Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 6 de 6
Filtrar
Mais filtros

Intervalo de ano de publicação
1.
Semina Ci. agr. ; 37(1): 251-256, jan.-fev. 2016. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-23128

Resumo

The purpose of the present investigation was to examine the effects of unilateral and bilateral jugular vein occlusion via temporary surgical ligature on arterial blood gases in horses during treadmill exercise. Six horses performed three exercise tests (ETs). ET1, considered to be the control, was performed in horses without jugular occlusion. ET2 and ET3 were performed in horses with unilateral and bilateral occlusion via temporary surgical ligature of the jugular veins, respectively. The partial pressure of oxygen (PO2) and partial pressure of carbon dioxide (PCO2) were determined. The PO2 showed decreased values during ET2 and ET3, suggesting that horses presenting acute jugular thrombophlebitis may have airflow limitations when exercising.(AU)


O objetivo do presente trabalho foi avaliar os efeitos da oclusão da veia jugular por ligadura cirúrgica unilateral e bilateral sobre os gases do sangue arterial em equinos durante o exercício em esteira. Seis equinos realizaram três exercícios teste (ETs). ET1, considerado como controle, foi realizado por eqüinos sem oclusão jugular. ET2 e ET3 foram cumpridos por equinos apresentando oclusão da veia jugular por ligadura temporária unilateral e bilateral, respectivamente. A pressão parcial de oxigênio (PO2) e a pressão parcial de dióxido de carbono (PCO2) foram determinadas. A (PO2) demonstrou diminuição em ET2 e ET3, sugerindo que equinos com tromboflebite jugular aguda podem apresentar limitação no fluxo de ar inspirado durante o exercício.(AU)


Assuntos
Animais , Cavalos , Veias Jugulares/anormalidades , Tromboflebite/veterinária , Gasometria/veterinária , Ligadura/métodos , Cateterismo de Swan-Ganz/métodos
2.
Ci. Rural ; 45(6): 1062-1065, June 2015. ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-76321

Resumo

The present report describes a 2-month-old foal which signs of respiratory infectious disease, bilateral retropharyngeal swelling and nasal mucopurulent discharge, suggesting guttural pouch empyema. The owners reported that the foal lived in a herd that experienced an outbreak of strangles. Foals younger than 3 months are usually protected against infectious diseases, however in this case, the foal was exposed to an environment heavily populated by Streptococcus equi equi during the outbreak of strangles. Although uncommon in such young animals, the foal was infected and developed a primary bilateral guttural pouch empyema, without signs of lymph nodes alteration.(AU)


O presente trabalho descreve o caso de um potro de dois meses de idade com sinais de infecção respiratória, distensão bilateral da região retrofaríngea e secreção nasal mucopurulenta, sugerindo empiema de bolsa gutural. Os proprietários relataram que o potro pertencia a uma tropa que havia sido acometida por garrotilho recentemente. Potros com menos de 3 meses de idade são normalmente protegidos contra as doenças infecciosas, no entanto, este potro foi exposto a um ambiente altamente contaminado por Streptococcus equi equi durante o surto de garrotilho. Embora incomum em animais tão jovens, o potro foi infectado e desenvolveu um empiema primário de bolsa gutural, não havendo sinais de acometimento dos linfonodos.(AU)


Assuntos
Animais , Doenças dos Cavalos , Empiema/veterinária , Streptococcus equi , Supuração/veterinária
3.
Ci. Rural ; 45(7): 1268-1273, July 2015. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-76352

Resumo

Evaluations of the physical fitness of Thoroughbred racehorses have been correlated with race earnings, but few reports exist about the influence of the distance exercised during training on both physical conditioning indices and financial productivity. During one training season sixteen claiming Thoroughbred horses were subjected to submaximal training and monitored by a global positioning system (GPS) coupled to a heart rate monitor. After initial and single monitoring, the horses were distributed into two groups of eight individuals each; one group exercised short distances (SD) between 1600 and 1900m, while the other exercised long distances (LD) between 2000 and 2350m. The duration (min) and mean and maximal velocities (ms-1)attained during each session were determined, as well as the difference in distances exercised (m) between official races and each training session. Blood lactate concentration ([LA]) during recovery was also determined. Student's t-test was used for a non-paired analysis, with P0.05 considered significant. The winnings (USD) of each horse were correlated with the peak heart rate (HRpeak) attained during the training session. The distances exercised in the training sessions were greater in relation to the official races distances by 24.7% and 40% for SD and LD, respectively. Lactatemia did not differ between the groups. The HRpeak obtained during the training session was lower in LD group. The velocity at which the heart rate reached 200 bpm (V200) was higher in LD group. There was a moderate correlation (r= 0.42) between the highest winnings and lowest HRpeak. The horses that ran longer distances during their submaximal training session had better cardiac conditioning and tendency to increase financial productivity.(AU)


Avaliações da aptidão física de cavalos Puro Sangue Inglês (PSI) têm sido correlacionadas com o ganho financeiro, mas a influência da distância percorrida durante o treinamento, tanto sobre índices de condicionamento físico como na produtividade financeira tem sido pouco relatada. Monitoraram-se, por meio de global positioning system (GPS) acoplado a frequencímetro, numa temporada de treinamento, dezesseis equinos da raça PSI, de uma mesma categoria, submetidos a treinamento submáximo. Após o monitoramento inicial e único de uma sessão de treino, os equinos foram distribuídos em dois grupos de oito componentes (DC e DL) diferenciados de acordo com a distância percorrida durante cada sessão de treino, sendo DC para distância curta e DL para distância longa. Dessa maneira, DC e DL percorreram distâncias entre 1600-1900 e 2000-2350 metros, respectivamente. Determinaram-se o tempo e as velocidades médias e máximas atingidas (m s-1), bem como a diferença entre as distâncias percorridas (m) entre as corridas oficiais e as sessões. A produção de lactato sanguíneo durante a recuperação foi quantificada. Empregou-se teste t de student para análise não pareada, sendo P0,05. Correlacionaram-se os ganhos financeiros (USD) de cada cavalo com afrequência cardíaca de pico (FCpico) atingidas durante as sessões. As distâncias percorridas nos treinos foram maiores em relação às corridas oficiais em 24,7% e 40% para DC e DL, respectivamente. A lactatemia não diferiu entre os grupos. A frequência cardíaca de pico (FCpico) obtida durante as sessões foi menor para o grupo DL. A velocidade que a frequência cardíaca atingiu 200 bpm (V200) foi maior para DL. Houve correlação moderada entre os maiores ganhos financeiros e menores FCpico. Os cavalos que treinaram maiores distâncias durante sessões de treinamento submáximo tiveram melhor condicionamento cardíaco e maior produtividade financeira.(AU)


Assuntos
Animais , Cavalos , Exercício Físico , Treino Aeróbico/veterinária , Condicionamento Físico Animal
4.
Pesqui. vet. bras ; 31(supl.1): 89-93, 2011. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-1417

Resumo

A fase perinatal do desenvolvimento constitui um dos períodos de vida mais desafiadores para o sistema imunológico dos potros. O objetivo do presente estudo foi verificar o perfil protéico sérico de parâmetros relacionados à imunidade de equinos jovens no período perinatal, verificando-se a transferência de imunidade passiva. Oito animais desmamados há um dia, formaram o Grupo 1 (G1), enquanto vinte animais desmamados há mais de trinta dias formaram o Grupo 2 (G2). A concentração sérica de proteína total foi determinada por refratometria. Para o fracionamento das proteínas, utilizou-se eletroforese em gel de acrilamida. Os resultados obtidos foram submetidos à análise de medidas repetidas e ao teste Tukey (p<0,05) para comparação das médias. As concentrações de IgA apresentaram diferença (p<0,05) entre os grupos, porém os valores observados encontravam-se dentro do considerado normal para equinos adultos. Não houve diferença (p>0,05) nas concentrações de IgG. O estabelecimento adequado da imunidade celular ocorre durante a fase neonatal, nos animais que ingerem adequadamente o colostro e o leite. O presente estudo determinou diferenças no perfil protéico sérico de parâmetros relacionados à imunidade de equinos jovens no período imediato ao desmame, comparados com animais desmamados há mais de 30 dias. De acordo com os valores observados, concluiu-se que os animais, mesmo desmamados precocemente, obtiveram transferência adequada de imunidade passiva.(AU)


The perinatal phase of foal development is one of the most challenger period for the immune system. The present study has analyzed serum protein profile, considering variables related to immunity in foals at the perinatal phase, verifying passive immunity transfer. The group 1 (G1) contained eight foals evaluated one day after weaning, and group 2 (G2) included twenty foals at more than thirty days after weaning. Total protein concentration was determined by means of refractometry. The concentration of serum proteins was determined through sodium dodecyl sulphatepolyacrylamide gel electrophoresis. Results were submitted to analysis of variance and Tukey test (P<0.05). IgA concentration showed difference (P<0.05) between the two studied groups, however data were within adult healthy horses normal values. IgG didn't show statistical difference (P>0.05). The cellular immunity establishment occurs in the neonatal phase, in foals that suckled colostrum and milk properly. The present study showed differences in serum protein profile, considering variables related to immunity, in foals immediately after weaning comparing to foals at more than 30 days after weaning. According to the observed values, we conclude that foals, even early weaned, showed proper passive immunity tranfer.(AU)


Assuntos
Animais , Cavalos/crescimento & desenvolvimento , Imunidade Celular/genética , Imunidade Humoral/genética , Imunização Passiva/veterinária , Desmame , Colostro/imunologia , Plasma/imunologia
5.
Jaboticabal,; s.n; 22/02/2013. 97 p.
Tese em Português | VETTESES | ID: vtt-9604

Resumo

O presente estudo avaliou o condicionamento físico de equinos por meio de alterações musculares e metabólicas observadas antes e após treinamento de resistência, correlacionando tais alterações com o desempenho durante uma competição de enduro. Onze equinos da raça Puro Sangue Árabe foram submetidos a dois testes incrementais (TIs) a campo para determinação das concentrações sanguíneas de lactato, e hemogasometria antes e após período de três meses de treinamento em trilha com duas sessões semanais predominantemente ao passo, e uma sessão semanal com predomínio do galope. Antes e após o treinamento também foi realizada avaliação ultrassonográfica do músculo Longissimus dorsi e Gluteus medius e, avaliação histológica e histoquímica do músculo Gluteus medius colhido por biópsia percutânea. Após o término do período de treinamento, os animais realizaram um teste de resistência de 80 km a campo. Foram colhidas amostras de sangue no repouso, durante a competição e no período de recuperação, para realização de análises hematológicas, bioquímicas e hemogasométricas. As variáveis estudadas foram submetidas à Análise de Variância e os valores médios comparados pelo teste Tukey (P<0,05). Foram encontradas diferenças nas concentrações de lactato entre os testes, os valores máximos de lactato no TI1 foram superiores aos encontrados no TI2, esse aumento foi seguido por diminuições nos valores do pH. A área total relativa das fibras musculares do tipo IIX aumentou em detrimento das fibras do tipo I. Durante o enduro de 80 km, os cavalos apresentaram quadro de alcalose metabólica mista, por meio do desenvolvimento de alcalose metabólica hipoclorêmica e alcalose respiratória. Baixas concentrações sanguíneas de lactato demonstraram predomínio do metabolismo aeróbico durante...


The purpose of the present study was to assess the physical conditioning of horses through muscle and metabolic variables evaluated before and after one resistance training program, as well as correlate these findings with performance during an endurance competition. Eleven Arabian horses performed two incremental exercise tests (IETs) in the field for determination of blood lactate and blood gases. The tests were carried out before and after a training program of 3 months duration, consisted by two weekly sessions on track predominantly walking, and one weekly session with a predominance of canter. After the end of training and the second IET, the horses participated of an 80 km endurance test (FEI*). Blood samples were collected during competition and at recovery phase to analyze hematological, biochemical and blood gases. Ultrasonographic measurements of the Longissimus dorsi and muscles were also harvested before and after training. Furthermore, muscular tissue was obtained from Gluteus medius through percutaneous biopsy for microscopic and histochemical analysis. The variables were subjected to ANOVA and mean values compared by Tukey test (p<0.05). Maximal lactate values increased during the second IET comparing to the first IET, and this increasing was followed by decreased values of pH. The total relative area of type IIX muscular fibers increased over type I fibers. Ultrasound did not show differences. During the 80 km endurance, horses showed a mixed alkalosis, through development of hypochloremic metabolic alkalosis and respiratory alkalosis. A predominance of aerobic metabolism throughout the track was detected via lactate analysis, as expected for this modality. It was suggested that muscle and metabolic changes observed before and after training were possibly related to each other, demonstrating...

6.
Semina ciênc. agrar ; 37(1): 251-256, 2016. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1500288

Resumo

The purpose of the present investigation was to examine the effects of unilateral and bilateral jugular vein occlusion via temporary surgical ligature on arterial blood gases in horses during treadmill exercise. Six horses performed three exercise tests (ETs). ET1, considered to be the control, was performed in horses without jugular occlusion. ET2 and ET3 were performed in horses with unilateral and bilateral occlusion via temporary surgical ligature of the jugular veins, respectively. The partial pressure of oxygen (PO2) and partial pressure of carbon dioxide (PCO2) were determined. The PO2 showed decreased values during ET2 and ET3, suggesting that horses presenting acute jugular thrombophlebitis may have airflow limitations when exercising.


O objetivo do presente trabalho foi avaliar os efeitos da oclusão da veia jugular por ligadura cirúrgica unilateral e bilateral sobre os gases do sangue arterial em equinos durante o exercício em esteira. Seis equinos realizaram três exercícios teste (ETs). ET1, considerado como controle, foi realizado por eqüinos sem oclusão jugular. ET2 e ET3 foram cumpridos por equinos apresentando oclusão da veia jugular por ligadura temporária unilateral e bilateral, respectivamente. A pressão parcial de oxigênio (PO2) e a pressão parcial de dióxido de carbono (PCO2) foram determinadas. A (PO2) demonstrou diminuição em ET2 e ET3, sugerindo que equinos com tromboflebite jugular aguda podem apresentar limitação no fluxo de ar inspirado durante o exercício.


Assuntos
Animais , Cavalos , Gasometria/veterinária , Tromboflebite/veterinária , Veias Jugulares/anormalidades , Cateterismo de Swan-Ganz/métodos , Ligadura/métodos
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA