Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 4 de 4
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Ano de publicação
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Artigo em Português | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1488290

Resumo

The present study had as objective to characterize the population structure of the most abundant arboreal species in a fragment of Upper Montane Mixed Ombrophilous Forest in Urubici, Santa Catarina, as well as determining the natural capacity of regeneration in the deforested area adjacent to the forest fragment. To detect the most abundant species, was realized a structural-floristic survey in the forest fragment, through the allocation of plots, in which all individuals with diameter at breast height (DBH) 5 cm were considered adults and inventoried. To determine the natural capacity of regeneration of the selected species in the deforested adjacent area, were allocated plots, where the individuals classified as regenerating (20 cm of height to 5 cm of DAP) was sampled, in the years of 2014 and 2016. It was analyzed the diametric structure and the spatial distribution of the adults individuals of the specie, and the hypsometric, spatial structures and dynamic of the regenerating individuals. Drimys angustifolia Miers was the most abundant species in the fragment, which represented 26.4% of the individuals. The population structure for this species obtained a diametric distribution tending to normality and random spatial distribution for the adults individuals. The regenerated component presented an aggregated spatial distribution pattern (2016) and normal hypsometrical dis


O presente estudo teve como objetivo caracterizar a estrutura populacional da espécie arbórea mais abundante em um fragmento de Floresta Ombrófila Mista Alto-Montana em Urubici, Santa Catarina, assim como determinar sua capacidade de regeneração natural na área desmatada adjacente ao fragmento florestal. Para a detecção da espécie mais abundante, foi realizado um levantamento florístico-estrutural no fragmento florestal, por meio da alocação de parcelas, onde todos os indivíduos com diâmetro a altura do peito (DAP) 5 cm foram considerados adultos e inventariados. Para determinar a capacidade de regeneração natural da espécie selecionada na área desmatada adjacente, foram alocadas parcelas, onde os indivíduos considerados como regenerantes (20 cm de altura até 5 cm de DAP) foram amostrados, nos anos de 2014 e 2016. Foi analisada a estrutura diamétrica e a distribuição espacial dos indivíduos adultos da espécie, e a estrutura hipsométrica, espacial e dinâmica dos indivíduos regenerantes. A espécie mais abundante no fragmento foi Drimys angustifolia Miers, que representou 26,4% dos indivíduos. A estrutura populacional dessa espécie obteve distribuição diamétrica tendendo à normalidade e distribuição espacial aleatória para os indivíduos adultos. O componente regenerante apresentou padrão de distribuição espacial agregado (2016) e distribuição hipsométrica normal somente em 2016.

2.
Rev. Ciênc. Agrovet. (Online) ; 18(n.esp): 30-37, 2019. graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1488371

Resumo

O presente estudo teve como objetivo caracterizar a estrutura populacional da espécie arbórea mais abundante em um fragmento de Floresta Ombrófila Mista Alto-Montana em Urubici, Santa Catarina, assim como determinar sua capacidade de regeneração natural na área desmatada adjacente ao fragmento florestal. Para a detecção da espécie mais abundante, foi realizado um levantamento florístico-estrutural no fragmento florestal, por meio da alocação de parcelas, onde todos os indivíduos com diâmetro a altura do peito (DAP) 5 cm foram considerados adultos e inventariados. Para determinar a capacidade de regeneração natural da espécie selecionada na área desmatada adjacente, foram alocadas parcelas, onde os indivíduos considerados como regenerantes (20 cm de altura até 5 cm de DAP) foram amostrados, nos anos de 2014 e 2016. Foi analisada a estrutura diamétrica e a distribuição espacial dos indivíduos adultos da espécie, e a estrutura hipsométrica, espacial e dinâmica dos indivíduos regenerantes. A espécie mais abundante no fragmento foi Drimys angustifolia Miers, que representou 26,4% dos indivíduos. A estrutura populacional dessa espécie obteve distribuição diamétrica tendendo à normalidade e distribuição espacial aleatória para os indivíduos adultos. O componente regenerante apresentou padrão de distribuição espacial agregado (2016) e distribuição hipsométrica normal somente em 2016...


The present study had as objective to characterize the population structure of the most abundant arboreal species in a fragment of Upper Montane Mixed Ombrophilous Forest in Urubici, Santa Catarina, as well as determining the natural capacity of regeneration in the deforested area adjacent to the forest fragment. To detect the most abundant species, was realized a structural-floristic survey in the forest fragment, through the allocation of plots, in which all individuals with diameter at breast height (DBH) 5 cm were considered adults and inventoried. To determine the natural capacity of regeneration of the selected species in the deforested adjacent area, were allocated plots, where the individuals classified as regenerating (20 cm of height to 5 cm of DAP) was sampled, in the years of 2014 and 2016. It was analyzed the diametric structure and the spatial distribution of the adults individuals of the specie, and the hypsometric, spatial structures and dynamic of the regenerating individuals. Drimys angustifolia Miers was the most abundant species in the fragment, which represented 26.4% of the individuals. The population structure for this species obtained a diametric distribution tending to normality and random spatial distribution for the adults individuals. The regenerated component presented an aggregated spatial distribution pattern (2016) and normal hypsometrical...


Assuntos
Agricultura Florestal , Drimys , Floresta Úmida , Árvores
3.
R. Ci. agrovet. ; 18(n.esp): 30-37, 2019. graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-27732

Resumo

O presente estudo teve como objetivo caracterizar a estrutura populacional da espécie arbórea mais abundante em um fragmento de Floresta Ombrófila Mista Alto-Montana em Urubici, Santa Catarina, assim como determinar sua capacidade de regeneração natural na área desmatada adjacente ao fragmento florestal. Para a detecção da espécie mais abundante, foi realizado um levantamento florístico-estrutural no fragmento florestal, por meio da alocação de parcelas, onde todos os indivíduos com diâmetro a altura do peito (DAP) 5 cm foram considerados adultos e inventariados. Para determinar a capacidade de regeneração natural da espécie selecionada na área desmatada adjacente, foram alocadas parcelas, onde os indivíduos considerados como regenerantes (20 cm de altura até 5 cm de DAP) foram amostrados, nos anos de 2014 e 2016. Foi analisada a estrutura diamétrica e a distribuição espacial dos indivíduos adultos da espécie, e a estrutura hipsométrica, espacial e dinâmica dos indivíduos regenerantes. A espécie mais abundante no fragmento foi Drimys angustifolia Miers, que representou 26,4% dos indivíduos. A estrutura populacional dessa espécie obteve distribuição diamétrica tendendo à normalidade e distribuição espacial aleatória para os indivíduos adultos. O componente regenerante apresentou padrão de distribuição espacial agregado (2016) e distribuição hipsométrica normal somente em 2016...(AU)


The present study had as objective to characterize the population structure of the most abundant arboreal species in a fragment of Upper Montane Mixed Ombrophilous Forest in Urubici, Santa Catarina, as well as determining the natural capacity of regeneration in the deforested area adjacent to the forest fragment. To detect the most abundant species, was realized a structural-floristic survey in the forest fragment, through the allocation of plots, in which all individuals with diameter at breast height (DBH) 5 cm were considered adults and inventoried. To determine the natural capacity of regeneration of the selected species in the deforested adjacent area, were allocated plots, where the individuals classified as regenerating (20 cm of height to 5 cm of DAP) was sampled, in the years of 2014 and 2016. It was analyzed the diametric structure and the spatial distribution of the adults individuals of the specie, and the hypsometric, spatial structures and dynamic of the regenerating individuals. Drimys angustifolia Miers was the most abundant species in the fragment, which represented 26.4% of the individuals. The population structure for this species obtained a diametric distribution tending to normality and random spatial distribution for the adults individuals. The regenerated component presented an aggregated spatial distribution pattern (2016) and normal hypsometrical...(AU)


Assuntos
Drimys , Árvores , Floresta Úmida , Agricultura Florestal
4.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-759468

Resumo

The present study had as objective to characterize the population structure of the most abundant arboreal species in a fragment of Upper Montane Mixed Ombrophilous Forest in Urubici, Santa Catarina, as well as determining the natural capacity of regeneration in the deforested area adjacent to the forest fragment. To detect the most abundant species, was realized a structural-floristic survey in the forest fragment, through the allocation of plots, in which all individuals with diameter at breast height (DBH) 5 cm were considered adults and inventoried. To determine the natural capacity of regeneration of the selected species in the deforested adjacent area, were allocated plots, where the individuals classified as regenerating (20 cm of height to 5 cm of DAP) was sampled, in the years of 2014 and 2016. It was analyzed the diametric structure and the spatial distribution of the adults individuals of the specie, and the hypsometric, spatial structures and dynamic of the regenerating individuals. Drimys angustifolia Miers was the most abundant species in the fragment, which represented 26.4% of the individuals. The population structure for this species obtained a diametric distribution tending to normality and random spatial distribution for the adults individuals. The regenerated component presented an aggregated spatial distribution pattern (2016) and normal hypsometrical dis


O presente estudo teve como objetivo caracterizar a estrutura populacional da espécie arbórea mais abundante em um fragmento de Floresta Ombrófila Mista Alto-Montana em Urubici, Santa Catarina, assim como determinar sua capacidade de regeneração natural na área desmatada adjacente ao fragmento florestal. Para a detecção da espécie mais abundante, foi realizado um levantamento florístico-estrutural no fragmento florestal, por meio da alocação de parcelas, onde todos os indivíduos com diâmetro a altura do peito (DAP) 5 cm foram considerados adultos e inventariados. Para determinar a capacidade de regeneração natural da espécie selecionada na área desmatada adjacente, foram alocadas parcelas, onde os indivíduos considerados como regenerantes (20 cm de altura até 5 cm de DAP) foram amostrados, nos anos de 2014 e 2016. Foi analisada a estrutura diamétrica e a distribuição espacial dos indivíduos adultos da espécie, e a estrutura hipsométrica, espacial e dinâmica dos indivíduos regenerantes. A espécie mais abundante no fragmento foi Drimys angustifolia Miers, que representou 26,4% dos indivíduos. A estrutura populacional dessa espécie obteve distribuição diamétrica tendendo à normalidade e distribuição espacial aleatória para os indivíduos adultos. O componente regenerante apresentou padrão de distribuição espacial agregado (2016) e distribuição hipsométrica normal somente em 2016.

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA