Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 3 de 3
Filtrar
Mais filtros

Ano de publicação
Tipo de documento
Intervalo de ano de publicação
1.
Ci. Anim. bras. ; 15(4)2014.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-745051

Resumo

Fish farming in small floating cages is the subject of local discussions due to the possible sustainable use of the Amazon basin, alleviating poverty of people who live near lakes and rivers. "Tambaqui" is one of the main species indicated to this end because this is an omnivorous species, well accepted in the local market, whose demand grows fast due to the over-fishing around big western Amazon cities such as Manaus. However, more information about "tambaqui" farming in small volume cages is necessary to increase and advance production in this system. Therefore, we studied the effects of four stocking densities (10, 20, 30 and 40fish/m³) in "tambaqui" farming in small cages (1m³). We evaluated fish growth and number of gills parasites. The results showed clear fish biomass rise by the increase of "tambaqui" stocking density. No effect of stocking density was observed on fish individual growth, survival and number of gills parasites.


A criação de peixes em gaiolas flutuantes na Amazônia Ocidental é um assunto de interesse inclusive governamental, pois traz à discussão a possibilidade do uso sustentável de grandes corpos de água da bacia amazônica, podendo, assim, beneficiar populações ribeirinhas com geração de trabalho e renda. O tambaqui é umas das espécies mais indicadas para esse fim por ser um peixe onívoro, bem apreciado no mercado consumidor local, além da demanda crescente, devido à redução dos estoques naturais pela pesca extrativista e desmatamento da mata ciliar nos arredores das grandes cidades nortistas como Manaus. Entretanto, mais informações básicas sobre a criação da espécie em gaiolas de baixo volume ainda são necessárias para o aperfeiçoamento e avanço da atividade. O presente trabalho estudou os efeitos de quatro densidades de estocagem (10, 20, 30 e 40 peixes/m³) no crescimento e na incidência de parasitas, monogêneas, nas brânquias do tambaqui cultivado em gaiolas de baixo volume (1m³). O estudo pode contribuir com mais informações elementares para a exploração racional dos recursos naturais amazônicos, o tambaqui e os grandes corpos de água. Os resultados mostram que é possível aumentar a produção de biomassa de tambaqui em gaiolas de baixo volume de 1m³ aumentando-se a densidade de estocagem até 40 peixes/m³, sem prejuízos no crescimento e aumento de carga parasitária nas brânquias dos peixes.

2.
Pesqui. vet. bras ; 28(10): 477-480, Oct. 2008. graf, tab
Artigo em Português | LILACS, VETINDEX | ID: lil-506692

Resumo

Objetivando o delineamento do perfil de sensibilidade dos agentes bacterianos causadores de enfermidades em peixes, 51 isolados bacterianos provenientes de Jundiá e pertencentes aos gêneros Acinetobacter spp. (8), Aeromonas spp. (15), Edwardsiella spp. (2), Enterobacter spp. (2), Klebsiella spp. (1), Plesiomonas spp. (5), Pseudomonas spp. (1), Staphylococcus spp.(11) e Vibrio spp. (6) foram testados frente aos antimicrobianos utilizados no tratamento de enfermidades em peixes. Dos 51 isolados bacterianos obtidos de exemplares de Jundiá (Rhamdia quelen) 51 (100 por cento) foram sensíveis a gentamicina, 49 (96,08 por cento) ao sulfazotrim, 47 (92,16 por cento) ao cloranfenicol, 43 (84,31 por cento), a tetraciclina, 43 (84,31 por cento) ao ácido nalidíxico, 31 (60,78 por cento) à nitrofurantoina, 22 (43,14 por cento) à eritromicina, 22 (43,14 por cento) à ampicilina, 15 (29,41 por cento) à espiramicina, 13 (25,50 por cento) à colistina e 5 (3 por cento) foram sensíveis a penicilina G. Com exceção de um isolado do gênero Staphylococcus spp., as bactérias analisadas no presente estudo foram resistentes a um ou mais agentes antimicrobianos testados. O conhecimento do perfil de sensibilidade das bactérias envolvidas em processos infecciosos nos peixes permitirá aos técnicos à adoção de uma antimicrobianoterapia racional, que contribuirá para o controle das enfermidades em Rhamdia quelen, sem causar grandes riscos à saúde pública e ao meio ambiente.(AU)


Aiming the evaluation of sensitivity profiles of pathogen bacteria responsible for fish diseases, 51 bacterial isolates from Jundiá (Rhamdia quelen) belonging to the genus Acinetobacter spp. (8), Aeromonas spp. (15), Edwardsiella spp. (2), Enterobacter spp. (2), Klebsiella spp. (1), Plesiomonas spp. (5), Pseudomonas spp. (1), Staphylococcus spp. (11), and Vibrio spp. (6), were tested against antimicrobial agents used for treatment of bacterial fish diseases. All samples were processed at the Laboratory of Bacteriology, Department of Preventive Veterinary Medicine, UFSM. From 51 bacteria isolated from jundiá fishes (Rhamdia quelen) 51 (100 percent) were sensitive to gentamycin, 49 (96,08 percent) to sulphazotrin, 47(92,16 percent) to chloramphenicol, 43 (84,31 percent) to tetracylin, 43 (84,31 percent) to naldixic acid, 31 (60,78 percent) to nitrofurantoin, 22 (43,14 percent) to erytromycin, 22 (43,14 percent) to ampicillin, 15 (29,41 percent) spiramycin, 13 (25,50 percent) to cholystin, and 5 (3 percent) to penicillin G. With exception of an isolate of Staphylococcus spp., the bacteria analyzed in the present study were resistant to one or more antimicrobial agents tested. Knowledge of the sensitivity profile of bacteria involved in infectious processes in fish will allow rational antimicrobial treatment that will contribute to the control of fish diseases in Rhamdia quelen without causing great risks to public health and the environment.(AU)


Assuntos
Animais , Staphylococcus , Tetraciclina , Bacteriologia , Peixes-Gato/microbiologia , Ácido Nalidíxico , Cloranfenicol , Eritromicina , Colistina , Ampicilina , Anti-Infecciosos , Nitrofurantoína
3.
Pesqui. vet. bras ; 28(10): 477-480, 2008. graf, tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-357

Resumo

Objetivando o delineamento do perfil de sensibilidade dos agentes bacterianos causadores de enfermidades em peixes, 51 isolados bacterianos provenientes de Jundiá e pertencentes aos gêneros Acinetobacter spp. (8), Aeromonas spp. (15), Edwardsiella spp. (2), Enterobacter spp. (2), Klebsiella spp. (1), Plesiomonas spp. (5), Pseudomonas spp. (1), Staphylococcus spp.(11) e Vibrio spp. (6) foram testados frente aos antimicrobianos utilizados no tratamento de enfermidades em peixes. Dos 51 isolados bacterianos obtidos de exemplares de Jundiá (Rhamdia quelen) 51 (100 por cento) foram sensíveis a gentamicina, 49 (96,08 por cento) ao sulfazotrim, 47 (92,16 por cento) ao cloranfenicol, 43 (84,31 por cento), a tetraciclina, 43 (84,31 por cento) ao ácido nalidíxico, 31 (60,78 por cento) à nitrofurantoina, 22 (43,14 por cento) à eritromicina, 22 (43,14 por cento) à ampicilina, 15 (29,41 por cento) à espiramicina, 13 (25,50 por cento) à colistina e 5 (3 por cento) foram sensíveis a penicilina G. Com exceção de um isolado do gênero Staphylococcus spp., as bactérias analisadas no presente estudo foram resistentes a um ou mais agentes antimicrobianos testados. O conhecimento do perfil de sensibilidade das bactérias envolvidas em processos infecciosos nos peixes permitirá aos técnicos à adoção de uma antimicrobianoterapia racional, que contribuirá para o controle das enfermidades em Rhamdia quelen, sem causar grandes riscos à saúde pública e ao meio ambiente.(AU)


Aiming the evaluation of sensitivity profiles of pathogen bacteria responsible for fish diseases, 51 bacterial isolates from Jundiá (Rhamdia quelen) belonging to the genus Acinetobacter spp. (8), Aeromonas spp. (15), Edwardsiella spp. (2), Enterobacter spp. (2), Klebsiella spp. (1), Plesiomonas spp. (5), Pseudomonas spp. (1), Staphylococcus spp. (11), and Vibrio spp. (6), were tested against antimicrobial agents used for treatment of bacterial fish diseases. All samples were processed at the Laboratory of Bacteriology, Department of Preventive Veterinary Medicine, UFSM. From 51 bacteria isolated from jundiá fishes (Rhamdia quelen) 51 (100 percent) were sensitive to gentamycin, 49 (96,08 percent) to sulphazotrin, 47(92,16 percent) to chloramphenicol, 43 (84,31 percent) to tetracylin, 43 (84,31 percent) to naldixic acid, 31 (60,78 percent) to nitrofurantoin, 22 (43,14 percent) to erytromycin, 22 (43,14 percent) to ampicillin, 15 (29,41 percent) spiramycin, 13 (25,50 percent) to cholystin, and 5 (3 percent) to penicillin G. With exception of an isolate of Staphylococcus spp., the bacteria analyzed in the present study were resistant to one or more antimicrobial agents tested. Knowledge of the sensitivity profile of bacteria involved in infectious processes in fish will allow rational antimicrobial treatment that will contribute to the control of fish diseases in Rhamdia quelen without causing great risks to public health and the environment.(AU)


Assuntos
Animais , Testes de Sensibilidade Microbiana/métodos , Testes de Sensibilidade Microbiana/veterinária , Antibacterianos/isolamento & purificação , Antibacterianos/uso terapêutico , Bactérias/isolamento & purificação , Peixes-Gato/lesões , Peixes-Gato/microbiologia
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA