Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 5 de 5
Filtrar
Mais filtros

Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Neotrop. ichthyol ; 18(1): e190112, 2020. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1098407

Resumo

Pacus of the genus Myloplus represent a formidable taxonomic challenge, and particularly so for the case of M. asterias and M. rubripinnis, two widespread and common species that harbor considerable morphological diversity. Here we apply DNA barcoding and multiple species discovery methods to find candidate species in this complex group. We report on one well-supported lineage that is also morphologically and ecologically distinct. This lineage represents a new species that can be distinguished from congeners by the presence of dark chromatophores on lateral-line scales, which gives the appearance of a black lateral line. It can be further diagnosed by having 25-29 branched dorsal-fin rays (vs. 18-24), 89-114 perforated scales from the supracleithrum to the end of hypural plate (vs. 56-89), and 98-120 total lateral line scales (vs. 59-97). The new species is widely distributed in the Amazon basin, but seems to have a preference for black- and clearwater habitats. This ecological preference and black lateral line color pattern bears a striking similarity to the recently described silver dollar Metynnis melanogrammus.(AU)


Pacus do gênero Myloplus representam um desafio taxonômico formidável, e particularmente o caso de M. asterias e M. rubripinnis, duas espécies amplamente distribuídas e comuns que abrigam uma considerável diversidade morfológica. Aplicamos aqui a tecnologia do DNA barcoding e múltiplos métodos de descoberta de espécies para encontrar possíveis espécies novas nesse grupo complexo. Registramos uma linhagem bem suportada que também é distinta morfológica e ecologicamente. Essa linhagem representa uma nova espécie que pode ser distinguida das demais congêneres por apresentar cromatóforos escuros nas escamas da linha lateral que conferem uma aparência de linha lateral preta. Ela pode ser adicionalmente diagnosticada por ter 25-29 raios ramificados na nadadeira dorsal (vs. 18-24), 89-114 escamas perfuradas do supracleitro até o final da placa hipural (vs. 56-89) e 98-120 escamas totais na linha lateral (vs. 59-97). A nova espécie é amplamente distribuída na bacia Amazônica, mas aparentemente possui preferência por habitats de água preta e clara. A preferência ecológica e o padrão de colorido escuro da linha lateral consistem em semelhanças impressionantes com o silver dólar recém descrito Metynnis melanogrammus.(AU)


Assuntos
Animais , Caraciformes/anatomia & histologia , Caraciformes/classificação , Código de Barras de DNA Taxonômico
2.
Neotrop. ichthyol ; 18(1): e190112, 2020. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-26789

Resumo

Pacus of the genus Myloplus represent a formidable taxonomic challenge, and particularly so for the case of M. asterias and M. rubripinnis, two widespread and common species that harbor considerable morphological diversity. Here we apply DNA barcoding and multiple species discovery methods to find candidate species in this complex group. We report on one well-supported lineage that is also morphologically and ecologically distinct. This lineage represents a new species that can be distinguished from congeners by the presence of dark chromatophores on lateral-line scales, which gives the appearance of a black lateral line. It can be further diagnosed by having 25-29 branched dorsal-fin rays (vs. 18-24), 89-114 perforated scales from the supracleithrum to the end of hypural plate (vs. 56-89), and 98-120 total lateral line scales (vs. 59-97). The new species is widely distributed in the Amazon basin, but seems to have a preference for black- and clearwater habitats. This ecological preference and black lateral line color pattern bears a striking similarity to the recently described silver dollar Metynnis melanogrammus.(AU)


Pacus do gênero Myloplus representam um desafio taxonômico formidável, e particularmente o caso de M. asterias e M. rubripinnis, duas espécies amplamente distribuídas e comuns que abrigam uma considerável diversidade morfológica. Aplicamos aqui a tecnologia do DNA barcoding e múltiplos métodos de descoberta de espécies para encontrar possíveis espécies novas nesse grupo complexo. Registramos uma linhagem bem suportada que também é distinta morfológica e ecologicamente. Essa linhagem representa uma nova espécie que pode ser distinguida das demais congêneres por apresentar cromatóforos escuros nas escamas da linha lateral que conferem uma aparência de linha lateral preta. Ela pode ser adicionalmente diagnosticada por ter 25-29 raios ramificados na nadadeira dorsal (vs. 18-24), 89-114 escamas perfuradas do supracleitro até o final da placa hipural (vs. 56-89) e 98-120 escamas totais na linha lateral (vs. 59-97). A nova espécie é amplamente distribuída na bacia Amazônica, mas aparentemente possui preferência por habitats de água preta e clara. A preferência ecológica e o padrão de colorido escuro da linha lateral consistem em semelhanças impressionantes com o silver dólar recém descrito Metynnis melanogrammus.(AU)


Assuntos
Animais , Caraciformes/anatomia & histologia , Caraciformes/classificação , Código de Barras de DNA Taxonômico
3.
Neotrop. ichthyol ; 17(4): e190026, 2019. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1056798

Resumo

A new species in the serrasalmid genus Myloplus is described from the middle Mazaruni River, Essequibo River basin, Guyana. The new species is similar to Myleus pacu and Myloplus planquettei in its silver to purplish black coloration and its overall morphology, and has a putative syntopic distribution with those species. The new species is, however, readily distinguishable from the other two by meristic counts of the unpaired fins and by differences in color pattern, primarily in males. Additionally, we provide comments on Myleus pacu and other species that have been confounded under that name.(AU)


Uma nova espécie de serrasalmídeo do gênero Myloplus é descrita do médio rio Mazaruni, bacia do rio Essequibo, Guyana. A nova espécie é similar a Myleus pacu e Myloplus planquettei pela sua coloração prateada a preto arroxeado e pela morfologia geral do corpo, e por ter suposta distribuição sintópica com essas espécies. No entanto, a nova espécie é prontamente distinguida dessas duas últimas espécies por contagens das nadadeiras não pares, e por diferenças no padrão de coloração, principalmente nos machos. Adicionalmente, fornecemos comentários sobre Myleus pacu e outras espécies que têm sido confundidas sob esse nome.(AU)


Assuntos
Animais , Caracteres Sexuais , Caraciformes/anatomia & histologia , Caraciformes/classificação
4.
Neotrop. ichthyol ; 17(4): e190026, 2019. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-26761

Resumo

A new species in the serrasalmid genus Myloplus is described from the middle Mazaruni River, Essequibo River basin, Guyana. The new species is similar to Myleus pacu and Myloplus planquettei in its silver to purplish black coloration and its overall morphology, and has a putative syntopic distribution with those species. The new species is, however, readily distinguishable from the other two by meristic counts of the unpaired fins and by differences in color pattern, primarily in males. Additionally, we provide comments on Myleus pacu and other species that have been confounded under that name.(AU)


Uma nova espécie de serrasalmídeo do gênero Myloplus é descrita do médio rio Mazaruni, bacia do rio Essequibo, Guyana. A nova espécie é similar a Myleus pacu e Myloplus planquettei pela sua coloração prateada a preto arroxeado e pela morfologia geral do corpo, e por ter suposta distribuição sintópica com essas espécies. No entanto, a nova espécie é prontamente distinguida dessas duas últimas espécies por contagens das nadadeiras não pares, e por diferenças no padrão de coloração, principalmente nos machos. Adicionalmente, fornecemos comentários sobre Myleus pacu e outras espécies que têm sido confundidas sob esse nome.(AU)


Assuntos
Animais , Caracteres Sexuais , Caraciformes/anatomia & histologia , Caraciformes/classificação
5.
Neotrop. ichthyol ; 11(2): 297-306, 20130600. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-9525

Resumo

A new species of Serrasalmidae, Tometes camunani, is described from the upper drainages of the rio Trombetas basin, Pará State, Brazil. The new species is distinguished from its congeners by having neurocranium with a slight concavity at the level of the frontal bone (vs. concavity absent, dorsal profile of neurocranium straight). It can be further distinguished from its congeners by having teeth with central cusp taller and acute (vs. central cusp shorter and with rounded edge in T. trilobatus), a terminal mouth (vs. upturned mouth in T. lebaili), and 12-26 prepelvic spines (vs. 0-9 in T. makue). The new species is strictly rheophilic like other species of Tometes, and occurs exclusively in the rapids of shield rivers, complex and fragile biotopes that are threatened by anthropogenic activities. An identification key to the species of the Myleus group is provided.(AU)


Uma espécie nova de Serrasalmidae, Tometes camunani, é descrita para as drenagens superiores da bacia do rio Trombetas, estado do Pará, Brasil. A espécie nova distingue-se dos congêneres pela presença de uma ligeira concavidade no neurocrânio na altura do frontal (vs. concavidade ausente, perfil dorsal do neurocrânio reto). Também pode ser adicionalmente distinguido dos seus congêneres por possuir dentes com a cúspide central mais alta e cume agudo (vs. cúspide central mais baixa e com cume arredondado em T. trilobatus), a boca terminal (vs. boca orientada para cima em T. lebaili), e 12-26 espinhos pré-pélvicos (vs. 0-9 em T. makue). A espécie nova é estritamente reofílica, como as demais espécies de Tometes, e ocorre exclusivamente nas zonas encachoeiradas dos rios de escudo, biótopos complexos, frágeis e ameaçados por ações antropogênicas. Uma chave de identificação para as espécies do grupo Myleus é apresentada.(AU)


Assuntos
Animais , Caraciformes/classificação , Peixes/classificação , Biologia de Ecossistemas de Água Doce/classificação , Caraciformes/anatomia & histologia , Especificidade da Espécie
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA