Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 20
Filtrar
1.
Acta sci. vet. (Impr.) ; 51(supl.1): Pub. 890, 2023. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1444406

Resumo

Background: Malignant pleural mesothelioma (MPM) is a neoplasm with low incidence in small animals, and the possible causes are poorly elucidated but may be related to contact with asbestos. In the thoracic cavity, MMP can be localized or generalized to all cavity structures, and its clinical signs depend on this localization. Although some alternative therapies are being discussed, few studies are conclusive, with surgical intervention as the leading therapeutic option. Given this context, this report aimed to describe a case of MMP located in the mediastinum of a bitch treated with radical excision through mediated sternotomy. Case: A 7-year-old bitch of the Shar-pei breed was referred for care due to progressive weight loss and intense dyspnea. During the physical examination, dyspnea and muffled lung sounds were noted. The patient underwent hemodialysis, which showed neutrophilic leukocytosis. An abdominal ultrasound was also performed and revealed mild abdominal effusion, and chest radiography revealed an extensive tumor covering the entire chest cavity. Thoracocentesis was performed, and the material analyzed was a malignant exudate; the patient was referred to median sternotomy for exploratory purposes, and afterward, total macroscopic extirpation of the tumor was performed. A sample was sent for histopathology, and malignant mesothelioma was confirmed. The patient was discharged after 8 days of hospitalization with home treatment and did not return to the hospital. Upon contacting the guardian, we were informed that the animal had died 154 days after the procedure due to unknown causes. Discussion: Malignant pleural mesothelioma affects humans and animals; it is associated with the risk factor of contact with asbestos and the use of flea antiparasitic drugs. In small animals, its incidence is rare, albeit mesotheliomas have been reported in wild and large animals. The clinical signs are related to the location of the neoplasm. When it is located in the thoracic region, dyspnea, muffled lung sounds, cyanosis, and pleural effusion are observed in most cases. Diagnosis is usually late and incidental, although some tests, such as ultrasonography, magnetic resonance imaging, tomography, radiography, and needle biopsy, can help in the diagnosis. Histopathology is the exam of choice for definitive diagnosis, as it helps one observe the proliferation of neoplastic mesothelial cells, atypical mitosis figures, and marked cellular pleomorphism. Many therapeutic options have been discussed, including chemotherapy, immunotherapy, and anti-tumor immunization, although there is little scientific proof of their efficacy in animals. The current treatment of choice is tumor excision by surgical procedure with a palliative objective since the prognosis of the disease is unfavorable. Minimally invasive video surgery has been gaining more and more space in veterinary medicine and has proven successful in numerous cases of thoracic masses. In the present report, we chose to perform median sternotomy for total excision due to the extension of the mass that occupied the thoracic cavity practically in its entirety. Further research should be conducted to help in palliative treatments and increase the survival of patients with mesotheliomas, given that most studies are done in humans and not animals. We conclude that median sternotomy is still the therapeutic option of choice for the palliative treatment of patients with extensive thoracic pleural mesotheliomas.


Assuntos
Animais , Feminino , Cães , Mesotelioma Maligno/cirurgia , Mesotelioma Maligno/veterinária , Neoplasias do Mediastino/veterinária , Toracotomia/veterinária , Esternotomia/veterinária
2.
R. bras. Parasitol. Vet. ; 29(4): e011820, out. 2020. ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-29891

Resumo

Dioctophymosis is caused by Dioctophyme renale, a nematode that usually affects the right kidney of carnivores. The aim of this study was to report on a case of a dog with progressive weight loss and swollen abdomen that was diagnosed as presenting dioctophymosis. The patient underwent surgical treatment through which 34 nematodes were found, of which 18 were female and 16 were male, with a maximum length of 74 centimeters. The parasites were free in the abdominal cavity and inside the right kidney, and had caused peritonitis, free fluid, severe adherences between the abdominal organs and renal perforation. Parasitic diseases with a high number of specimens of this species are uncommon in dogs. The disease progresses with an inflammatory reaction and consequent formation of adherences and granulomatous tissue. This surrounds the eggs that were eliminated in the abdominal cavity by the free parasites. This disease occurs frequently in the city of Pelotas, Rio Grande do Sul, Brazil, where the patient of this report was living. To the best of authors knowledge, this is the case with the largest number of specimens of D. renale removed from a single dog in vivo.(AU)


A dioctofimose é causada por Dioctophyme renale, um nematódeo que geralmente afeta o rim direito de carnívoros. Este trabalho objetivou relatar o caso de um cão, com perda de peso progressiva e abaulamento abdominal, diagnosticado com dioctofimose. O paciente foi submetido a tratamento cirúrgico, o que permitiu o achado de 34 nematódeos, sendo 18 fêmeas e 16 machos, com tamanho máximo de 74 centímetros. Os parasitos encontravam-se livres na cavidade abdominal e no interior do rim direito, causando peritonite, formação de líquido livre, intensas aderências entre os órgãos abdominais e uma perfuração renal. Parasitoses com alto número de exemplares dessa espécie são incomuns em cães. Cursam com reação inflamatória, com consequente formação de aderências e tecido granulomatoso, envolvendo os ovos eliminados na cavidade abdominal pelos parasitos livres. A doença é frequente na cidade de Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil, área de origem da paciente afetada. De acordo com a pesquisa realizada, acredita-se que esse é o caso com o maior número de exemplares de D. renale removidos de um cão in vivo.(AU)


Assuntos
Animais , Cães , Cães/parasitologia , Infecções por Ascaridida/complicações , Infecções por Ascaridida/diagnóstico , Rim/parasitologia
3.
Rev. Ciênc. Agrovet. (Online) ; 12(Especial): 1-2, junho 2013.
Artigo em Português | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1487993

Resumo

[...] O objetivo deste trabalho é descrever a casuística de pacientes considerados de emergência atendidos no Hospital de Clínicas Veterinária (HCV) da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), no período de março de 2012 a fevereiro de 2013, contribuindo desta forma para um melhor entendimento dos casos e um melhor atendimento dos pacientes.


Assuntos
Animais , Hospitais Veterinários , Serviços Médicos de Emergência/métodos , Serviços Médicos de Emergência/estatística & dados numéricos
4.
Rev. Ciênc. Agrovet. (Online) ; 12(Especial): 61-62, junho 2013.
Artigo em Português | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1488023

Resumo

Cães que sofrem acidentes automobilísticos na grande maioria apresentam complicações pulmonares e da parede torácica, como contusão pulmonar, pneumotórax e miocardite traumática (FOSSUM, 2007). O pneumotórax é o acumulo de ar no espaço pleural e pode ser classificado em aberto ou fechado e pela etiologia. A miocardite traumática é um termo aplicado à síndrome de arritmias e ocorre por trauma não perfurante resultado de um impacto contra a parede do tórax e na grande maioria ocorrem taquiarritmias ventriculares (NELSON E COUTO, 2003). O objetivo deste trabalho é relatar um caso de pneumotórax e miocardite traumáticos em um cão.


Assuntos
Masculino , Animais , Cães , Lesão Pulmonar/veterinária , Líquido Ascítico , Miocardite/veterinária , Pneumotórax/veterinária , Eletrocardiografia/veterinária , Traumatismos Torácicos/veterinária
5.
R. Ci. agrovet. ; 12(Especial): 61-62, junho 2013.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-11981

Resumo

Cães que sofrem acidentes automobilísticos na grande maioria apresentam complicações pulmonares e da parede torácica, como contusão pulmonar, pneumotórax e miocardite traumática (FOSSUM, 2007). O pneumotórax é o acumulo de ar no espaço pleural e pode ser classificado em aberto ou fechado e pela etiologia. A miocardite traumática é um termo aplicado à síndrome de arritmias e ocorre por trauma não perfurante resultado de um impacto contra a parede do tórax e na grande maioria ocorrem taquiarritmias ventriculares (NELSON E COUTO, 2003). O objetivo deste trabalho é relatar um caso de pneumotórax e miocardite traumáticos em um cão.(AU)


Assuntos
Animais , Masculino , Cães , Lesão Pulmonar/veterinária , Pneumotórax/veterinária , Miocardite/veterinária , Líquido Ascítico , Traumatismos Torácicos/veterinária , Eletrocardiografia/veterinária
6.
R. Ci. agrovet. ; 12(Especial): 1-2, junho 2013.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-11951

Resumo

[...] O objetivo deste trabalho é descrever a casuística de pacientes considerados de emergência atendidos no Hospital de Clínicas Veterinária (HCV) da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), no período de março de 2012 a fevereiro de 2013, contribuindo desta forma para um melhor entendimento dos casos e um melhor atendimento dos pacientes. (AU)


Assuntos
Animais , Hospitais Veterinários , Serviços Médicos de Emergência/métodos , Serviços Médicos de Emergência/estatística & dados numéricos
7.
J. bras. cir. vet ; 3(6): 24-30, jan.-mar. 2014. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-10488

Resumo

A unidade do tendão calcâneo comum (TCC) é composta de tendões que surgem dos músculos gastrocnêmio,flexor digital superficial e de um tendão comum, originário dos músculos semitendinoso, grácil e bíceps femoral.Rupturas musculares ocorrem por contração poderosa durante uma hiperextensão forçada da unidademusculotendinosa, com maior predisposição em raças esportivas de cães e atletas como Greyhounds de corrida.A lesão mais comum é a ruptura parcial ou total do TCC. Essa lesão pode ser causada por trauma agudo,como quedas ou ferimentos penetrantes ou estiramento progressivo crônico, como uso excessivo e deterioraçãodo tendão, podendo ser bilateral. O objetivo desse trabalho é relatar um caso de complicação pós-operatória,relacionada ao método de imobilização temporária da articulação tarsocrural em um cão após tenorrafia.AU


The unit of the calcaneal tendon common (CTC) is composed of tendons that arise from the gastrocnemius,superficial digital flexor and a common tendon, origin of semitendinosus, gracilis, and bicepsfemoris. Ruptures occur muscle contraction during a powerful forced hyperextension of the musculotendinousunit, with a greater predisposition in dogs and sporting breeds like greyhounds racing athletes.The most common injury is the partial or total disruption of the CTC. This injury can be caused by acutetrauma, such as fall, penetrating injuries or chronic progressive stretch as over use and deterioration ofthe tendon and may be bilateral. The aim of this study is to report a case of post-operative complicationsrelated to the methods of temporary immobilization of the tarsal joint in dog after tenorrhapy.AU


Assuntos
Animais , Cães , Tendão do Calcâneo/cirurgia , Músculo Esquelético
8.
JBCV, J. Bras. Cir. Vet ; 3(6): 24-30, jan.-mar. 2014. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1484882

Resumo

A unidade do tendão calcâneo comum (TCC) é composta de tendões que surgem dos músculos gastrocnêmio,flexor digital superficial e de um tendão comum, originário dos músculos semitendinoso, grácil e bíceps femoral.Rupturas musculares ocorrem por contração poderosa durante uma hiperextensão forçada da unidademusculotendinosa, com maior predisposição em raças esportivas de cães e atletas como Greyhounds de corrida.A lesão mais comum é a ruptura parcial ou total do TCC. Essa lesão pode ser causada por trauma agudo,como quedas ou ferimentos penetrantes ou estiramento progressivo crônico, como uso excessivo e deterioraçãodo tendão, podendo ser bilateral. O objetivo desse trabalho é relatar um caso de complicação pós-operatória,relacionada ao método de imobilização temporária da articulação tarsocrural em um cão após tenorrafia.


The unit of the calcaneal tendon common (CTC) is composed of tendons that arise from the gastrocnemius,superficial digital flexor and a common tendon, origin of semitendinosus, gracilis, and bicepsfemoris. Ruptures occur muscle contraction during a powerful forced hyperextension of the musculotendinousunit, with a greater predisposition in dogs and sporting breeds like greyhounds racing athletes.The most common injury is the partial or total disruption of the CTC. This injury can be caused by acutetrauma, such as fall, penetrating injuries or chronic progressive stretch as over use and deterioration ofthe tendon and may be bilateral. The aim of this study is to report a case of post-operative complicationsrelated to the methods of temporary immobilization of the tarsal joint in dog after tenorrhapy.


Assuntos
Animais , Cães , Tendão do Calcâneo/cirurgia , Músculo Esquelético
9.
MEDVEP. Rev. cient. Med. Vet. ; 10(35): 24-30, out.-mar. 2013. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-8538

Resumo

Anquilose da articulação temporomandibular (ATM) é afecção infrequente em cães e gatos, caracterizadapela dificuldade ou inabilidade de abrir a boca associada à consolidação fibrosa ou ósseae imobilidade anormal desta articulação. Essas alterações podem ser resultantes de trauma ou suaetiopatogênese pode estar associada à displasia, fraturas, luxações e subluxações, inflamação, infecçãoe à doença articular degenerativa (da referida articulação ou das estruturas adjacentes). Podeainda estar relacionadas a neoplasias e alterações do desenvolvimento. A intervenção cirúrgica éo tratamento de escolha e definitivo para anquilose da ATM, objetivando a manutenção dos movimentosda mandíbula e prevenção de recidivas. O presente relato descreve o tratamento cirúrgicode anquilose da ATM unilateral em um canino, por meio da condilectomia mandibular para liberaras forças restritivas. Após a condilectomia, o paciente apresentou resultados cosméticos e funcionaissatisfatórios dentro de 30 dias, alimentando-se sem dificuldades ou desconforto além de conseguirmovimentar adequadamente a boca.(AU)


Temporomandibular joint (TMJ) ankylosis is a fairly common condition in dogs and cats and is characterizedby difficulty or inability to open the mouth associated with bony or fibrous consolidationleading to abnormal joint immobility. This can be a trauma-caused disorder or its etiopathogenesis canbe due to dysplasia, luxation, subluxation, fractures, degenerative joint disease, inflammation, infection,growth disorders and neoplasia involving the temporomandibular joint and nearby structures.Surgery is the treatment of choice for TMJ ankylosis and its purpose is to maintain the jaws mobilityand to prevent relapse. This paper reports the surgical treatment of unilateral TMJ ankylosis in a monrelatogrel dog, by mandibular condylectomy to release all restrictive forces. After condylectomy, the patienthad satisfactory cosmetic and functional improvements eating without difficulty or discomfort within30 days, and showing proper mouth mobility.(AU)


Assuntos
Animais , Cães , Anquilose/veterinária , Mandíbula , Cães , Boca
10.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1484953

Resumo

Anquilose da articulação temporomandibular (ATM) é afecção infrequente em cães e gatos, caracterizadapela dificuldade ou inabilidade de abrir a boca associada à consolidação fibrosa ou ósseae imobilidade anormal desta articulação. Essas alterações podem ser resultantes de trauma ou suaetiopatogênese pode estar associada à displasia, fraturas, luxações e subluxações, inflamação, infecçãoe à doença articular degenerativa (da referida articulação ou das estruturas adjacentes). Podeainda estar relacionadas a neoplasias e alterações do desenvolvimento. A intervenção cirúrgica éo tratamento de escolha e definitivo para anquilose da ATM, objetivando a manutenção dos movimentosda mandíbula e prevenção de recidivas. O presente relato descreve o tratamento cirúrgicode anquilose da ATM unilateral em um canino, por meio da condilectomia mandibular para liberaras forças restritivas. Após a condilectomia, o paciente apresentou resultados cosméticos e funcionaissatisfatórios dentro de 30 dias, alimentando-se sem dificuldades ou desconforto além de conseguirmovimentar adequadamente a boca.


Temporomandibular joint (TMJ) ankylosis is a fairly common condition in dogs and cats and is characterizedby difficulty or inability to open the mouth associated with bony or fibrous consolidationleading to abnormal joint immobility. This can be a trauma-caused disorder or its etiopathogenesis canbe due to dysplasia, luxation, subluxation, fractures, degenerative joint disease, inflammation, infection,growth disorders and neoplasia involving the temporomandibular joint and nearby structures.Surgery is the treatment of choice for TMJ ankylosis and its purpose is to maintain the jaw’s mobilityand to prevent relapse. This paper reports the surgical treatment of unilateral TMJ ankylosis in a monrelatogrel dog, by mandibular condylectomy to release all restrictive forces. After condylectomy, the patienthad satisfactory cosmetic and functional improvements eating without difficulty or discomfort within30 days, and showing proper mouth mobility.


Assuntos
Animais , Cães , Anquilose/veterinária , Cães , Mandíbula , Boca
11.
Braz. j. vet. res. anim. sci ; 44(5): 322-328, 2007. ilus, graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-5389

Resumo

Realizou-se, em sete cães adultos, o auto transplante renal esquerdo associado à nefrectomia contralateral para avaliação da técnica de ureteroneocistostomia extravesical modificada pela sondagem ureterovesical peroperatória. Durante a sutura do ureter na bexiga, foi mantida uma sonda uretral na região da anastomose ureterovesical, o que facilitou a realização da técnica cirúrgica e permitiu a confecção de anastomose de diâmetro adequado. A avaliação do rim transplantado e do ureter correspondente foi feita mediante ultra-sonografia a cada sete dias durante as seis primeiras semanas de pós-operatório, período em que também se fez o exame clínico diário de todos os animais. No último dia (42°) da avaliação a curto prazo, realizou-se a urografia excretora. Em seguida, manteve-se acompanhamento clínico periódico dos sete cães por um período mínimo de quatro meses, sem que fosse detectada qualquer alteração digna de nota. A técnica de reconstrução do trato urinário utilizada mostrou-se eficiente, não se observando nenhuma complicação urológica no pós-operatório de todos os animais.(AU)


To test a modified extravesical ureteroneocystostomy using a urethral probe like a stent just on the peroperative time, seven adult mongrel dogs underwent bilateral nephrectomy followed by unilateral autotransplantation. The other kidney was discarded. The evaluation of the animals was made by ultrasonography and clinical exams for the first six weeks after the surgery. The excretory urography was made on the end of this period. Then, the clinical exams were done by at least four months in each dog, without any complication. The technique of urinary tract reconstruction was considered efficient, without urological complications on the postoperative time of all the dogs.(AU)


Assuntos
Animais , Transplante de Rim/métodos , Transplante Homólogo/métodos , Insuficiência Renal Crônica/reabilitação , Insuficiência Renal Crônica/cirurgia , Ureter/cirurgia , Técnicas de Sutura , Cães
12.
Acta cir. bras. ; 20(2): 159-163, 2005. ilus, tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-70

Resumo

OBJETIVO: Descrever uma técnica de pericardiotomia de emergência, denominada Tração Ligamentar (TL), para diminuir o tempo necessário ao início da Massagem Cardíaca Interna (MCI). Para a MCI necessita-se de toracotomia de emergência e pericardiotomia, ambas em tempo mínimo. A técnica comumente empregada corresponde a pericardiotomia em "T", cuja execução depende da apreensão do pericárdio com uma pinça de Allis. Este pinçamento é difícil, dificultando a reanimação do paciente. MÉTODOS: Utilizou-se 20 cadáveres de cães, divididos em dois grupos de animais, sendo o Grupo I - pericardiotomia em "T" (n=10) e Grupo II - técnica proposta (n=10). A técnica de TL consistiu na tração do ligamento frenicopericárdico e da secção do pericárdio próximo ao seu ápice. A incisão foi alongada pelos dedos enquanto eram nela introduzidos e permitiu, também, o correto posicionamento do coração na mão do operador, bem como o pronto início da MCI. RESULTADOS: O Grupo I apresentou tempo de execução de 21,79 ± 0,88 segundo, e o Grupo II de 8,58 ± 1,38 segundo, sendo p<0,0001, (altamente significativo). CONCLUSAO: A técnica de pericardiotomia por TL impede um tempo maior de isquemia cerebral, por iniciar prematuramente a circulação sangüínea, contribuindo para a sobrevida. (AU)


Assuntos
Animais , Cães , Massagem Cardíaca/veterinária , Pericardiectomia/veterinária , Pericardiectomia/métodos , Reanimação Cardiopulmonar/veterinária , Parada Cardíaca/veterinária , Toracotomia/veterinária
13.
MEDVEP. Rev. cient. Med. Vet. ; 8(25): 217-220, abr.-jun. 2010. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-1558

Resumo

A pododermatite plasmocitária felina é uma doença cutânea rara, cuja etiopatogenia é desconhecida. Entretanto, alguns autores referem que uma base imunológica pode estar associada devido à resposta benéfica à terapia imunossupressora com altas doses de glicocorticóides. É possível ocorrer concomitantemente a uma série de doenças sistêmicas e cutâneas incluindo as imunomediadas, infecciosas e neoplásicas, dentre outras condições diversas. Os dados da literatura são bastante escassos, sendo pouco encontrados no Brasil. O presente estudo relata o caso de um felino fêmea, que apresentava sinais específicos de pododermatite plasmocitária, o qual teve seu diagnóstico confirmado por meio da histopatologia(AU)


Feline plasma cell pododermatitis is a rare skin disease whose etiology is unknown. Some authors report that an immunological basis can be associated due to the beneficial response to immunosuppressive therapy with high doses of glucocorticoids. Several cutaneous diseases can occur simultaneously, including immune mediated dermatitis, infectious and neoplasic affections. The literature data are very scarce, being rarely found in Brazil. The present study reports the case of a feline with specific clinical signs of plasma cell pododermatitis. The diagnosis was confirmed by histopathology(AU)


Assuntos
Animais , Gatos , Dermatite/veterinária , Gatos , Plasmócitos , Antibacterianos , Dermatite/tratamento farmacológico
14.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1485344

Resumo

A pododermatite plasmocitária felina é uma doença cutânea rara, cuja etiopatogenia é desconhecida. Entretanto, alguns autores referem que uma base imunológica pode estar associada devido à resposta benéfica à terapia imunossupressora com altas doses de glicocorticóides. É possível ocorrer concomitantemente a uma série de doenças sistêmicas e cutâneas incluindo as imunomediadas, infecciosas e neoplásicas, dentre outras condições diversas. Os dados da literatura são bastante escassos, sendo pouco encontrados no Brasil. O presente estudo relata o caso de um felino fêmea, que apresentava sinais específicos de pododermatite plasmocitária, o qual teve seu diagnóstico confirmado por meio da histopatologia


Feline plasma cell pododermatitis is a rare skin disease whose etiology is unknown. Some authors report that an immunological basis can be associated due to the beneficial response to immunosuppressive therapy with high doses of glucocorticoids. Several cutaneous diseases can occur simultaneously, including immune mediated dermatitis, infectious and neoplasic affections. The literature data are very scarce, being rarely found in Brazil. The present study reports the case of a feline with specific clinical signs of plasma cell pododermatitis. The diagnosis was confirmed by histopathology


Assuntos
Animais , Gatos , Antibacterianos , Dermatite/tratamento farmacológico , Dermatite/veterinária , Gatos , Plasmócitos
15.
MEDVEP. Rev. cient. Med. Vet. ; 5(14): 42-47, jan.-mar. 2007. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-14362

Resumo

O presente artigo relata o diagnóstico e a conduta terapêutica instituída em caso de piotórax secundário a perfuração de esôfago torácico em um canino, macho, da raça Cocker Spainel, com cinco meses de idade. Os sinais clínicos incluíram apatia, hiporexia, vômito, diarréia e dispnéia expiratória. O hemograma e as análises bioquímicas séricas não revelam alterações significativas. No exame radiográfico simples evidenciou-se aumento na densidade radiográfica da cavidade torácica, compatível com efusão pleural. Foi realizada toracocentes e posterior análise do liquido cavitário, que apresentou características de esxudato séptico. A radiografia esofágica contrastada revelou extravasamento do contraste na cavidade torácica, Foi realizada a correção cirúrgica do defeito esofágico associado à terapia antimicrobiana de amplo espectro. Houve remissão completa dos sinais clínicos, Conclui-se que o uso de antibióticos parentais, associado com a correção cirúrgica do defeito esofágico e adaptação de dreno torácico pode ser eficaz no tratamento de piotórax secundário a perfuração esofágica(AU)


This article reports a pyothorax diagnose and treatment, due to esophageal rupture in a 5 month-old male Cocker Spaniel. The animal presented apathy, hyporexia, vomit, diarrhea, muffled breath sound and expiratory dispnea. The blood count was within normal limit. On thorax radiographies, pleural effusion was confirmed. A thoracocentesis was performed and the fluid was sent to analysis, and had the characteristics of a septic exsudate. The iodine contrasted thoracic radiography confirmed esophageal rupture. The surgical correction was done associated to large spectrum antibiotic. The complete remission of clinical signs was evidenced. We concluded that the use of parenteral antibiotics, associated with surgical correction e the adaptation of a chest tube is effective on treatmet of piothorax secondary to a esophageal rupture(AU)


Assuntos
Animais , Cães , Empiema Pleural/diagnóstico , Empiema Pleural/veterinária , Empiema Pleural , Toracotomia/veterinária , Cães
16.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1485149

Resumo

O presente artigo relata o diagnóstico e a conduta terapêutica instituída em caso de piotórax secundário a perfuração de esôfago torácico em um canino, macho, da raça Cocker Spainel, com cinco meses de idade. Os sinais clínicos incluíram apatia, hiporexia, vômito, diarréia e dispnéia expiratória. O hemograma e as análises bioquímicas séricas não revelam alterações significativas. No exame radiográfico simples evidenciou-se aumento na densidade radiográfica da cavidade torácica, compatível com efusão pleural. Foi realizada toracocentes e posterior análise do liquido cavitário, que apresentou características de esxudato séptico. A radiografia esofágica contrastada revelou extravasamento do contraste na cavidade torácica, Foi realizada a correção cirúrgica do defeito esofágico associado à terapia antimicrobiana de amplo espectro. Houve remissão completa dos sinais clínicos, Conclui-se que o uso de antibióticos parentais, associado com a correção cirúrgica do defeito esofágico e adaptação de dreno torácico pode ser eficaz no tratamento de piotórax secundário a perfuração esofágica


This article reports a pyothorax diagnose and treatment, due to esophageal rupture in a 5 month-old male Cocker Spaniel. The animal presented apathy, hyporexia, vomit, diarrhea, muffled breath sound and expiratory dispnea. The blood count was within normal limit. On thorax radiographies, pleural effusion was confirmed. A thoracocentesis was performed and the fluid was sent to analysis, and had the characteristics of a septic exsudate. The iodine contrasted thoracic radiography confirmed esophageal rupture. The surgical correction was done associated to large spectrum antibiotic. The complete remission of clinical signs was evidenced. We concluded that the use of parenteral antibiotics, associated with surgical correction e the adaptation of a chest tube is effective on treatmet of piothorax secondary to a esophageal rupture


Assuntos
Animais , Cães , Cães , Empiema Pleural , Empiema Pleural/diagnóstico , Empiema Pleural/veterinária , Toracotomia/veterinária
17.
MEDVEP. Rev. cient. Med. Vet. ; 1(3): 163-169, jul.-set. 2003. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-223

Resumo

Realizou-se um transplante renal com doador vivo em uma cadela Cocker Spaniel, de um ano e meio de idade, que há 12 meses sofria de insuficiência renal crônica progressiva, decorrente de afecção congênita. Trata-se do primeiro procedimento dessa natureza relatado no Brasil, considerando-se a rotina da Clínica de Pequenos Animais. Selecionou-se um doador não-relacionado à paciente, por meio da pesquisa, no soro desta, de anticorpos que reagissem com linfócitos do doador (crossmatch de linfócitos totais). O procedimento cirúrgico foi tecnicamente bem-sucedido, verificando-se débito urinário satisfatório já no período peroperatório. No pós-operatório imediato houve boa evolução clínica e melhora dos resultados dos exames bioquímicos. Porém, no 5º dia pós-operatório, apesar do uso contínuo de drogas imunossupressoras, o animal faleceu vítima de um episódio de rejeição aguda, confirmada por exame histopatológico(AU)


A renal transplantation with living donor was made in a Cocker Spaniel female dog, eighteen months old, affected by a chronical renal disease with progressive clinical deterioration. This was the first procedure of this kind reporter in Brazil, concerning the daily routine in the small animal practice. It was chosen an unrelated donor by total linfacytes crossmatch test. The surgery had immediate success and it was noted satisfactory urinary debt during the following days. A good clinical evolution was observed up to acute rejection and renal loss(AU)


Assuntos
Animais , Transplante/veterinária , Transplante de Rim , Transplante Heterotópico , Terapia de Imunossupressão/veterinária , Cães
18.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1485048

Resumo

Realizou-se um transplante renal com doador vivo em uma cadela Cocker Spaniel, de um ano e meio de idade, que há 12 meses sofria de insuficiência renal crônica progressiva, decorrente de afecção congênita. Trata-se do primeiro procedimento dessa natureza relatado no Brasil, considerando-se a rotina da Clínica de Pequenos Animais. Selecionou-se um doador não-relacionado à paciente, por meio da pesquisa, no soro desta, de anticorpos que reagissem com linfócitos do doador (crossmatch de linfócitos totais). O procedimento cirúrgico foi tecnicamente bem-sucedido, verificando-se débito urinário satisfatório já no período peroperatório. No pós-operatório imediato houve boa evolução clínica e melhora dos resultados dos exames bioquímicos. Porém, no 5º dia pós-operatório, apesar do uso contínuo de drogas imunossupressoras, o animal faleceu vítima de um episódio de rejeição aguda, confirmada por exame histopatológico


A renal transplantation with living donor was made in a Cocker Spaniel female dog, eighteen months old, affected by a chronical renal disease with progressive clinical deterioration. This was the first procedure of this kind reporter in Brazil, concerning the daily routine in the small animal practice. It was chosen an unrelated donor by total linfacytes crossmatch test. The surgery had immediate success and it was noted satisfactory urinary debt during the following days. A good clinical evolution was observed up to acute rejection and renal loss


Assuntos
Animais , Cães , Terapia de Imunossupressão/veterinária , Transplante Heterotópico , Transplante de Rim , Transplante/veterinária
19.
Tese em Português | VETTESES | ID: vtt-9108

Resumo

O trauma é a maior causa de morte em pequenos animais, porém ainda não está à disposição literatura que aborde este tema com exclusividade, tornando-o foco central de um estudo. Os objetivos deste trabalho foram divididos em 6 partes: 1- Desenvolver um afastador de costelas que diminua o tempo necessário à abertura torácica para realização da Massagem Cardíaca Interna; 2- Apresentar uma forma de pericardiotomia de emergência que torne precoce o início da Massagem Cardíaca Interna em cães; 3- Apresentar um acesso alternativo para a introdução de dreno torácico em pacientes acometidos de fraturas múltiplas de costelas, a toracostomia transdiafragmática; 4- Elaborar um programa de treinamento de equipes de pronto-atendimento; 5- Elaborar um manual para o treinamento de equipes de pronto-atendimento e 6- Determinar a Etapa Crítica dos procedimentos de Emergência na Medicina Veterinária. O Afastador Rápido para Massagem Cardíaca Interna e a pericardiotomia por tração ligamentar mostraram ser eficazes no sentido de diminuir o tempo necessário ao início da Massagem Cardíaca Interna, o que poderá contribuir para a sobrevida do paciente. A introdução transdiafragmática não permitiu a toracostomia em pacientes portadores de fraturas múltiplas de costelas, uma vez que não apresenta adequado índice de sucesso. O treinamento de uma equipe de emergência foi possibilitado pela elaboração de material didático na forma de livro, o que foi comprovado pelas avaliações, com aproveitamento médio acima de 85%. Por fim, determinou-se as Etapas Críticas dos Procedimentos de Emergência (ECPE), que corresponde ao passo de uma manobra aonde se alcança o seu objetivo básico. Desta forma, tempo precioso pode ser economizado executando-se tarefas que sejam realmente indispensáveis naquele momento para o paciente politraumatizado, contribuindo para o aprendizado

20.
Tese em Português | VETTESES | ID: vtt-7198

Resumo

A Pressão Venosa Central (PVC) é a pressão de retorno do sangue ao lado direito do coração, e é um importante parâmetro a ser aferido em numerosas situações clínicas, cirúrgicas e experimentais. Para sua realização se utiliza um Cateter Venoso Central (CVC) aplicado na veia jugular. Em virtude de este ser um aparato intravenoso de alto custo, optou-se por testar a validade de se aferir a PVC com um Cateter Venoso Periférico (CVP) aplicado à mesma veia, o qual apresenta custo reduzido. Também se procurou estabelecer parâmetros para estimar a PVC durante toracotomias em cães, através da comparação com as aferições do período pré-operatório. Como resultados, a medida da PVC tomada com o CVP deve sofrer um índice de redução, chegando-se, assim, ao valor da PVC que seria obtido com o uso do CVC. Os resultados deste estudo permitem concluir que o CVP é apropriado para a aferição da PVC em cães. De outra forma, as mensurações da PVC no período pré-operatório não admitiram uma correlação direta com os valores do período trans-operatório, porém indicam a provável existência de uma curva normal de variação da PVC em cães durante toracotomias

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA