Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 6 de 6
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Ano de publicação
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
B. Inst. Pesca ; 43(3): 464-473, jul.-set. 2017. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-17658

Resumo

The aim of the present study was to determine the lysine requirement of common carp fingerlings. Two hundred and eighty common carp fingerlings, with mean weight and mean length initial of 0.62 ± 0.05 g and 3.38 ± 0.11 cm, respectively were randomly distributed into 28 squares net cages of 150 litres arranged inside a masonry circular tank with water capacity of 25 m-3 (seven treatments and four replications). The fish were fed until apparent satiation, four times per day, with isoproteic and isoenergetic diets supplemented with lysine at 1.58, 1.81, 2.05, 2.29, 2.53, 2.76, and 3.0% of the diet for 57 days. Productive performance, survival rate, and chemical composition of the fish body were evaluated at the end of the study. The data obtained was subjected to regression analysis and, when significantly different (P<0.05), the Tukey multiple comparison test was used. Additionally, linear response plateau (LRP) analysis was performed. Lysine supplementation significantly improved (P<0.05) mean final weight, mean weight gain, and specific growth rate. However, lysine levels above 2.29% compromised the feed efficiency. Lysine requirements of common carp fingerlings were found to be 1.89% of the diet or 4.73% of the crude protein in the diet for obtain better growth.(AU)


O presente estudo teve por objetivo determinar a exigência de lisina para alevinos de carpa comum (Cyprinus carpio). Foram distribuídos inteiramente ao acaso 280 alevinos de carpa comum com peso e comprimento inicial médio de 0,62 ± 0,05 g e 3,38 ± 0,11 cm, respectivamente, em 28 tanques-rede quadrados com volume útil de 150 litros, dispostos no interior de um tanque circular de alvenaria com capacidade para 25 m3 de água (sete tratamentos e quatro repetições). Os peixes foram alimentados até a saciedade aparente quatro vezes ao dia com dietas isproteicas e isoenergéticas suplementadas com lisina nas concentrações de 1,58; 1,81; 2,05; 2,29; 2,53; 2,76 e 3,0% da dieta por 57 dias. Ao final do estudo foi avaliado o desempenho produtivo, sobrevivência e composição centesimal da carcaça dos peixes. Os dados obtidos foram submetidos a análise de regressão (p<0,05) e ao teste múltiplo de média Tukey. A análise do platô de resposta linear (LRP) foi aplicado adicionalmente. A suplementação de lisina melhorou (p<0,05) o peso final médio, ganho de peso médio e taxa de crescimento específico e a partir de 2,29% de suplementação de lisina na dieta prejudicou a eficiência alimentar dos peixes. A exigência de lisina para alevinos de carpa comum é de 1,89% da dieta ou 4,73% da proteína bruta para obtenção do melhor crescimento.(AU)


Assuntos
Animais , Lisina/administração & dosagem , Dieta/métodos , Carpas/crescimento & desenvolvimento , Aminoácidos/administração & dosagem , Aumento de Peso , Suplementos Nutricionais
2.
Bol. Inst. Pesca (Impr.) ; 43(3): 464-473, jul.-set. 2017. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1465280

Resumo

The aim of the present study was to determine the lysine requirement of common carp fingerlings. Two hundred and eighty common carp fingerlings, with mean weight and mean length initial of 0.62 ± 0.05 g and 3.38 ± 0.11 cm, respectively were randomly distributed into 28 squares net cages of 150 litres arranged inside a masonry circular tank with water capacity of 25 m-3 (seven treatments and four replications). The fish were fed until apparent satiation, four times per day, with isoproteic and isoenergetic diets supplemented with lysine at 1.58, 1.81, 2.05, 2.29, 2.53, 2.76, and 3.0% of the diet for 57 days. Productive performance, survival rate, and chemical composition of the fish body were evaluated at the end of the study. The data obtained was subjected to regression analysis and, when significantly different (P<0.05), the Tukey multiple comparison test was used. Additionally, linear response plateau (LRP) analysis was performed. Lysine supplementation significantly improved (P<0.05) mean final weight, mean weight gain, and specific growth rate. However, lysine levels above 2.29% compromised the feed efficiency. Lysine requirements of common carp fingerlings were found to be 1.89% of the diet or 4.73% of the crude protein in the diet for obtain better growth.


O presente estudo teve por objetivo determinar a exigência de lisina para alevinos de carpa comum (Cyprinus carpio). Foram distribuídos inteiramente ao acaso 280 alevinos de carpa comum com peso e comprimento inicial médio de 0,62 ± 0,05 g e 3,38 ± 0,11 cm, respectivamente, em 28 tanques-rede quadrados com volume útil de 150 litros, dispostos no interior de um tanque circular de alvenaria com capacidade para 25 m3 de água (sete tratamentos e quatro repetições). Os peixes foram alimentados até a saciedade aparente quatro vezes ao dia com dietas isproteicas e isoenergéticas suplementadas com lisina nas concentrações de 1,58; 1,81; 2,05; 2,29; 2,53; 2,76 e 3,0% da dieta por 57 dias. Ao final do estudo foi avaliado o desempenho produtivo, sobrevivência e composição centesimal da carcaça dos peixes. Os dados obtidos foram submetidos a análise de regressão (p<0,05) e ao teste múltiplo de média Tukey. A análise do platô de resposta linear (LRP) foi aplicado adicionalmente. A suplementação de lisina melhorou (p<0,05) o peso final médio, ganho de peso médio e taxa de crescimento específico e a partir de 2,29% de suplementação de lisina na dieta prejudicou a eficiência alimentar dos peixes. A exigência de lisina para alevinos de carpa comum é de 1,89% da dieta ou 4,73% da proteína bruta para obtenção do melhor crescimento.


Assuntos
Animais , Aminoácidos/administração & dosagem , Carpas/crescimento & desenvolvimento , Dieta/métodos , Lisina/administração & dosagem , Aumento de Peso , Suplementos Nutricionais
3.
Semina Ci. agr. ; 35(6): 3401-3414, nov.-dez. 2014. tab, ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-28112

Resumo

O presente trabalho avaliou a influência da adição de urucum como agente pigmentante sobre as características de coloração da pele, músculo e desempenho produtivo de Carassius auratus, criados em hapas de 0,15 m3 (dimensões de 0,50 x 0,50 x 0,65 m), dispostos no interior de um tanque de alvenaria circular de 25 m3. Foram utilizados 336 alevinos de C. auratus distribuídos inteiramente ao acaso em 28 hapas, com sete tratamentos e quatro repetições, com 12 peixes por unidade. Os níveis de adição de urucum foram 0,0; 0,25; 0,50; 1,00; 2,00; 4,00 e 8,00%. Os peixes com peso inicial médio de 1,12 ± 0,18 g e comprimento de 4,31 ± 0,44 cm, foram alimentados as 08, 11, 14 e 17 horas. A característica colorimétrica de b* (amarelo) mostrou valores significativos aos 96 e 141 dias no sistemade coordenadas Hunter com adição de 2,0 e 1,0% de urucum na dieta, respectivamente e, no sistema de coordenadas CMYK aos 96 dias para C (ciano) e aos 141 dias para Y (amarelo) com adição de 8,0 e 2,0% de urucum na dieta respectivamente. Observaram-se diferenças (P<0,05) para peso final médio, ganho em peso médio, conversão alimentar aparente, taxa de crescimento diário e eficiência alimentar. Recomenda-se uma dieta contendo 1,0% de adição de urucum para C. auratus para o melhor desempenho e de 1,0 a 4,0% de adição de urucum para intensificação luminosa da pele dos peixes.(AU)


This study evaluated the effect of adding annatto as agent pigmentation on the staining characteristics of the skin, muscle and productive performance of Carassius auratus, reared in 0.15 m3 (dimensions 0.50 x 0.50 x 0.65 m) hapas disposed within a circular masonry tank of 25 m3. We used 336 C. auratus fingerlings completely randomized design in 28 hapas with seven treatments and four replicates with 12fish per unit. The addition of annatto levels were 0.0, 0.25, 0.50, 1.00, 2.00, 4.00 and 8.00%. Fish with an average initial weight of 1.12 ± 0.18 g and length of 4.31 ± 0.44 cm, were fed the 08, 11, 14 and 17 hours. The b * colorimetric characteristics (yellow) showed significant at 96 and 141 days in the Hunter coordinate system with the addition of 2.0 and 1.0% annatto in the diet, respectively, and the coordinatesystem of CMYK and 96 days for C (cyan), and 141 days for the Y (yellow), with the addition of 8.0 to 2.0% annatto in the diet, respectively. We observed differences (P <0.05) average final weight, weight gain, feed conversion, daily growth rate and feed efficiency. It is recommended a diet containing 1.0% added annatto to C. auratus to better performance and 1.0 to 4.0% added annatto to intensified lightfish skin.(AU)


Assuntos
Animais , Carpa Dourada , Bixaceae , Carotenoides , Aquicultura
4.
Semina Ci. agr. ; 35(4): 2229-2240, July.-Aug.2014. tab, graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-26531

Resumo

Vitamin A is important to the proper development and functioning of the body, appearing in several metabolic functions. This experiment was conducted with aim evaluate to the vitamin A supplementation in diets for Goldfish Carassius auratus. The experimental was completely randomized with six treatments (0, 2.000, 4.000, 8.000, 16.000 and 32.000 IU of vitamin A kg-1 diet) with four repetitions into 24 experimental cages, with capacity for 150 liters useful volume, made of mesh shading, installed inside a masonry circular tank with a capacity of 25 m3 of water. 192 fish with an average initial weight of 6.66±0.57 g and initial length of 7.30±0.33 cm, feed at 8h, 11h, 14h and 17h at satiety were used. Evaluated the effects on productive performance and intensity of yellow-red coloring of the skin of the fish were. The Linear Response Plateau analysis of weight gain and length total, feed conversion and daily growth rate versus vitamin A requirement estimate showed 2,624, 2,385 and 2,358, 4,381 and 2,866 IU of vitamin A per kg diet, respectively. The data indicated that this vitamin has little or no influence on the intensity of the skin color of the Goldfish.(AU)


A vitamina A é importante para o correto desenvolvimento e funcionamento do organismo, figurando em diversas funções metabólicas. Foi conduzido um experimento com o objetivo de avaliar a suplementação de vitamina A em dietas para kinguio Carassius auratus. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado com seis tratamentos e quatro repetições (0, 2.000, 4.000, 8.000, 16.000 e 32.000 UI de vitamina A kg-1 de dieta) em 24 tanques rede experimentais, com capacidade para 150 litros de volume útil, confeccionados em malha sombrite, instalados no interior de um tanque circular de alvenaria com capacidade para 25 m3 de água. Foram utilizados 192 peixes com peso inicial médio de 6,66±0,57g e comprimento inicial médio de 7,30±0,33 cm, alimentados às 8h, 11h, 14h e 17h ate a saciedade. Foram avaliados os efeitos sobre o desempenho produtivo e intensidade de coloração vermelho-amarelada da pele dos peixes. A análise de Linear Response Plateau do ganho de peso, comprimento padrão e total, conversão alimentar aparente e taxa de crescimento diário versus níveis de vitamina A demonstrou estimativa de exigência de 2.624, 2.385 e 2.358, 4.381 e 2.866 UI de vitamina A por kg de ração, respectivamente. Os dados indicam que aparentemente esta vitamina tem pouca ou nenhuma influência sobre a intensidade da cor da pele do kinguio.(AU)


Assuntos
Animais , Carpa Dourada , Vitamina A/administração & dosagem , Dieta , Pele , Suplementos Nutricionais
5.
Semina ciênc. agrar ; 35(4): 2229-2240, 2014. tab, graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1499668

Resumo

Vitamin A is important to the proper development and functioning of the body, appearing in several metabolic functions. This experiment was conducted with aim evaluate to the vitamin A supplementation in diets for Goldfish Carassius auratus. The experimental was completely randomized with six treatments (0, 2.000, 4.000, 8.000, 16.000 and 32.000 IU of vitamin A kg-1 diet) with four repetitions into 24 experimental cages, with capacity for 150 liters useful volume, made of mesh shading, installed inside a masonry circular tank with a capacity of 25 m3 of water. 192 fish with an average initial weight of 6.66±0.57 g and initial length of 7.30±0.33 cm, feed at 8h, 11h, 14h and 17h at satiety were used. Evaluated the effects on productive performance and intensity of yellow-red coloring of the skin of the fish were. The Linear Response Plateau analysis of weight gain and length total, feed conversion and daily growth rate versus vitamin A requirement estimate showed 2,624, 2,385 and 2,358, 4,381 and 2,866 IU of vitamin A per kg diet, respectively. The data indicated that this vitamin has little or no influence on the intensity of the skin color of the Goldfish.


A vitamina A é importante para o correto desenvolvimento e funcionamento do organismo, figurando em diversas funções metabólicas. Foi conduzido um experimento com o objetivo de avaliar a suplementação de vitamina A em dietas para kinguio Carassius auratus. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado com seis tratamentos e quatro repetições (0, 2.000, 4.000, 8.000, 16.000 e 32.000 UI de vitamina A kg-1 de dieta) em 24 tanques rede experimentais, com capacidade para 150 litros de volume útil, confeccionados em malha sombrite, instalados no interior de um tanque circular de alvenaria com capacidade para 25 m3 de água. Foram utilizados 192 peixes com peso inicial médio de 6,66±0,57g e comprimento inicial médio de 7,30±0,33 cm, alimentados às 8h, 11h, 14h e 17h ate a saciedade. Foram avaliados os efeitos sobre o desempenho produtivo e intensidade de coloração vermelho-amarelada da pele dos peixes. A análise de Linear Response Plateau do ganho de peso, comprimento padrão e total, conversão alimentar aparente e taxa de crescimento diário versus níveis de vitamina A demonstrou estimativa de exigência de 2.624, 2.385 e 2.358, 4.381 e 2.866 UI de vitamina A por kg de ração, respectivamente. Os dados indicam que aparentemente esta vitamina tem pouca ou nenhuma influência sobre a intensidade da cor da pele do kinguio.


Assuntos
Animais , Carpa Dourada , Dieta , Pele , Vitamina A/administração & dosagem , Suplementos Nutricionais
6.
Semina ciênc. agrar ; 35(6): 3401-3414, 2014. tab, ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1499754

Resumo

O presente trabalho avaliou a influência da adição de urucum como agente pigmentante sobre as características de coloração da pele, músculo e desempenho produtivo de Carassius auratus, criados em hapas de 0,15 m3 (dimensões de 0,50 x 0,50 x 0,65 m), dispostos no interior de um tanque de alvenaria circular de 25 m3. Foram utilizados 336 alevinos de C. auratus distribuídos inteiramente ao acaso em 28 hapas, com sete tratamentos e quatro repetições, com 12 peixes por unidade. Os níveis de adição de urucum foram 0,0; 0,25; 0,50; 1,00; 2,00; 4,00 e 8,00%. Os peixes com peso inicial médio de 1,12 ± 0,18 g e comprimento de 4,31 ± 0,44 cm, foram alimentados as 08, 11, 14 e 17 horas. A característica colorimétrica de b* (amarelo) mostrou valores significativos aos 96 e 141 dias no sistemade coordenadas Hunter com adição de 2,0 e 1,0% de urucum na dieta, respectivamente e, no sistema de coordenadas CMYK aos 96 dias para C (ciano) e aos 141 dias para Y (amarelo) com adição de 8,0 e 2,0% de urucum na dieta respectivamente. Observaram-se diferenças (P<0,05) para peso final médio, ganho em peso médio, conversão alimentar aparente, taxa de crescimento diário e eficiência alimentar. Recomenda-se uma dieta contendo 1,0% de adição de urucum para C. auratus para o melhor desempenho e de 1,0 a 4,0% de adição de urucum para intensificação luminosa da pele dos peixes.


This study evaluated the effect of adding annatto as agent pigmentation on the staining characteristics of the skin, muscle and productive performance of Carassius auratus, reared in 0.15 m3 (dimensions 0.50 x 0.50 x 0.65 m) hapas disposed within a circular masonry tank of 25 m3. We used 336 C. auratus fingerlings completely randomized design in 28 hapas with seven treatments and four replicates with 12fish per unit. The addition of annatto levels were 0.0, 0.25, 0.50, 1.00, 2.00, 4.00 and 8.00%. Fish with an average initial weight of 1.12 ± 0.18 g and length of 4.31 ± 0.44 cm, were fed the 08, 11, 14 and 17 hours. The b * colorimetric characteristics (yellow) showed significant at 96 and 141 days in the Hunter coordinate system with the addition of 2.0 and 1.0% annatto in the diet, respectively, and the coordinatesystem of CMYK and 96 days for C (cyan), and 141 days for the Y (yellow), with the addition of 8.0 to 2.0% annatto in the diet, respectively. We observed differences (P <0.05) average final weight, weight gain, feed conversion, daily growth rate and feed efficiency. It is recommended a diet containing 1.0% added annatto to C. auratus to better performance and 1.0 to 4.0% added annatto to intensified lightfish skin.


Assuntos
Animais , Bixaceae , Carotenoides , Carpa Dourada , Aquicultura
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA