ABS) a um custo de 5.83 USD. Foi possível observar que as radiografias dorsoventrais apresentaram maior evidência nos focos de fratura, quando comparadas às radiografias látero-laterais. A pesquisa, por meio dos FMC3D reproduziram uma classificação de FMC e suas respectivas imagens radiográficas, que são uma possível fonte de materiais didáticos para o Ensino de Medicina Veterinária.


LIMA, Agnes de Souza. Universidade Federal do Acre, March 2019. 3D impression of Canine Jaw Fractures: anatomical models and radiographs. Advisor: Yuri Karaccas de Carvalho. Canine jaw fractures (CJF) correspond to approximately 3% of total fractures and are commonly observed in the clinical routine of small animals. Radiography is the recommended diagnostic imaging method to evaluate the anatomical location of the fracture and determine the treatment and prognosis. This research aimed at producing anatomical models of 3D Canine Jaw Fracture (3D CJF) and its radiographs. The research was developed in three stages, under protocol number 47/2018 (CEUA-UFAC). Initially, a base model was generated from the In natura bone scan. With this model it was possible to perform fracture planning according to the anatomical location. Four printed and radiographed 3D CJF were created, to demonstrate the nine types of CJF, organized as follows: I - Canine / Coronoid process; II - Parasyphysis / Angular process / Pre-molar; III - Branch of the mandible / Molar; IV - Mandibular symphysis / Condylar process. The 3D base model of canine jaw presented a conformation similar to the In natura bone, demonstrating structures such as: canine tooth crowns, premolars and molars; mental foramina; body of the mandible; branch of the jaw; massoteric moat; coronoid process, condylar process and angular process. However, it was not possible to obtain a detail of the crown of the incisor teeth, mandibular symphysis and the medullary canal. At the end of the production of the 3D CJF we obtained a total time of 10.6 hours, using 150.1 grams of filament (ABS) at a cost of 5.83 USD. It was possible to observe that dorsoventral radiographs presented greater evidence in the foci of fracture, when compared to lateral-lateral radiographs. The research, through the 3D CJF reproduced the CJF, and their respective radiographic images, which are a possible source of didactic material for the teaching of Veterinary Medicine.

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA