Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 4 de 4
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Ano de publicação
Intervalo de ano de publicação
1.
Semina ciênc. agrar ; 42(3,supl. 1): 1567-1578, 2021. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1501944

Resumo

The objective of this work was to evaluate the retention of P, K, Ca and Mg nutrients, as well as pH and electrical conductivity in Oxisols. Soil samples were placed into columns, with addition of humic substances (soil with and without liming). The experiment was conducted in a greenhouse and the columns consisted of PVC tubes with 40 cm height x 5 cm diameter. The humic substances used were humic acid and fulvic acid, applied at rates of 0, 60, 120 and 240 L ha-¹, in soil with or without lime. Ten irrigation events were performed, simulating 32 mm rainfall. After that, samples were collected from the columns, at 0-20 and 20-40 cm depths, to identify the residual effect of the addition of humic substances. A completely randomized design was used for this experiment, with 2×2×4 factorial statistical model and 3 replications. The results showed that, under acidic soil conditions, the use of fulvic acid provides more significant P release (up to 40%) in soil when compared to humic acid. When the rate of 240 L ha-¹ is applied, the fulvic acid can release up to 83% of P in the soil.


Neste trabalho avaliou-se a retenção dos nutrientes P, K, Ca e Mg, além do pH e condutividade elétrica em Latossolos, inseridos em colunas e adicionados de substâncias húmicas (na ausência e presença de calagem). O experimento foi conduzido em casa de vegetação e as colunas foram compostas por colunas de PVC de 40 cm de altura e 5 cm de diâmetro. As substâncias húmicas utilizadas foram o ácido húmico e o ácido fúlvico aplicados nas doses 0, 60, 120 e 240 L ha-¹ em solo com ou sem calcário. Dez eventos de irrigação foram realizados simulando chuvas de 32 mm. Em seguida, amostras das colunas foram coletadas nas profundidades de 0-20 e 20-40 cm para identificar o efeito residual da adição de substâncias húmicas. O experimento foi em delineamento inteiramente casualizado, com modelo estatístico fatorial 2×2×4 com 3 repetições. Os resultados mostraram que em condições de solo ácido, o uso do ácido fúlvico é mais expressivo na liberação de P (até 40% de liberação) no solo quando comparado ao ácido húmico. E, quando utilizada a taxa de 240 L ha-¹, o ácido fúlvico pode liberar até 83% de P no solo.


Assuntos
Análise do Solo , Cálcio/análise , Fósforo/análise , Magnésio/análise , Potássio/análise , Química do Solo , Umidade do Solo
2.
Semina Ci. agr. ; 42(3,supl. 1): 1567-1578, 2021. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-765824

Resumo

The objective of this work was to evaluate the retention of P, K, Ca and Mg nutrients, as well as pH and electrical conductivity in Oxisols. Soil samples were placed into columns, with addition of humic substances (soil with and without liming). The experiment was conducted in a greenhouse and the columns consisted of PVC tubes with 40 cm height x 5 cm diameter. The humic substances used were humic acid and fulvic acid, applied at rates of 0, 60, 120 and 240 L ha-¹, in soil with or without lime. Ten irrigation events were performed, simulating 32 mm rainfall. After that, samples were collected from the columns, at 0-20 and 20-40 cm depths, to identify the residual effect of the addition of humic substances. A completely randomized design was used for this experiment, with 2×2×4 factorial statistical model and 3 replications. The results showed that, under acidic soil conditions, the use of fulvic acid provides more significant P release (up to 40%) in soil when compared to humic acid. When the rate of 240 L ha-¹ is applied, the fulvic acid can release up to 83% of P in the soil.(AU)


Neste trabalho avaliou-se a retenção dos nutrientes P, K, Ca e Mg, além do pH e condutividade elétrica em Latossolos, inseridos em colunas e adicionados de substâncias húmicas (na ausência e presença de calagem). O experimento foi conduzido em casa de vegetação e as colunas foram compostas por colunas de PVC de 40 cm de altura e 5 cm de diâmetro. As substâncias húmicas utilizadas foram o ácido húmico e o ácido fúlvico aplicados nas doses 0, 60, 120 e 240 L ha-¹ em solo com ou sem calcário. Dez eventos de irrigação foram realizados simulando chuvas de 32 mm. Em seguida, amostras das colunas foram coletadas nas profundidades de 0-20 e 20-40 cm para identificar o efeito residual da adição de substâncias húmicas. O experimento foi em delineamento inteiramente casualizado, com modelo estatístico fatorial 2×2×4 com 3 repetições. Os resultados mostraram que em condições de solo ácido, o uso do ácido fúlvico é mais expressivo na liberação de P (até 40% de liberação) no solo quando comparado ao ácido húmico. E, quando utilizada a taxa de 240 L ha-¹, o ácido fúlvico pode liberar até 83% de P no solo.(AU)


Assuntos
Análise do Solo , Química do Solo , Umidade do Solo , Fósforo/análise , Potássio/análise , Cálcio/análise , Magnésio/análise
3.
Semina ciênc. agrar ; 38(4,supl): 2387-2398, Jul.-Ago.2017. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1500909

Resumo

Given the high costs of agricultural production, especially due to the price of fertilisers, particularly nitrogen, the use of inoculants to supply nitrogen to soybean crops is a widely recommended practice. The objective of this study was to evaluate the feasibility of applying inoculants through seed and planting furrow in soil previously cultivated with soybean and Brazilian native cerrado biome soil under greenhouse conditions. Seven treatments were tested: 1) inoculation via seed (inoculant + fungicide + micronutrient), 2) treatment via seed (fungicide + micronutrient), 3) control (only seed), 4) inoculation via furrow-dose 1 (recommended dose), 5) inoculation via furrow-dose 2 (twice the recommended dose), 6) inoculation via furrow-dose 3 (three times the recommended dose) and 7) inoculation via furrow-dose 1 + seed inoculation. We evaluated plant height, fresh and dry matter weight of the aerial part and nodules, number of total, viable and non-viable nodules, number of pods per plant and grain yield. Inoculation was more effective when used in cerrado soil, but soybean performance in treatments without inoculation was higher in previously cultivated soil. Application through furrow proved to be a viable practice due to the similarity of the results obtained with the traditional application by seed.


Diante dos custos da produção agrícola, consideravelmente elevados em função do preço dos fertilizantes e, particularmente, os nitrogenados, o uso de inoculantes, visando fornecimento de nitrogênio para a cultura da soja, tem sido uma tecnologia frequentemente recomendada para viabilizar a produção. Objetivou-se com este trabalho avaliar a viabilidade da aplicação de inoculantes via semente e sulco de semeadura, em solo já cultivado e em solo de cerrado nativo com a cultura da soja. O ensaio foi realizado em casa-de-vegetação, utilizando solo de cerrado, sem cultivo anterior, e solo com histórico de cultivo de soja. Foram testados sete tratamentos: 1) inoculação via semente (inoculante + fungicida + micronutriente), 2) tratamento via semente (fungicida + micronutriente), 3) testemunha (semente pura, sem tratamento), 4) via sulco-dose1 (dose recomendada), 5) sulco-dose2 (duas vezes a dose recomendada), 6) sulco-dose3 (três vezes a dose recomendada), e 7) sulco-dose1+ inoculação via semente. Foram avaliados altura de plantas; massa de matéria fresca e seca da parte aérea e nódulos; número de nódulos totais, viáveis e não-viáveis; número de vagens por planta e rendimento de grãos. A inoculação foi mais efetiva no incremento das variáveis analisadas quando utilizada no solo de cerrado, e o desempenho da soja nos tratamentos que não receberam inoculação foi melhor no solo já cultivado. A aplicação via sulco mostrou-se uma prática viável em razão da semelhança dos resultados obtidos com a aplicação tradicional, via semente.


Assuntos
Inoculantes Agrícolas , Glycine max , Glycine max/crescimento & desenvolvimento
4.
Semina Ci. agr. ; 38(4,supl): 2387-2398, Jul.-Ago. 2017. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-728685

Resumo

Given the high costs of agricultural production, especially due to the price of fertilisers, particularly nitrogen, the use of inoculants to supply nitrogen to soybean crops is a widely recommended practice. The objective of this study was to evaluate the feasibility of applying inoculants through seed and planting furrow in soil previously cultivated with soybean and Brazilian native cerrado biome soil under greenhouse conditions. Seven treatments were tested: 1) inoculation via seed (inoculant + fungicide + micronutrient), 2) treatment via seed (fungicide + micronutrient), 3) control (only seed), 4) inoculation via furrow-dose 1 (recommended dose), 5) inoculation via furrow-dose 2 (twice the recommended dose), 6) inoculation via furrow-dose 3 (three times the recommended dose) and 7) inoculation via furrow-dose 1 + seed inoculation. We evaluated plant height, fresh and dry matter weight of the aerial part and nodules, number of total, viable and non-viable nodules, number of pods per plant and grain yield. Inoculation was more effective when used in cerrado soil, but soybean performance in treatments without inoculation was higher in previously cultivated soil. Application through furrow proved to be a viable practice due to the similarity of the results obtained with the traditional application by seed.(AU)


Diante dos custos da produção agrícola, consideravelmente elevados em função do preço dos fertilizantes e, particularmente, os nitrogenados, o uso de inoculantes, visando fornecimento de nitrogênio para a cultura da soja, tem sido uma tecnologia frequentemente recomendada para viabilizar a produção. Objetivou-se com este trabalho avaliar a viabilidade da aplicação de inoculantes via semente e sulco de semeadura, em solo já cultivado e em solo de cerrado nativo com a cultura da soja. O ensaio foi realizado em casa-de-vegetação, utilizando solo de cerrado, sem cultivo anterior, e solo com histórico de cultivo de soja. Foram testados sete tratamentos: 1) inoculação via semente (inoculante + fungicida + micronutriente), 2) tratamento via semente (fungicida + micronutriente), 3) testemunha (semente pura, sem tratamento), 4) via sulco-dose1 (dose recomendada), 5) sulco-dose2 (duas vezes a dose recomendada), 6) sulco-dose3 (três vezes a dose recomendada), e 7) sulco-dose1+ inoculação via semente. Foram avaliados altura de plantas; massa de matéria fresca e seca da parte aérea e nódulos; número de nódulos totais, viáveis e não-viáveis; número de vagens por planta e rendimento de grãos. A inoculação foi mais efetiva no incremento das variáveis analisadas quando utilizada no solo de cerrado, e o desempenho da soja nos tratamentos que não receberam inoculação foi melhor no solo já cultivado. A aplicação via sulco mostrou-se uma prática viável em razão da semelhança dos resultados obtidos com a aplicação tradicional, via semente.(AU)


Assuntos
Glycine max , Glycine max/crescimento & desenvolvimento , Inoculantes Agrícolas
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA