Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 17 de 17
Filtrar
Mais filtros

Intervalo de ano de publicação
1.
Neotrop. ichthyol ; 21(1): e220097, 2023. ilus, tab, mapas
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1428620

Resumo

A new species of stick-catfish Farlowella is described from streams of the lower rio Tapajós drainage, in Pará State, northern Brazil. The new species is distinguished from all congeners by a naked gular region (vs. gular region with plates) and from most congeners by the presence of five lateral series of plate rows on anterior region of body (vs. four). The new species shows variation in the series of abdominal plates and a discussion on the variation of abdominal plates within Farlowella is made and comments on synapomorphic characters in Farlowellini.(AU)


Uma nova espécie de cascudo-graveto Farlowella é descrita de pequenos igarapés do baixo rio Tapajós, no Estado do Pará, norte do Brasil. A nova espécie é distinta de todas as suas congêneres por uma região gular nua (vs. região gular com placas) e de muitas congêneres pela presença de cinco fileiras de placas laterais na região anterior do corpo (vs. quatro). A nova espécie apresenta variação na série de placas abdominais e é feita uma discussão sobre a variação das placas abdominais dentro de Farlowella e comentários sobre caracteres sinapomórficos em Farlowellini.(AU)


Assuntos
Animais , Peixes-Gato/classificação , Biodiversidade , Especificidade da Espécie , Brasil
2.
Neotrop. ichthyol ; 21(3): e230008, 2023. tab, graf, mapas
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1506784

Resumo

A new species of Loricaria is described from the upper Amazon River basin, Colombia. The new species is distinguished from its congeners primarily by having the dorsal portion of head with uniform black or dark brown coloration extending to three or four plates posterior to dorsal fin base, or with two longitudinal bands from tip of the snout to origin of dorsal fin; abdominal plates tightly joined and completely covering the median abdominal space and pectoral girdle; and pectoral and dorsal fins totally black or dark brown, without bands, spots, or blotches. The new species is further distinguished by plate counts, and body measurements. An analysis of genetic distances using the cytochrome oxidase c subunit 1 marker of the mitochondrial genome showed a clear differentiation between the new species and Loricaria cataphracta (5.8-7.6%), L. nickeriensis (5.7-6.1%), and L. simillima (2.7-7.0%). Species delimitation analyses were carried out, which further supported the new species as a divergent lineage within the genus. Fish species diversity of the upper Amazon River basin and taxonomic issues related to L. simillima are included as part of the discussion.(AU)


Se describe una nueva especie de Loricaria de la cuenca alta del río Amazonas, Colombia. La nueva especie se distingue de sus congéneres principalmente por presentar la parte dorsal de la cabeza con un color uniforme negro o marrón oscuro que se extiende a tres o cuatro placas posteriores a la base de la aleta dorsal, o con dos franjas longitudinales desde la punta del hocico hasta el origen de la aleta dorsal; placas abdominales unidas y cubriendo completamente la porción central del abdomen y la cintura pectoral; y aletas pectorales y dorsal completamente negras o marrón oscuro, sin bandas ni manchas. La nueva especie se distingue además por conteos de placas y medidas corporales. Un análisis de distancias genéticas utilizando el marcador de la subunidad 1 del citocromo oxidasa c del genoma mitocondrial mostró una clara diferenciación entre la nueva especie y Loricariacataphracta (5,8-7,6%), L. nickeriensis (5,7-6,1%) y L. simillima (2,7-7,0%). Adicionalmente se realizaron análisis de delimitación de especies, lo que mostró información adicional para reconocer la nueva especie como un linaje divergente dentro del género. La diversidad de especies de peces en la parte superior del río Amazonas y cuestiones taxonómicas relacionadas con L. simillima se incluyen como parte de la discusión.(AU)


Assuntos
Animais , Peixes-Gato/anatomia & histologia , Peixes-Gato/classificação , Distribuição Animal , Especificidade da Espécie , Colômbia
3.
Neotrop. ichthyol ; 20(1): e210129, 2022. tab, graf, ilus
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1365198

Resumo

A new Ancistrus species is described from Tapajós and Xingu river basins. It is distinguished from its congeners by the singular body color pattern, consisting of dark vermiculated stripes almost all over the body, and also by combination of features as a narrow head, large internostril distance, and absence of rows of enlarged odontodes on the lateral plates. In addition, the new species is distinguished from congeners that inhabit the rio Tapajós basin by the presence of a fully-developed adipose fin (vs. adipose fin absent in Ancistrus parecis and A. tombador, and vestigial adipose fin or absent in A. krenakarore). It differs from A. ranunculus, also from the rio Xingu, by the color pattern, smaller body size, smaller gill opening, and narrower cleithral width. The new taxon adds a new record to the list of species shared among the Xingu and Tapajós basins.(AU)


Uma nova espécie de Ancistrus é descrita das bacias dos rios Tapajós e Xingu. Distingue-se de suas congêneres pelo padrão de colorido único, que consiste em listras vermiculadas escuras em quase todo o corpo, e também pela combinação de características como cabeça estreita, maior distância entre as narinas e ausência de séries de grandes odontódeos nas placas laterais. Adicionalmente, a nova espécie pode ser diferenciada de suas congêneres da bacia do rio Tapajós pela presença de uma nadadeira adiposa totalmente desenvolvida (vs. nadadeira adiposa ausente em Ancistrus parecis e A. tombador, nadadeira adiposa vestigial ou ausente em A. krenakarore). Ela difere de A. ranunculus, a única outra espécie do rio Xingu, pelo padrão de colorido, menor tamanho corporal, menor abertura branquial e menor largura entre os cleitros. O novo táxon adiciona um novo registro à lista de espécies compartilhadas entre as bacias do Xingu e Tapajós.(AU)


Assuntos
Animais , Peixes-Gato/classificação , Tamanho Corporal , Bacias Fluviais
4.
Neotrop. ichthyol ; 20(3): e220040, 2022. tab, ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1406130

Resumo

Aspidoras comprises 25 species currently considered as valid, being widely distributed in Brazil, occurring from the upper rio Paraná basin in São Paulo to coastal basins of Ceará. After Nijssen, Isbrücker's review more than 40 years ago, no extensive work regarding the taxonomy of Aspidoras was conducted. Our paper presents a comprehensive taxonomic revision of the genus, based primarily on the extensive material that has been collected since then. Considering the new diagnosis plus the available phylogenetic data, A. pauciradiatus and A. virgulatus are transferred to Corydoras and Scleromystax, respectively. New synonymies are proposed: A. eurycephalus and A. taurus with A. albater; A. menezesi and A. spilotus with A. raimundi; and A. microgalaeus and A. marianae with A. poecilus. Additionally, a new species from the Araguaia and Paraguay river basins is described, which can be distinguished from its congeners by the morphology of its complex vertebra and infraorbital 1. Thereby, the number of valid species within Aspidoras was reduced from 25 to 18. Redescriptions for A. albater, A. belenos, A. depinnai, A. fuscoguttatus, A. lakoi, A. maculosus, A. poecilus, A. psammatides, A. raimundi, and A. velites are provided. An identification key to the species of Aspidoras is also provided.


Aspidoras compreende 25 espécies atualmente consideradas como válidas, sendo amplamente distribuído no Brasil, ocorrendo desde a bacia do alto rio Paraná em São Paulo até as bacias costeiras do Ceará. Após a revisão de Nijssen, Isbrücker há mais de 40 anos, nenhum trabalho extensivo sobre a taxonomia de Aspidoras foi conduzido. Nosso trabalho apresenta uma revisão taxonômica abrangente do gênero, baseada principalmente no extenso material que foi coletado desde então. Considerando a nova diagnose mais os dados filogenéticos disponíveis, A. pauciradiatus e A. virgulatus são transferidas para Corydoras e Scleromystax, respectivamente. Novas sinonímias são propostas: A. eurycephalus e A. taurus com A. albater; A. menezesi e A. spilotus com A. raimundi; e A. microgalaeus e A. marianae com A. poecilus. Adicionalmente, uma espécie nova é descrita das bacias dos rios Araguaia e Paraguai, podendo ser distinguida de suas congêneres pela morfologia da vértebra complexa e infraorbital 1. Assim, o número de espécies válidas em Aspidoras foi reduzido de 25 para 18. Redescrições para A. albater, A. belenos, A. depinnai, A. fuscoguttatus, A. lakoi, A. maculosus, A. poecilus, A. psammatides, A. raimundi e A. velites são fornecidas. Uma chave de identificação para as espécies de Aspidoras também é fornecida.


Assuntos
Animais , Osso e Ossos/anatomia & histologia , Peixes-Gato/anatomia & histologia , Peixes-Gato/classificação
5.
Neotrop. ichthyol ; 16(4): [e170162], out. 2018. tab, ilus
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-964041

Resumo

Callichthyidae comprises the subfamilies Callichthyinae and Corydoradinae, both of which are morphologically distinct and monophyletic. Although there is consensus regarding the monophyly of the family, the relationships of about 80% of its species, currently included in the genus Corydoras, remain poorly known. Despite the vast amount of osteological information for Teleostei, knowledge regarding the phylogenetic implications of encephalon anatomy is sparse and represents a poorly explored source of potential characters. The present study aims to describe the encephalon morphology in members of the Callichthyidae in order to propose new characters that may help address phylogenetic questions regarding this group. In addition to representatives of Callichthyidae, specimens belonging to the Nematogenyidae, Trichomycteridae, Scoloplacidae, Astroblepidae and Loricariidae were dissected for comparative purposes. Head dissection revealed information on the structure of the medulla spinalis, rhombencephalon, mesencephalon, diencephalon and telencephalon. The conditions observed on the encephalons examined suggest that representatives of Callichthyidae have great taste perception and processing, while Corydoradinae stand out for visual acuity and Callichthyinae for mechanoreception processing subunits. Our results also indicate that the encephalon has important features for systematic studies of the family bringing greater resolution to current phylogenetic hypotheses.(AU)


Callichthyidae é composto por Callichthyinae e Corydoradinae, ambos morfologicamente distintos e monofiléticos. Apesar do consenso em relação ao mofiletismo da família, as relações de cerca de 80% de suas espécies, atualmente incluídas no gênero Corydoras, permanecem pouco conhecidas. Apesar da grande quantidade de informação osteológica sobre Teleostei, o conhecimento sobre as implicações filogenéticas da anatomia do encéfalo é escasso e, por isso, considerado uma fonte inexplorada de caracteres. O objetivo do presente estudo é a descrição morfológica dos encéfalos de Callichthyidae, fornecendo novos caracteres que podem elucidar questões filogenéticas para o grupo. Além dos representantes de Callichthyidae, espécimes pertencentes a Nematogenyidae, Trichomycteridae, Scoloplacidae, Astroblepidae e Loricariidae foram dissecados para fins comparativos. A dissecção do crânio revelou informações sobre a estrutura da medulla spinalis, rhombencephalon, mesencephalon, diencephalon e telencephalon. As condições observadas nos encéfalos sugerem que representantes de Callichthyidae possuem grande capacidade de percepção e processamento químico, enquanto os Corydoradinae se destacam pela acuidade visual e os Callichthyinae pelas unidades de processamento mecanoreceptoras. Nossos resultados indicam que os encéfalos detêm características importantes para contribuir com estudos sobre a sistemática da família, trazendo maior resolução para as hipóteses atuais de reconstrução filogenética.(AU)


Assuntos
Animais , Peixes-Gato/anatomia & histologia , Peixes-Gato/classificação , Encéfalo/anatomia & histologia , Medula Espinal
6.
Neotrop. ichthyol ; 16(4): e170162, out. 2018. tab, ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-20648

Resumo

Callichthyidae comprises the subfamilies Callichthyinae and Corydoradinae, both of which are morphologically distinct and monophyletic. Although there is consensus regarding the monophyly of the family, the relationships of about 80% of its species, currently included in the genus Corydoras, remain poorly known. Despite the vast amount of osteological information for Teleostei, knowledge regarding the phylogenetic implications of encephalon anatomy is sparse and represents a poorly explored source of potential characters. The present study aims to describe the encephalon morphology in members of the Callichthyidae in order to propose new characters that may help address phylogenetic questions regarding this group. In addition to representatives of Callichthyidae, specimens belonging to the Nematogenyidae, Trichomycteridae, Scoloplacidae, Astroblepidae and Loricariidae were dissected for comparative purposes. Head dissection revealed information on the structure of the medulla spinalis, rhombencephalon, mesencephalon, diencephalon and telencephalon. The conditions observed on the encephalons examined suggest that representatives of Callichthyidae have great taste perception and processing, while Corydoradinae stand out for visual acuity and Callichthyinae for mechanoreception processing subunits. Our results also indicate that the encephalon has important features for systematic studies of the family bringing greater resolution to current phylogenetic hypotheses.(AU)


Callichthyidae é composto por Callichthyinae e Corydoradinae, ambos morfologicamente distintos e monofiléticos. Apesar do consenso em relação ao mofiletismo da família, as relações de cerca de 80% de suas espécies, atualmente incluídas no gênero Corydoras, permanecem pouco conhecidas. Apesar da grande quantidade de informação osteológica sobre Teleostei, o conhecimento sobre as implicações filogenéticas da anatomia do encéfalo é escasso e, por isso, considerado uma fonte inexplorada de caracteres. O objetivo do presente estudo é a descrição morfológica dos encéfalos de Callichthyidae, fornecendo novos caracteres que podem elucidar questões filogenéticas para o grupo. Além dos representantes de Callichthyidae, espécimes pertencentes a Nematogenyidae, Trichomycteridae, Scoloplacidae, Astroblepidae e Loricariidae foram dissecados para fins comparativos. A dissecção do crânio revelou informações sobre a estrutura da medulla spinalis, rhombencephalon, mesencephalon, diencephalon e telencephalon. As condições observadas nos encéfalos sugerem que representantes de Callichthyidae possuem grande capacidade de percepção e processamento químico, enquanto os Corydoradinae se destacam pela acuidade visual e os Callichthyinae pelas unidades de processamento mecanoreceptoras. Nossos resultados indicam que os encéfalos detêm características importantes para contribuir com estudos sobre a sistemática da família, trazendo maior resolução para as hipóteses atuais de reconstrução filogenética.(AU)


Assuntos
Animais , Peixes-Gato/anatomia & histologia , Peixes-Gato/classificação , Encéfalo/anatomia & histologia , Medula Espinal
7.
Neotrop. ichthyol ; 15(1): e160118, 2017. tab, ilus
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-841883

Resumo

A new species of Aspidoras from the rio da Dona basin, a small coastal river drainage in Bahia State, is described herein. The new taxon differs from its congeners by presenting infraorbital 1 with well-developed ventral laminar expansion, nuchal plate nearly reaching to or sometimes contacting posterior process of parieto-supraoccipital, anterior tip of nuchal plate just posterior to dorsal margin of first dorsolateral body plate, and blotches on dorsal half of dorsolateral body plates and/or ventral half of ventrolateral body plates fused with midlateral series of blotches, forming three or four enlarged and oblique black blotches.(AU)


Uma nova espécie de Aspidoras da bacia do rio da Dona, uma pequena drenagem costeira do estado da Bahia, é aqui descrita. O novo táxon difere de suas congêneres por apresentar infraorbital 1 com expansão laminar ventral bem desenvolvida, placa nucal quase alcançando ou alcançando o processo posterior do parieto-supraoccipital, extremidade anterior da placa nucal apenas posterior à extremidade dorsal da primeira placa dorsolateral, e três ou quatro manchas pretas grandes na porção lateral mediana do corpo, geralmente inclinadas anterodorsalmente e conectadas à série de manchas dorsais e fusionadas à série ventral de manchas.(AU)


Assuntos
Animais , Peixes-Gato/anatomia & histologia , Peixes-Gato/classificação , Classificação , Drenagem
8.
Neotrop. ichthyol ; 15(1): [e160118], Abril 6, 2017. tab, ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-16585

Resumo

A new species of Aspidoras from the rio da Dona basin, a small coastal river drainage in Bahia State, is described herein. The new taxon differs from its congeners by presenting infraorbital 1 with well-developed ventral laminar expansion, nuchal plate nearly reaching to or sometimes contacting posterior process of parieto-supraoccipital, anterior tip of nuchal plate just posterior to dorsal margin of first dorsolateral body plate, and blotches on dorsal half of dorsolateral body plates and/or ventral half of ventrolateral body plates fused with midlateral series of blotches, forming three or four enlarged and oblique black blotches.(AU)


Uma nova espécie de Aspidoras da bacia do rio da Dona, uma pequena drenagem costeira do estado da Bahia, é aqui descrita. O novo táxon difere de suas congêneres por apresentar infraorbital 1 com expansão laminar ventral bem desenvolvida, placa nucal quase alcançando ou alcançando o processo posterior do parieto-supraoccipital, extremidade anterior da placa nucal apenas posterior à extremidade dorsal da primeira placa dorsolateral, e três ou quatro manchas pretas grandes na porção lateral mediana do corpo, geralmente inclinadas anterodorsalmente e conectadas à série de manchas dorsais e fusionadas à série ventral de manchas.(AU)


Assuntos
Animais , Peixes-Gato/classificação , Classificação , Peixes-Gato/anatomia & histologia , Drenagem
9.
Neotrop. ichthyol ; 14(3): e150158, 2016. tab, mapas, ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX, LILACS | ID: lil-794743

Resumo

The genus Scleromystax includes species occurring in several coastal river basins from southern Bahia to southern Santa Catarina States. Examination of Scleromystax specimens sampled from the laguna dos Patos drainage revealed a new taxon, further extending the distribution of the genus to the southern border of the Atlantic forest. The new species differs from its congeners by the second infraorbital ventrally expanded. It is also distinct, except from S. macropterus and S. salmacis , by roughly oblique, elongate, dark brown blotches along body; large specimens displaying cranial fontanel completely occluded, leaving just a shallow fossae; and sexually dimorphic features inconspicuous, i.e. preopercular (cheek) region similar in males and females, and dorsal and pectoral fins of males slightly longer than in females. Herein, we also extend the record of Scleromystax salmacis to the rio Tramandaí drainage.(AU)


O gênero Scleromystax inclui espécies distribuídas nas diversas bacias hidrográficas costeiras entre o sul do Estado da Bahia e o sul do Estado de Santa Catarina. O exame de exemplares de Scleromystax coletados nos sistema da laguna dos Patos revelou um novo táxon, estendendo a distribuição do gênero para o limite austral da Mata Atlântica. A nova espécie difere de seus congêneres pelo segundo infraorbital expandido ventralmente. Também se distingue, exceto de S. macropterus e S. salmacis , por manchas castanho-escuras alongadas e oblíquas ao longo do corpo; espécimes grandes apresentando a fontanela craniana completamente oclusa, restando somente uma depressão superficial; e características de dimorfismo sexual inconspícuas, i.e. região pré-opercular semelhante em machos e fêmeas, e nadadeiras dorsal e peitoral dos machos sutilmente mais longa que das fêmeas. No presente estudo, o registro de S. salmacis é estendido até a drenagem do rio Tramandaí.(AU)


Assuntos
Animais , Peixes-Gato/anatomia & histologia , Peixes-Gato/classificação , Identidade de Gênero
10.
Neotrop. ichthyol ; 14(3): [e150158], Setembro 15, 2016. tab, mapas, ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-16613

Resumo

The genus Scleromystax includes species occurring in several coastal river basins from southern Bahia to southern Santa Catarina States. Examination of Scleromystax specimens sampled from the laguna dos Patos drainage revealed a new taxon, further extending the distribution of the genus to the southern border of the Atlantic forest. The new species differs from its congeners by the second infraorbital ventrally expanded. It is also distinct, except from S. macropterus and S. salmacis , by roughly oblique, elongate, dark brown blotches along body; large specimens displaying cranial fontanel completely occluded, leaving just a shallow fossae; and sexually dimorphic features inconspicuous, i.e. preopercular (cheek) region similar in males and females, and dorsal and pectoral fins of males slightly longer than in females. Herein, we also extend the record of Scleromystax salmacis to the rio Tramandaí drainage.(AU)


O gênero Scleromystax inclui espécies distribuídas nas diversas bacias hidrográficas costeiras entre o sul do Estado da Bahia e o sul do Estado de Santa Catarina. O exame de exemplares de Scleromystax coletados nos sistema da laguna dos Patos revelou um novo táxon, estendendo a distribuição do gênero para o limite austral da Mata Atlântica. A nova espécie difere de seus congêneres pelo segundo infraorbital expandido ventralmente. Também se distingue, exceto de S. macropterus e S. salmacis , por manchas castanho-escuras alongadas e oblíquas ao longo do corpo; espécimes grandes apresentando a fontanela craniana completamente oclusa, restando somente uma depressão superficial; e características de dimorfismo sexual inconspícuas, i.e. região pré-opercular semelhante em machos e fêmeas, e nadadeiras dorsal e peitoral dos machos sutilmente mais longa que das fêmeas. No presente estudo, o registro de S. salmacis é estendido até a drenagem do rio Tramandaí.(AU)


Assuntos
Animais , Peixes-Gato/classificação , Peixes-Gato/genética , Caracteres Sexuais , Identidade de Gênero
11.
Pap. avulsos zool ; 54(3): 25-32, 2014.
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1486864

Resumo

A new species of Corydoras is described from tributaries of the rio Arinos, rio Teles Pires and rio Preto, all in the rio Tapajós basin. The new species is a member of a group that includes 36 species with spots on the body. Within this group, the new species can be readily distinguished by having a smaller dorsal-fin spine than the first three subsequent soft dorsal-fin rays; pectoral, pelvic and anal fins hyaline; dorsal-fin interradial membrane hyaline; rounded spots on trunk restricted to dorsolateral body plates and dorsal portion of ventrolateral body plates, not reaching the base of pelvic and anal fins. The new species can be further distinguished from Corydoras xinguensis by having spots with diffuse edges, and from all other species of spotted Corydoras except C. multimaculatus, by the absence of ventral platelets. A phylogenetic analysis recovered the new species plus Corydoras metae and C. araguaiensis in a clade sharing the presence of a pointed process on the maxilla for insertion of the retractor tentaculi muscle. In addition, the presence in the new species of an elongated anterior portion of the mesethmoid and a triangular uncinate process of the epibranchial 3 suggests a close relationshipwith Corydoras metae.


Assuntos
Animais , Bacias Hidrográficas/análise , Biodiversidade , Classificação , Especificidade da Espécie , Filogenia , Peixes/classificação
12.
Pap. avulsos Zool. ; 54(3): 25-32, 2014.
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-11424

Resumo

A new species of Corydoras is described from tributaries of the rio Arinos, rio Teles Pires and rio Preto, all in the rio Tapajós basin. The new species is a member of a group that includes 36 species with spots on the body. Within this group, the new species can be readily distinguished by having a smaller dorsal-fin spine than the first three subsequent soft dorsal-fin rays; pectoral, pelvic and anal fins hyaline; dorsal-fin interradial membrane hyaline; rounded spots on trunk restricted to dorsolateral body plates and dorsal portion of ventrolateral body plates, not reaching the base of pelvic and anal fins. The new species can be further distinguished from Corydoras xinguensis by having spots with diffuse edges, and from all other species of spotted Corydoras except C. multimaculatus, by the absence of ventral platelets. A phylogenetic analysis recovered the new species plus Corydoras metae and C. araguaiensis in a clade sharing the presence of a pointed process on the maxilla for insertion of the retractor tentaculi muscle. In addition, the presence in the new species of an elongated anterior portion of the mesethmoid and a triangular uncinate process of the epibranchial 3 suggests a close relationshipwith Corydoras metae.(AU)


Assuntos
Animais , Especificidade da Espécie , Peixes/classificação , Bacias Hidrográficas/análise , Classificação , Biodiversidade , Filogenia
13.
Neotrop. ichthyol ; 12(1): 89-96, Jan-Mar/2014. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-10626

Resumo

A new species of Corydoras is described from three tributaries of the rio Ivaí drainage, upper rio Paraná basin, Paraná State, Brazil. The new species can be distinguished from most of its congeners by the presence of three nasal pores. Other diagnostic features are the lower number of serrations in posterior margin of pectoral and dorsal spines and presence of four to six small black blotches along the midline of the flank. The possible mimetic relationship between the new species and Characidium heirmostigmata is discussed. Uma espécie nova de Corydoras é descrita de três tributários da drenagem do rio Ivaí, bacia do alto rio Paraná, estado do Paraná, Brasil. A espécie nova se diferencia da maioria de suas congêneres por apresentar três poros nasais. Outras características diagnósticas são o menor número de serrilhas na margem posterior dos espinhos peitoral e dorsal e presença de quatro a seis manchas pretas pequenas ao longo da linha mediana do flanco. A possível relação mimética entre a espécie nova e Characidium heirmostigmata é discutida.(AU)


Assuntos
Animais , Especificidade da Espécie , Classificação , Rios , Peixes/classificação
14.
Neotrop. ichthyol ; 12(1): 71-79, Jan-Mar/2014. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-10611

Resumo

A new species of Corydoras is described from the lower rio Paraná basin, just downstream from Itaipu Dam, Brazil, close to Paraguay boundary. The new species can be distinguished from most of its congeners by the infraorbital 2 with a posterior laminar expansion conspicuously reduced, first and second dorsal-fin branched rays conspicuously elongated in males, mesethmoid entirely covered by skin, and by the presence of four to six irregular black or brownish blotches on the midline of the flank. The probable occurrence of the new species in the floodplain of the upper portion of the rio Paraná drainage is discussed. Uma espécie nova de Corydoras é descrita da bacia do baixo rio Paraná, logo a jusante da barragem de Itaipu, Brasil, próximo a fronteira com o Paraguai. A espécie nova pode ser distinguida da maioria de suas congêneres pelo infraorbital 2 com uma expansão laminar posterior conspicuamente reduzida, primeiro e segundo raios ramificados da nadadeira dorsal conspicuamente alongados nos machos, mesetmoide totalmente coberto por pele e presença de quatro a seis manchas pretas ou amarronzadas irregulares na linha mediana do flanco. Discute-se a provável ocorrência da espécie nova na planície de inundação da bacia da porção superior do rio Paraná.(AU)


Assuntos
Animais , Especificidade da Espécie , Caracteres Sexuais , Classificação , Bacias Hidrográficas/análise , Peixes/classificação
15.
Neotrop. ichthyol ; 11(2): 257-264, 20130600. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-9519

Resumo

A new species of Corydoras is described from the rio São Francisco basin in northeastern Brazil, Minas Gerais and Bahia States. The new species is distinguished from most of its congeners by the anterior portion of the infraorbital 1 very large, conspicuously expanded towards the anteroventral margin of the snout and almost entirely covering its lateral margin. Other characters that distinguish the new species are the infraorbital 2 slender on its dorsal tip, contacting only sphenotic and not compound pterotic; and the presence of two laterosensory canals on trunk. A phylogenetic analysis including the new species found it sister-group of C. flaveolus, and both species sister-group of C. paleatus. An identification key to the species of the rio São Francisco basin is also provided.(AU)


Uma espécie nova de Corydoras é descrita da bacia do rio São Francisco no nordeste do Brasil, estados de Minas Gerais e Bahia. A espécie nova se distingue da maioria de suas congêneres por apresentar a porção anterior do infraorbital 1 muito desenvolvida, expandindo-se conspicuamente em direção à margem anteroventral do focinho, quase cobrindo completamente sua margem lateral. Outros caracteres que distinguem a espécie nova são o infraorbital 2 estreito em sua extremidade dorsal, em contato apenas com o esfenótico e não com o pterótico composto, e presença de somente dois canais látero-sensoriais no tronco. Uma análise filogenética incluindo a espécie nova encontrou-a como grupo-irmão de C. flaveolus, e ambas como grupo-irmão de C. paleatus. Uma chave para identificação das espécies da bacia do rio São Francisco também é fornecida.(AU)


Assuntos
Animais , Peixes-Gato/classificação , Classificação/métodos , Especificidade da Espécie
16.
Neotrop. ichthyol ; 8(1): 105-112, Jan.-Mar. 2010. ilus, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-2764

Resumo

Xyliphius anachoretes, a new species of aspredinid catfish is described from the Tocantins-Araguaia River system. Xyliphius anachoretes is diagnosed by the presence of six developed retrorse serrae on posterior border of pectoral-fin spine, presence of papillae on the lower lip bearing minute branches, and only two dorsal procurrent rays. Comments about the informativeness of character-state variation among Xyliphius species and aspredinid related genera are furnished. Also, a brief discussion about conservation status of the new taxon is made.(AU)


Xyliphius anachoretes, uma nova espécie de bagre aspredinídeo é descrita para o sistema Tocantins-Araguaia. Xyliphius anachoretes é diagnosticado pela presença de seis serras retrorsas desenvolvidas na borda posterior do espinho da nadadeira peitoral, presença de papilas no lábio inferior apresentando minúsculas ramificações, e somente dois raios pró-correntes dorsais. Comentários sobre a informação contida na variação de estados de caráter entre as espécies de Xyliphius são fornecidos. Além disso, uma breve discussão sobre o estado de conservação do novo táxon é feita.(AU)


Assuntos
Animais , Classificação , Peixes , Demografia , Pesos e Medidas Corporais
17.
Neotrop. ichthyol ; 5(3): 293-300, July-Sept. 2007. ilus, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-1756

Resumo

A new species of Corydoras, C. ortegai, is described from tributaries of the lower course of río Putumayo in Peru, close to the border with Brazil and Colombia. The new species seems to be related to Corydoras reynoldsi, C. weitzmani, C. panda, and C. tukano, all of which share a pattern composed of uniform light ground color on body, dark bar ("mask") across orbit, and one or two large rounded blotches midlaterally on trunk. Corydoras ortegai is easily distinguished from these species, except C. panda, mainly by the absence of a midlateral trunk blotch at the dorsal-fin level, and the rounded shape of the midlateral trunk blotch at the adipose-fin level. Corydoras ortegai differs from C. panda by its greater number of lateral body plates, lack of dorsal-fin blotch, scattered chromatophores surrounding midregion of cleithrum, caudal fin with series of small blotches restricted to rays, slenderer body, and narrower intercleithral area. Corydoras ortegai belongs to a putatively monophyletic assemblage of Corydoras that occurs mainly in the Western Amazon basin, C. tukano excepted. The occurrence of Corydoras tukano in the rio Tiquié (upper Negro basin) and its putative sister species, C. ortegai, in the western Amazon, together with similar distribution patterns shared by other groups of fishes, suggest a biogeographic relationship between these areas(AU)


Uma nova espécie de Corydoras, C. ortegai, é descrita de afluentes do baixo curso do río Putumayo no Peru, próximo a fronteira com o Brasil e Colômbia. A nova espécie parece estar relacionada a Corydoras reynoldsi, C. weitzmani, C. panda e C. tukano, as quais compartilham um padrão de colorido claro e uniforme no corpo, uma faixa escura ("máscara") através da órbita, e uma ou duas manchas grandes e arredondadas no corpo. Corydoras ortegai é facilmente distinta destas espécies, exceto C. panda, principalmente pela ausência de uma mancha lateral no corpo na altura da nadadeira dorsal, e a forma arredondada de uma mancha lateral na altura da nadadeira adiposa. Corydoras ortegai difere de C. panda pelo maior número de placas laterais no corpo, ausência de uma mancha dorsal, cromatóforos espalhados ao redor da região mediana do cleitro, nadadeira caudal com séries de pequenas manchas restritas aos raios, corpo mais delgado, e ßrea entre os cleitros mais estreita. Corydoras ortegai é assinalada a um possível grupamento monofilético de Corydoras que ocorrem principalmente na bacia amazônica ocidental, exceto C. tukano. A ocorrência de Corydoras tukano no rio Tiquié (alto curso da bacia do rio Negro) e sua possível espécie irmã, C. ortegai, na Amazônia ocidental, associada a um padrão de distribuição semelhante compartilhado por outros grupos de peixes, sugerem uma relação biogeográfica entre estas áreas(AU)


Assuntos
Animais , Peixes , Peixes-Gato/anatomia & histologia , Peixes-Gato/classificação , Biodiversidade , Fauna Aquática
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA