Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 49
Filtrar
Mais filtros

Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Vet. zootec ; 30: [001-010], 2023. ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1434192

Resumo

The aim of this report is to describe a presumptive diagnosis of spina bifida in a mixed breed dog, due to previous diagnostic inconsistencies. Spina bifida is an uncommon congenital anomaly characterized by poor bone formation due to incomplete closure orthe absence of the dorsal arch of the vertebral structure during the process of embryogenesis. Animals with this condition may have difficulties in the locomotion process, which constantly threatens the quality and survival of those affected. Spina bifidacan present itself in four different forms and degrees. A 5-month-old mixed breed dog was assisted at a veterinary clinic in Conselheiro Lafaiete/MG with difficulties in the locomotion process and previous diagnostic inconsistencies in other veterinary services. On physical examination, he had kyphosis in the thoracic region and decreased proprioceptive capacity in the hind limbs. After radiographs were taken, morphological thoracic alterations were observed in the segment between the T5 to T9 vertebrae, with duplicated spinous processes and a decrease in the dimensions of the intervertebral space. The radiographic examination suggested presumptive evidence of thoracic spina bifida due to the unavailability of the tutor to perform more sensitive exams such as tomography and magnetic resonance. Therefore, drugs for pain and neuropathic control such as gabapentin and pregabalin were prescribed, at different times, until new recommendations, which have shown therapeutic efficacy to the patient. Currently, the patient uses a wheelchair adapted for locomotion due to the loss of movement of the hind limbs, in addition to weekly physical therapy follow-up and acupuncture sessions.(AU)


O objetivo do presente relato é descrever um diagnóstico presuntivo de espinha bífida em um cão sem raça definida, mediante inconsistências diagnósticas prévias. A espinha bífida é uma anomalia congênita incomum, caracterizada pela má formação óssea mediante o fechamento incompleto ou a inexistência do arco dorsal da estrutura vertebral durante o processo de embriogênese. Os animais portadores dessa condição podem apresentar principalmentedificuldades no processo de locomoção, o que ameaça constantemente a qualidade e a sobrevida dos afetados. A espinha bífida pode se apresentar de quatro diferentes formas e em graus variados. Um cão sem raça definida de 5 meses foi atendido em uma clínicaveterinária em Conselheiro Lafaeite/MG com dificuldades no processo de locomoção e inconsistências diagnósticas prévias em outros serviços veterinários. No exame físico, ele apresentava cifose em região torácica e diminuição da capacidade proprioceptiva nos membros posteriores. Após a realização de radiografias, foram observadas alterações morfológicas torácicas no segmento entre as vértebras T5 a T9, com processos espinhosos duplicados e decréscimo nas dimensões do espaço intervertebral. O exame radiográfico sugeriu evidências presuntivas de espinha bífida torácica, em virtude da indisponibilidade financeira da tutora para a realização de exames mais sensíveis como tomografia e ressonância. Diante dos sinais clínicos e exames apresentados, prescreveu-se fármacos para controle álgico e neuropático como gabapentina e pregabalina, em momentos distintos, até novas recomendações, sendo que estes demonstraram eficácia terapêutica ao paciente. Atualmente, o paciente faz uso de cadeirinha adaptada para locomoção devido à perda da movimentação dos membros posteriores, além do acompanhamento fisioterápico semanal e sessões de acupuntura.(AU)


El objetivo de este informe es describir un diagnóstico presuntivo de espina bífida en un perro sin raza definida, debido a inconsistencias diagnósticas previas. La espina bífida es una anomalía congénita poco frecuente caracterizada por una mala formación ósea debido a un cierre incompleto o la ausencia del arco dorsal de la estructura vertebral durante el proceso de embriogénesis. Los animales con esta condición pueden tener dificultades en el proceso de locomoción, lo que amenaza constantemente la calidad y supervivencia de los afectados. La espina bífida puede presentarse en cuatro formas diferentes y en diversos grados. Un perro mestizo de 5 meses de edad fue atendido en una clínica veterinaria en Conselheiro Lafaiete/MG con dificultades en el proceso de locomoción e inconsistencias diagnósticas previas en otros servicios veterinarios. Al examen físico presentaba cifosis en región torácica y disminución de la capacidad propioceptiva en miembros posteriores. Después de la toma de radiografías, se observaron alteraciones morfológicas torácicas en el segmento entre las vértebras T5 a T9, con procesos espinosos duplicados y disminución de las dimensiones del espacio intervertebral. El examen radiográfico sugirió evidencia presuntiva de espina bífida torácica debido a la falta de disponibilidad del tutor para realizar exámenes más sensibles como tomografía y resonancia magnética. Por ello, fármacos para el control del dolor y neuropático como la gabapentina y la pregabalina fueron prescritos, en diferentes momentos, hasta nuevas recomendaciones, que han demostrado eficacia terapéutica al paciente. Actualmente el paciente utiliza una silla de ruedas adaptada para la locomoción debido a la pérdida de movimiento de los miembros posteriores, además de seguimiento semanal de fisioterapia y sesiones de acupuntura.(AU)


Assuntos
Animais , Cães , Anormalidades Congênitas/diagnóstico , Disrafismo Espinal/diagnóstico , Cães/anormalidades , Osteogênese/fisiologia
2.
Ciênc. rural (Online) ; 52(9): e20210310, 2022. ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1360358

Resumo

A six-month-old male Brazilian Terrier with persistent cough and dyspnea was diagnosed with intrathoracic tracheal collapse and pneumonia after chest radiographics. The medical treatment was performed, and an extraluminal nitinol prosthesis was placed through thoracic access. The dog did not presented recurrence of dyspnea or pneumonia for four years after the surgical procedure. Placement of the extraluminal prosthesis with the thoracic approach effectively stabilized intrathoracic tracheal collapse without causing any structural damage in the thoracic region. Therefore, this is the first report of a successful use of this prosthesis with an intercostal approach in dogs for intrathoracic trachea collapse.


Um cão macho, da raça Terrier Brasileiro de seis meses de idade, com dispnéia e tosse persistente foi diagnosticado com colapso traqueal intratorácico e pneumonia após estudo radiográfico de tórax. Foi instituído tratamento médico e realizada toracotomia para a implantação de prótese traqueal extraluminal de nitinol. O animal não manifestou dispneia ou pneumonia durante os quatro anos posteriores ao procedimento. A implantação da prótese extraluminal através da toracotomia foi eficaz para o tratamento do colapso traqueal intratorácico, sem provocar danos estruturais na região torácica. Desta forma, este é primeiro relato da utilização bem-sucedida deste tipo de prótese, a partir da abordagem intercostal, no tratamento de cães com colapso traqueal intratorácico.


Assuntos
Animais , Masculino , Cães , Próteses e Implantes/veterinária , Traqueia/cirurgia , Toracotomia/veterinária , Doenças do Cão/diagnóstico por imagem , Cães
3.
Vet. zootec ; 29: 1-8, 2022. ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1370689

Resumo

Esophageal stenosis is a morphofunctional alteration that causes inflammatory lesion in the submucosal and muscular layers of the esophagus, inducing them to fibrosis and altering the esophageal diameter. The present report addresses the use of a balloon dilator as an auxiliary way to correct esophageal stenosis in a canine, female, Pug patient, with a history of recurrent vomiting as the main complaint. Through endoscopy, it was observed that the thoracic esophagus was inflamed, with thickened and fibrotic mucosa, in addition to whitish colored fibrous rings, which hindered the passage of the probe, enabling the determination of the diagnosis of esophageal stenosis. In this report, we opted for the use of a dilator balloon, with three procedures being performed one week apart, to improve the symptomatic condition. After the dilator procedure, the favorable development of the clinical condition presented by the patient was possible.


A estenose esofágica é uma alteração morfofuncional que ocasiona em lesão inflamatória das camadas submucosa e muscular do esôfago, induzindo-as a fibrose e que altera o diâmetro esofágico. O presente relato aborda a utilização de balão dilatador, como forma auxiliar de correção de estenose esofágica em paciente canino, fêmea, da raça Pug, apresentando histórico de vômitos recorrentes como queixa principal. Por meio da endoscopia, observou-se que o esôfago torácico estava inflamado, com a mucosa espessada e fibrótica, além de anéis fibrosos de coloração esbranquiçada, o que dificultava a passagem da sonda, possibilitando a determinação do diagnóstico de estenose esofágica. Nesse relato, optou-se pelo uso do balão dilatador, sendo feitos três procedimentos intervalados de uma semana entre eles, para a melhora da condição sintomática. Após o procedimento dilatador, foi possível o desenvolvimento favorável do quadro clínico apresentado pela paciente.


La estenosis esofágica es una alteración morfofuncional que provoca una lesión inflamatoria en las capas submucosas y musculares del esófago, induciéndolas a la fibrosis y alterando el diámetro esofágico. El presente informe aborda el uso de un dilatador de balón como vía auxiliar para corregir la estenosis esofágica en un paciente canino, hembra, Pug, con antecedentes de vómitos recurrentes como principal síntoma. Mediante endoscopia se observó que el esófago torácico estaba inflamado, con mucosa engrosada y fibrótica, además de anillos fibrosos de color blanquecino, lo que dificultaba el paso de la sonda, lo que permitía determinar el diagnóstico de estenosis esofágica. En este informe se optó por el uso de balón dilatador, realizándose tres procedimientos con una semana de diferencia, para mejorar la condición sintomática. Tras el procedimiento dilatador, fue posible el desarrollo favorable del cuadro clínico presentado por el paciente.


Assuntos
Animais , Feminino , Cães , Estenose Esofágica/cirurgia , Estenose Esofágica/veterinária , Esofagoscopia/veterinária
4.
Vet. zootec ; 28: 1-15, 13 jan. 2021. ilus, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1503683

Resumo

O controle da dor é uma área que atualmente vem ganhando grande importância, principalmente para a bovinocultura. Determinar a origem e as causas do processo doloroso é uma tarefa que demanda grande atenção por parte dos profissionais, especialmente para que possam intervir da melhor maneira possível, além de buscar remover os fatores que incitaram, atuar na prevenção e tratamento do mecanismo da dor com uso de diversos fármacos disponíveis no mercado. O uso de opioides vem sendo alvo de estudos como estratégia farmacológica para controle e manejo do sofrimento animal, fato este que induz graves perdas e prejuízos para a produção bovina, a nível produtivo, reprodutivo e econômico. No entanto, faz-se necessário cada vez mais novos estudos a respeito dos benefícios que eles podem proporcionar aos bovinos, uma vez que existem alguns limitantes como custo e efeitos adversos.


Pain control is an area that is currently gaining great importance, mainly for beef production. Determining the origin and causes of the painful process is a task that demands great attention from professionals, especially so that they can intervene in the best possible way. In addition to seeking to remove the factors that prompted them, they act in the prevention and treatment of the pain mechanism with the use of various drugs available on the market. The use of opioids has been the subject of studies as a pharmacological strategy for the control and management of animal suffering, a fact that induces serious losses and losses for bovine production, at the productive, reproductive and economic level. However, more and more studies are needed regarding the benefits they can provide to cattle, since there are some limitations such as cost and adverse effects.


El control del dolor es un área que está cobrando gran importancia en la actualidad, especialmente para la ganadería. Determinar el origen y las causas del proceso doloroso es una tarea que requiere una gran atención por parte de los profesionales, especialmente para que puedan intervenir de la mejor manera posible, además de buscar remover los factores que los incitaron, actuando en la prevención y tratamiento del mecanismo del dolor mediante el uso de diversos fármacos disponibles en el mercado. El uso de opioides ha sido objeto de estudios como estrategia farmacológica para el control y manejo del sufrimiento animal, hecho que induce graves pérdidas y pérdidas para la producción bovina, a nivel productivo, reproductivo y económico. Sin embargo, se necesitan cada vez más estudios sobre los beneficios que pueden brindar al ganado, ya que existen algunas limitaciones como el costo y los efectos adversos.


Assuntos
Animais , Bovinos , Analgesia/veterinária , Analgésicos Opioides/administração & dosagem , Manejo da Dor/métodos , Manejo da Dor/veterinária , Medição da Dor/métodos , Medição da Dor/veterinária , Bem-Estar do Animal
5.
Vet. Zoot. ; 28: 1-15, 29 nov. 2021. ilus, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-33137

Resumo

O controle da dor é uma área que atualmente vem ganhando grande importância, principalmente para a bovinocultura. Determinar a origem e as causas do processo doloroso é uma tarefa que demanda grande atenção por parte dos profissionais, especialmente para que possam intervir da melhor maneira possível, além de buscar remover os fatores que incitaram, atuar na prevenção e tratamento do mecanismo da dor com uso de diversos fármacos disponíveis no mercado. O uso de opioides vem sendo alvo de estudos como estratégia farmacológica para controle e manejo do sofrimento animal, fato este que induz graves perdas e prejuízos para a produção bovina, a nível produtivo, reprodutivo e econômico. No entanto, faz-se necessário cada vez mais novos estudos a respeito dos benefícios que eles podem proporcionar aos bovinos, uma vez que existem alguns limitantes como custo e efeitos adversos.(AU)


Pain control is an area that is currently gaining great importance, mainly for beef production. Determining the origin and causes of the painful process is a task that demands great attention from professionals, especially so that they can intervene in the best possible way. In addition to seeking to remove the factors that prompted them, they act in the prevention and treatment of the pain mechanism with the use of various drugs available on the market. The use of opioids has been the subject of studies as a pharmacological strategy for the control and management of animal suffering, a fact that induces serious losses and losses for bovine production, at the productive, reproductive and economic level. However, more and more studies are needed regarding the benefits they can provide to cattle, since there are some limitations such as cost and adverse effects.(AU)


El control del dolor es un área que está cobrando gran importancia en la actualidad, especialmente para la ganadería. Determinar el origen y las causas del proceso doloroso es una tarea que requiere una gran atención por parte de los profesionales, especialmente para que puedan intervenir de la mejor manera posible, además de buscar remover los factores que los incitaron, actuando en la prevención y tratamiento del mecanismo del dolor mediante el uso de diversos fármacos disponibles en el mercado. El uso de opioides ha sido objeto de estudios como estrategia farmacológica para el control y manejo del sufrimiento animal, hecho que induce graves pérdidas y pérdidas para la producción bovina, a nivel productivo, reproductivo y económico. Sin embargo, se necesitan cada vez más estudios sobre los beneficios que pueden brindar al ganado, ya que existen algunas limitaciones como el costo y los efectos adversos.(AU)


Assuntos
Animais , Bovinos , Medição da Dor/métodos , Medição da Dor/veterinária , Manejo da Dor/métodos , Manejo da Dor/veterinária , Analgesia/veterinária , Analgésicos Opioides/administração & dosagem , Bem-Estar do Animal
6.
Ciênc. rural (Online) ; 51(12): 1-5, 2021. ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1480270

Resumo

Intra-abdominal hypertension (IAH) is the persistent increase of intra-abdominal pressure (IAP) that could be caused by several pathologies. It is capable of promoting organ dysfunction, thereby increasing the mortality rate of human patients. As for cats and dogs, there are still few reports on how this pressure can be monitored and treated as a routine for admitted and hospitalized animals and on its relationship with the mortality of the patients. Therefore, the objective of this paper was to report a case of IAH secondary to chronic diaphragmatic rupture in a dog, which was treated with a temporary abdominal closure (TAC). A bitch was admitted to the veterinary hospital to undergo an elective ovariohysterectomy when it was diagnosed with a diaphragmatic rupture and displacement of the liver and intestinal loops in the chest. After repositioning these structures in the abdominal cavity, tension was observed in the abdomen. A temporary abdominal closure was then performed with a Bogota bag. Immediately after the surgery, the IAP was measured, presenting a value of 15 mmHg, indicating that there was an increase in intra-abdominal pressure. The animal was hospitalized, and IAP was monitored. After 24 hours, IAP was 5.8 mmHg when the Bogota bag was removed, and definitive celiorraphy was performed. The patient showed satisfactory clinical progress and was discharged 72 hours after the surgical procedure. The treatment used for IAH proved to be effective and contributed to the quick and satisfactory recovery of the patient.


A hipertensão intra-abdominal (HIA) é o aumento persistente da pressão intra-abdominal (PIA), podendo ser causada por diversas afecções e caraterizada por promover disfunções orgânicas, aumentando a taxa de mortalidade no homem. Em cães e gatos, ainda há poucos relatos da monitoração dessa pressão e do seu tratamento na rotina dos animais admitidos e internados, e sua relação com a mortalidade dos pacientes. Assim, objetivou-se relatar um caso de HIA secundária à ruptura diafragmática crônica em cão, a qual foi tratada com o fechamento abdominal temporário (FAT). Uma cadela foi admitida no hospital veterinário para realização de uma cirurgia de ovário-histerectomia eletiva, quando foi diagnosticada com ruptura diafragmática com fígado e alças intestinais deslocadas para o interior do tórax. Após reposicionamento dessas estruturas na cavidade abdominal, observou-se tensão no abdômen. Realizou-se então o fechamento abdominal temporário com bolsa de Bogotá. Imediatamente após o término da cirurgia, a PIA foi aferida e seu valor era de 15 mmHg, indicando aumento da mesma. O animal foi mantido internado e sua PIA monitorada. Após 24 horas seu valor era de 5,8 mmHg, quando a bolsa de Bogotá foi removida e realizada a celiorrafia definitiva. O paciente teve evolução clínica satisfatória e 72h após a cirurgia recebeu alta hospitalar. O tratamento utilizado para a HIA se mostrou eficaz, contribuindo para a rápida e satisfatória recuperação da paciente.


Assuntos
Feminino , Animais , Cães , Doenças do Cão/cirurgia , Hipertensão Intra-Abdominal/cirurgia , Hipertensão Intra-Abdominal/veterinária , Músculos Abdominais/lesões , Ruptura/veterinária
7.
Ciênc. rural (Online) ; 51(12): e20200594, 2021. graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1286004

Resumo

ABSTRACT: Intra-abdominal hypertension (IAH) is the persistent increase of intra-abdominal pressure (IAP) that could be caused by several pathologies. It is capable of promoting organ dysfunction, thereby increasing the mortality rate of human patients. As for cats and dogs, there are still few reports on how this pressure can be monitored and treated as a routine for admitted and hospitalized animals and on its relationship with the mortality of the patients. Therefore, the objective of this paper was to report a case of IAH secondary to chronic diaphragmatic rupture in a dog, which was treated with a temporary abdominal closure (TAC). A bitch was admitted to the veterinary hospital to undergo an elective ovariohysterectomy when it was diagnosed with a diaphragmatic rupture and displacement of the liver and intestinal loops in the chest. After repositioning these structures in the abdominal cavity, tension was observed in the abdomen. A temporary abdominal closure was then performed with a Bogota bag. Immediately after the surgery, the IAP was measured, presenting a value of 15 mmHg, indicating that there was an increase in intra-abdominal pressure. The animal was hospitalized, and IAP was monitored. After 24 hours, IAP was 5.8 mmHg when the Bogota bag was removed, and definitive celiorraphy was performed. The patient showed satisfactory clinical progress and was discharged 72 hours after the surgical procedure. The treatment used for IAH proved to be effective and contributed to the quick and satisfactory recovery of the patient.


RESUMO: A hipertensão intra-abdominal (HIA) é o aumento persistente da pressão intra-abdominal (PIA), podendo ser causada por diversas afecções e caraterizada por promover disfunções orgânicas, aumentando a taxa de mortalidade no homem. Em cães e gatos, ainda há poucos relatos da monitoração dessa pressão e do seu tratamento na rotina dos animais admitidos e internados, e sua relação com a mortalidade dos pacientes. Assim, objetivou-se relatar um caso de HIA secundária à ruptura diafragmática crônica em cão, a qual foi tratada com o fechamento abdominal temporário (FAT). Uma cadela foi admitida no hospital veterinário para realização de uma cirurgia de ovário-histerectomia eletiva, quando foi diagnosticada com ruptura diafragmática com fígado e alças intestinais deslocadas para o interior do tórax. Após reposicionamento dessas estruturas na cavidade abdominal, observou-se tensão no abdômen. Realizou-se então o fechamento abdominal temporário com bolsa de Bogotá. Imediatamente após o término da cirurgia, a PIA foi aferida e seu valor era de 15 mmHg, indicando aumento da mesma. O animal foi mantido internado e sua PIA monitorada. Após 24 horas seu valor era de 5,8 mmHg, quando a bolsa de Bogotá foi removida e realizada a celiorrafia definitiva. O paciente teve evolução clínica satisfatória e 72h após a cirurgia recebeu alta hospitalar. O tratamento utilizado para a HIA se mostrou eficaz, contribuindo para a rápida e satisfatória recuperação da paciente.

8.
Ci. Rural ; 51(12): 1-5, 2021. ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-32409

Resumo

Intra-abdominal hypertension (IAH) is the persistent increase of intra-abdominal pressure (IAP) that could be caused by several pathologies. It is capable of promoting organ dysfunction, thereby increasing the mortality rate of human patients. As for cats and dogs, there are still few reports on how this pressure can be monitored and treated as a routine for admitted and hospitalized animals and on its relationship with the mortality of the patients. Therefore, the objective of this paper was to report a case of IAH secondary to chronic diaphragmatic rupture in a dog, which was treated with a temporary abdominal closure (TAC). A bitch was admitted to the veterinary hospital to undergo an elective ovariohysterectomy when it was diagnosed with a diaphragmatic rupture and displacement of the liver and intestinal loops in the chest. After repositioning these structures in the abdominal cavity, tension was observed in the abdomen. A temporary abdominal closure was then performed with a Bogota bag. Immediately after the surgery, the IAP was measured, presenting a value of 15 mmHg, indicating that there was an increase in intra-abdominal pressure. The animal was hospitalized, and IAP was monitored. After 24 hours, IAP was 5.8 mmHg when the Bogota bag was removed, and definitive celiorraphy was performed. The patient showed satisfactory clinical progress and was discharged 72 hours after the surgical procedure. The treatment used for IAH proved to be effective and contributed to the quick and satisfactory recovery of the patient.(AU)


A hipertensão intra-abdominal (HIA) é o aumento persistente da pressão intra-abdominal (PIA), podendo ser causada por diversas afecções e caraterizada por promover disfunções orgânicas, aumentando a taxa de mortalidade no homem. Em cães e gatos, ainda há poucos relatos da monitoração dessa pressão e do seu tratamento na rotina dos animais admitidos e internados, e sua relação com a mortalidade dos pacientes. Assim, objetivou-se relatar um caso de HIA secundária à ruptura diafragmática crônica em cão, a qual foi tratada com o fechamento abdominal temporário (FAT). Uma cadela foi admitida no hospital veterinário para realização de uma cirurgia de ovário-histerectomia eletiva, quando foi diagnosticada com ruptura diafragmática com fígado e alças intestinais deslocadas para o interior do tórax. Após reposicionamento dessas estruturas na cavidade abdominal, observou-se tensão no abdômen. Realizou-se então o fechamento abdominal temporário com bolsa de Bogotá. Imediatamente após o término da cirurgia, a PIA foi aferida e seu valor era de 15 mmHg, indicando aumento da mesma. O animal foi mantido internado e sua PIA monitorada. Após 24 horas seu valor era de 5,8 mmHg, quando a bolsa de Bogotá foi removida e realizada a celiorrafia definitiva. O paciente teve evolução clínica satisfatória e 72h após a cirurgia recebeu alta hospitalar. O tratamento utilizado para a HIA se mostrou eficaz, contribuindo para a rápida e satisfatória recuperação da paciente.(AU)


Assuntos
Animais , Feminino , Cães , Doenças do Cão/cirurgia , Hipertensão Intra-Abdominal/cirurgia , Hipertensão Intra-Abdominal/veterinária , Ruptura/veterinária , Músculos Abdominais/lesões
9.
Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci. (Online) ; 57(3): e162908, 2020. tab
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1122194

Resumo

Surgical procedures in pet animals are usually associated with some degree of stress and pain. Hospitalization is one stress-triggering factor. The present study aimed to evaluate the degree of stress and pain during hospitalization of female dogs submitted to elective ovariohysterectomy (OVH) and to investigate the influence of hospitalization on the stress of these animals. Fifteen young adult crossbreed female dogs were divided into two groups: eight animals without surgery (Group 1 - control) and seven animals submitted to surgery (Group 2 - OVH). Pain and stress were evaluated. Visual analogue scale (VAS), simple descriptive pain scale (SDS) and modified Glasgow pain scale (MGPS) were used. Serum cortisol (µg/dL) and glucose (mg/dl) were also measured. No statistical difference was observed for cortisol (µg/dL) between the two groups. Despite the absence of statistical difference between groups and times, mean serum cortisol (µg/dL) values exceeded the normal values for the canine species at various times evaluated. Hyperglycemia was only observed at T4 in the OVH group. It was concluded that the hospitalization of animals was more relevant in the establishment of stress than the surgical procedure and associated pain. The influence of stress was a relevant factor in the results of assessments carried out using the MGPS.(AU)


Os procedimentos cirúrgicos em animais de companhia são geralmente associados a algum grau de dor e estresse e a hospitalização é um dos fatores que predispõem ao estresse. O presente estudo teve o objetivo de avaliar o grau de estresse e dor durante a internação de cadelas submetidas à ovariohisterectomia eletiva (OVH) e investigar a influência da hospitalização sobre o estresse nestes animais. Quinze cadelas adultas jovens e mestiças foram divididas em dois grupos: oito animais não submetidos à cirurgia (Grupo 1 - controle) e sete animais submetidos à OVH (Grupo 2 - OVH). Dor e estresse foram avaliados. Foram utilizadas a escala visual analógica (EVA), escala descritiva simples (EDS) e escala de dor de Glasgow modificada (EDGM). A glicose (mg/dL) e o cortisol (µg/dL) séricos foram mensurados. Não houve diferença estatística do cortisol (µg/dL) entre os grupos. Entretanto, os valores médios de cortisol (µg/dL) excederam àqueles considerados normais para a espécie canina em vários períodos avaliados. A hiperglicemia foi observada em T4 no grupo OVH. Concluiu-se que a hospitalização dos animais foi mais relevante na ocorrência do estresse do que o procedimento cirúrgico e a dor associada a ele. Desta forma, a influência do estresse foi um fator relevante nos resultados das avaliações realizadas com a escala de dor de Glasgow modificada.(AU)


Assuntos
Animais , Feminino , Cães , Estresse Psicológico , Medição da Dor/veterinária , Hospitalização , Período Pós-Operatório , Hidrocortisona/análise , Ovariectomia/veterinária , Hospitais Veterinários , Histerectomia/veterinária
10.
Braz. j. vet. res. anim. sci ; 57(3): e162908, 2020. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-28904

Resumo

Surgical procedures in pet animals are usually associated with some degree of stress and pain. Hospitalization is one stress-triggering factor. The present study aimed to evaluate the degree of stress and pain during hospitalization of female dogs submitted to elective ovariohysterectomy (OVH) and to investigate the influence of hospitalization on the stress of these animals. Fifteen young adult crossbreed female dogs were divided into two groups: eight animals without surgery (Group 1 - control) and seven animals submitted to surgery (Group 2 - OVH). Pain and stress were evaluated. Visual analogue scale (VAS), simple descriptive pain scale (SDS) and modified Glasgow pain scale (MGPS) were used. Serum cortisol (µg/dL) and glucose (mg/dl) were also measured. No statistical difference was observed for cortisol (µg/dL) between the two groups. Despite the absence of statistical difference between groups and times, mean serum cortisol (µg/dL) values exceeded the normal values for the canine species at various times evaluated. Hyperglycemia was only observed at T4 in the OVH group. It was concluded that the hospitalization of animals was more relevant in the establishment of stress than the surgical procedure and associated pain. The influence of stress was a relevant factor in the results of assessments carried out using the MGPS.(AU)


Os procedimentos cirúrgicos em animais de companhia são geralmente associados a algum grau de dor e estresse e a hospitalização é um dos fatores que predispõem ao estresse. O presente estudo teve o objetivo de avaliar o grau de estresse e dor durante a internação de cadelas submetidas à ovariohisterectomia eletiva (OVH) e investigar a influência da hospitalização sobre o estresse nestes animais. Quinze cadelas adultas jovens e mestiças foram divididas em dois grupos: oito animais não submetidos à cirurgia (Grupo 1 - controle) e sete animais submetidos à OVH (Grupo 2 - OVH). Dor e estresse foram avaliados. Foram utilizadas a escala visual analógica (EVA), escala descritiva simples (EDS) e escala de dor de Glasgow modificada (EDGM). A glicose (mg/dL) e o cortisol (µg/dL) séricos foram mensurados. Não houve diferença estatística do cortisol (µg/dL) entre os grupos. Entretanto, os valores médios de cortisol (µg/dL) excederam àqueles considerados normais para a espécie canina em vários períodos avaliados. A hiperglicemia foi observada em T4 no grupo OVH. Concluiu-se que a hospitalização dos animais foi mais relevante na ocorrência do estresse do que o procedimento cirúrgico e a dor associada a ele. Desta forma, a influência do estresse foi um fator relevante nos resultados das avaliações realizadas com a escala de dor de Glasgow modificada.(AU)


Assuntos
Animais , Feminino , Cães , Estresse Psicológico , Medição da Dor/veterinária , Hospitalização , Período Pós-Operatório , Hidrocortisona/análise , Ovariectomia/veterinária , Hospitais Veterinários , Histerectomia/veterinária
11.
Artigo em Inglês | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1471174

Resumo

Surgical procedures in pet animals are usually associated with some degree of stress and pain. Hospitalization is one stress-triggering factor. The present study aimed to evaluate the degree of stress and pain during hospitalization of female dogs submitted to elective ovariohysterectomy (OVH) and to investigate the influence of hospitalization on the stress of these animals. Fifteen young adult crossbreed female dogs were divided into two groups: eight animals without surgery (Group 1 - control) and seven animals submitted to surgery (Group 2 - OVH). Pain and stress were evaluated. Visual analogue scale (VAS), simple descriptive pain scale (SDS) and modified Glasgow pain scale (MGPS) were used. Serum cortisol (g/dL) and glucose (mg/dl) were also measured. No statistical difference was observed for cortisol (g/dL) between the two groups. Despite the absence of statistical difference between groups and times, mean serum cortisol (g/dL) values exceeded the normal values for the canine species at various times evaluated. Hyperglycemia was only observed at T4 in the OVH group. It was concluded that the hospitalization of animals was more relevant in the establishment of stress than the surgical procedure and associated pain. The influence of stress was a relevant factor in the resu


Os procedimentos cirúrgicos em animais de companhia são geralmente associados a algum grau de dor e estresse e a hospitalização é um dos fatores que predispõem ao estresse. O presente estudo teve o objetivo de avaliar o grau de estresse e dor durante a internação de cadelas submetidas à ovariohisterectomia eletiva (OVH) e investigar a influência da hospitalização sobre o estresse nestes animais. Quinze cadelas adultas jovens e mestiças foram divididas em dois grupos: oito animais não submetidos à cirurgia (Grupo 1 - controle) e sete animais submetidos à OVH (Grupo 2 - OVH). Dor e estresse foram avaliados. Foram utilizadas a escala visual analógica (EVA), escala descritiva simples (EDS) e escala de dor de Glasgow modificada (EDGM). A glicose (mg/dL) e o cortisol (g/dL) séricos foram mensurados. Não houve diferença estatística do cortisol (g/dL) entre os grupos. Entretanto, os valores médios de cortisol (g/dL) excederam àqueles considerados normais para a espécie canina em vários períodos avaliados. A hiperglicemia foi observada em T4 no grupo OVH. Concluiu-se que a hospitalização dos animais foi mais relevante na ocorrência do estresse do que o procedimento cirúrgico e a dor associada a ele. Desta forma, a influência do estresse foi um fator relevante nos resultados das avaliaçõ

12.
Artigo em Inglês | LILACS-Express | VETINDEX | ID: biblio-1471198

Resumo

Surgical procedures in pet animals are usually associated with some degree of stress and pain. Hospitalization is one stress-triggering factor. The present study aimed to evaluate the degree of stress and pain during hospitalization of female dogs submitted to elective ovariohysterectomy (OVH) and to investigate the influence of hospitalization on the stress of these animals. Fifteen young adult crossbreed female dogs were divided into two groups: eight animals without surgery (Group 1 - control) and seven animals submitted to surgery (Group 2 - OVH). Pain and stress were evaluated. Visual analogue scale (VAS), simple descriptive pain scale (SDS) and modified Glasgow pain scale (MGPS) were used. Serum cortisol (g/dL) and glucose (mg/dl) were also measured. No statistical difference was observed for cortisol (g/dL) between the two groups. Despite the absence of statistical difference between groups and times, mean serum cortisol (g/dL) values exceeded the normal values for the canine species at various times evaluated. Hyperglycemia was only observed at T4 in the OVH group. It was concluded that the hospitalization of animals was more relevant in the establishment of stress than the surgical procedure and associated pain. The influence of stress was a relevant factor in the resu


Os procedimentos cirúrgicos em animais de companhia são geralmente associados a algum grau de dor e estresse e a hospitalização é um dos fatores que predispõem ao estresse. O presente estudo teve o objetivo de avaliar o grau de estresse e dor durante a internação de cadelas submetidas à ovariohisterectomia eletiva (OVH) e investigar a influência da hospitalização sobre o estresse nestes animais. Quinze cadelas adultas jovens e mestiças foram divididas em dois grupos: oito animais não submetidos à cirurgia (Grupo 1 - controle) e sete animais submetidos à OVH (Grupo 2 - OVH). Dor e estresse foram avaliados. Foram utilizadas a escala visual analógica (EVA), escala descritiva simples (EDS) e escala de dor de Glasgow modificada (EDGM). A glicose (mg/dL) e o cortisol (g/dL) séricos foram mensurados. Não houve diferença estatística do cortisol (g/dL) entre os grupos. Entretanto, os valores médios de cortisol (g/dL) excederam àqueles considerados normais para a espécie canina em vários períodos avaliados. A hiperglicemia foi observada em T4 no grupo OVH. Concluiu-se que a hospitalização dos animais foi mais relevante na ocorrência do estresse do que o procedimento cirúrgico e a dor associada a ele. Desta forma, a influência do estresse foi um fator relevante nos resultados das avaliaçõ

13.
Ci. Rural ; 49(10): e20190135, 2019. ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-23957

Resumo

Tracheal avulsion is a condition seen in small animals and occurs as a result of a traumatic incident to the cervical and/or thoracic regions. The aim of this study is to report a case of tracheal avulsion in a cat using imaging examinations for diagnostic investigation. In this report, we examined an eight-month-old male, cat of undefined breed, diagnosed with tracheal avulsion using complementary imaging tests. This diagnosis was confirmed with post-mortem examination. Radiographic examination of the patients thorax and a tracheoscopy were performed. These examinations revealed complete discontinuity of the tracheal circumference, the presence of focal and circumscribed dilation of the tracheal lumen and stenosis. The patient quickly died without clinical and surgical intervention. Macroscopic analysis revealed a tracheal diverticulum confirming the findings of the imaging tests. The use of radiographic examinations in conjunction with tracheoscopy was effective at diagnosing this condition.(AU)


A avulsão traqueal é uma condição identificada em pequenos animais e ocorre como resultado de um incidente traumático na região cervical ou torácica. O objetivo deste trabalho consiste em relatar um caso de avulsão traqueal em um felino doméstico submetido a exames de imagem para investigação diagnóstica. Um felino, macho, sem raça definida, de oito meses de idade, foi diagnosticado com avulsão traqueal por meio de exames complementares de imagem e com confirmação diagnóstica por exames post mortem. O paciente foi submetido a exames radiográficos do tórax e traqueoscopia. Os achados dos exames de imagem revelaram completa descontinuidade da circunferência traqueal, presença de dilatação focal e circunscrita do lúmen traqueal e estenose. O paciente morreu e não houve tempo hábil para intervenção cirúrgica. Na análise macroscópica identificou-se um divertículo traqueal, confirmando assim, os achados dos exames de imagem. A utilização dos exames radiográficos em conjunto com a traqueoscopia foi efetiva no diagnóstico dessa condição.(AU)


Assuntos
Animais , Gatos , Doenças da Traqueia/diagnóstico , Doenças da Traqueia/patologia , Doenças da Traqueia/veterinária , Ferimentos e Lesões/veterinária
14.
Semina Ci. agr. ; 40(4): 1477-1488, jul.-ago. 2019. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-21992

Resumo

Parvoviral enteritis is a common viral infection in dogs and is associated with many clinical and hematological changes. Bacterial translocation is a common complication and may result in sepsis. The objective of this study is to determine the presence of clinical and hematological factors associated with the risk of death in puppies with naturally occurring parvoviral enteritis and sepsis. Twenty-four dogs with parvoviral enteritis confirmed by chromatographic immunoassay during the clinical routine of a university veterinary hospital were selected. At admission and every 24 hours until the third day of hospitalization or until death, venous blood samples were collected for complete blood count, renal and hepatic biochemistry, and lactate and magnesium measurement; arterial blood samples were collected for gas analysis. Sodium, potassium, and ionized calcium were also analyzed, and a complete physical examination was performed. The factors associated with mortality were evaluated by Cox univariate analysis at a level of significance of 5%. The increase in urea and heart rate was associated with an increase in the risk of death. In contrast, an increase in total leukocytes, lymphocytes, monocytes, partial pressure of oxygen, base deficit, bicarbonate ion, and oxygen saturation were associated with a reduction in the risk of death.(AU)


A enterite por Parvovírus é uma infecção viral comum em cães e é associada a diversas alterações clínicas e hematológicas. A translocação bacteriana é uma complicação comum e pode resultar em sepse. O objetivo do estudo foi determinar a presença de fatores clínicos e hematológicos associados ao risco de óbito em filhotes com parvovirose de ocorrência natural e sepse. Vinte e quatro cães com parvovirose, confirmada através de imunoensaio cromatográfico, foram selecionados a partir da rotina clínica do Hospital Veterinário. À admissão e a cada 24 horas até o terceiro dia de hospitalização ou até óbito, amostras de sangue venoso foram coletadas para realização de hemograma, bioquímica renal e hepática, mensuração de lactato e magnésio; amostras de sangue arterial foram coletadas para gasometria. Foram analisados também sódio, potássio e cálcio ionizado, bem como foi realizado o exame físico completo. Os fatores associados à mortalidade foram avaliados através de análise univariada de Cox com um nível de significância de 5%. O aumento da concentração de ureia e da frequência cardíaca foram associados à elevação do risco de óbito. Em contraste, o aumento nos valores de leucócitos totais, linfócitos, monócitos, pressão parcial de oxigênio, déficit de base, íon bicarbonato e saturação de oxigênio foram associados à redução do risco de óbito.(AU)


Assuntos
Animais , Criança , Cães , Parvovirus Canino/patogenicidade , Enterite/diagnóstico , Enterite/veterinária , Enterite/mortalidade , Sepse/veterinária , Sepse/complicações , Translocação Bacteriana
15.
Semina ciênc. agrar ; 40(4): 1477-1488, jul.-ago. 2019. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1501453

Resumo

Parvoviral enteritis is a common viral infection in dogs and is associated with many clinical and hematological changes. Bacterial translocation is a common complication and may result in sepsis. The objective of this study is to determine the presence of clinical and hematological factors associated with the risk of death in puppies with naturally occurring parvoviral enteritis and sepsis. Twenty-four dogs with parvoviral enteritis confirmed by chromatographic immunoassay during the clinical routine of a university veterinary hospital were selected. At admission and every 24 hours until the third day of hospitalization or until death, venous blood samples were collected for complete blood count, renal and hepatic biochemistry, and lactate and magnesium measurement; arterial blood samples were collected for gas analysis. Sodium, potassium, and ionized calcium were also analyzed, and a complete physical examination was performed. The factors associated with mortality were evaluated by Cox univariate analysis at a level of significance of 5%. The increase in urea and heart rate was associated with an increase in the risk of death. In contrast, an increase in total leukocytes, lymphocytes, monocytes, partial pressure of oxygen, base deficit, bicarbonate ion, and oxygen saturation were associated with a reduction in the risk of death.


A enterite por Parvovírus é uma infecção viral comum em cães e é associada a diversas alterações clínicas e hematológicas. A translocação bacteriana é uma complicação comum e pode resultar em sepse. O objetivo do estudo foi determinar a presença de fatores clínicos e hematológicos associados ao risco de óbito em filhotes com parvovirose de ocorrência natural e sepse. Vinte e quatro cães com parvovirose, confirmada através de imunoensaio cromatográfico, foram selecionados a partir da rotina clínica do Hospital Veterinário. À admissão e a cada 24 horas até o terceiro dia de hospitalização ou até óbito, amostras de sangue venoso foram coletadas para realização de hemograma, bioquímica renal e hepática, mensuração de lactato e magnésio; amostras de sangue arterial foram coletadas para gasometria. Foram analisados também sódio, potássio e cálcio ionizado, bem como foi realizado o exame físico completo. Os fatores associados à mortalidade foram avaliados através de análise univariada de Cox com um nível de significância de 5%. O aumento da concentração de ureia e da frequência cardíaca foram associados à elevação do risco de óbito. Em contraste, o aumento nos valores de leucócitos totais, linfócitos, monócitos, pressão parcial de oxigênio, déficit de base, íon bicarbonato e saturação de oxigênio foram associados à redução do risco de óbito.


Assuntos
Animais , Criança , Cães , Enterite/diagnóstico , Enterite/mortalidade , Enterite/veterinária , Parvovirus Canino/patogenicidade , Sepse/complicações , Sepse/veterinária , Translocação Bacteriana
16.
Acta sci. vet. (Impr.) ; 44(supl): 01-05, 2016. ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1457507

Resumo

Background: The aortic thromboembolism in cats is usually associated with cardiomyopathy, when a thrombus or a clot is formed in the heart, transported through the bloodstream and fixed at somewhere. According to Virchows triad, changes in the endocardial surface or in the blood flow/composition can result in thrombus formation. The most common clinical signs are: hind limb paralysis, lack of femoral pulse, cold and cyanotic extremities. The treatment should be performed as soon as possible and it is based on antiplatelet agents, anticoagulants, thrombolytics agents or surgical procedures. It is reported the case of a cat presenting aortic thromboembolism. Case: Macroscopically it was observed that the hind limb extremities were with a dark red color and with a bad odor on cut. There were in the subcutaneous tissue of the hind limbs a severe and diffuse accumulation of a reddish material, translucent, shiny, gelatinous (intense diffuse edema) and the skeletal muscles of the hind limbs had extensive pale and friable areas. Inside the medial saphenous vein lumen there was a greyish-white and soft material which adhered to the vessel wall. The lungs were not fully collapsed, it had a smooth and shiny surface and an extensive dark red area in the right middle lobe (moderate extensive bleeding). The spleen was with slightly bulging edges and on cut flowed moderate amount of blood [...]


Assuntos
Animais , Gatos , Anticoagulantes/uso terapêutico , Aorta/patologia , Fibrinolíticos/uso terapêutico , Inibidores da Agregação Plaquetária/uso terapêutico , Tromboembolia Venosa/veterinária , Cardiomiopatias/veterinária
17.
Acta sci. vet. (Online) ; 44(supl): 01-05, 2016. ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-15136

Resumo

Background: The aortic thromboembolism in cats is usually associated with cardiomyopathy, when a thrombus or a clot is formed in the heart, transported through the bloodstream and fixed at somewhere. According to Virchows triad, changes in the endocardial surface or in the blood flow/composition can result in thrombus formation. The most common clinical signs are: hind limb paralysis, lack of femoral pulse, cold and cyanotic extremities. The treatment should be performed as soon as possible and it is based on antiplatelet agents, anticoagulants, thrombolytics agents or surgical procedures. It is reported the case of a cat presenting aortic thromboembolism. Case: Macroscopically it was observed that the hind limb extremities were with a dark red color and with a bad odor on cut. There were in the subcutaneous tissue of the hind limbs a severe and diffuse accumulation of a reddish material, translucent, shiny, gelatinous (intense diffuse edema) and the skeletal muscles of the hind limbs had extensive pale and friable areas. Inside the medial saphenous vein lumen there was a greyish-white and soft material which adhered to the vessel wall. The lungs were not fully collapsed, it had a smooth and shiny surface and an extensive dark red area in the right middle lobe (moderate extensive bleeding). The spleen was with slightly bulging edges and on cut flowed moderate amount of blood [...](AU)


Assuntos
Animais , Gatos , Tromboembolia Venosa/veterinária , Aorta/patologia , Inibidores da Agregação Plaquetária/uso terapêutico , Anticoagulantes/uso terapêutico , Fibrinolíticos/uso terapêutico , Cardiomiopatias/veterinária
18.
Semina Ci. agr. ; 36(2): 871-882, mar.-abr. 2015. ilus, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-30015

Resumo

Although the negative effects of inhalation anaesthetics on fertility have been known for a while, the stages during the reproductive cycle at which these effects occur and the mechanisms of action are largely unknown. This study aimed to evaluate the effects of acute exposure of female mice to halothane, isoflurane, and sevoflurane prior to mating. BALB/c female mice (n=160) were allocated in groups of 20 to halothane (HG), isoflurane (IG), sevoflurane (SG), and oxygen/sham (SH) treatment groups and their respective control groups (CGs). The mice were exposed to 1 minimum alveolar concentration (MAC) of the corresponding anaesthetic or oxygen for 4 h/day over 5 consecutive days. Two days after exposure, females were mated with males (ratio 2:1 female/male) for five consecutive days. Every morning, females were checked for the presence of vaginal plugs. Half of the females that exhibited plugs were euthanised 72 h later for embryo evaluation. The remaining females were euthanised on the 14th day of pregnancy for foetal evaluation. A low number of morulae and total embryos (morulae + blastocysts) were observed in the HG (P 0.05). The number of implantations was lower in the HG (6.0) compared with the IG (11.8) and SG (12.4) (P 0.05). Exposure to halothane is not recommended for use in female mice prior to mating procedures because it leads to decreased embryo production...(AU)


Embora os efeitos negativos dos anestésicos inalatórios na fertilidade já foram descritos há algum tempo, os estágios durante o ciclo reprodutivo em que estes efeitos ocorrem bem como os mecanismos de ação ainda permanecem desconhecidos. Os objetivos deste estudo foram avaliar os efeitos da exposição aguda em fêmeas de camundongos ao halotano, isofluorano, e sevofluorano prévio ao acasalamento. Fêmeas de camundongos BALB/c (n=160) foram alocadas em grupos de 20 aos tratamentos halotano (HG), isofluorano (IG), sevofluorano (SG), oxigênio (SH), e seus respectivos grupos controle (CGs). As fêmeas de camundongos foram expostas a uma concentração alveolar mínima (CAM) do anestésico correspondente ou a oxigênio por 4 horas diárias durante 5 dias consecutivos. Após dois dias do fim da exposição às fêmeas foram acasaladas com os machos (proporção 2:1 fêmea/macho) durante 5 dias consecutivos. A cada manhã, as fêmeas foram avaliadas para a observação da presença de plug vaginal. Metade das fêmeas que exibiam plug foram submetidas à eutanásia após 72 horas para avaliação embrionária. As fêmeas restantes foram eutanasiadas no 14º dia de gestação para avaliação fetal. No HG foi observado um menor número de mórulas e embriões totais (mórulas + blastocistos) (P 0,05). O número de implantações foi menor no HG (6,0) comparado ao IG (11,8) e SG (12,4) (P 0,05). A exposição ao halotano não...(AU)


Assuntos
Animais , Feminino , Camundongos , Halotano/administração & dosagem , Desenvolvimento Embrionário/efeitos dos fármacos , Gravidez/efeitos dos fármacos , Anestésicos Inalatórios/administração & dosagem
19.
Semina Ci. agr. ; 36(5): 3139-3148, set.-out. 2015. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-22907

Resumo

Os objetivos deste estudo são a avaliação dos efeitos de duas taxas fixas de infusão continua de remifentanil na concentração expirada de isoflurano (ETiso) em cadelas submetidas à mastectomia. Foram utilizadas 18 cadelas, 12+2 anos de idade e pesando 15+5 Kg. Os animais foram distribuídos aleatoriamente em 3 grupos (n=6/grupo) e submetidos à mastectomia unilateral devido a neoplasia mamária. Todos os animais foram pré-medicados com morfina (0,5 mg Kg-1) e acepromazina (0,03 mg Kg-1), ambas por via intramuscular (IM). A indução da anestesia foi realizada com propofol (dose-efeito). Os animais foram intubados e conectados a um sistema circular com reinalação de gases. Foi utilizada ventilação com pressão positiva intermitente para manutenção de normocapnia com fluxo de oxigênio de 2 L/min e FiO2 de 100%. A anestesia foi mantida com isoflurano e solução salina (grupo controle [GCON], n=6) ou infusão intravenosa de remifentanil na taxa de 0,15 ?g Kg-1min-1 (REMI 0,15 n=6) ou 0,3 ?g Kg-1min-1 (REMI 0,3 n=6). As variáveis cardiovasculares e a ETiso foram monitoradas antes e a cada 15 minutos após o início da cirurgia. Os dados foram analisados por ANOVA com repetições múltiplas para comparações entre momentos e ANOVA seguida de teste Student Newman Keuls (p£0.05) para comparações entre grupos. A frequência cardíaca foi menor em todos os momentos nos grupos REMI 0,15 e REMI 0,3 em comparação com GCON, sendo que não foram encontradas diferenças estatísticas para essa variável entre os dois grupos com infusão de remifentanil. Adicionalmente, os valores de pressão arterial (PAS, PAM e PAD) não apresentaram diferenças entre grupos. Os valores basais (antes da cirurgia) de ETiso não apresentaram diferenças entre os 3 grupos. Após o início da cirurgia, a ETiso variou entre 1,37±0,3 e 1,05±0,19 no grupo controle; nos grupos REMI 0,15 e REMI 0,3 a ETiso foi 36,5% e 65,7% menor que no grupo controle (M15).[...](AU)


The aims of this study were to evaluate the effects of two constant rate infusions of remifentanil on end tidal isoflurane (ETiso) in dogs undergoing mastectomy surgery. Eighteen bitches, 12+2 years of age, weighing 15+5 Kg were randomized into 3 groups (n=6/group) and underwent unilateral mastectomy due to mammary neoplasia. All animals received the premedications of morphine (0.5 mg Kg-1) and acepromazine (0.03 mg Kg-1) by intramuscular route (IM). Propofol dose-effect was used for induction of anesthesia. The animals were intubated and connected to a circle breathing system, and IPPV (intermittent positive pressure ventilation) was used to maintain normocapnia with an oxygen flow rate of 2 L/min and FiO2 100%. Anesthesia was maintained with isoflurane and saline solution (control group [GCON], n=6) or intravenous infusion of remifentanil at a rate of 0.15 ?g Kg-1min-1 (REMI 0.15 n=6) or 0.3 ?g Kg-1min-1 (REMI 0.3 n=6). Cardiopulmonary variables and ETiso were monitored before and every 15 minutes after the start of surgery. The data were analyzed by ANOVA with multiple repetitions between moments and ANOVA followed by the Student Newman Keuls test (p£0.05) for comparisons between groups. Heart rate was lower at all moments in the REMI 0.15 and REMI 0.3 groups than in the GCON, and heart rate was not significantly different between the two remifentanil infusion groups. Additionally, the arterial blood pressure values (SAP, MAP and DAP) were not different between all groups. Baseline values (before surgery) of ETiso were not different between the 3 groups. After the start of surgery, ETiso ranged from 1.37±0.3 to 1.05±0.19 in the control group; in the REMI 0.15 and REMI 0.3 groups, ETiso was 36.5% and 65.7% lower than in the control group (M15). Remifentanil infusion reduced ETiso in a dose-dependent manner in animals undergoing radical mastectomy without causing significant cardiopulmonary alterations.(AU)


Assuntos
Animais , Feminino , Cães , Mastectomia/veterinária , Cuidados Pós-Operatórios , Remifentanil , Isoflurano
20.
Ci. Rural ; 45(6): 1058-1061, June 2015. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-76320

Resumo

O monorquidismo é um quadro raramente descrito em equinos, que não apresenta descrições prévias na literatura nacional. Trata-se de um equino adulto brasileiro, com oito anos de idade, sem raça definida, porém com características de raças de origem nacional. Por abordagem inguinal do lado esquerdo, localizou-se a túnica vaginal intacta, que, aberta, continha a cauda de um epidídimo mal formado, o ducto deferente e um delgado pedículo vascular, mas sem indícios de testículo. Exames histológicos e hormonais confirmaram a ausência de tecido testicular. Conclui-se que os exames histológicos e hormonais são essenciais para o diagnóstico de monorquidismo que, apesar de raro, também pode acometer equinos nacionais.(AU)


As monorchidism is rarely reported in horses and no case report has been found in the national literature, the objective was to describe a case in an eight-year old Brazilian adult horse. Using an inguinal approach in the left side, an intact tunica vaginalis was found containing the tail of a malformed epididymis, the ductus deferens and a thin vascular pedicle but without evidence of testicle. Histological and hormonal exams confirmed the absence of testicular tissue. In conclusion, histological and hormonal exams are essential for the diagnosis of monorchidism, which although rare, can also affect national horses.(AU)


Assuntos
Animais , Masculino , Doenças dos Cavalos , Testículo/anormalidades , Orquiectomia/veterinária , Escroto/anormalidades
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA