Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 6 de 6
Filtrar
Mais filtros

Base de dados
Intervalo de ano de publicação
1.
Braz. j. biol ; 83: e269165, 2023. tab, graf, ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1429996

Resumo

The insect group is one of the most diverse on the planet and due to habitat degradation, many of these species are becoming extinct, leaving a lack of information on the basic biology of each one. In this study, previously unseen information about nesting biology is revealed in Auplopus subaurarius trap nests. This is a solitary ectoparasitoid spider wasp that nests in preexisting cavities. We used a trap-nesting methodology to sample A. subaurarius in two different sampling periods (2017/2018 and 2020/2021) in three types of environment (forest, grassland and Eucalyptus plantation). In our study, the A. subaurarius nest building was more frequent during the hottest months of the year (November to March), with its highest abundance found within natural forest areas and in Eucalyptus plantation than in grassland areas. In addition, the species had two development times: a short one (three months) and a delayed one (up to one year). Moreover, females were larger than males (weight and size) and the species' sex ratio had a tendency toward female production. Auplopus subaurarius presented seven natural enemy species: Ceyxia longispina, Caenochrysis crotonis, Photochryptus sp.1, Photochryptus sp.2, Messatoporus sp., Ephuta icema and Sphaeropthalma sp. We emphasize the importance of wooded environments to maintain the A. subaurarius populations and their associated interactors, both spiders and natural enemies, as these environments can provide better life conditions than grassland areas. Furthermore, other solitary wasps that may have the same lifestyle of A. subaurarius can also be improved by natural forest conservation and by good silviculture plantation planning, which should consider ecological aspects of Atlantic Forest landscapes.


O grupo dos insetos é um dos mais diversos do planeta e devido à degradação dos habitats, muitas dessas espécies estão sendo extintas, deixando uma carência de informações sobre a biologia básica de cada uma. Neste estudo, informações inéditas sobre a biologia de nidificação em ninhos-armadilha de Auplopus subaurarius são reveladas. Essa espécie trata-se de uma vespa solitária ectoparasitóide de aranhas, que nidifica em cavidades preexistentes. Utilizamos a metodologia de ninhos-armadilha para amostrar A. subaurarius em dois períodos amostrais diferentes (2017/2018 e 2020/2021), em três tipos de ambientes (floresta, campo e plantação de Eucalyptus). Em nosso estudo, a nidificação de A. subaurarius foi mais frequente nos meses mais quentes do ano (Novembro a Março), com maior abundância encontrada em áreas de floresta nativa e em plantações de Eucalyptus comparados à áreas de campo. Além disso, a espécie apresentou dois tempos de desenvolvimento, um curto (três meses) e um longo (até um ano). Além disso, as fêmeas foram maiores que os machos (peso e tamanho) e a razão sexual da espécie apresentou tendência à produção de fêmeas. Auplopus subaurarius apresentou sete espécies de inimigos naturais: Ceyxia longispina, Caenochrysis crotonis, Photochryptus sp.1, Photochryptus sp.2, Messatoporus sp., Ephuta icema e Sphaeropthalma sp. Ressaltamos a importância de ambientes arborizados para manutenção das populações de A. subaurarius e seus interagentes associados, tanto aranhas quanto inimigos naturais, uma vez que estes ambientes podem apresentar melhores condições de vida comparados à áreas campestres. Além disso, outras vespas solitárias que podem ter o mesmo estilo de vida de A. subaurarius, também podem ser afetadas positivamente pela conservação das florestas naturais e por um bom planejamento de plantações de silvicultura, as quais devem considerar os aspectos ecológicos das paisagens da Mata Atlântica.


Assuntos
Aranhas , Vespas , Comportamento de Nidação
2.
Braz. J. Biol. ; 74(1): 231-237, 2/2014. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-9708

Resumo

The life history and sex ratio data of the solitary wasp Trypoxylon agamemnon nesting in trap-nests in southern Brazil was recorded from January 2002 to December 2007. Its sex ratio is strongly female-biased, being bivoltine or multivoltine with until three generations per year. It has two alternative life histories (diapause and direct development) and overlapping generations. In addition to the conflict of interest between the sexes, it is possible that local mate competition occurs between males and may cause a greater investment in the production of females.(AU)


Dados sobre a história de vida e a razão sexual da vespa solitária Trypoxylon agamemnon, que nidifica em ninhos-armadilha, foram registrado no sul do Brasil de janeiro de 2002 a dezembro de 2007. Sua razão sexual tendeu fortemente às fêmeas sendo bivoltina ou multivoltina, com até três gerações ao ano. Ela apresenta dois tipos de historia de vida (com diapausa e com desenvolvimento direto), e sobreposição de gerações. Além do conflito de interesses entre os sexos, é possível que a competição local por parceiros ocorra entre machos provocando um maior investimento na produção de fêmeas.(AU)


Assuntos
Animais , Masculino , Feminino , Estágios do Ciclo de Vida/fisiologia , Comportamento de Nidação/fisiologia , Razão de Masculinidade , Vespas/fisiologia , Brasil , Estações do Ano , Vespas/classificação
3.
Braz. J. Biol. ; 74(2): 493-500, 5/2014. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-13705

Resumo

Podium angustifrons Kohl 1902 is a species of solitary wasp which nests in pre-existing cavities, with neotropical distribution in Argentina, Bolivia, Brazil, Colombia, Guyana and French Guyana. The aim of this study was to investigate the nesting biology of P. angustifrons, discussing aspects of their life history. To capture its nests, wooden trap-nests were installed in the Parque Municipal das Araucárias, Guarapuava (PR), Brazil, from January 2003 to April 2009. A total of 29 nests were collected, all during the warmer months. These showed no vestibular and intercalary cells, and their closures were made up of chewed plants and mud mixed with organic materials and resin-coated surfaces, sometimes showing a layer of lichens. The cells were provisioned with various wild species of cockroaches (Chorisoneura sp, Riata sp and Helgaia sp) in the nymph stage and/or adults. The sex ratio was 4.6 females per male, significantly higher that the expected 1:1. Most pre-pupae entered diapause in winter with development time ranging from 187 to 283 days for females and 180 to 283 days for males. Deaths occurred in 41.66% of cells provisioned, 33.33% were attributed to faulty development and 8.33% to Chrysididae.(AU)


Podium angustifrons Kohl 1902 é uma espécie de vespa solitária que nidifica em cavidades pré-existentes, com distribuição na Argentina, Bolívia, Brasil, Colômbia, Guiania e Guiana Francesa. O objetivo deste estudo foi investigar a biologia de nidificação desta espécie, discutindo aspectos de sua história de vida. Para captura seus ninhos, foram instaladas ninhos-armadilha de madeira no Parque Municipal das Araucárias, Guarapuava (PR), Brasil, de Janeiro 2003 até Abril de 2009. Foram coletados 29 ninhos, durante todos os meses quentes. Os ninhos não apresentaram células vestibulares e intercalares, seus fechamentos são constituídos por material vegetal mascado, seguido de barro misturado a materiais orgânicos, revestidos por resina, podendo ter uma camada de liquens. As células foram aprovisionadas com diferentes espécies de baratas silvestres (Chorisoneura sp, Riata sp e Helgaia sp) em estágio de ninfa e/ou adulto. A maioria das pré-pupas entrou em diapausa no inverno com tempo de desenvolvimento de 187 a 283 dias para as fêmeas e 180 a 283 dias para machos. Ocorreu mortalidade em 41,66% das células aprovisionadas, sendo 33,33% causado por falha de desenvolvimento e 8,33% por cleptoparasitas da família Chrysididae.(AU)


Assuntos
Animais , Masculino , Feminino , Implantação do Embrião , Vespas/fisiologia , Brasil , Estágios do Ciclo de Vida , Estações do Ano , Árvores , Vespas/crescimento & desenvolvimento
4.
Braz. J. Biol. ; 74(4): 761-768, 11/2014. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-13692

Resumo

Flies from the Drosophilidae family are model organisms for biological studies and are often suggested as bioindicators of environmental quality. The Araucaria Forest, one of Atlantic Forest phyto-physiognomy, displays a highly fragmented distribution due to the expansion of agriculture and urbanization. Thus, this work aimed to evaluate and compare the drosophilid assemblages from two highland Araucaria Forest fragments, one a conservation unit (PMA Parque Municipal das Araucárias) and the other a private property without any conservational policy (FBL Fazenda Brandalise), in space and time, using species abundances and richness, ecological indexes and Neotropical and exotic species proportions as parameters to establish the level of environmental quality of these fragments. Our results showed that the observed diversity in PMA (H′ = 2.221) was approximately 40% higher than in FBL (H′ = 1.592). This could be due to higher preservation quality and habitat diversity in PMA, indicating the importance of conservation units. However, richness were similar for these areas, with PMA (Dmg = 6.602) only 8% higher than FBL (Dmg = 6.128), which suggest that the larger distance from city limits and the larger size of FBL forested area could be compensating the higher disturbance caused by antrophic extractive exploitation of this fragment. This points out that, besides the quality of presevertion, the size and/or connection with other fragments should be considered for areas destined for biodiversity conservation. In general, both areas presented similar drosophilid assemblages, and the expressive abundance of both Neotropical species (mostly of the subgroup willistoni) and the exotic species D. kikkawai suggests that these areas are in intermediate stages of conservation.(AU)


Moscas da família Drosophilidae são organismos modelo para estudos biológicos e frequentemente sugeridas como bioindicadoras da qualidade ambiental. A Mata de Araucária, uma das fitofisionomias da Mata Atlântica, apresenta-se altamente fragmentada devido a expansão da agricultura e da urbanização. Assim, este trabalho teve como objetivo avaliar e comparar as assembleias de drosofilídeos de dois fragmentos de Mata de Araucária de altitude, uma área de preservação (PMA Parque Municipal das Araucárias) e uma propriedade particular e sem política de conservação (FBL Fazenda Brandalise), no tempo e no espaço, utilizando abundâncias e riquezas das espécies, índices ecológicos e proporções de espécies neotropicais e espécies exóticas como parâmetros para estabelecer o nível de qualidade ambiental destes fragmentos. Nossos resultados mostraram que a diversidade observada em PMA (H′ = 2,221) foi 40% maior do que em FBL (H′ = 1,592). Isto pode ser devido a maior qualidade de conservação e diversidade de habitats encontrados em PMA, indicando a importância das unidades de conservação. Contudo, os índices de riqueza foram similares para estas áreas, com PMA (Dmg = 6,602) sendo apenas 8% maior que FBL (Dmg = 6,128), o que sugere que a maior distância do entorno da cidade e a maior área de mata de FBL poderiam estar compensando o distúrbio ambiental causado pela exploração extrativista antrópica nesta área. Isto destaca que além da qualidade de preservação, o tamanho e/ou conexão com outros fragmentos deveriam ser considerados para áreas destinadas a conservação da biodiversidade. De maneira geral, ambas áreas amostradas apresentaram assembleias de drosofilídeos semelhantes, e a abundância expressiva tanto de espécies neotropicais (a maioria pertencente ao subgrupo willistoni) quanto da espécie exótica D. kikkawai sugere que estas áreas estão em estágio intermediário de conservação.(AU)


Assuntos
Animais , Biodiversidade , Conservação dos Recursos Naturais , Dípteros/classificação , Florestas , Densidade Demográfica
5.
Braz. J. Biol. ; 70(3): 623-629, Aug. 2010. ilus, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-2581

Resumo

The aim of this study was to compare biological aspects of the Pachodynerus species occurring in the Parque Municipal das Araucárias, Guarapuava, Paraná, Southern Brazil. It was carried from December 2001 to December 2004. Forty one nests belonging to 5 species were collected, of which 17 Pachodynerus guadulpensis, 15 Pachodynerus sp., 1 Pachodynerus argentinus, 1 Pachodynerus ca guadulpensis and 7 Pachodynerus nasidens. The nesting activity of Pachodynerus sp., P. argentinus and P. guadulpensis occurred in similar periods, from December to March, with the exception of P.guadulpensis, that built one nest in October. Pachodynerus ca guadulpensis nested in March and P. nasidens from January to April. The nests of Pachodynerus species present a very similar architecture, comprising a linear series of cylindrical cells that fit perfectly into each other forming a continuous tube. With these results we were able to conclude that, even though Pachodynerus species present common characteristics, such as nest architecture, nesting activities and habitats in which they occur, the used resources, mortality rates, etc., vary among groups of species occurring in different regions.(AU)


O objetivo deste trabalho foi comparar aspectos biológicos das espécies de Pachodynerus que ocorrem no Parque Municipal das Araucárias, Guarapuava, Paraná, Sul do Brasil. Ele foi realizado de dezembro de 2001 a dezembro de 2004. Quarenta e um ninhos de cinco espécies foram coletados sendo 17 de Pachodynerus guadulpensis, 15 de Pachodynerus sp., um de Pachodynerus argentinus, um de Pachodynerus ca guadulpensis e sete de Pachodynerus nasidens. As nidificações de Pachodynerus sp., P. argentinus e P. guadulpensis ocorreram de dezembro a março, com exceção de P. guadulpensis, que construiu um ninho em outubro. Pachodynerus ca guadulpensis nidificou em março e P. nasidens de janeiro a abril. Os ninhos de todas as espécies de Pachodynerus apresentaram arquitetura similar, com uma série linear de células cilíndricas que se encaixam perfeitamente umas nas outras, formando um tubo contínuo. Pelos resultados deste estudo nós concluímos que, mesmo apresentando características em comum, como a arquitetura dos ninhos, atividades de nidificação e habitats onde ocorrem, os recursos usados pelas espécies de Pachodynerus bem como as suas taxas de mortalidades, etc., variam entre grupos de espécies que ocorrem em diferentes regiões.(AU)


Assuntos
Himenópteros/classificação , Vespas/classificação
6.
Braz. J. Biol. ; 70(3): 529-536, Aug. 2010. ilus, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-2570

Resumo

The purpose of our research was to document and discuss the temporal patterns of prey use shown by the trap-nesting wasp Trypoxylon opacum in two different habitats in Southern Brazil. It was carried out from December 2001 to December 2004. Twenty nine species belonging to five families of spiders were captured by T. opacum. Araneidae was the most captured family and has been strongly represented by the genus Eustala. Through Bray-Curtisïs coefficient and the unweighted pair group method average (UPGMA), the spiders can be divided into three groups: the smaller group includes the most abundant species (Alpaida sp2, Bertrana rufostriata, Eustala sp1, Eustala sp2, Eustala sp3 and Eustala sp4), the second group includes species with intermediate abundance (Alpaida, Alpaida gracia and Mangora sp2), and the third and largest group includes the less abundant species, (Acacesia villalobosi, Alpaida argenata, Alpaida sp1, Araneus blumenau, Araneus sicki, Crysometa boraceia, Crysometa sp3, Eustala sp8, Eustala sp11, Larinia t-notata, Mangora sp1, Ocrepeira aff gnomo, Sanogasta sp., Sanogasta sp2, Sanogasta sp3, Salticidae sp2, Theridion sp1, Theridion sp2, Wagneriana eupalaestris, Wagneriana iguape). Of 1,053 identified spiders, 362 were captured in the grassland areas and 691 in the swamp, since T. opacum built nests only in these two habitats. The diversity, richness and evenness of spiders in T. opacum nests were higher in grassland than in the swamp.(AU)


O objetivo desta pesquisa foi documentar e discutir o padrão temporal de uso de presas por Trypoxylon opacum em dois ambientes diferentes no Sul do Brasil. Ela foi realizada de dezembro de 2001 a dezembro de 2004. Vinte e nove espécies de aranhas pertencentes a cinco famílias foram capturadas por Trypoxylon opacum. Araneidae foi a família mais capturada e foi fortemente representada pelo gênero Eustala. Pelo coeficiente de Bray-Curtis e pela análise de agrupamento, (UPGMA) as aranhas foram divididas em três grupos: o menor deles, incluindo as aranhas mais abundantes na dieta de T. opacum (Alpaida sp2, Bertrana rufostriata, Eustala sp1, Eustala sp2, Eustala sp3 and Eustala sp4); o segundo com as espécies cujas abundâncias foram intermediárias (Alpaida, Alpaida gracia and Mangora sp2); e o terceiro e maior grupo com as espécies pouco abundantes (Acacesia villalobosi, Alpaida argenata, Alpaida sp1, Araneus blumenau, Araneus sicki, Crysometa boraceia, Crysometa sp3, Eustala sp8, Eustala sp11, Larinia t-notata, Mangora sp1, Ocrepeira aff gnomo, Sanogasta sp., Sanogasta sp2, Sanogasta sp3, Salticidae sp2, Theridion sp1, Theridion sp2, Wagneriana eupalaestris, Wagneriana iguape). Das 1.053 aranhas identificadas, 362 foram capturadas em área de campos naturais e 691 em área de várzea, visto que T. opacum fundou ninhos apenas nestes ambientes. A diversidade, a riqueza e a equitabilidade de aranhas nos ninhos de T. opacum foram maiores nas áreas de campos do que naquelas de várzeas.(AU)


Assuntos
Animais , Vespas/classificação , Aranhas/classificação , Cadeia Alimentar , Comportamento Alimentar/fisiologia
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA