Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 2 de 2
Filtrar
Mais filtros

Ano de publicação
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
R. bras. Parasitol. Vet. ; 30(3): e009521, 2021. mapas, ilus, tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-31372

Resumo

Rodents are small mammals that can be parasitized by various helminths. This study aimed to identify and describe the ecological indicators of infection in rodents captured in fragments of the Atlantic Forest in the western region of Paraná State, Brazil. Sixty-eight specimens of five rodent species were collected, necropsied, and inspected in search of helminths. The parasites were stored in 70% ethanol, morphologically identified, and counted for calculation of infection indicators. Fourteen species of helminths and one species of Crustacea were recorded: ten in Akodon montensis, four in Mus musculus, two in Thaptomys nigrita, two in Oligoryzomys nigripes, and one in Euryoryzomys russatus. The registered species of parasites were: Rodentolepis akodontis, Angiostrongylus sp., Protospirura numidica criceticola, Trichuris navonae, Syphacia alata, Syphacia criceti, Syphacia evaginata, Trichofreitasia lenti, Stilestrongylus aculeata, Stilestrongylus eta, Stilestrongylus gracielae, Stilestrongylus franciscanus, Stilestrongylus moreli, Stilestrongylus sp., and Pentastomida gen. sp. A positive correlation between the intensity of infection of T. navonae and T. lenti was observed with the body condition index of the host A. montensis. For all species, this study represents a new register of locality, and for eight of them a new host.(AU)


Roedores são pequenos mamíferos que podem ser parasitados por uma diversidade de helmintos. Este estudo teve como objetivo identificar e descrever os indicadores ecológicos de infecção por helmintos, em roedores capturados em fragmentos de Mata Atlântica, na região Oeste do Estado do Paraná, Brasil. Sessenta e oito animais foram coletados, necropsiados e inspecionados em busca de helmintos. Os parasitas foram armazenados em etanol 70%, identificados morfologicamente e contados para o cálculo dos indicadores de infecção. Quatorze espécies de helmintos e uma espécie de crustáceo foram registradas: dez em Akodon montensis, quatro em Mus musculus, duas em Thaptomys nigrita, duas em Oligoryzomys nigripes e uma em Euryoryzomys russatus. As espécies de parasitas registradas foram: Rodentolepis akodontis, Angiostrongylus sp., Protospirura numidica criceticola, Trichuris navonae, Syphacia alata, Syphacia criceti, Syphacia evaginata, Trichofreitasia lenti, Stilestrongylus aculeata, Stilestrongylus eta, Stilestrongylus gracielae, Stilestrongylus franciscanus, Stilestrongylus moreli, Stilestrongylus sp., e Pentastomida gen. sp. Uma correlação positiva entre a intensidade parasitária de T. navonae e T. lenti foi observada com o índice de condição corporal do hospedeiro A. montensis. Para todas as espécies, este estudo representa um novo registro de localidade, e para oito delas um novo hospedeiro.(AU)


Assuntos
Animais , Roedores/parasitologia , Helmintíase/diagnóstico , Helmintíase/parasitologia
2.
Rev. bras. parasitol. vet ; 30(3): e009521, 2021. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1288699

Resumo

Abstract Rodents are small mammals that can be parasitized by various helminths. This study aimed to identify and describe the ecological indicators of infection in rodents captured in fragments of the Atlantic Forest in the western region of Paraná State, Brazil. Sixty-eight specimens of five rodent species were collected, necropsied, and inspected in search of helminths. The parasites were stored in 70% ethanol, morphologically identified, and counted for calculation of infection indicators. Fourteen species of helminths and one species of Crustacea were recorded: ten in Akodon montensis, four in Mus musculus, two in Thaptomys nigrita, two in Oligoryzomys nigripes, and one in Euryoryzomys russatus. The registered species of parasites were: Rodentolepis akodontis, Angiostrongylus sp., Protospirura numidica criceticola, Trichuris navonae, Syphacia alata, Syphacia criceti, Syphacia evaginata, Trichofreitasia lenti, Stilestrongylus aculeata, Stilestrongylus eta, Stilestrongylus gracielae, Stilestrongylus franciscanus, Stilestrongylus moreli, Stilestrongylus sp., and Pentastomida gen. sp. A positive correlation between the intensity of infection of T. navonae and T. lenti was observed with the body condition index of the host A. montensis. For all species, this study represents a new register of locality, and for eight of them a new host.


Resumo Roedores são pequenos mamíferos que podem ser parasitados por uma diversidade de helmintos. Este estudo teve como objetivo identificar e descrever os indicadores ecológicos de infecção por helmintos, em roedores capturados em fragmentos de Mata Atlântica, na região Oeste do Estado do Paraná, Brasil. Sessenta e oito animais foram coletados, necropsiados e inspecionados em busca de helmintos. Os parasitas foram armazenados em etanol 70%, identificados morfologicamente e contados para o cálculo dos indicadores de infecção. Quatorze espécies de helmintos e uma espécie de crustáceo foram registradas: dez em Akodon montensis, quatro em Mus musculus, duas em Thaptomys nigrita, duas em Oligoryzomys nigripes e uma em Euryoryzomys russatus. As espécies de parasitas registradas foram: Rodentolepis akodontis, Angiostrongylus sp., Protospirura numidica criceticola, Trichuris navonae, Syphacia alata, Syphacia criceti, Syphacia evaginata, Trichofreitasia lenti, Stilestrongylus aculeata, Stilestrongylus eta, Stilestrongylus gracielae, Stilestrongylus franciscanus, Stilestrongylus moreli, Stilestrongylus sp., e Pentastomida gen. sp. Uma correlação positiva entre a intensidade parasitária de T. navonae e T. lenti foi observada com o índice de condição corporal do hospedeiro A. montensis. Para todas as espécies, este estudo representa um novo registro de localidade, e para oito delas um novo hospedeiro.


Assuntos
Animais , Coelhos , Doenças dos Roedores/epidemiologia , Helmintos , Roedores , Brasil , Florestas
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA