Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 1 de 1
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Ano de publicação
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
R. bras. Parasitol. Vet. ; 28(2): 314-319, jun. 2019. mapas, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-23492

Resumo

Nematophagous fungi from the feces of water buffalo and soil from southeastern Mexico were isolated, and their in vitro predatory activity against Haemonchus contortus infective larvae (L3) (HcL3) was assessed. The fungi were isolated by sprinkling soil or feces on water agar plates. Six series of 10 Petri dishes containing a 7-day-old culture of each fungus and a series without fungi as the control were prepared. Five hundred HcL3 were added to each plate. The plates were incubated at room temperature. The average of recovered HcL3 was considered to estimate the larval reduction rate. Four nematophagous fungi isolates corresponding to Arthrobotrys oligospora, var microspora (strains 4-276, 269 and 50-80) and one identified as A. oligospora,var. oligospora (isolates 48-80) were obtained from water buffalo feces. From the soil, five isolates were isolated; three corresponded to A. musiformis (Bajío, Yumca and Macuspana isolates), and two isolates were identified as A. oligospora (Comalcalco and Jalapa de Méndez isolates). The predatory activity of isolates from water buffalo feces ranged between 85.9 and 100%. Meanwhile, the fungi from the soil ranged between 55.5 and 100% (p0.05). The nematophagous fungi obtained could have important implications in the control of parasites of importance in the livestock industry.(AU)


Fungos nematófagos das fezes de búfalo de água e do solo no sudeste do México foram isolados, e a atividade predatória in vitro contra larvas infectantes de Haemonchus contortus (L3) (HcL3) foi avaliada.Os fungos foram isolados por aspersão de solo e de fezes em placas de agar água. Foram preparadas seis séries de 10 placas de Petri contendo uma cultura de 7 dias de idade de cada fungo e uma série sem fungos como controle. Quinhentos HcL3 foram adicionadas a cada placa. As placas foram incubadas à temperatura ambiente. O número médio de HcL3 recuperadas foi considerado para estimar a taxa de redução larval. Quatro isolados de fungos nematófagos corresponderam a Arthrobotrys oligospora, var microspora (estirpes 4-276, 269 e 50-80) e um isolado identificado como A. oligospora, var. oligospora (isolados 48-80 de fezes de búfalo de água. Do solo, dos cinco isolados três corresponderam a A. musiformis (Bajío, Yumca e Macuspana isolados), e dois isolados foram identificados como A. oligospora (isolados de Comalcalco e Jalapa de Méndez). A atividade predatória de isolados de fezes de búfalo de água variou entre 85,9 e 100%. Enquanto isso, os fungos do solo variaram entre 55,5 e 100% (p0,05). Os fungos nematófagos obtidos podem ter importantes implicações nesse controle de parasitos de importância na indústria pecuária.(AU)


Assuntos
Animais , Búfalos/microbiologia , Fezes/microbiologia , Fungos , Comportamento Predatório
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA