Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 7 de 7
Filtrar
Mais filtros

Intervalo de ano de publicação
1.
Acta amaz ; 52(3): 179-188, 2022. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1392762

Resumo

The insecticidal effect of the essential oil of Piper aduncum (EOPA), and of its constituent dillapiole [1-allyl-2,3-dimethoxy-4,5- (methylenedioxy) benzene] in particular, is well documented in the literature and can be associated with its interference with the enzymatic detoxification in arthropods. However, no data exist on the range of dillapiole content associated with insecticidal activity, which is necessary to establish reliable dose-activity parameters for a formulated product. The oil composition can also change during storage after distillation, mainly due to environmental factors such as light incidence, atmospheric oxygen and temperature, which can be deleterious to oil quality. In this study, EOPA subjected to different storage conditions over four years and its rectified fractions were submitted to bioassays to evaluate their insecticidal effect by topical contact and residual contact against Spodoptera frugiperda. Our objectives were to determine the relationship between dillapiole content and the insecticidal activity of EOPA, and to evaluate its chemical and toxicological properties over time under different conditions. Our results showed that EOPA was stable with respect to the dillapiole content and the toxicological effect against S. frugiperda under different storage conditions for four years. The overall chemical composition of the EOPA did not vary significantly among storage conditions. EOPA with dillapiole content ranging between 68% and 100% showed greater insecticidal toxicity by residual and topical contact against S. frugiperda larvae.(AU)


O efeito inseticida do óleo essencial de Piper aduncum (OEPA) e, particularmente, de seu constituinte dilapiol [1-alil-2,3- dimetoxi-4,5-(metilenodioxi) benzeno], está bem documentado na literatura e pode estar associado à sua interferência na desintoxicação enzimática em artrópodes. No entanto, não existem dados sobre a amplitude de teores de dilapiol associados à atividade inseticida, o que é necessário para estabelecer parâmetros de dose-atividade confiáveis para um produto formulado. A composição do óleo também pode sofrer alterações durante seu armazenamento após a destilação, principalmente devido a fatores ambientais como incidência de luz, oxigênio atmosférico e temperatura, que podem ser deletérios à qualidade do óleo. Neste estudo, durante quatro anos, OEPA submetido a diferentes condições de armazenamento e suas frações retificadas foram submetidos a bioensaios para avaliar seu efeito inseticida por contato tópico e contato residual contra Spodoptera frugiperda. Nossos objetivos foram determinar a relação entre o teor de dilapiol e a atividade inseticida do OEPA, e avaliar suas propriedades químicas e toxicológicas ao longo do tempo sob diferentes condições. Nossos resultados mostraram que o OEPA foi estável em relação ao teor de dilapiol e o efeito toxicológico contra S. frugiperda sob diferentes condições de armazenamento durante quatro anos. A composição química do OEPA não variou significativamente entre as condições de armazenamento. OEPA com teor de dilapiol entre 68% e 100% apresentou maior toxicidade inseticida por contato residual e tópico contra larvas de S. frugiperda.(AU)


Assuntos
Piper/efeitos adversos , Inseticidas/efeitos adversos , Éteres Fenílicos/administração & dosagem , Óleos Voláteis/administração & dosagem
2.
Arq. Inst. Biol. ; 86: e1112018, 2019. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-17126

Resumo

Fall armyworm, Spodoptera frugiperda (Smith) (Lepidoptera: Noctuidae) is one of the main pests in maize crop with developing resistance to chemical products and Bt technology. Therefore, alternative control methods such as essential oils are important steps in the implementation management strategies for this pest. This study aimed to evaluate the efficiency of essential oils (EOs) of Corymbia citriodora, Myrciaria dubia (Myrtaceae), Lippia microphylla (Verbenaceae) and Piper umbelattum (Piperaceae) in controlling S. frugiperda. The OEs were extracted and mortality tests were conducted with topic and volatile applications, in 30 second-instar caterpillars originated from insect rearing and artificial diet. As a control, we conducted tests with distilled water and acetone. EOs that provided mortality rates above 80% were submitted to chemical analysis for constituent identification. The efficient EOs were only those of C. citriodora and L. microphylla. For EO of C. citriodora, the LD80 was 7.06 ± 0.73 mg.g(-1) in topical application and 5.85 ± 0.75 µL via volatile application. On the other hand, for EO of L. microphylla, DL80 was 9.95 ± 1.25 mg.g(-1) in topical application and 18.56 ± 3.55 µL via volatile application. Chemical analysis showed that the main constituents were citronella for the EO of C. citriodora and (E)-caryophyllene and (E)-nerolidol to the EO of L. microphylla. EOs of C. citriodora and L. microphylla are promising for controlling S. frugiperda, with emphasis on the volatile effect of C. citriodora oil.(AU)


A lagarta-do-cartucho, Spodoptera frugiperda (Lepdoptera: Noctuidae), é uma das principais pragas na cultura do milho e nos últimos anos vem desenvolvendo resistência a produtos químicos e à tecnologia Bt. Métodos alternativos de controle, como o emprego de óleos essenciais, são um passo importante na implementação de estratégias de manejo para essa praga. O objetivo deste trabalho foi avaliar a eficiência dos óleos essenciais de Corymbia citriodora, Myrciaria dubia (Myrtaceae), Lippia microphylla (Verbenaceae) e Piper umbelattum (Piperaceae) no controle de S. frugiperda. Os óleos essenciais foram extraídos e testes de mortalidade com aplicação tópica e de voláteis foram conduzidos com 30 lagartas de segundo instar provenientes de criação massal e em dieta artificial. Como testemunha, foram conduzidos testes com água destilada e acetona. Os óleos essenciais que proporcionaram taxas de mortalidade acima de 80% foram submetidos à análise química para identificação de seus constituintes. Entre os óleos essenciais, mostraram-se eficientes apenas os de C. citriodora e L. microphylla. Para o óleo essencial de C. citriodora, a DL80 foi de 7,06 ± 0,73 mg.g(-1) em aplicação tópica e 5,85 ± 0,75 µL via aplicação do volátil. Já para o óleo essencial de L. microphylla, a DL80 foi de 9,95 ± 1,25 mg.g(-1) em aplicação tópica e 18,56 ± 3,55 µL via aplicação do volátil. A análise química demonstrou que os principais constituintes foram citronelal para o óleo essencial de C. citriodora, e (E)-cariofileno e (E)-nerolidol para o de L. microphylla. Os óleos essenciais de C. citriodora e L. microphylla são promissores para o controle de S. frugiperda, com destaque para o efeito volátil do óleo de C. citriodora.(AU)


Assuntos
Óleos Voláteis , Spodoptera/parasitologia , Zea mays , Resistência a Inseticidas , Controle de Pragas , Lippia
3.
Semina Ci. agr. ; 40(5): 2027-2044, set.-out. 2019. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-21874

Resumo

The aim of this study was to evaluate the performance of cows fed with a total mixed ration composed of elephant grass and a concentrate containing 0.0% (control), 1.5%, 3.0% or 4.5% soybean oil on a dry matter basis. The effect of milking time (morning versus afternoon) on butter fatty acid composition was also evaluated. Twelve multiparous Holstein x Gyr cows with an average milk production of 18.0±4.6 kg day-1 and 90±25 days in milk were used in a triplicated 4 x 4 Latin square experimental design with 15-day periods. Data were analyzed using mixed models. There was no effect of soybean oil supplementation on dry matter or neutral detergent fiber intake (P > 0.05). The fat-corrected milk yield linearly decreased (P=0.0109) and the milk protein yield linearly increased (P=0.0023) in response to soybean oil supplementation. The butterfat trans-9 C18:1, cis-9 C18:1, trans-10 C18:1, trans-11 C18:1, cis-9, trans-11 CLA and trans-10, cis-12 CLA content linearly increased (P < 0.05), whereas the C12:0, C14:0 and C16:0 content linearly decreased (P < 0.001) as the level of soybean oil in the diet increased. The butter produced from afternoon milk had a lower content of C16:0 and a higher content of cis-9 C18:1 (P < 0.05). The supplementation of elephant grass-based-diets with soybean oil and, to a small extent, the selective segregation of milk obtained from afternoon milk had a lower content of C16:0 and a higher content of cis-9 C18:1 (P < 0.05). The supplementation of elephant grass-based-diets with soybean oil and, to a small extent, the selective segregation of milk obtained from afternoon milking sessions are strategies that can be used to improve the fatty acid composition of butterfat.(AU)


O objetivo deste estudo foi avaliar o desempenho de vacas alimentadas com capim-elefante picado e concentrado com inclusão de 0,0% (controle), 1,5%, 3,0% e 4,5% de óleo de soja na matéria seca da dieta. Além da suplementação com óleo de soja, também foi avaliado o efeito do horário de ordenha (manhã versus tarde) sobre o perfil de ácidos graxos na manteiga. Foram utilizadas 12 vacas Holandês x Gir com 90±25 dias em lactação, produzindo 18.0±4.6 kg dia-1 de leite, e alocadas em delineamento com três Quadrados Latinos 4 x 4. Os resultados foram analisados por modelos mistos. A suplementação com óleo de soja não alterou os consumos de matéria seca e de fibra em detergente neutro (P > 0,05). A suplementação com óleo de soja promoveu redução linear (P=0,0109) na produção de leite corrigida para gordura e aumento linear (P=0,0023) na produção de proteína. Foi observado aumento linear (P < 0,05) nos teores dos ácidos graxos C18:1 trans-9, C18:1 cis-9, C18:1 trans-10, C18:1 trans-11, CLA cis-9, trans-11 e CLA trans-10, cis-12 na manteiga, e redução linear (P < 0,001) nos teores dos ácidos graxos C12:0, C14:0 e C16:0 em resposta à suplementação com óleo de soja. A manteiga produzida do leite da ordenha da tarde apresentou menor teor de C16:0 e maior teor de C18:1 cis-9 (P < 0,05). A suplementação de dietas à base de capim-elefante com óleo de soja e, em menor escala, a segregação seletiva de leite obtido na ordenha da tarde são estratégias que podem ser utilizadas para melhorar a composição de ácidos graxos da manteiga.(AU)


Assuntos
Animais , Feminino , Lactente , Bovinos , Ração Animal/análise , Pennisetum , Óleo de Soja , Manteiga/análise , Ácidos Graxos/análise , Leite/química
4.
Semina ciênc. agrar ; 40(5): 2027-2044, set.-out. 2019. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1501463

Resumo

The aim of this study was to evaluate the performance of cows fed with a total mixed ration composed of elephant grass and a concentrate containing 0.0% (control), 1.5%, 3.0% or 4.5% soybean oil on a dry matter basis. The effect of milking time (morning versus afternoon) on butter fatty acid composition was also evaluated. Twelve multiparous Holstein x Gyr cows with an average milk production of 18.0±4.6 kg day-1 and 90±25 days in milk were used in a triplicated 4 x 4 Latin square experimental design with 15-day periods. Data were analyzed using mixed models. There was no effect of soybean oil supplementation on dry matter or neutral detergent fiber intake (P > 0.05). The fat-corrected milk yield linearly decreased (P=0.0109) and the milk protein yield linearly increased (P=0.0023) in response to soybean oil supplementation. The butterfat trans-9 C18:1, cis-9 C18:1, trans-10 C18:1, trans-11 C18:1, cis-9, trans-11 CLA and trans-10, cis-12 CLA content linearly increased (P < 0.05), whereas the C12:0, C14:0 and C16:0 content linearly decreased (P < 0.001) as the level of soybean oil in the diet increased. The butter produced from afternoon milk had a lower content of C16:0 and a higher content of cis-9 C18:1 (P < 0.05). The supplementation of elephant grass-based-diets with soybean oil and, to a small extent, the selective segregation of milk obtained from afternoon milk had a lower content of C16:0 and a higher content of cis-9 C18:1 (P < 0.05). The supplementation of elephant grass-based-diets with soybean oil and, to a small extent, the selective segregation of milk obtained from afternoon milking sessions are strategies that can be used to improve the fatty acid composition of butterfat.


O objetivo deste estudo foi avaliar o desempenho de vacas alimentadas com capim-elefante picado e concentrado com inclusão de 0,0% (controle), 1,5%, 3,0% e 4,5% de óleo de soja na matéria seca da dieta. Além da suplementação com óleo de soja, também foi avaliado o efeito do horário de ordenha (manhã versus tarde) sobre o perfil de ácidos graxos na manteiga. Foram utilizadas 12 vacas Holandês x Gir com 90±25 dias em lactação, produzindo 18.0±4.6 kg dia-1 de leite, e alocadas em delineamento com três Quadrados Latinos 4 x 4. Os resultados foram analisados por modelos mistos. A suplementação com óleo de soja não alterou os consumos de matéria seca e de fibra em detergente neutro (P > 0,05). A suplementação com óleo de soja promoveu redução linear (P=0,0109) na produção de leite corrigida para gordura e aumento linear (P=0,0023) na produção de proteína. Foi observado aumento linear (P < 0,05) nos teores dos ácidos graxos C18:1 trans-9, C18:1 cis-9, C18:1 trans-10, C18:1 trans-11, CLA cis-9, trans-11 e CLA trans-10, cis-12 na manteiga, e redução linear (P < 0,001) nos teores dos ácidos graxos C12:0, C14:0 e C16:0 em resposta à suplementação com óleo de soja. A manteiga produzida do leite da ordenha da tarde apresentou menor teor de C16:0 e maior teor de C18:1 cis-9 (P < 0,05). A suplementação de dietas à base de capim-elefante com óleo de soja e, em menor escala, a segregação seletiva de leite obtido na ordenha da tarde são estratégias que podem ser utilizadas para melhorar a composição de ácidos graxos da manteiga.


Assuntos
Feminino , Animais , Lactente , Bovinos , Leite/química , Manteiga/análise , Pennisetum , Ração Animal/análise , Ácidos Graxos/análise , Óleo de Soja
5.
Arq. Inst. Biol ; 86: e1112018, 2019. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1009457

Resumo

Fall armyworm, Spodoptera frugiperda (Smith) (Lepidoptera: Noctuidae) is one of the main pests in maize crop with developing resistance to chemical products and Bt technology. Therefore, alternative control methods such as essential oils are important steps in the implementation management strategies for this pest. This study aimed to evaluate the efficiency of essential oils (EOs) of Corymbia citriodora, Myrciaria dubia (Myrtaceae), Lippia microphylla (Verbenaceae) and Piper umbelattum (Piperaceae) in controlling S. frugiperda. The OEs were extracted and mortality tests were conducted with topic and volatile applications, in 30 second-instar caterpillars originated from insect rearing and artificial diet. As a control, we conducted tests with distilled water and acetone. EOs that provided mortality rates above 80% were submitted to chemical analysis for constituent identification. The efficient EOs were only those of C. citriodora and L. microphylla. For EO of C. citriodora, the LD80 was 7.06 ± 0.73 mg.g-1 in topical application and 5.85 ± 0.75 µL via volatile application. On the other hand, for EO of L. microphylla, DL80 was 9.95 ± 1.25 mg.g-1 in topical application and 18.56 ± 3.55 µL via volatile application. Chemical analysis showed that the main constituents were citronella for the EO of C. citriodora and (E)-caryophyllene and (E)-nerolidol to the EO of L. microphylla. EOs of C. citriodora and L. microphylla are promising for controlling S. frugiperda, with emphasis on the volatile effect of C. citriodora oil.(AU)


A lagarta-do-cartucho, Spodoptera frugiperda (Lepdoptera: Noctuidae), é uma das principais pragas na cultura do milho e nos últimos anos vem desenvolvendo resistência a produtos químicos e à tecnologia Bt. Métodos alternativos de controle, como o emprego de óleos essenciais, são um passo importante na implementação de estratégias de manejo para essa praga. O objetivo deste trabalho foi avaliar a eficiência dos óleos essenciais de Corymbia citriodora, Myrciaria dubia (Myrtaceae), Lippia microphylla (Verbenaceae) e Piper umbelattum (Piperaceae) no controle de S. frugiperda. Os óleos essenciais foram extraídos e testes de mortalidade com aplicação tópica e de voláteis foram conduzidos com 30 lagartas de segundo instar provenientes de criação massal e em dieta artificial. Como testemunha, foram conduzidos testes com água destilada e acetona. Os óleos essenciais que proporcionaram taxas de mortalidade acima de 80% foram submetidos à análise química para identificação de seus constituintes. Entre os óleos essenciais, mostraram-se eficientes apenas os de C. citriodora e L. microphylla. Para o óleo essencial de C. citriodora, a DL80 foi de 7,06 ± 0,73 mg.g-1 em aplicação tópica e 5,85 ± 0,75 µL via aplicação do volátil. Já para o óleo essencial de L. microphylla, a DL80 foi de 9,95 ± 1,25 mg.g-1 em aplicação tópica e 18,56 ± 3,55 µL via aplicação do volátil. A análise química demonstrou que os principais constituintes foram citronelal para o óleo essencial de C. citriodora, e (E)-cariofileno e (E)-nerolidol para o de L. microphylla. Os óleos essenciais de C. citriodora e L. microphylla são promissores para o controle de S. frugiperda, com destaque para o efeito volátil do óleo de C. citriodora.(AU)


Assuntos
Óleos Voláteis , Spodoptera/parasitologia , Zea mays , Resistência a Inseticidas , Controle de Pragas , Lippia
6.
R. bras. Parasitol. Vet. ; 25(4): 383-393, Sept.-Dec. 2016. tab, ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-744053

Resumo

Abstract The anthelminthic activity of the essential oil (EO) of Piper aduncum L. was tested in vitro on eggs and larvae of resistant (Embrapa2010) and susceptible (McMaster) isolates of Haemonchus contortus. The EO was obtained by steam distillation and its components identified by chromatography. EO concentrations of 12.5 to 0.02 mg/mL were used in the egg hatch test (EHT) and concentrations of 3.12 to 0.01 mg/mL in the larval development test (LDT). Inhibition concentrations (IC) were determined by the SAS Probit procedure, and significant differences assessed by ANOVA followed by Tukeys test. In the EHT, the IC50 for the susceptible isolate was 5.72 mg/mL. In the LDT, the IC50 and IC90 were, respectively, 0.10 mg/mL and 0.34 mg/mL for the susceptible isolate, and 0.22 mg/mL and 0.51 mg/mL for the resistant isolate. The EO (dillapiole 76.2%) was highly efficacious on phase L1. Due to the higher ICs obtained for the resistant isolate, it was raised the hypothesis that dillapiole may have a mechanism of action that resembles those of other anthelmintic compounds. We further review and discuss studies, especially those conducted in Brazil, that quantified the major constituents of P. aduncum-derived EO.(AU)


Resumo Este estudo avaliou a atividade anti-helmíntica in vitro do óleo essencial (OE) de Piper aduncum L. sobre ovos e larvas de Haemonchus contortus, verificando se um isolado resistente (Embrapa2010), apresentaria o mesmo comportamento que um sensível (McMaster). O OE foi obtido por arraste a vapor e analisado por cromatografia para identificação dos constituintes. O óleo foi avaliado nas concentrações de 12,5 a 0,02 mg/mL no Teste de eclosão dos ovos (TEO) e nas concentrações de 3,12 a 0,01 mg/mL no Teste de desenvolvimento larvar (TDL). As concentrações inibitórias (CI) foram determinadas pelo procedimento Probit do SAS e as diferenças estatísticas geradas pela ANOVA seguida pelo teste de Tukey. Para o isolado sensível obteve-se CI50 de 5,72 mg/mL no TEO. No TDL o óleo apresentou CI50 e CI90 de 0,10 mg/mL e 0,34 mg/mL para o isolado sensível e 0,22 mg/mL e 0,51 mg/mL para o resistente, respectivamente. Demonstrou-se que o OE (dilapiol 76,2%) teve alta eficácia sobre a fase L1. Devido às elevadas CIs obtidas para o isolado resistente, levantou-se a hipótese de que o dilapiol talvez possua um mecanismo de ação semelhante a algum grupo anti-helmíntico. O artigo faz uma revisão e discute estudos de quantificação dos constituintes majoritários do OE de P. aduncum, destacando os realizados no Brasil.(AU)


Assuntos
Animais , Anti-Helmínticos/isolamento & purificação , Anti-Helmínticos/farmacologia , Resistência a Medicamentos , Haemonchus/efeitos dos fármacos , Piper/química , Óleos Voláteis , Brasil
7.
Ci. Rural ; 44(7): 1312-1318, July 2014. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-29230

Resumo

Sementes de maracujá foram submetidas à prensagem sob diferentes taxas de alimentação (1,2 a 3,0kgh-1) com o objetivo de avaliar o impacto desta variação no rendimento do processo de extração, nas características de qualidade e na composição em ácidos graxos do óleo de semente de maracujá. O rendimento de extração de óleo variou entre 24 e 25%, com eficiência de 84 a 86% e teor residual de óleo na torta parcialmente desengordurada em torno de 5%, indicando que o processo utilizado foi adequado à matéria-prima. O menor valor de temperatura de saída do óleo da prensa foi observado na taxa de alimentação de 2,4kgh-1. Não houve diferença significativa (P>0,05) para a composição em ácidos graxos, estabilidade oxidativa, densidade e para os índices de iodo, saponificação, refração e de peróxidos. No entanto, houve diferença (P 0,05) quanto ao teor de ácidos graxos livres, que foi menor para o óleo obtido na maior taxa de alimentação, e para umidade do óleo, que foi maior para a menor taxa de alimentação. A taxa de alimentação na prensagem de sementes de maracujá promoveu diferenças quanto à qualidade do óleo.(AU)


Passion fruit seeds were subjected to pressing under different feed rates (1.2 to 3.0kgh-1) in order to assess the impact of this variation in the yield of the extraction process, the quality characteristics and fatty acid composition of the passion fruit seed oil obtained. The yield of the process ranged between 24 and 25% and presented 84 to 86% of efficiency and residual oil in partially defatted cake around 5%, indicating that the procedure was adequate to the raw material. The lowest press oil outlet temperature was observed at the feed rate of 2.4kgh-1. No significant difference (P>0.05) were observed for fatty acid composition, oxidative stability, density and iodine, saponification, refraction and peroxide values. However, significant differences (P 0.05) was observed on free fatty acids content, which was lower for the highest feed rate, and oil moisture, which was higher for the lowest feed rate. The feed rate in pressing of passion fruit seeds promoted differences in oil quality.(AU)


Assuntos
Passiflora , Sementes , Óleos de Plantas/análise
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA