Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 6 de 6
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Ano de publicação
Intervalo de ano de publicação
1.
Atas Saúde Ambient ; 5(supl): 31-38, 2017. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1463712

Resumo

O objetivo desse estudo foi analisar a presença de contaminantes bacterianos em sêmen suíno utilizados em um centro de inseminação artificial. Trinta amostras de sêmen foram analisadas. Em 43,3% das amostras foram isolados bacilos gram-negativos.Escherichia coli (47,4%), Proteus mirabilis (39,3%) e Pseudomonas aeruginosa (13,3%). Os isolados foram submetidos ao teste de suscetibilidade antimicrobiana. Duas cepas de P. mirabilis apresentaram fenótipo de multirresistência e foram confirmadas por PCR como produtoras de CTX-M-2. Os dados deste trabalho revelam a contaminação do sêmen suíno por patógenos gramnegativos.


The aim of this study was to analyze the presence of bacteria in swine semen from Artificial Insemination Center. Thirty samples of semen were analyzed. In 43.3% samples gram-negative bacilli was isolated. Escherichia coli (47.4%), Proteus mirabilis (39.3%) and Pseudomonas aeruginosa (13.3%). The strains were subjected to antimicrobial susceptibility test and PCR to detect extended spectrum beta-lactamases. Two strains of P. mirabilis are CTX-M-2-producing and showed a multidrug resistance phenotype. These findings indicate that the swine semen are contaminated with gram negative pathogens.


Assuntos
Masculino , Animais , Análise do Sêmen/veterinária , Suínos , Sêmen/microbiologia , Bactérias Gram-Negativas , Inseminação Artificial , Resistência Microbiana a Medicamentos
2.
Atas Saúde Ambient ; 5(supl): 154-159, 2017.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1463727

Resumo

As doenças respiratórias representam uma das principais causas de morbidade e mortalidade em coelhos. A pasteurelose é a doença bacteriana de maior impacto na cunicultura brasileira. Infecções mistas por Pasteurella multocida e Bordetella spp. resultam em um quadro clínico grave, com descarte de matrizes e elevado prejuízo econômico. O objetivo desse trabalho foi pesquisar a presença de Pasteurella multocida e Bordetella spp. em uma granja de coelhos comerciais com histórico de doença respiratória crônica. Foram avaliados 34 animais doentes. Na cultura bacteriológica foram identificados 6 animais positivos para Pasteurella multocida. e 3 positivos para Bordetella spp. Estes achados confirmam a presença destes agentes na granja e apontam a necessidade de adoção de medidas sanitárias para controle da infecção.


Respiratory diseases represent a major cause of morbidity and mortality in rabbits. Pasteurellosis is the most important bacterial disease on Brazilian cuniculture flocks. The infection associated by P. multocida and Bordetella spp. results in a severe clinical picture, and becomes responsible for waste matrices and high economic damage. The aim of this study was to search the presence of Pasteurella multocida and Bordetella spp in a commercial farm of rabbits, with a history of chronic respiratory disease. Thirty-four sick animals were investigated. The results of bacteriological tests showed six animals positive for Pasteurella multocida and 3 positive for Bordetella spp. These results confirm the presence of both pathogens and highlight the need of sanitary management for infection control.


Assuntos
Animais , Coelhos , Bordetella/isolamento & purificação , Pasteurella multocida/isolamento & purificação , Doenças Respiratórias/diagnóstico , Doenças Respiratórias/veterinária
3.
Atas Saúde Ambient ; 5(supl): 160-167, 2017.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1463728

Resumo

A microbiota intestinal de psitacídeos é constituida principalmente por bactérias Gram positivas e tem menor prevalência de Gram negativas. Embora existam poucos estudos descrevendo a microbiota destas aves, uma série de agentes bacterianos com potencial zoonótico pode ser transmitida das aves para os humanos. O objetivo deste trabalho foi pesquisar a presença de bactérias Gram negativas em um criadouro de papagaios do congo (Psittacus erithacus). Foram coletadas e analisadas amostras de fezes e de coana de 24 animais. Os resultados obtidos demonstraram a presença de bactérias Gram negativas nas fezes (45,8%) e na coana (62,5%). Foi isolado um total de 26 colônias bacterianas, com predomínio de agentes da família Enterobacteriaceae (21/26). As espécies encontradas foram Escherichia coli, Enterobacter asburiae, Klebsiella oxytoca, Citrobacter freundii, Citrobacter amolonaticus, Enterobacter cloacae, Providencia alcalifaciens, Providencia rettgeri, Citobacter koseri, Citrobacter braakii, Pseudomonas mendocina, Alcaligenes faecalis e Aeromonas caviae. Os dados deste trabalho revelaram uma elevada frequência de bactérias Gram negativas na microbiota destas aves. Estudos futuros serão realizados para avaliar a virulência e a resistência antimicrobiana, determinando o impacto potencial da presença destes agentes para a saúde dos animais e os riscos zoonóticos.


The intestinal microbiota of parrots consists mainly by Gram positive bacteria and has a lower prevalence of Gram negative. Although there are few studies describing the microbiota of these birds, many of these bacteria have a zoonotic potential and can be transmitted from birds to humans. The aim of this study was to investigate the presence of Gram negative in congo parrots (Psittacus erithacus). Fecal and coana samples collected from 24 birds were analyzed. The results showed the presence of Gram negative bacteria in feces (45.8%) and coana (62.5%). A total of 26 strains were isolated, with predominance of members of the Enterobacteriaceae family (21/26). The species identified were Escherichia coli, Enterobacter asburiae, Klebsiella oxytoca, Citrobacter freundii, Citrobacter amolonaticus, Enterobacter cloacae, Providencia alcalifaciens, Providencia rettgeri, Citobacter koseri, Citrobacter braakii, Pseudomonas mendocina, Alcaligenes faecalis and Aeromonas caviae. The data of this study revealed a high frequency of Gram negative bacteria in the microbiota of these birds. Future studies will be conducted to assess virulence and antimicrobial resistance profile, looking for the potential impact of these agents over animal health and zoonotic risks.


Assuntos
Animais , Bactérias Gram-Negativas , Enterobacteriaceae , Microbioma Gastrointestinal , Papagaios/microbiologia
4.
Atas saúde ambient. ; 5(supl): 31-38, 2017. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-22241

Resumo

O objetivo desse estudo foi analisar a presença de contaminantes bacterianos em sêmen suíno utilizados em um centro de inseminação artificial. Trinta amostras de sêmen foram analisadas. Em 43,3% das amostras foram isolados bacilos gram-negativos.Escherichia coli (47,4%), Proteus mirabilis (39,3%) e Pseudomonas aeruginosa (13,3%). Os isolados foram submetidos ao teste de suscetibilidade antimicrobiana. Duas cepas de P. mirabilis apresentaram fenótipo de multirresistência e foram confirmadas por PCR como produtoras de CTX-M-2. Os dados deste trabalho revelam a contaminação do sêmen suíno por patógenos gramnegativos.(AU)


The aim of this study was to analyze the presence of bacteria in swine semen from Artificial Insemination Center. Thirty samples of semen were analyzed. In 43.3% samples gram-negative bacilli was isolated. Escherichia coli (47.4%), Proteus mirabilis (39.3%) and Pseudomonas aeruginosa (13.3%). The strains were subjected to antimicrobial susceptibility test and PCR to detect extended spectrum beta-lactamases. Two strains of P. mirabilis are CTX-M-2-producing and showed a multidrug resistance phenotype. These findings indicate that the swine semen are contaminated with gram negative pathogens.(AU)


Assuntos
Animais , Masculino , Suínos , Análise do Sêmen/veterinária , Sêmen/microbiologia , Inseminação Artificial , Resistência Microbiana a Medicamentos , Bactérias Gram-Negativas
5.
Atas saúde ambient. ; 5(supl): 160-167, 2017.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-22063

Resumo

A microbiota intestinal de psitacídeos é constituida principalmente por bactérias Gram positivas e tem menor prevalência de Gram negativas. Embora existam poucos estudos descrevendo a microbiota destas aves, uma série de agentes bacterianos com potencial zoonótico pode ser transmitida das aves para os humanos. O objetivo deste trabalho foi pesquisar a presença de bactérias Gram negativas em um criadouro de papagaios do congo (Psittacus erithacus). Foram coletadas e analisadas amostras de fezes e de coana de 24 animais. Os resultados obtidos demonstraram a presença de bactérias Gram negativas nas fezes (45,8%) e na coana (62,5%). Foi isolado um total de 26 colônias bacterianas, com predomínio de agentes da família Enterobacteriaceae (21/26). As espécies encontradas foram Escherichia coli, Enterobacter asburiae, Klebsiella oxytoca, Citrobacter freundii, Citrobacter amolonaticus, Enterobacter cloacae, Providencia alcalifaciens, Providencia rettgeri, Citobacter koseri, Citrobacter braakii, Pseudomonas mendocina, Alcaligenes faecalis e Aeromonas caviae. Os dados deste trabalho revelaram uma elevada frequência de bactérias Gram negativas na microbiota destas aves. Estudos futuros serão realizados para avaliar a virulência e a resistência antimicrobiana, determinando o impacto potencial da presença destes agentes para a saúde dos animais e os riscos zoonóticos.(AU)


The intestinal microbiota of parrots consists mainly by Gram positive bacteria and has a lower prevalence of Gram negative. Although there are few studies describing the microbiota of these birds, many of these bacteria have a zoonotic potential and can be transmitted from birds to humans. The aim of this study was to investigate the presence of Gram negative in congo parrots (Psittacus erithacus). Fecal and coana samples collected from 24 birds were analyzed. The results showed the presence of Gram negative bacteria in feces (45.8%) and coana (62.5%). A total of 26 strains were isolated, with predominance of members of the Enterobacteriaceae family (21/26). The species identified were Escherichia coli, Enterobacter asburiae, Klebsiella oxytoca, Citrobacter freundii, Citrobacter amolonaticus, Enterobacter cloacae, Providencia alcalifaciens, Providencia rettgeri, Citobacter koseri, Citrobacter braakii, Pseudomonas mendocina, Alcaligenes faecalis and Aeromonas caviae. The data of this study revealed a high frequency of Gram negative bacteria in the microbiota of these birds. Future studies will be conducted to assess virulence and antimicrobial resistance profile, looking for the potential impact of these agents over animal health and zoonotic risks.(AU)


Assuntos
Animais , Bactérias Gram-Negativas , Papagaios/microbiologia , Microbioma Gastrointestinal , Enterobacteriaceae
6.
Atas saúde ambient. ; 5(supl): 154-159, 2017.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-22062

Resumo

As doenças respiratórias representam uma das principais causas de morbidade e mortalidade em coelhos. A pasteurelose é a doença bacteriana de maior impacto na cunicultura brasileira. Infecções mistas por Pasteurella multocida e Bordetella spp. resultam em um quadro clínico grave, com descarte de matrizes e elevado prejuízo econômico. O objetivo desse trabalho foi pesquisar a presença de Pasteurella multocida e Bordetella spp. em uma granja de coelhos comerciais com histórico de doença respiratória crônica. Foram avaliados 34 animais doentes. Na cultura bacteriológica foram identificados 6 animais positivos para Pasteurella multocida. e 3 positivos para Bordetella spp. Estes achados confirmam a presença destes agentes na granja e apontam a necessidade de adoção de medidas sanitárias para controle da infecção.(AU)


Respiratory diseases represent a major cause of morbidity and mortality in rabbits. Pasteurellosis is the most important bacterial disease on Brazilian cuniculture flocks. The infection associated by P. multocida and Bordetella spp. results in a severe clinical picture, and becomes responsible for waste matrices and high economic damage. The aim of this study was to search the presence of Pasteurella multocida and Bordetella spp in a commercial farm of rabbits, with a history of chronic respiratory disease. Thirty-four sick animals were investigated. The results of bacteriological tests showed six animals positive for Pasteurella multocida and 3 positive for Bordetella spp. These results confirm the presence of both pathogens and highlight the need of sanitary management for infection control.(AU)


Assuntos
Animais , Coelhos , Pasteurella multocida/isolamento & purificação , Bordetella/isolamento & purificação , Doenças Respiratórias/diagnóstico , Doenças Respiratórias/veterinária
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA